O MEDIUM TELEVISIVO E A OPINIÃO PÚBLICA

A EMPATIA TELEVISIVA

Dos Conceitos

& Empatia. Identificação com as ações, comportamento e atitudes de outro. Capacidade de agir identificando-se de acordo com situações e circunstâncias vivenciadas por outro. Anulação da existência concebida pelas experiências únicas que faz com que a pessoa possa efetivar suas escolhas a partir de si próprio. Dependência de escolhas alheias a sua existência. Reflexo de modelos pré-concebidos. No médium televisivo, a empatia surge como o resultado do esvaziamento da razão social da comunicação/informação. A comunicação/informação, no médium televisivo, não efetiva a troca entre o emissor e o receptor dentro das relações sociais; ao contrário, realiza a hegemonia do emissor sobre o receptor. Isto devido a sua dependência à economia de mercado, uma vez que deve obedecer aos índices de audiência para alcançar o ibope desejado e assim manter os contratos com as empresas privadas. A empatia na tevê estabelece a identidade necessária entre a programação e o tele-espectador, fazendo com que este possa se familiarizar com as imagens, os sons, as grafias e os assuntos transmitidos.

De Alguns Casos de Empatias Televisivas

A Telenovela

Sua organização se baseia na familiaridade, no estado de coisas. O tempo da novela é lento, para que haja a ilusão da identificação com o tempo real-cronológico que as coisas seguem. O espaço dos cenários é reprodução do real concreto. A preocupação está em fazer com que o tele-espectador possa se comparar com o que vê. Seus conteúdos são imitações das situações cotidianas ilustradas moralmente sem uma análise critica. Reproduzem as informações redundantes dos telejornais. Os atores televisivos são escolhidos segundo seus rostos, gestos e comportamento frente às câmeras na intenção de realizar a empatia no público. É desta forma que os binômios rico-pobre, amor-traição, patroa-empregada, verdade-mentira, bem-mal, justiça-injustiça, homem-mulher, entre outros, são os alicerces de qualquer telenovela. Daí se pode inferir o quanto é falso as chamadas televisivas que a Globo faz querendo dá ao público a impressão de que uma das suas telenovelas terminou: “cenas da nova novela” ou “a nova novela do horário tal será”: mera ilusão, como pode haver o novo em algo que segue sempre o mesmo estereótipo?

O Telejornal

Sendo ele redundante, rasteiro, explorador e padronizador das emoções, realiza a empatia no público, principalmente por meio de seus apresentadores/modelos. A linguagem deve ser coloquial, os comentários devem agradar ao público que mais dá audiência, ele deve apresentar uma seriedade fora do comum nas notícias que transbordam violência e uma modesta felicidade nas que dão esperança. O telejornal, ao fazer da informação um instrumento de distorção da realidade, causa a empatia no público ao vincular notícias que não são esclarecidas, pois permanecem na redundância da palavra de ordem e provocam no público emoções padronizadas. O telejornal, para alcançar a identidade com o público produz factóides, monstruosidades, aumenta a dor, denegre, manipula imagens a fim de fazer com que o público se choque ou se mantenha passivo frente às amenidades transmitidas.

Os programas de Auditório

Estes exploram, sem escrúpulo algum, as mazelas e os preconceitos sociais. Procuram conservar a empatia do público padronizando as emoções de um extremo a outro. Tanto mostram a miséria como um show, realizando, junto a empresas privadas, caridades ao vivo, passando pela exposição da vida de artistas televisivos, mostrando estes como pessoas queridas de parentes e amigos, sem problemas, e com emoções, posto que choram, riem e lembram de situações passadas de quando “não eram famosos”, como colocam ao público o ridículo tanto de artistas como de outras pessoas. Para tanto, distribuem seus conteúdos de forma que as emoções possam ser guiadas do desespero à esperança tal qual os telejornais fazem.

Os Programas de Humor

Exploram o preconceito e as redundâncias das palavras de ordem que são veiculadas por filmes (que não apresentam o movimento das imagens como poiésis), telejornais, programas de auditório, telenovelas, entre outros, da tevê. São homofóbicos e se apóiam na estrutura cristã (sem Cristo) patriarcal da sociedade capitalista para obter a empatia do público. Não produzem humor a partir da inteligência, mas de uma ignorância que é reproduzida por todo o médium televisivo. Em sua maioria, os programas de humor na tevê permanecem como os grandes imitadores das imitações que a televisão realiza. Por esta razão, as imitações deles não produzem o riso como criação de novos modos de existência, mas como reproduções da informação enquanto falsidade da efetividade da realidade.

Estas são apenas algumas das formas que o médium televisivo impõe a empatia no público. Se você perceber outras, mande para o bloguinho intempestivo, que a publicaremos.

Esta coluna acredita na possibilidade da expansão da consciência pelas experiências autênticas que fazem soltar novas percepções, a criação de novos olhares sobre o mundo. Na alegria-estética de perceber o medium televisivo como uma violência à inteligência coletiva, contamos com a sua contribuição.

1 Response to “O MEDIUM TELEVISIVO E A OPINIÃO PÚBLICA”


  1. 1 Cristiane sábado, 30 agosto, 2008 às 6:55 pm

    É triste ver como a TV brasileira é extremamente padronizada e redundante,nem mesmo nos telejornais há algo que possa despertar o senso de análise e crítica na população,uma total perda de tempo,só mesmo ocupando meu tempo com livros e desenhando pra fugir dessa distorção padronizada e maciça da realidade.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.045 hits

Páginas

dezembro 2007
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: