Arquivo para 3 de setembro de 2007

COLUNA VERTEBRAL

Se a Vertebral não analisou nada se realizou

# “Um fato jurídico-social que me intriga. A Souza Cruz já foi processada e teve que pagar várias indenizações a vítimas do consumo de cigarro, é um caso de saúde pública, certo? Então por que a Globo, cuja programação estreita a percepção e a cognição dos telespectadores, constituindo-se também caso de saúde pública, não é processada?”, argumento, perguntando, Loukita, escutando uma rádio. “Um amigo meu que é psicólogo das ciências neuro-cognitivas me disse que a Globo produz nos telespectadores seqüelas neuro-cerebral”, diagnosticou mais ainda a Kilma, encarando uma dose de “Dito Pedro”. “A Globo ainda não foi processada porque a política de saúde pública é deficiente e não sabe que a Globo é um vírus DDCIA – Diminuidor das Defesas dos Corpus Intelectivo e Afetivo”, sentenciou o Ludus, comendo quebra-queixo. “Não te preocupa, que logo, logo ela vai OBS – Organização Brasileira de Saúde. O governo federal está preparando um plano de política de saúde que vai identificar todas as patologias ainda não catalogadas”, afirmou o Rap, gargalhando.

# Depois de uma madrugada borbulhantemente etílica, fui acordada às 2 depois das 12 com o telefone tocando. Era o Dandan me sacaniando e cobrando porque nunca mais escrivi que dia 5 de outubro termina a concessão da TV Globo. Que é para vocês, leitores vertebralizados, fazerem pressão sobre o governo federal para não renovar a concessão pública da perniciosa. Tá dado o recado, Dandan. E ver se não me acorda mais pelas madrugadas das tardes das segundonas TDPM – Transtorno Disfórico Pré Menstrual.

# Falando em TDPM, a minha queridíssima Lu conseguiu uma pessoal maravilhoso para trabalhar em sua casa. Foi um mês de alegria para a Lu, sempre elogiando a boa pessoa: talentosa e eficiente, além, é claro, de bom papo. Pois não é que depois do fim do mês a boa pessoa desapareceu. Lu foi procurá-la e a encontrou prostrada na cama com um puto TDPM. Cacete! Como fêmea/mulher sofre.

# Como diria o teatrólogo Brecht: A inveja é uma merda! O Tatau me contou que ele tem um amigo artista que é amigo de um certo carinha. Este carinha sabendo que o amigo artista era professor de uma escola cujo ex-diretor era amigo do Tatau, perguntou o que ele achava do diretor. O artista respondeu que na verdade o ex-diretor não era diretor, era uma pessoa diferente, era um filósofo. Por isso a SEMED não o segurou. A SEMED quer nas escolas disciplinaridade jurídica panóptica, não educação.

# Hoje à noite vou jantar maniçoba na casa da Leuda. Uma espécie de avant premier do Show do Calypso. Amanhã é pato no tucupi e quarta tacacá à moda cidade velha. Aí vamos estar preparadas para confirmar porque a Joelma e o Chimbinha, e sua calypspband, estraçalham a Inerte e os afilhados do ACM. Desliza, Joelma!

# Gê, tu vais cair pra frente com a novidade que eu tenho. Ai! então deixa eu terminar este último pedaço de picolé, se não eu caio e este palito arrebenta as pregas da minha garganta. Já? Pronto? Estão criando o pimeiro serviço de turismo especial somente para gays. Que loucura, São Sebastião, querido protetor! Já tem a primeira adega gay e o primeiro hotel cinco estrelas só para o nosso público já está em construção. Nossa, é por isso que eu gosto desse povo paraense, são sem preconceitos e com saque econômico porreta; é nessa que os amazonenses ficam com a inveja saindo por tudo que é buraco. Mas dessa vez não foram os paraenses. Não? Foram os argentinos. Ah! então eles são tão porretas quanto os nossos queridos do Pará. Se são! Começo a guardar dinheiro a partir de agora, nem compro outro picolé. E guarde mesmo que isto é só o começo de um plano maior que começa a aparecer. Qual? O de que todos compreendam que o mundo é gay.

Cansei do rock!

Não me clame, não me invoque.

Eu não sou nenhum berloque

Pra ser presa em um escroque.

Beijos Vertebrais!

CHAGÃO!

Θ FAST EMPATA COM O BARRAS DO PIAUÍ e continua na luta para chegar na segundona do Brasil. Agora, na terceira fase da competição, vai encarar Bahia, ABC do Rio Grande do Norte e Imperatriz, do Maranhão. Já o Nacional se afogou na onda paraense do carrasco Ananindeua, perdendo por 3 a 1, e se despede da competição. Como os piauienses e os itacioatiarenses importados da RMM (Região Metropolitana de Manaus) só precisavam do empate, ambos se classificaram. Nota para os torcedores amazonenses que tentaram em vão ouvir a irradiação radiofônica da partida, direto da cidade de Barras: não foi problema da emissora. Os rádios eram da Philips.

Θ QUANDO A SELEÇÃO BRASILEIRA VENCEU A COPA AMÉRICA com o chamado time reserva, sobre a Argentina com todos os titulares, a imprensa nativa e sequelada saiu à rua para festejar o ressentimento e a dor do outro, esquecendo até de comemorar o título. Enquanto isso, no diário portenho Olé, os alvi-celestes estampavam lúcida análise sobre a geração de Riquelme – considerada brilhante, mas que não ganhou nenhum título – levantando questionamentos sobre o futuro do futebol no país e elogiando a evolução do futebol no país vizinho e seis vezes campeão. Agora, foi a vez do basquete, só que ao contrário. Os argentinos venceram duas vezes o selecionado brasileiro, os amarelos com todas as estrelas da NBA, e os celestes com o time considerado reserva. Resultado: imprensa brasileira caladinha, nem um pio sobre a evolução do basquete do hermanos, atuais campeões olímpicos. Depois se enraivecem com as críticas, quando conseguem entendê-las.

Θ MUNDIAL SUB-17: Argentina perde para os nigerianos nas quarta-de-final, e voltam pra cara reclamando do porte físico dos nigerianos. No entanto, reconheceram – como não faz a imprensa nacional – a superioridade do time africano. Na próxima quarta-feira, Espanha e Gana fazem a primeira semifinal, e na quinta, a Alemanha, que goleou a Inglaterra por 4 a 1, enfrenta os nigerianos. E começa dia 10/09 o Mundial de Futebol Feminino, disputado na China! A Argentina estréia contra as japonesas, no dia 14. O Brasil enfrenta as neozelandesas, no dia 12.

Θ ESTA COLUNA CONVIDA O LEITOR À SEGUINTE EXPERIÊNCIA: assistir aos jogos de futebol sem a narração. É só baixar o som e aproveitar a imagem. O narrador é peça de marketing, não tem nada de informativo. Os gritos efusivos e desnecessários só servem para domesticar o sistema nervoso do telespectador videota, para forçar a barra da emoção onde não há nenhuma. Uma ilustração: o jogo de sábado entre Manchester United e Sunderland, pela Premier League da Inglaterra. O narrador brasileiro viu um show de técnica. Viu também o indesculpável equívoco do treinador do Manchester, Alex Ferguson, 21 anos à frente do time, que tirou o “cracasso” Anderson (brasileiro), titular absoluto, segundo o narrador-histérico, para colocar o francês Saha. O Manchester venceu com gol do francês. Para quem dispensou os gritos apocalípticos do narrador-marketeiro, foi uma partida aberta, com muita correria e pouca técnica, e uma substituição do reserva-do-reserva pelo reserva. Anderson é reserva de Saha e Tevez, que por sua vez são reservas de Wayne Rooney, machucado, e Cristiano Ronaldo. Faça a experiência, dispense os agudos e rompantes homoeróticos-ressentidos dos narradores e conte a esta coluna a sua versão da partida!

Θ PALMEIRAS TOMA SURRA DE GOLS E PÕE A CULPA NO ÁRBITRO. Depois de expulsar Pierre, em um lance difícil, e sem os olhos da teletecnologia, o árbitro Wilson Souza de Mendonça foi culpabilizado pela diretoria palmeirense. O que fica evidente é a limitação do plantel do time, que provavelmente perderia mesmo com 12 jogadores, e não mostrou capacidade de se adaptar a condições adversas em campo. Mas aí, neste caso, não seria culpa do árbitro e sim responsabilidade da diretoria, que inclusive poderá cometer crime, caso cumpra a promessa do dirigente, que proibiu o árbitro de pisar no Parque Antártica. Se ele for escalado para algum jogo lá, será impedido por esta diretoria de exercer sua função profissional? A imprensa sequelada, evidentemente, apenas alimenta a falsa polêmica e divulga a fala do dirigente. Enquanto isso, o São Paulo, time brasileiro mais adaptado ao calendário do football business da FIFA, recém adotado no país, continua subindo na tabela, e está próximo de papar mais um título nacional.

Valeu! Quinta-feira tem mais!

A EMPREGADA DOMÉSTICA E A PAIXÃO LINGÜÍSTICA SOCIAL DA PATROA

 

A profissão da empregada doméstica é eminentemente um produto da conjugação mística e econômica. Um misticismo da lógica do homem senhor da mulher, no patriarcalismo judaico; o desconhecimento de ser Maria mãe em Cristo, mais o sistema capitalista burguês, sintetizado no aforisma moral: patriarcal-cristão(não Cristo)-burguês. Aí a mulher foi confinada, acorrentada ao modelo do estado moderno. Aí a mulher se curvou a um destino arquitetado pelo homem reativo: o temeroso da vida. O “bom” tirano. O romance da capitulação do existir. Aí a mulher fez sua iniciação de submissa, aprendendo técnicas familiais gratificantes ao senhor do território cujo estado de coisa é a preservação da imagem patriarcal desdobrada nos filhos. Se homem, adequá-lo ao modelo pai. Se mulher, adequá-la ao modelo mãe: servir ao homem. Uma crônica histórica da negação da mulher que antes fora sujeito-mundo. A mulher seu próprio status. A mulher que nunca fora opositora do homem, mas a operária cuja inteligência e força o protegeu até no embate homossexual, a guerra, como afirma o filósofo Paul Virilio. Ela, que por duas vezes se mostrou a companheira atuante. Uma, quando constituiu sua têmpera, e outra, quando lhe mostrou as adversidades da existência. Ela, quer seja em Athenas (apesar do Chico), ou Esparta vírtus-produção, agora transformada em uma quimera lingüística-social pelas nati-mortas: as patroas. As que a querem adesivadas nos enunciados eufemistas-fascistas: secretárias. Quando secretária é quem auxilia o chefe, quando se sabe que muitas destas nem na cozinha vão. Entretanto, indo ou não indo, sempre ajuizam assim:

->Isto é típico das empregadas.

-> Toma cuidado! No início elas se mostram amigas, mas depois nos colocam na justiça.

-> E ainda dizem que são evangélicas.

-> Estas são as piores.

-> Não têm diferença. Eu tive uma que era católica, mas me pôs na justiça.

-> Tenho um casamento feliz, meu marido me ama, mas nem em sonho deixo ele em casa só com a empregada.

-> O marido de uma amiga minha deixou ela pela empregada.

-> Eu sei tudo da vida da minha empregada. Até o dia em que ela tá ovulando.

-> E quando se tem filho adolescente.

-> Eu tenho uma amiga que até hoje tá sustentando o filho que a empregada teve do filho dela.

-> Mas aí é culpa da tua amiga. Com tanta jovem pelo mundo.

-> Por mais que a gente seja higiênica, bem produzida, perfumada, elas sabem que alguns homens são atraídos pelo mau cheiro.

-> Meu teste com empregada: É casada? Tem filhos? Ainda quer ter filhos? Se quer, não fica.

-> Todas são desajeitadas.

-> É a pobreza. Não podem ter educação.

-> Não deixo pegar nos meus cristais.

-> Primeiro a gente tem que ver uma coisa: se foi ser empregada doméstica é porque não deu para outra coisa.

-> A gente explica mil vezes a mesma coisa, e elas fazem sempre errado.

-> É perca de tempo ensiná-las.

-> Não são econômicas. Gastam tudo em fração de dias.

-> Estou para desistir do meu emprego, porque todo dia que chego em casa está tudo errado.

-> Sem falar naquelas que roubam.

-> Principalmente aquelas que tem namorado.

-> Quando entra, vistorio sua bolsa. Quando sai, também.

-> Tenho trabalho de acordar cedo para abrir a porta, mas não entrego a chave para ela levar.

-> Uma amiga teve a casa assaltada. Levaram tudo. Nunca pegaram o ladrão. Dois anos depois houve um grande roubo e a polícia na sua investigação descobriu que entre os ladrões havia um que usa o golpe da empregada. E não era o cara marido da empregada dela.

-> E o gosto delas.

-> A minha adora boi.

-> Mas boi é nossa cultura. Se fosse Calypso, aí pegava mal.

-> O que eu sei é que seria a última profissão que eu exerceria, mas ruim com elas, pior sem elas.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.110 hits

Páginas

setembro 2007
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos