Arquivo para 24 de fevereiro de 2008

DOBRAS E DESDOBRAS DO JORNALISMO

…Não precisa gritar, ameaçar, pornofonizar o debate. É o que menos suporta um encontro como este já que trata de discutir o jornalismo como serviço público junto à opinião pública. Calma! Calma! Calma! Você é um jornalista ou um policial truculento a serviço dos patrões fascistas? Certo, é um direito seu discordar do discurso apresentado aqui, mas é também um direito seu, que sua posição-discordante saia de uma reflexão sobre os pormenores da matéria aqui constituída e de todos as suas formas de desenvolvimento, caso contrário você estará, apenas impulsivamente, tecendo considerações pessoais que sustentam uma classe: a classe dominante que tem o jornalismo como uma empresa essencialmente do sistema  capitalista. O que não é verdadeiro, e muito menos democrático. Não, senhor! Não estamos desconsiderando sua posição. Você é quem, com essa possessa intransigência, está se desconsiderando. Quando ilustramos pontos deste discurso recorrendo ao jornalista/filósofo Ignácio Ramonet afirmando ser o objetivo deste sistema de mercado extinguir o jornalista que acredita na nobreza democrática de sua função política, e por isso promove na profissão a ignorância, a ausência de honestidade e a mistificação, você reagiu com ódio. Quando encerramos o discurso, ainda com Ramonet, asseverando que “informar continua sendo uma atividade produtiva, impossível de se realizar sem esforço, e que exige uma verdadeira mobilização intelectual; (e que) a informação não é um aspecto da distração moderna, nem constitui um dos planetas da galáxia divertimento; é uma disciplina cívica cujo objetivo é formar cidadãos”, você destilou mais ódio. E agora, respondendo a sua pergunta: “Quem exemplificaríamos como jornalista?”, e entre alguns, evidenciamos Marilene Felinto, você solta uma gargalhada cretina. Depois de tudo que foi tratado aqui sobre Jornalismo, Democracia e Ética, você queria que citássemos quem? Eliane Cantanhêde, Diogo Mainardi, Reinaldo Azevedo, Josias Souza, Clóvis Rossi, ou outros desta pauta? Das duas uma: Ou você sofre SDG – Síndrome da Deficiência Cognitiva, ou, veio à este encontro com o firme propósito de abortá-lo. O que já é um sintoma da SDG. Pelos instrumentos que você tem sobre a mesa, é fácil entender seu estúpido propósito. Querer abortar um encontro como este amparado pela Folha de São Paulo, Estadão, O Globo, Veja, Época, é muita inutilidade jornalística. Por quê não trouxe um aparelho de TV para ficar assistindo seus programas preferidos? Fortaleceria mais sua ilusão de frustrar ente encontro. Doloroso, não? Esta comunalidade jornalista tem mais potência de agir que sua força reativa, a dor de seu ajornalismo. É por isso que você confunde diferenças singulares criadoras de democracia, com diferença quantitativa, reforçadores da tirania. Daí seu jornalismo se alojar no estômago, a morada da moral burguesa. Por isso você não sobe à superfície como desejo cognoscível: o conhecimento. 

DUAS NOTAS EM TOM NEURÓTICO-CONSONANTE

Duas Notas

PRIMEIRA NOTA – MI MENOR – O Sindicato dos Psicólogos do Amazonas envia carta aos mais de 1500 profissionais residentes no Amazonas, solicitando a contribuição sindical. O presidente, “doutorando” Alberto Jorge (as aspas são o merecido destaque ao ainda-não título, o qual adorna nominalmente sua assinatura), que também é presidente da AAPsi (Associação Amazonense de Psicólogos), candidato derrotado nas eleições do CRP/AM no ano passado, passando também pelo CARMAA e ABUCABAM, sendo também assessor da SEC para assuntos da negritude, além de outras siglas onde coordenou, chefiou, geriu ou representou. Dizem ainda que já rezou missa sem ter sido ordenado, é também babalorixá, e contam que seus orixás e cabocos tem talentos que os outros não têm, como dirigir, por exemplo. Jorge lamenta em sua carta que o sindicato não tenha “recursos financeiros obrigatórios sob pena de punição severa”. Afirma ainda que os psicólogos confundem o sindicato com um supermercado onde se pode degustar os produtos antes de comprá-los e faz uma convocação à filiação e à contribuição, bem ao estilo pagar pra ver. Um psicólogo que conheça sua história e que não restrinja o conhecimento ao consultório no mínimo desconfiará desse afã pelos cargos de chefia (vazio do poder, a Lei como compensação neurótica da falta edipiana do Amor?), a submissão aos títulos e honrarias da civilização, mesmo com seu mal-estar (signos marcadores de poder – Foucault – que expressam a ilusão criada na dor da interdição/repressão – Freud – e que se tomam como real numa paralisia psicophatos), além de lamentar que Papai-Estado não use a força da Lei para obrigar os psicólogos a pagarem pelo direito de serem protegidos, típico de um psicólogo judicativo, e numa visão anos-luz distante da possibilidade de um movimento de categoria criado no calor das discussões, das lutas, envolvendo linhas de comunalidade que criam e não conservam, e que não submeta a sua atuação política ao amor do capitalista: o vil metal. Quão longe da novas linhas de atuação dos sindicatos, da potência política do ABC paulista de Lula, que abalou as estruturas da ditadura. Provavelmente, boa parte dos psicólogos não vai pagar a contribuição mesmo sem levar em conta estes aspectos, tão presentes latentemente na carta. Mesmo assim, o sindicato (que é necessário, mas não com essa conformação) deve sobreviver. Ainda que seja dos crédulos. E agora, doutor?

SEGUNDA NOTA – LÁ MAIOR – Câmara Municipal de Manaus segue distribuindo medalhas, homenagens e condecorações, seja qual for o motivo. Alguns deles: Gilberto Mestrinho, 80 anos, 50 dedicados ao Amazonas. Nos últimos anos, depois que virou ecologista e não come mais tartaruga, acompanha “atentamente” a política manoniquim de sua mansão no Rio de Janeiro, que foi assaltada no ano passado; Átila Lins, proeminente deputado federal, eleito pelos confrades coordenador da bancada do Amazonas em Brasília, irmão de Belão e ardoroso defensor das causas sociais que não ecoam em nenhuma parte do Amazonas, ainda que em seu quinto mandato. No total, só neste início de ano, já são 5 as medalhas, homenagens ou condecorações. Com homenageadores como estes, e com homenageados como aqueles, você, leitor intempestivo, aceitaria uma medalha da CMM? E agora, vereança?


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.025 hits

Páginas

fevereiro 2008
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829  

Arquivos