Arquivo para 21 de janeiro de 2008

COLUNA VERTEBRAL

Se a Vertebral não analisou nada se realizou

# Esta Filó está barbaramente filosofante. Vejam só. Estava ela, neste sábado passado, em arrepiante festa com convivas variados, até pastor. Lá pras tantas, em meio a altercações harmônicas e dissonantes, um pastor aproveitou a onda e mandou falação teo-partidária estimulada pela candidatura a prefeito de um disangelista (o que não é evangelista, o homem da boa mensagem, mas o mensageiro da má notícia, o pessimista, culpado, juiz, tirano). A filósofa Filó, mandou ver uma inquirição: “Eu sou capaz de entrar pra tua igreja se me responderes quem nasceu primeiro, Deus ou o pecado”. O pastor acusou o golpe. Fico pétreo. Mudo. Ela, filosoficamente obscena, com o pastor fora de cena, disse que se levarmos em conta que tudo sai da providência divina, se Deus é primeiro, o pecado é invenção Dele, e se o pecado é primeiro, Ele é fruto do pecado, logo, Ele encontra-se no mesmo degrau do homem/pecador. Isto põe o homem como senhor de sua história. Saindo do choque, ele sorriu malárico, e saiu de fininho. E ela gargalhou, dizendo ser bem provável que este pastor agora vá pensar como é perigoso querer se meter nas coisas de Deus e querê-Lo misturado nas coisas banais do homem, principalmente campanha eleitoral. Esta é muito boa para uma segundona TDPM – Transtorno Disfórico Pré Menstrual.

# A Tininha está cada vez mais esperta em matéria de futebol, principalmente em relação ao seu Palmeiras. Ontem, no auge dos seus 11 aninhos, depois da partida entre seu time e o de Pelé, ela afirmou que o juiz da partida deveria escrever na súmula do jogo que estava profundamente ofendido por ter sido atingido em sua honra profissional pelos dois times. Sendo um profissional pago muito bem para apitar partidas profissionais, fora transformado em juiz de peladeiro dada a pobreza do anti jogo produzido pelos jogadores e, em seguida, colocar na justiça os dois times para serem multados. Fiquei imaginando: esta Tininha deveria estagiar como repórter da coluna esportiva Chagão. Pelo menos é imparcial, coisa que muitos repórteres e jornalistas não são.

# A imprensa imprensada no óbvio sem percebê-lo, noticia que a banda da Bica corre o perigo de não sair neste carnaval em razão de em sua letra/tema fazer alusão a um parente do português Armando, gene/nominal da existência da mesma. Em sua obviedade, ela discorda desta catástrofe alegria manauense, pois para ela trata-se de uma das identidades do carnaval de Manaus. Uma instituição consagrada pelos brincantes e seus fundadores, que se tomam como irreverentes, irônicos e inteligentes. Verdadeiros representantes momesmos da resistência à ditadura. Personalidade exigida por professor universitário a ser transformada em patrimônio público. Todavia, esta obviedade impede deslumbrar duas marchas. Uma, tomando a lógica da semelhança, ela já se apresentou em todas as outras bandas que já saíram, e ainda vai em todas as outras que vão se apresentar. Graças às semelhanças, que nem a tentativa protética em querer se tomar em charme diferencial, não a torna outra. Dois, seus adjetivos rebeldes e intelectuais são tão adesivados quanto “é dos carecas que elas gostam mais” e “olha a cabeleira do Zezé”. Os clichês preconceituosos e sensorialmente impulsivos. Tudo muito bem propagado como enunciado/promocional/fálico. Uma resistência à ditadura sem Marx. Sequer idealizado pela imaginação. Mais espectro satírico lamê do que Dionísio, o Destemido. Em síntese, apenas uma banda do todo da classe média bem determinada e bem demonstrada, o que não possibilita movimento nem alegórico.

# Ainda tem gente boba mesmo pra acreditar nesses alarmêêêês midiáticos, pois eu não notei que o Fafinho tava só um stress, então perguntei qual foi, e ele me falou que talvez fosse que faz uns dois mês que não tira um piço com o Valdo. “E por quê?”, perguntei. “Pois não é que ele cismou que pode contrair a tal da MRSA USA300”, falou o Fafo. Sem compreender, perguntei-lhe: “E o que é essa agora?”. Fafinho me explicou: “E não é uma variante da bactéria Estaphiilococos Aureus Resistente à Meticilina que, dizem, está dando nos homossexuais”. Euzinha, então, que estou já acostumada com os alardêêês falsos da mídia sobre doenças, fui pesquisar. Chamei ele e disse: “Olha, Fafo, não precisa ficar na seca assim não. Primeiro porque o boato era apenas em relação aos homossexuais de São Francisco e Boston, divulgado pela revista científica Annals of Internal Medicine e alastrado pela mídia alarmática. Segundo, o próprio CDC – Departamento de Controle de Doenças dos EUA pronunciou-se, desfazendo esse alarmório, que a tal MRSA é transmitida por contato de pele, inclusive em relações sexuais, e de forma nenhuma exclusivamente nas relações homossexuais”. Eu vi o contentamento tomar conta do semblante do Fafinho; ele foi logo dizendo: “Vou agora mesmo contar pro Valdo; vou dizer que foi tu, Vertebra, quem me disse, que aí ele acredita mesmo”. “Vai logo, antes que a mídia brazuca comece a fazer com a MRSA o mesmo alardismo que tentou com a febre amarela. Ah!, e eu ia esquecendo de dizer que a camisinha também nesse caso pode ajudar a prevenir”, acrescentei. Fafo só fez bater com a mão na bolsa e saiu rindo, apressado.

É carnaval, mas salta Rock!

E pelo meio produz o choque!

Abraços e Beijos Momescos!

*……….::::: CHAGÃO! :::::……….*

Θ O INSUSPEITO KAKÁ E A VIRTUOSA RENASCER. Ataques, pressões, escárnio. Essa foi a resposta que a revista Carta Capital recebeu após a matéria em que divulga a convocação de Kaká para depor no processo contra o casal Hernandes em São Paulo, pelo promotor Marcelo Mendroni. Em nota de repúdio, a Igreja Renascer em Cristo chegou a afirmar que o promotor estaria usando o jogador como cortina de fumaça para encobrir processo de malversação do dinheiro público, quando foi fazer um curso na Itália, pago pelo tribunal. Aí surge a primeira linha de fuga: tentando desqualificar o promotor, a igreja não só não toca em momento algum nos argumentos da acusação que sofre – no Brasil ainda é acusação, nos EUA já é condenação – como ainda utiliza um dos argumentos mais falhos de uma defesa jurídica. Ainda que fosse verdade a acusação da igreja ao promotor (ele afirma que o processo está em andamento, e ainda não houve a chance da defesa, onde irá esclarecer os pontos pendentes), em nada diminuiria a culpabilidade e a imputabilidade do delito ao casal apostólico Sônia e Estevam. Já o jogador se recusa a depor. Acredita-se perseguido e afirmou incomodado pela insistência do promotor. Caberia aqui uma questão: porque a gritaria de Kaká e família em torno de uma simples convocação como testemunha? Haveria aí, e certamente algum psicanalista já terá notado, um certo “exagero” na reação do jogador a um procedimento simples. É amigo íntimo de um casal que está sob processo judicial. Nada mais natural ter de ser ouvido. No entanto, pela psicanálise, teríamos que suspeitar. Diz a teoria freudiana que o autor de um delito deseja inconscientemente a notoriedade de o ter praticado, e portanto o enunciado denunciador sai até pelos poros do corpo do sujeito. É o caso do menino que comeu biscoito sem autorização da mãe, e ao ouvi-la chamar pelo seu nome, inadvertidamente grita “não fui eu!”, sem sequer ter sido questionado sobre o assunto. Assim sendo, o que teme o cidadão Ricardo Izecson dos Santos Leite? Se é, como dizem os críticos da revista, um exemplo para os jovens, pela lógica moral, teria que se submeter à lei e à moralidade civil e religiosa como garantia de sua crença nelas.

Θ O INSUSPEITO KAKÁ E A VIRTUOSA RENASCER (II) Pelo menos é o que a moral espera dos seus campeões. O mundo inteiro reverberou a matéria de Carta Capital. Em outros países é comum que os jogadores de futebol e outras pessoas de destaque tenham que se haver com a justiça em algum momento. No capitalismo, ninguém fica rico impunemente. No Brasil, a revista foi atacada impiedosamente pelos meios de comunicação e por boa parte dos leitores que sequer abriram as páginas da revista. Atacar Kaká é perigoso. E mesmo que a revista já tenha publicado anteriormente matérias louvando o meia-atacante cristianizado-paulino, não se perdoa este deslize. Mais uma vez, a psicanálise é suficiente para compreender este comportamento. É que a instituição da moral familiar, ainda que esfacelada pelas metamorfoses do capital, ainda é intocável em alguns níveis sociais, sobretudo a classe média (“média alta!”). Atacar um ícone desta classe é expor a nudez do rei e a falseação do modo de existir da moral burguesa. É devolver os agora perfumosos burgueses ao depósito de cebolas de onde vieram. E isso, para eles, é insuportável. Assim, Carta Capital toca nos calos morais – e muitas vezes nos nós financeiros insuspeitos – de muitos outros kakás, sônias, estevans que existem Brasis afora. Quanto ao brilho técnico e talento inconteste do jogador, louvado em outras tantas edições da revista, disso discordamos veementemente.

Θ MAIS UM CORAÇÃO FUTEBOLISTA PARA. Jogador do Niort, time da segunda divisão do futebol francês, Marco Randriana foi mais um que tomou o drible do coração. Jogando na sexta-feira última contra o time do Sedan, o meiocampista teve um ataque cardíaco aos 23 minutos de jogo, e caiu em campo. Com sorte, a equipe médica contava com o desfibrilador, o que permitiu atender o jogador com a rapidez que o caso exige. O meia está se recuperando no hospital de Reims, caso algum leitor do ‘Chagão!’queira visitá-lo. Ele tem 24 anos.

Θ AMAZONENSE 2008. Princesinha do Solimões e Nacional pulam na frente na primeira rodada do certame regional. O Leão da Vila sapecou 6 a 1 no recém-promovido CEPE, no Vivaldão. Já o Princesa desceu do salto e não teve pena do pobre América: 7 a 2. Bazinho (Princesa) e Thiago Verçosa (Nacional), cada um com 3 gols, assumem a ponta da artilharia. Resultados:

1ª Rodada

19/01 – Sábado (Vivaldão):

16:00: São Raimundo 41 Libermorro.

18:00: Rio Negro 02 Sulamérica.

20/01 – Domingo:

16:00: Nacional 61 CEPE (Vivaldão)

16:00: FAST Clube 11 Holanda (Floro Mendonça – Itacoatiara).

16:00: Princesa do Solimões 72 América FC (Gilbertão – Manacapuru).

Θ SUPERCLASICO 2008. Não perca no próxima sábado, 26, o primeiro Superclasico (Boca x River) do ano! Será válido pelo torneio de verão, que abre a temporada na Argentina.

Θ VIOLA E A XENOFOBIA. O jogador Viola, ex-corinthians, ex-palmeiras, ex-seleção brasileira, ex-centro-avante e ainda o mesmo Viola de sempre declarou toda a sua xenofobia em público esta semana. Recém contratado pelo time do Duque de Caxias, time carioca que debuta na primeira divisão, Viola foi flagrado pelas câmeras atacando o goleiro sérvio Dusan, também contratado do clube para a temporada. Viola, aos gritos, disse não gostar de estrangeiros, e ainda regrediu às fases iniciais da infantilização fetichizadora ao chamar por diversas vezes o goleiro de “merda”. Soubesse ele que uma das últimas e mais sangrentas guerras do século XX aconteceu na Sérvia justamente por xenofobia, talvez tivesse uma atitude diferente. Mas Viola é muito bem adaptado. O que ele teme são as mudanças, ter que sair da sua posição muito bem definida. Por isso, sempre foi um jogador previsível, e jamais chegou a craque. Também está vendo a aposentadoria bater à porta já a algum tempo, e talvez não tenha perspectivas muito boas. Enquanto isso, o sérvio, no auge dos seus 24 anos, tem mais chances de ser ídolo da torcida com suas defesas do que Viola com seus já escassos gols.

Θ COPA AFRICANA DE NAÇÕES. E o campeonato de seleções da África deu início. Infelizmente, não há transmissão deste que, depois do sudamericano, deve ser o mais técnico dos campeonatos de nações do mundo. Afinal, lá jogam todos os craques africanos que carregam o piano dos grandes clubes europeus. Ontem houve somente um jogo, o de abertura, entre Gana e Guiné. Os ganeses venceram por 2 a 1, gols de Asamoah (9’), Kalabane empatando (19’) e Muntari (90’). Acompanhe os resultados da CAN aqui no ‘Chagão!’.

Θ CAMPEONATOS REGIONAIS EUROPEUS. Devagar, quase parando, somente a Inglaterra desrespeita os feriados católicos e mantém seus jogadores-operários ativos até quando o ano novo surge no horizonte.

ALEMANHA: A Bundesliga alemã entra em recesso no final do ano. Só teremos prosseguimento, com a 18ª rodada, no segundo dia do mês de fevereiro, em plena folia momesca.

ESPANHA: O destaque da 20ª rodada da Liga foi o clássico entre Real Madri e Atlético de Madri. Embora em ascensão e contando com o bom futebol de Aguero e Forlán, os atleticanos não conseguiram parar os merengues. Placar: 2 a 0, gols de Raul e Van Nilstelrooy. O Barça encarou o Racing e venceu pela diferença mínima. O Villareal voltou à briga em terceiro lugar, vencendo o combalido Valência por 3 a 0. Atlético de Madri e Espanyol completam os cinco.

FRANÇA: Quem se deu bem na 21ª rodada da Ligue 1 foi o Bordeaux. Com a vitória fora de casa por 2 a 1 contra o Le Mans, o time assumiu a vice-liderança, 3 pontos atrás do Loynaiss, que perdeu fora de casa para o Lens: 3 a 0. O Nancy perdeu fôlego e está em terceiro, seis pontos atrás do líder, perdendo para o Nice por 1 a 0. Nice e Caen completam os cinco.

INGLATERRA: Manchester United e Arsenal mantém a ponta, empatados em 54 pontos após a 23ª rodada. Os Red Devils foram a Reading e venceram por 2 a 0 os locais, enquanto os gunners foram a Fulham e golearam por 3 a 0 o time da casa. O Chelsea também saiu e venceu o Birmingham por 1 a 0, e se mantém 4 pontos atrás. Manchester City e Liverpool completam.

ITÁLIA: Na 19ª rodada, o Internazionale quase tropeça, mas vence o Parma por 3 a 2 e mantém a invencibilidade, com 49 pontos. A Roma venceu o Catania em casa por 2 a 0, e mantém a perseguição, sete pontos atrás. A Juventus tropeçou e empatou em casa com a Sampdoria, 0 a 0. Fiorentina e Udinese (que conseguiu perder para Gordo, Pato e Kaká) completam os cinco primeiros.

PORTUGAL: A 17ª jornada da BWIN Liga só se realiza no próximo final de semana.

ESCÓCIA: 23ª rodada da Premier League, e o líder Glasgow Rangers venceu fora de casa o Inverness, por 1 a 0. O Celtic, quatro pontos atrás, venceu em casa o Kilmarnock, 1 a 0. Dundee United goleou, um luxo nesta liga: 3 a 0 no Aberdeen. Motherwell e Aberdeen completam os cinco.

GRÉCIA: Na 17ª rodada, o AEK mantém a liderança, vencendo o Atromitos por 1 a 0 fora de casa. Um pontinho atrás, o Olympiakos venceu o OFI também fora de casa por 1 a 0. O Panathinaikos, um atrás do segundo, venceu também por 1 a 0 o Ergotelis. Asteras Tripolis e Aris completam os cinco.

HOLANDA: Empate dos dois primeiros na Eredivisie. O PSV empatou em 1 gol com o VV Venlo fora de casa, e está com 40 pontos. Três atrás, o Ajax empatou também fora de casa com o NEC Nijmegen, 1 a 1. O FC Twente venceu o FC Gronigen por 3 a 1 e tomou-lhe a terceira posição. O Feyenoord é quinto colocado.

Θ SUB-RŨIM NO CAMPO DO ROMA. E dessa feita não foi necessário sombrinha, as nuvens, ainda que sólidas, não se chocaram e o sol até despontou e a poeira subiu na segunda rodada da 18ª Copa Rose no Campo do Roma, que já conta com 22 times inscritos, e que nesta rodada teve sete jogos.

Pra começar, todos os unidos permaneceram unidos; O Unidos da 83 derrotou o Fast por 5 a 3, o Unidos da 16 venceu o Arsenal por 2 a 1 e o Unidos da 22 mandou o Bola Bar para o bar com 2 a 1; difícil acontecer no Campo do Roma, haja vista a qualidade das partidas, Bonfim e Flamengo empataram em O a 0; e ainda houve duas walkover, conhecida pela sigla WO: o Argentina Júnior faltou, deixando os pontos para o Roma e a sensação do último campeonato, o Lourival, que fora surpreendido por uma goleada na estréia, dessa vez, nécas, deixou os pontos para o cantante Rouxinol.

Estrela Careca

e

Além desses, no jogo que o bloguinho acompanhou, Zezinho, o árbitro mais impecável no traje e na marcação dos palcos amazoniquins não teve problemas para apitar o jogo bem jogado entre o Careca, que segurou bem no primeiro tempo, mas continuou careca de gols, enquanto o Estrela cintilou no segundo tempo, vencendo de 2 a 0. Clique nas imagens e veja de perto…

E veja mais de perto ainda esse campeonato que não têm rainha, mas em compensação, olha secretárias que Rosivaldo “De Mulher” encontrou. São Maura e Kassimara, que cuidam da parte burocrática, anotando a súmula e registrando as observações, e que recebem muitos galanteios simpáticos da macharada dos times. Dizem que a presença delas até suaviza a multa de R$20,00 por cartão vermelho. Brincadeiras à parte, as belas meninas têm dado uma força muito grande para De Mulher na organização da copa.

E atenção aos desesperançados pela corrupção nas confederações e campeonatos organizados por elas, seja a CBF, CEF ou FIFA, as inscrições para o Sub-Rũim continuam abertas. Qualquer informação sobre o campeonato ou vontade de ajudar neste trabalho comunitário, é só ligar 9905-1678 e falar diretamente com “De Mulher”. Forme o seu…

COLUNA DO MEIO…

EM QUE SE SUSTENTA A INSUSTENTÁVEL SUSTENTABILIDADE?

O Meio Ambiente nos fornece Serviços Ambientais e é preciso cuidar para que seus recursos finitos sejam utilizados de forma sustentável e as gerações futuras não passem por privações. Dessa premissa surgem os códigos que norteiam o trinômio: Desenvolvimento – Meio Ambiente – Sustentabilidade, que pode ser simplificado em Desenvolvimento Sustentável e, a princípio, prepara um cenário para o investimento no discurso “ecologicamente correto” de muitas instituições. Mas o Meio Ambiente, tal como é concebido, não existe. Tão somente institui-se como uma definição redundante, porque “ambiente” não precisa de um complemento “meio” para lhe dar sentido. Essa definição normativa de Sustentabilidade surgiu na Conferência de Estocolmo, em 1972, na qual participaram 113 países que discutiram uma possível “abordagem do ecodesenvolvimento”, até ser renomeado para “desenvolvimento sustentável”. Ele deve obedecer a três critérios: eqüidade social, prudência ecológica e eficiência econômica. O Desenvolvimento Sustentável, supostamente, busca conciliar um desenvolvimento econômico com uma preservação ambiental, que levaria ao fim da pobreza no mundo.

A Conferência aconteceu na época do auge da ditadura militar no Brasil e o governo brasileiro liderou um grupo de países (considerados em desenvolvimento) que faziam oposição a um reconhecimento do problema ambiental mundial. Para o governo ditatorial de Emílio Garrastazu Médici, a principal poluição era a miséria que se estendia pelo país, e para o ministro do Interior Costa Cavalcanti, a prioridade era “Desenvolver primeiro e pagar os custos da poluição mais tarde”. Nessa lógica, os problemas ambientais surgiam da pobreza e o desenvolvimento do país não poderia ser comprometido por causa do ambiente, prejudicando as exportações. Já que todos tinham direito ao crescimento econômico, o Brasil da Ditadura liderou 77 países na defesa do crescimento e num ato de “protesto” estendeu uma faixa com os dizeres: Bem vindos à poluição, estamos abertos a ela. O Brasil é um país que não tem restrições, temos várias cidades que receberiam de braços abertos a sua poluição, porque nós queremos empregos, dólares para o nosso desenvolvimento”. E esse era o Milagre Econômico!

Mundialmente, quem deveria liderar a luta era o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), estabelecido pela Conferência de Estocolmo, e tem como missão a proteção do meio ambiente no contexto do desenvolvimento sustentável e, assim, garantir a adequação dos meios de exploração dos recursos naturais às especificações do meio ambiente. Atualmente, as estratégias mais comuns das instituições (academia, ongs, escolas) utilizadas para se atingir as metas é a Educação Ambiental (que também já não está mais sozinha nessa corrida), a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, a Ecopedagogia, a Educação para a cidadania, a Educação para a Gestão Ambiental e outras que estão surgindo…

Outra estratégia estabelecida é a disseminação do meio ambiente lucrativo, que a partir da valoração dos serviços ambientais (produção de oxigênio, a capacidade de produção de água e equilíbrio do ciclo hidrológico, fertilidade do solo, vitalidade dos ecossistemas, a paisagem, o equilíbrio climático, entre outros) se objetiva “fazer com que dois mundos diferentes se encontrem: o mundo da natureza e do mercado. (…) Pagar por serviços ambientais é uma solução para um problema criado essencialmente pelos nossos padrões de produção e consumo. A verdade é que enquanto não se valorar a natureza, não teremos êxito nessa questão“, como disse o secretário-geral do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). Esse mecanismo de pagamento por proteção aos serviços ambientais é relativamente novo e considerado estratégico para o estabelecimento do desenvolvimento sustentável. Seu princípio está na recompensa para quem protege o meio ambiente e os serviços oferecidos por ele.

E se depender do governador-guardião-da-Amazônia, Eduardo Braga, essa moda vai se estabelecer. Ainda inserido na lógica da pobreza como causa da degradação, ele afirma que “é sabido que a pobreza é um dos principais fatores de degradação do meio-ambiente e por essa razão o nosso governo criou o programa Bolsa-Floresta, que vai incentivar o desmatamento zero, proporcionando uma pequena ajuda mensal aos guardiões da floresta, para inverter essa lógica”. Mostrando que apesar do esforço de alguns em participar das discussões e agir para a mudança, há sempre aqueles que pegam carona e tentam se aproveitar das situações para conquistar para lucrar. A fragilidade dessas medidas impostas pelo “guardião da floresta” não estão interessadas na procura de novos conceitos que nos permitam renovar, inventar novas práticas ecológicas.

Muito diferente do Desenvolvimento Sustentável proposto pela ministra Marina Silva: “Novos tempos exigem novas mentalidades e atitudes que gerarão novos produtos. E uma das questões que está sendo debatida em todo o mundo é a necessidade de se preservar os ecossistemas para que eles possam assegurar os serviços ambientais, tão importantes para a vida”, que não cai no embuste do meio ambiente lucrativo e não se prende ao que o discurso da economia de mercado impõe. Mas tem uma preocupação em trazer às discussões essas “novas mentalidades”, se aproveita do que está instituído para criar outras práticas que incluem o engajamento ético-político que trabalha para a mudança.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.205 hits

Páginas

Arquivos