Arquivo para 4 de novembro de 2007

FESTA DE OXÓSSI NO ILÉ AŞÉ DO PAI-GEOVAŅO DE AJAGÙNNỌN

Esta festa pra Oxóssi foi realizada no dia 28 de julho deste ano e já foi postada no afinsophia.blog. Postamos agora aqui no afinsophia.wordpress para que se possa ver um pouco da beleza do terreiro de Pai Geovano e as bençãos dos orixás àqueles que participam ou simpatizam com a religião do Candomblé.

O chão estava salpicado de folhas perfumadas, nos cantos as palmas de coqueiro, os filhos com suas belas vestimentas, Pai Geovano com sua suavidade, o terreiro preparado para receber o ilê de outros terreiros e visitantes que chegavam. Soaram os atabaques e agogôs, começando o Xirê, a Festa dos Orixás…

Enquanto os cantos e rezas continuavam pela noite, mais pessoas chegavam, até o terreiro ficar lotado de cores e movimentos dos filhos e Babalorixás presentes. As danças em louvação para cada orixá sendo realizadas com bastante efervescência pela incorporação das entidades que “baixaram”. Até que baixou o homenageado da festa, com sua roupa de pele de animais, suas folhagens, seu arco e flecha: Oxóssi dançou por todo o terreiro, baixou ao chão, tudo com muita agilidade e beleza, depois “suspendeu” três novos adeptos do Candomblé e, por último, distribuiu suas frutas entre os participantes.

Então veio Oxalá e fechou o Xirê. Após, as comidas do santo foram saboreadas por todos e o delicioso aluá foi compartilhado à vontade. Com o copo na mão, aproveitamos a descontração e conversamos com alguns dos Babalorixás presentes: o jovem Pai-Marquinho nos contou sobre como se forma um Pai-de-Santo, falando que não tem a ver tanto com a idade, mas do percurso de preparação, que é de no mínimo sete anos. Pai-João Bosco de Oxum (ao centro, foto abaixo) explicou a origem e alguns fundamentos do Candomblé: “É uma religião sem preconceitos, que aqui no Brasil nasceu do sincretismo dos cultos trazidos pelos escravos africanos com a religião católica. Os escravos, para poder cultuar seus orixás, tinham que ocultar do senhor e por isso foi feita essa ligação”. Pai-Gilmar, conhecido como Fômu de Iemanjá (à esquerda, foto abaixo), falou-nos da proximidade que o Candomblé tem tido com a comunidade, pois o Candomblé vem sendo percebido como uma religião sem preconceitos: “O problema são os evangélicos, o que está errado, pois todos que lêem os evangelhos são evangélicos, o nome apropriado é protestantes. Eles esquecem que há anos atrás a Igreja Católica fazia o mesmo com eles, o mesmo preconceito que agora estão reproduzindo em relação ao Candomblé”.

Lá fora do terreiro, começou um toque dos instrumentos para animar a degustação. Foi então que Pai Geovano sentou conosco e falou sobre sua alegria com a festa de hoje:

A perspectiva de gente extrapolou a que eu pensava que viesse. Muita gente legal, muitos pais de santo considerados de respaldo dentro da religião. Não vieram todos porque talvez não quiseram, talvez não deu, mas a impressão que eu tive das pessoas que estavam aqui é porque gostavam, estavam me prestigiando, prestigiando Oxóssi principalmente. Pra mim, foi o máximo. Gostei muito, é bom saber que as pessoas estão acreditando mais no orixá, percebendo uma coisa que ela não vê só através de uma pessoa. Então ela só pode ver basicamente a áurea do orixá. É importante porque ele não está em carne e osso, ele está em espírito. Mas assim dá pra gente sentir, dá pra gente ver a evolução do santo, ver como é bonito.

Explicou-nos também sobre o “suspenso” das três novas pessoas de seu terreiro:

Isso se chama “suspenso”. Significa que a pessoa é levantada, que o santo escolhe pra servir a casa, servir a ele próprio. Essa pessoa, a partir desse instante é conhecido como Ogã Suspenso. Foram suspensos, ganharam uma autoridade a mais dentro da casa. Agora sim já podem participar de certos tipos de rituais.

CONFRONTO MÉDICO-ADMINISTRATIVO

Conforme noticiado no último domingo neste bloguinho, o metropolitano-itacoatiarense que sofreu violência institucional nos hospitais de Manaus esteve esta semana no Hospital João Lúcio, donde foi encaminhado para internação no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), sendo orientado para comparecer ao referido hospital na sexta-feira.

Lá chegando, ao apresentar a documentação ao médico plantonista, teve sua internação recusada por este. Embora houvesse vagas, o médico alegou que o hospital não teria recursos para manter a alimentação, remédios e material hospitalar até a data marcada para a cirurgia (segunda-feira). O médico ainda teria afirmado aos familiares do paciente que o SUS não teria recursos para tal procedimento. Após insistência de familiares do paciente, o médico plantonista ligou para o colega que havia encaminhado, que confirmou a necessidade da internação. Afirmou, no entanto, ser ele o médico plantonista e que não iria autorizar. Insistiu ainda para que os familiares deixassem o documento da internação alegando ser procedimento burocrático. A família se recusou a entregar. O paciente terá que retornar segunda-feira para novamente tentar internação no hospital.

Consultada por este bloguinho, uma médica afirmou ser obrigação da instituição hospitalar em questão, uma vez que existia leitos à disposição, ter aceito o documento expedido pelo médico do Hospital João Lúcio e ter internado o paciente.

Tal situação se configura como mais uma violência institucional ocorrida na saúde pública de Manaus. Sendo que desta vez, segundo o que foi informado a este bloguinho, evidenciou-se um confronto médico-administrativo, onde uma falsa autoridade se fez presente por parte do profissional médico do HUGV. Falsa autoridade em razão de não haver um entendimento sobre a saúde que vá além da organização burocrática-administrativa.

Todavia, isto ocorre dentro de um contexto que envolve uma crise financeira no HUGV, hospital administrado pela UFAM através da UNISOL, que é uma fundação criada para gerir recursos recebidos dos governos federal, estadual, municipal e de terceiros para que possa administrar com este dinheiro o hospital.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.444 hits

Páginas

novembro 2007
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos