Arquivo para 26 de novembro de 2007

VOCÊ JÁ TOMOU SEU XAROPE HOJE?

Anedota Midíatica Metropolitana:

Notícia: “Após desabamento na Fonte Nova, especialistas afirmam que outros estádios do Brasil possuem estrutura comprometida”.

Dentre eles, foi citado o estádio Vivaldo Lima, o Vivaldão.

Reação midiática local: convocam um ‘especialista’, o administrador do estádio, para falar, rebatendo as críticas. Como argumento, afirma que a história do estádio o isenta, pois nunca aconteceu nenhuma tragédia nele. O fato de um avião nunca ter caído, significa, historicamente, que ele nunca vai cair? Para o administrador do Vivaldão, sim. Como se a história fosse garantia e substituto para uma boa manutenção preventiva, que não aconteceu no caso da Fonte Nova.

A câmera volta para o repórter, que encerra a matéria: “Essa é a opinião de alguém que realmente entende de futebol”. Nem futebol, arquitetura, engenharia e história, ele dançou. E a mídia, com o seu ‘especialismo’, por tabela. E ainda tem quem pergunte por que o futebol do Amazonas está onde está.

COLUNA VERTEBRAL

Se a Vertebral não analisou nada se realizou

# “O PROCOM deveria dar uma chegada na Globo: continua vendendo mercadoria só com a embalagem. Em seu jornal anunciou uma verdadeira manifestação de protesto contra Chávez promovido por estudantes. Como diria D.Tiquinha: “Ouva-se: seis dividido por três, estudantes burgueses. Vai nessa, Athaíde?”.

# Em plena campanha natalina antecipada, a Vênus Descarnada ainda tentou vender a mercadoria educação como um fracasso do governo Lula. Os ganhos educacionais, em movimento pelo meio, afirmam o que ela não pode vender: o governo que mais realizou políticas educacionais. O resto é embalagem Globo, não é, Dedé?

# O porta-voz de Bush na América do Sul, Uribe, presidente da Colômbia, para deslocar o foco dos olhares do mundo, principalmente da França, sobre sua ineficiência nas relações diplomáticas, acusou Chávez de “expansionista” . Um perigo para a América do Sul. O índio venezuelano, por sua vez, enviou sua flecha política colocando-o em seu lugar de ignorante democrata. Sábia, sabia, sabiá. Olê, olê, olá! Pá!

# Quem sofre de enxaqueca conhece alguns sintomas, como dor de cabeça, náusea, dor estomacal, escotomização, tonteira, fobia a claridade, etc. Tudo dependendo do cliente: homem ou mulher. Produção patológica bio-cultural, crucial: não tem cura. Segundo os especialistas, há uma grande diferença entre o homem e a mulher, enxaquecamente falando. A mulher pode se livrar desse belo incômodo quando ultrapassar a menopausa. Grande vitória nossa sobre eles. Eles, por serem incompletos: não possuírem útero, trompas, ovário, hormônios menstruais, ciclo, berço/fecundante, terão que amargar pelo resto de suas existências este belo incômodo rivalizante com a mulher. Entretanto, este fracasso respinga em todos nós. A obnubilação produzida pela enxaqueca masculina é materializada na sociedade por via parlamento e anexos, onde estes com seus atos enevoados pelos sintomas, impossibilitam a construção da democracia. Como não acreditar que um Mão Santa, um Tasso, Arthur, Agripino e outros senatoriais, e os anexos Fernando Henrique, Josias Souza, Mainardi, Reinaldo, Jabor, Jô, entre outros anexos, não sejam produtos de suas enxaquecas? É lógico, temos que ser ponderados. Antes de diagnosticarmos a enxaqueca como causa de suas obnubilações política/social, temos que afastar outras causas, como, por exemplo, a limitação intelectual que apresenta o mesmo efeito antidemocrático. Todavia, só um ‘especialicíssimo’ em democracia médica/política para discernir tal diagnóstico. Como mamãezinha aqui não sofre desta enfermidade, “inveja dos homens”, está livre. Quanto minha limitação intelectual ou não, são meus leitores que devem diagnosticar. Em mim, TDPM – Transtorno Disfórico Pré Menstrual, só segundona, meu. Mas este… eu quero é mais, Juju!

            Cansei do Rock!

                        Não me toca

                                    O tal Ibope

                                                O que me toca

                                                              É o fluxo Pop.

Beijos e Abraços Vertebrais!

O PSDB E SEU ELOGIO AO FRACASSO

Na cultura do culto à dor necessária, pessoas, órgãos, instituições, partidos só se acreditam existindo quando estão futurando. Quando estão elaborando planos de organização e desenvolvimento. Planos para assegurar o futuro. Planos da concepção do futuro. Fantasia do amanhã no hoje. Providência-mágica. Eliminação da atuação das combinações dos acasos. Recurso da imaginação-organizacional hoje para certeza do desenvolvimento futuro. O futuro tecnocratizado. Planejo aqui e confirmo lá. Nada além da falsificação do presente-real pela intolerância ao adverso/criativo. Assim, desprovidos de qualquer elemento racional quanto ao social, blefam como se carregassem o dom do sucesso do amanhã. Se os encadeamentos das forças econômicas/sociais/políticas coincidirem com o blefe, estão salvos. Felizmente nunca se encadeiam.

Pois bem, os risíveis componentes do PSDB, movidos pela força do fracasso, efeito da causa-inveja, se postam compulsivamente a segregar suas bílis-esquizo-temporal no território onde acreditam encontrar-se Lula: seus blefes planificados. “Lula está colhendo o que nós plantamos”. Vejamos o que se esconde por trás deste blefe-imperativo. Vamos contrair a memória e deslocá-la como atual. Sarney entendeu ser pouco quatro anos de governo para resolver os problemas do Brasil: rasgou a constituição e ampliou para cinco anos. O equilibrista Fernando Henrique, imperioso, proferiu ser pouco quatro anos: rasgou a constituição, comprou votos de parlamentares, e se reelegeu. Hoje, os passados-futuristas acusam Lula de querer se perpetuar no poder. Pensar em terceiro mandato. Equacionemos. Se para eles Lula está colhendo os louros da sapiência administrativa deles, é porque planificavam permanecer senhores do Brasil. Daí projetarem em Lula seus desejos (vazios). Daí quererem transferir a Lula suas trapaças. Como a maior parte do povo brasileiro não permitiu o blefe se realizar, eles caducam no estereótipo acusatorial. O que significa dizer: eles no começo do primeiro mandato já planejavam o terceiro. Como antes do meio do segundo, sentiram a reação popular contra ação de seus fracassos, inventaram o candidato Serra. Como não deu certo, tiveram que se banquetear com o robotizado Alckmin. E como o robot entrou em curto, eles apelaram para a onipotência: nosso saber continua em ti, Lula. Porém, se Lula/Povo não tivesse exercido seu poder, hoje, para eles, tudo estaria na lógica do normal-democrático. Todavia a Inteligência/Lula e a combinação dos casos produziram estes feitos democráticos jamais sentidos no país.

Assim, resta tão somente o elogio do fracasso. O desconhecimento dos atos falhos apresentados por Freud: dizer o que não se quer dizer. Quando não reconheço teu feitos, quero ocultar meus fracassos. Entretanto, em mim, sei de teus feitos, mas minha inveja me paralisa e não me permite te reconhecer, por isso sofro. Meu consolo é te desapreciar. Por isso afirmo: não tens educação, quando sou eu que não tenho, não sabes escrever, quando eu jamais escrevi. Por tal, meu ritual ao elogio do fracasso.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.607 hits

Páginas

novembro 2007
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos