Arquivo para 7 de setembro de 2007

EDUCOMUNICACÃO E O MERCADO MIDIÁTICO

A educação, uma palavra que nunca sai de moda principalmente no discurso dos educa-dores institucionais ou tecnocratas da educação. Os planos megalomaníacos de redenção e salvação da dita educação, tanto na esfera municipal e estadual dos nossos titulares da pasta educacional têm sido pródigos na elaboração de peças de market(mercado)ting. Sempre enfatizando a “qualidade”, uma palavra carregada de mística nessa era neoliberal, vinda da teoria da qualidade total, que foi criada pelo administrador americano Peter Deming nas décadas de 30/40 do século passado. No período pós-guerra, os japoneses a trouxeram não só como teoria, mas o próprio autor, para dar consultoria durante os anos 50, dez anos depois o made in japan ficou conhecido como produto de alta qualidade e nas décadas posteriores virou uma verdadeira fever no mundo industrial. Isso mesmo, a qualidade total obteve todo esse sucesso nas indústrias, a implementação das técnicas de qualidade têm em foco a redução das perdas ou prejuízos e o aumento da eficiência e lucros, garantindo minimização da despesa e maximização do ganho, como rezam as cartilhas da nova economia, buscando a maior produtividade e em conseqüência uma maior competitividade. Após esse resumo, fica a pergunta: como aplicar tudo isso na educação? (Lembrete: no hipercapitalismo, a indústria da comunicação é braço propagandístico da ideologia dele, “o mercado”). A resposta para esta indagação é como as técnicas utilizadas para produzir bens de consumo podem ser aplicadas na educação de pessoas com todas as suas implicações políticas e sociais. A fabricação de produtos para o consumo segue procedimentos essencialmente técnicos através de manuais, parâmetros, normas internacionais, onde os técnicos e engenheiros apenas implementam, e hoje os robôs automatizam o que é feito pelos operários. A lógica do mercado foi iniciada de uma forma global (e a globo?) na conferência mundial de educação para todos, realizada em Jomtien, na Tailândia, em 1990, e no ano 2000 em Dakar, Senegal, foi a outra conferência para avaliação da década da educação. Essas duas conferências foram patrocinadas pela ONU e o Banco Mundial, as duas instituições ligadas ao grande capital. Logo, percebe-se qual seria a diretriz imposta novamente pelo “mercado”, essa entidade abstrata que ninguém sabe quem é e onde fica. A famosa qualidade na educação é mais uma frase de efeito-defeito, pois encerra um discurso de qualificação-certificação, sem a preocupação com o principal, que é a própria educação do ser humano.

PONTOS DO BURACO NEGRO

Buraco Negro em Esquizo-Análise é um sistema que captura corpos para se alimentar

Pontos do Buraco Negro

Para o governo do estado o referencial de demografia é um conceito financeiro.

O sentido de educação para o estado é o mesmo que a medida do sucesso capitalista.

A falta de entretenimento público em Manaus joga a população à dependência da TV.

A falta de talento e público na primeira noite do FECANI, mostra seu declínio.

O otimismo do prefeito quanto ao transporte coletivo afirma sua distância das viagens.

As premonições para as próximas eleições, já afirmam até eleitos.

Militante engajado do PT, se afasta da assessoria de Waldemir José.

Vereador Waldemir José é o único e real candidato do núcleo de Petrópolis.

Nivelamento asfáltico da Djalma Batista cobra pedágio de paciência dos transeuntes.

Câmara Itinerante é a imagem da prática paralisada.

Na CMM, parlamento Jovem é criado para acompanhar o dia-a-dia do Velho Parlamento.

E após a inauguração das adutoras, na Zona Leste continua a falta d’água.

Cortar o Buraco Negro só a Linha-Devir-Potência…

ENCONTROS CASUAIS

Encontros Casuais

! – Ele considerou sua vida na cidade em que nascera e decidiu não ser justo, chegado ao 30 anos, permanecer em um lugar dominado pelo passado. Então, seguiu para pegar o trem e partir. Chegou atrasado na estação e o trem já havia partido. Soube da notícia: o trem desencarrilhara e todos ocupantes morreram. Tentou no outro dia avião: o mesmo aconteceu. Tentou várias vezes, chegava atrasado, e ficava sabendo dos desastres. Por fim, decifrou o mistério: a cidade lhe aprisionara. Encontrou uma moça, casou e então, aos 40, foi acometido de uma doença cujo tratamento só seria realizado em outro estado. Preso pela cidade passado, sabia que era inútil partir. Mesmo assim entrou no avião. Com trinta minutos de vôo, a tripulação anunciou o perigo que corriam. Pois-se a considerar seu passado. Viu cenas com seus familiares, amigos, muito sofrimento. De repente, percebeu que nada daquilo lhe era empático. Via seus pais como pessoas outras. Sem culpa, dívida, pessoas vivas autônomas. Sorriu. Uma senhora a seu lado gritou que todos iam morrer. Indagou a si o que era a morte. Se ela existia, naquele avião, era ele. Teve certeza: não havia morte. Dormiu, em meio a turbulência.

!! – Era uma vez uma cidadizinha muito pacata. Tão pacata, que além de dominada pelo silêncio, seus moradores quase não se falavam. Pois bem, havendo um rapaz se apaixonado por um linda jovem, e sem coragem de se aproximar dela, resolveu aprender a tocar violão, acreditando que a música falaria para ela de seu profundo amor. Certa madrugada, já um excelente violonista, foi lhe fazer uma serenata. Nos acordes iniciais, ela apareceu na sacada de sua janela e lhe fez um sinal. Logo abriu a porta e saiu tocando um violino. Da casa esquerda saiu uma jovem tocando oboé, e se juntou aos dois. Da casa direita saiu um rapaz tocando violoncelo. Seguiram para a praça e de repente outras pessoas foram chegando tocando outros instrumento. A cidade ficou tocando até o amanhecer. Todos eram músicos, mas nenhum deles sabia, tal o silêncio em que viviam. A partir desta noite a cidadizinha, que vivia na dependência econômica de outras cidades, até mesmo de um dente de alho, se tornou próspera e seu povo viveu feliz. O rapaz e a moça casaram e viveram em grande felicidade. Ele, com uma moça tocadora de bateria, e ela, com um rapaz tocador de clarineta.

!!! – Meia-noite. O rapaz com um berro na mão, parou o senhor no meio da rua, e gritou que era um assalto. O senhor, calmamente, disse que só tinha duas coisas: a vida e 50 reais. E perguntou, qual das duas ele queria. O rapaz, respondeu que os 50 paus, porque uma vida não valia nada. O senhor discordou afirmando que valia para estudar, trabalhar, ganhar dinheiro, e o melhor, amar. O rapaz então, eufórico, disse que ele ficasse com os 50 e lhe passasse a sua vida. O homem, sorriu, e ponderou que se lhe desse sua vida, ficava com o dinheiro, mas sem vida e o dinheiro sem vida, não tem valor de uso. O rapaz ficou por um momento pensando, e depois concordou com o homem afirmando que neste caso, não adiantava ele ficar com os 50, porque ele não tinha vida. E assim, não podia usar o dinheiro. Agradeceu ao senhor, e partiu pensando como seria sua vida.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.795 hits

Páginas

setembro 2007
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos