A FANTASIOSA MORALIDADE DA FOME E MORTE DE DOM CAPPIO

O Bispo de Barra, Dom Cappio, após um desmaio, encerrou a greve de fome. Mas não cessou de insistir na temática da morte. Afirmou agora que “Lula” morreu, e que o governo pertence a Luís Inácio da Silva. Mas nem mesmo se estivesse falando em termos de identidade, a morte seria possível. O que Cappio não percebeu é que Lula não é um indivíduo. “Lula” é uma partícula-signo que carrega elementos desejantes que sequer pertencem a Luís Inácio. Não é Lula que resolveu se chamar de Lula. Foram as pessoas envolvidas com ele, nas lutas, nos movimentos sociais. O nome, como afirma o filósofo Deleuze, só é realmente um nome ao cargo de um exercício de despersonalização. A volta em si, desmontar os entendimentos clichezados que se adesivaram desde a infância para a leitura do mundo a partir do não-lugar, como sacou Foucault. Nem Lula nem ninguém poderiam jamais matar “Lula”, porque no fluxo vital, não há morte. A igreja, que lucra com a morte, até se pretende proprietária dos corpos pela moral, mas não consegue capturar o incapturável.

Embora muitos articulistas (inclusive o insípido Alexandre Garcia, abonado pela ditadura, e pena sempre alerta dos interesses conservadores) tenham insistido em criticar o bispo no seu próprio terreno – a teologia –, afirmando que seria pecado dar cabo da própria vida, uma suposta contradição para quem diz defendê-la acima de tudo, a questão pode ser observada de outra perspectiva. A greve de fome é uma prática ascética transposta para a política. Kafka, no seu conto “Um Artista da Fome”, mais que qualquer psicanalista, sacou que a fome só pode ser encarada como modo de existir no seu limiar máximo. O artista kafkiano recusa-se a comer nos últimos minutos antes de padecer, e afirma estar enamorado da fome. Não é o caso de quem usa o próprio corpo como recurso produtor de dor para tentar capturar o outro pela culpa e má consciência. Dom Cappio, como sua versão manoniquim, Rogélio Casado*, ao primeiro sinal do corpo (que é político, apesar de seus proprietários), desistiram, e já era de se esperar. A comoção gerada com a atitude do bispo nada mais é do que o resultado de dois mil anos de má consciência infligidas pela igreja. Só quem foi cegado no caminho para Damasco caiu nessa. Até Gandhi, que também fez greve de fome, sabia disso.

Outro equívoco do Bispo, quando afirma que a sua oposição ao governo de Lula é por motivos éticos e morais. Assim o fosse, não poderia ser oposição. A ética não é lugar, não se opõe. É produção, movimento, não posição, imobilidade. É construção coletiva de elementos materiais e imateriais que permita à potência se realizar cada vez mais perfeitamente, como afirma Espinosa. Assim sendo, pode um bispo falar em ética, quando é representante de uma instituição que lucra com a miséria há mais de dois mil anos, e que produziu ao longo de sua existência a maior parte das estratégias de dominação biopolítica que posteriormente foram usadas pelo capitalismo? Pode, claro, mas como palavra vazia, o significante. Palavra morta, para ficar no tema que anda agradando ao bispo.

Enquanto o bispo utiliza a estratégia do ressentimento e da má consciência para protestar (ressentimento e má consciência que estão, aliás, no cerne da criação do catolicismo paulino, que prega um Cristo eternamente preso à cruz), a igreja e o Brasil perdem a lucidez e a atuação política de Aloísio Lorscheider, que parte para outras composições físico-químicas e outros encontros, deixando uma lembrança-corpo que ainda carrega elementos da alegria comunitária. Lorscheider era amigo de Lula, e atuante nos movimentos sociais.

* Rogélio Casado, psiquiatra, se diz articulador da Reforma Psiquiátrica no Amazonas. Reforma que nunca chegou, apesar de ser amigo do governador Eduardo Braga, e ser coordenador de saúde mental desde o início do governo, e agora também reitor de assuntos comunitários da UEA. Casado fez, no final da década de 80, uma greve de fome contra as condições do Hospital Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, e no primeiro delírio, levantou e comeu. Leia aqui uma nota sobre a atuação de Casado a UEA.

0 Responses to “A FANTASIOSA MORALIDADE DA FOME E MORTE DE DOM CAPPIO”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.808 hits

Páginas

dezembro 2007
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: