Arquivo para 17 de outubro de 2007

*…..::: CHAGÃO! :::…..*

Chagão!

Θ SEGUNDO O CRAQUE CRUYFF, o segredo da Holanda em revelar bons jogadores começa pela valorização da técnica e do prazer de jogar. “Disfrutar está acima do resultado”, diz o craque da copa de 74. Ressalta ainda que a diferença entre seu país e outros europeus, como Alemanha, Espanha e Itália, é que a seleção nacional abre oportunidades para jovens talentos, e não existem tantos técnicos que priorizam os resultados. Exageros à parte – já que boa parte dos craques holandeses são na verdade de colônias holandesas, como Gulit, Rijkaard, Davids – a Holanda é o país europeu com o futebol mais vistoso, e não fosse o fatídico jogo contra Portugal na copa da Alemanha, teria dado mais trabalho. Embora conte com bons jogadores como Sneidjer, Van Nistelrooy, Robben, van Persie, Babel, Huntelaar, a seleção holandesa está longe da técnica que consagrou as gerações de Cruyff, Neskeens (70) e Gullit, Bergkamp, Van Basten (80).

Θ EURO’08: MAIS SELEÇÕES LÁ: Grupo A: Portugal venceu o Cazaquistão por 2 a 1, e continua na luta. A Bélgica venceu a Armênia por 3 a 0. Grupo B: reviravolta com a derrota da Escócia para a Geórgia, por 2 a 0. O resultado beneficiou a França, que venceu também por 2 a 0 a Lituânia, gols de Henry, maoir artilheiro da história da seleção azul. Grupo C: a Grécia garantiu presença nas finais da Euro’08 vencendo a Turquia fora de casa por 1 a 0. Noruega e a própria Turquia ainda têm chances. Grupo D: a República Tcheca também se garantiu fora de casa, enfiando 3 a 0 na melhor seleção européia na opinião de Beckenbauer, a sua Alemanha, também classificada. Grupo E: a Croácia lidera, a um pontinho da classificação. Complicada está a situação da Inglaterra, que perdeu de virada para a Russia, e agora precisa desesperadamente vencer sua próxima partida, contra a Croácia, e torcer por um tropeço dos russos nas suas duas últimas partidas. Grupo F: tudo indefinido com o empate da Suécia com Irlanda do Norte. Espanha, Dinamarca (que venceu a Letônia por 3 a 1) e a própria Irlanda do Norte ainda têm chances. Grupo G: a Romênia já está lá, com a vitória (2 a 0) sobre Luxemburgo. A Holanda venceu a Eslovênia por 2 a 0, e com mais uma vitória, segura a segunda vaga. A penúltima rodada dos grupos acontece no dia 17 de novembro.

Θ ELIMINATÓRIAS 2010 SUDAMERICANAS: pela segunda rodada, ou fecha, os alvicelestes protagonizaram um quebra-canelas digno de Brasil e Colômbia, com vitória platense por 2 a 0 sobre os vinotintos. Gols de Messi e Gaby Milito. Na altitud de La Paz, os locais, decepcionando Evo Moralez, empataram sem gols com os colombianos, que precisam urgentemente ressuscitar Asprilla, Rincón e Valderrama. Dois bocejos na altitude. O Chile, jogando em casa, impõe primeira derrota aos peruanos, por 2 a 0, gols de Suazo, o careca, e Matías Fernández. Jogando em casa e recebendo o empolgado Uruguai, o Paraguai não contou conversa e venceu pelo placar de 1 a 0, gol de Haedo, para tristeza do Eduardo Galeano. Já no maracanã, o Brasil depenou a galinha morta equatoriana, para decepção do presidente Rafael Corrêa: 5 a 0, gols de Wagner Love, Ronaldinho, Kaká (embaixador da Globotária na seleção Nike) e Elano.

Θ FUTEBOL E POLÍTICA I: Maradona, Careca e Alemão, jogadores do Napoli campeão italiano em 1987 e 1990 são reverenciados até hoje na cidade que deu nome ao clube alviceleste. O caso é que o Calcio expõe, como já o disse o filósofo Toni Negri, as feridas políticas e econômicas de uma Itália dividida entre o norte rico e o sul pobre. Com seus principais clubes divididos entre as cidades nortistas de Milão e Turim, a coisa mais difícil é um time sulino levantar o Scudetto. Foi o caso do Napoli, quando contratou el pibe de oro, el Diez, e montou um time campeão. Na semana passada, mais um episódio marcou os conflitos entre nortistas e sulistas. O atual campeão Internazionale de Milano recebeu o alviceleste napolitano, e os torcedores locais aproveitaram para exibir cantos e faixas ofensivas. Resultado: multa para o clube de 30 mil euros, e parte da arquibancada fechada na próxima rodada.

Θ FUTEBOL E POLÍTICA II: mais um dia de orações e pedidos a todos os santos foi incluído no calendário do Rio de Janeiro. A partir deste ano, o dia 28 de outubro será uma data para reflexão, pedidos, orações e agradecimentos para os torcedores rubro-negros. De autoria do vereador Jorge Mauro (DEM), foi criado o “Dia do Flamenguista”. Tá eleito ano que vem?

Θ NOTÍCIAS RMMIANAS: e o pessoal do FAST Clube manda avisar que ainda está esperando o pagamento dos salários dos últimos 3 meses. Os jogadores do Nacional reforçam o côro e afirmam que não receberam ainda dos últimos 4 meses. E ainda tem paraense que diz que a gente não somos sérios…

LULA É UMA ANTA?

Claro que é, pois deixa passar por seu corpo os fluxos das potências naturais intempestivos e incapturáveis. Mas apenas nessa relação de vizinhança. Mas não como imitação, nem relação entre dois termos de uma sentença, seja como metáfora ou como comparação; simplesmente numa relação de proximidade, numa zona de indiscernibilidade onde salta um ser anômalo: devir-anta. Quando o amestrado da Veja, Diogo Mainardi, escreve Lula é minha anta, antropomorfiza um e animaliza outro a partir de um abstracionismo fictício próprio daqueles que vivem na superstição e jamais conseguem chegar ao real. Mainardi conhece uma anta? A anta é considerada o maior mamífero brasileiro, é um animal que habita charcos, onde se banha para espantar insetos que tentam perturbá-la, é herbívora, vive constantemente solitária e tem três dedos nas patas anteriores e nas dianteiras um pequeno dedo a mais. Tudo a ver com Lula. Como ela, Lula habita a lama da política brasileira e nela se banha para escapar à sanha dos impotentes parasitas da direita cansada e poder governar. É isso que Bertolt Brecht coloca quando insta a mergulhar no lodo, mas transformar o mundo (abaixo). Mainardi leu Brecht? Se leu, foi além da decodificação abstracionista das letras ou apenas preencheu lacunas com sua existência de sujeito sujeitado dos Civitas? Política herbívora de Lula que, a despeito de todos que tentam encurralá-lo, a direita golpísta e a mídia seqüelada, ele não as ataca como poderia, apenas mergulha na água, como a anta, mas cada vez que bóia traz uma novidade: é a diminuição do índice de pobreza, uma infinidade de projetos sociais como nunca se viu deste lado do oceano, é a valorização do real em 100% nos últimos cinco anos, etc, etc. O playboysinho que se pretende carnívoro, Mainardi, sabe mergulhar nos rios turbulentos? Ou apenas se ilude, querendo-se transgressor apenas por urinar nas águas calmas das piscinas da elite ressentida? Como uma anta, Lula vive solitário, muitos que estavam próximos a ele, partidários e familiares caíram nas armadilhas, mas a cada tentativa de incriminá-lo ele aparece íntegro, incorruptível. E no devir-animal que o atravessa ele está em bando, populações inteiras, multiplicidades de afectos e potências onde todos os animais, todas as minorias vão formar um agenciamento coletivo de enunciação. Mainardi sabe que sofre das piores doenças do ser: um corpo frágil e uma alma débil, não podendo deixar vacilar seu eu dos sentimentos pessoais, e a palavra “público” em sua boca não passa de uma forma significante autoritária, por isso o possessivo “minha” como força de dominação da maioria? Mas isso é também uma quimera. Um devir está sempre em outro lugar. Em seu corpo-tapir, Lula fuça em sua singularidade e se aproxima das infinitas singularidades do povo a partir das noções comuns necessárias à prática democrática. Tudo isso é imperceptível aos “encéfalos esponjosos”, conforme a expressão de Jean Baudrillard. Provavelmente Mainardi colocou como título de seu livro Lula é minha anta devido ao dedo que ele acredita que Lula tem a menos. Seu ídolo FHC também já usou esse artifício preconceituoso, quando colocou uma mão “completa”, com os cinco dedos como símbolo de sua campanha em 1998. Mainardi e FHC, tudo a ver, não sabem que ser cego não é a ausência de visão, é uma outra subjetividade. Tudo a ver com a Veja, a Globo, os tucanados, mas não comigo, nem com você. A Lula, além desse dedo não lhe representar uma falta, como gostariam os psicanalistas, ele é a presença constante da sua luta como operário, da luta dos operários, e, além disso, Lula sabe que essa outra subjetividade desconcerta o já posto, o constituído como verdade e realidade, por isso mela a mão esquerda com o óleo para deixar sua marca na Petrobras que por sinal já estaria privatizada se os tucanos tivessem ganhado em 2002 — como um enunciado de resistência. A mesma mão que apareceu apertando o botão da inauguração da Record News, que vem ao menos para quebrar o monopólio globólálico. É como uma ferroada na sensível e flácida pele da elite invejosa e ressentida. Mais uma vez tudo a ver com a anta. Mas Lula não ferroa ninguém. Dificilmente Mainardi sabe que a unha da anta é usada popularmente para curar vários tipos de doenças e os índios a utilizam para tratar até epilepsia. Será que o quimiopasteurizado Mainardi tem preconceito também à medicina popular, aos saberes dos índios e cabocos? Pode-se dizer que Lula é também um curandeiro, um devir-cura um devir é sempre uma heterogeneidade —, e utiliza seus saberes populares para fazer sarar esse corpo-Brasil tão acometido de mazelas de Cabral a FHC. Mainardi segue a tradição da crítica literária, que mostra a semelhança comparativa entre homem e animal sempre como uma degradação, como analisam em Vidas Secas, de Graciliano Ramos, quando o personagem Fabiano diz de si mesmo: “Fabiano, você é um bicho”. Mainardi e os críticos não tem como compreender que o “bicho” é o virtus, a potência que pode atualizar a essência do ser em uma ação. Como um gato doméstico, roçador, que de vez em quando rosna como a onça e ataca como um maracajá. Mainardi quer ficar apenas como um gato antropomorfizado e sua ração diária. Ele se quer um outsider, mas não passa de um gato burguês, cansado, dorminhoco, porque nunca está acordado. Quer tirar sarro, mas não sabe o que é um almoço dos operários. O filósofo francês Gilles Deleuze diz que todo homem tem um buraquinho por onde pode passar a inteligência; mas Mainardi, no seu hominismo, só tende a tapar cada vez mais esse buraquinho. Mudando a pessoa do discurso, você, Mainardi, não é como uma anta. E atualizando a questão inicial, Lula não é uma anta. Lula é como uma anta: uma outra coisa, anômala, imperceptível, incapturável, real, uma matilha, uma coletividade, um devir…

Com quem o justo se recusa a ir à mesa
Se se trata de ajudar a justiça
Que remédio pareceria demasiado amargo
Ao moribundo?

Que baixeza você recusaria cometer
Para extirpar toda a baixeza?
Se você pudesse transformar o mundo, o que
Você não aceitaria fazer?

Quem é você?

Mergulhe no lodo,
Beije o carniceiro, mas
Transforme o mundo.
Ele precisa ser transformado.

                            Bertolt Brecht


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.959 hits

Páginas

Arquivos