Arquivo para 11 de março de 2008

ESTADÃO ESCORREGA LÁ, IMPRENSA MANONIQUIM CAI AQUI

É mesmo de dar dó. A imprensa manoniquim quer se passar por isenta e informativa, da mesma forma que a imprensa nacional tenta vender seu peixe. Igualmente à imprensa nacional, a manoniquim vende um peixe que não interessa à população. Na hierarquização do mercado de notícias, no século XX surgiram as agências de notícias, que produziam matérias jornalísticas, mas não possuíam veículos de divulgação, vendendo o seu produto à jornais televisivos, radiofônicos e/ou impressos.

Hoje, o mercado de notícias navega ao sabor dos dissabores da direitaça brasileira. Os jornalões nacionais, em plena época de sucessivas surras de outros meios de informação, inclusive os blogs, costumam publicar matérias de agências e jornais internacionais. No aspecto político, em geral, matérias que tentam mostrar falhas reais ou inventadas (a maior parte inventadas ou “exageradas”) sobre o governo Lula. Raramente, ou nunca, os editores-chefes colocam na janela matérias que elogiem ou mostrem avanços do governo do Sapo Barbudo.

Regionalmente, o mesmo acontece com a imprensa da Manô, que consome compulsivamente notícias das agências nacionais e dos jornalões do Rio e ‘Sumpaulo’ no âmbito nacional, e no local, publicam para onde os ventos (ou promessas) das verbas publicitárias municipais e estaduais soprem. Só não contam com aquele preceito bíblico adaptado, “bem aventurados serão meus imitadores, pois deles serão meus erros”.

O Estadão escorregou no domingo passado. Dito, feito, a imprensa local publica na terça o que no domingo este Bloguinho já mostrava como erro. Com uma diferença: na imprensa nacional, as manchetes ao menos tentam dar um aspecto de seriedade à matéria, visando apelar à credibilidade combalida do leitor em suas palavras. Aqui, a manchete – acreditam os locais – deve ser mais explícita nos seus objetivos.

Após a leitura dessa reveladora matéria, onde quiçá uma vírgula tenha sido mudada em relação ao texto da Agência Estado, milhares de beneficiários do Bolsa-Família, Amazonas a fora, devem estar quebrando e jogando fora seus cartões, prometendo jamais votar novamente no maldito Sapo Barbudo.

Ao menos, enquanto a rede embala e o editor-chefe dorme o sono dos justos.

TROMBETADA TROMBÓTICA SEM MULHER

E por falar em mulher, como é que fica a trombetada indiscreta com a paralisação trombótica? Ou como fica a mulher com algumas mulheres? Ou, ainda, a mulher com algumas damas? Vejamos os casos protagonizados por algumas trombetas norte-americanas, tendo as coadjuvantes damas em papeis secundários. Trata-se de mulher. Elas afirmam, e eles clamam: Amém! Bill Clinton, McCain e Eliot Spitzer. Os três, picados pelo mosquito-eroticus, realizaram suas funções familiar/burguesa/judaica/cristã pelo adultério: o pecado é para se pecar. Depois foram à público, acompanhados pelas respectivas mulheres, pedir perdão pelas picadas: a culpa é das mulheres. Fora de cena, dizem: “ainda bem que existem mulheres fora das damas”. As mulheres fora das damas são: estagiária, assessora e prostituta de luxo. Três funções profissionais como mulher. As damas, em público, perdoaram. E voltaram para casa, vitoriosas como as castas rainhas do lar. No emaranhado moral da doce família cristã, na classificação e distribuição dos papeis sociais, quem é mais e quem é menos nesta parada pornô-burguesa? Responderia o filósofo Rui Brito: “Todos são mais! Todos estão certos!”. E completaria, apoiado na própria bíblia comentadora do pecado da carne: “Diz-me com quem andas, que direi quem tu és”. Caricatas personagens se exibindo como mulher. Falta mulher nas seis. Se dama sair da pontuação trombótica, e prostituta sair do estigma teo-sex-capital, nenhuma é dama, nem prostituta. Ambas sabem que o bio-sexo é função precípua para a Vida. Quando amam, amam, só amam. Mas quando o bio-sexo é capturado pela cultura-mercadoria como obrigação de realização da moral moeda de venda e troca, desaparece a mulher, e se apresenta o espectro caricato: As indiferentes senhoras Clinton, McCain, Spitzer, estagiária, assessora e prostituta de luxo. As trombóticas dependentes das trombetadas. As damas imprescendíveis para fazer funcionar a democracia norte-americana exigente de exemplos justos e escandalosos. O que reza “esta tal de dona moral” (Gonzaguinha).

DUAS NOTAS PARA HARPA CRISTÃ

Notas Musicais

PRIMEIRA NOTA – LA: O Papa resolveu por apresentar uma nova lista de pecados capitais: manipulação genética, o uso de drogas, a desigualdade social e a poluição ambiental serão acrescentados aos sete já conhecidos por causa daquele filme (nada de cinema) com Brat Pitt. Segundo o Vaticano, a nova lista agora leva em conta mais os aspectos sociais, deixando claro que a antiga lista era muito bem situada dentro da ordem capitalista vigente. Com certeza conseguiu muito êxito: que pobre não pediria perdão pela gula, pela luxúria, pela vaidade? Que trabalhador exigiria seu direito à preguiça? Quando a Igreja era o futuro, estes pecados serviam para garantir a conservação de sua força. Se precisava mais um pouco de força, a Inquisição funcionava. Agora a Igreja admite o atraso, quer se adaptar à “realidade da globalização”. Continua bem situada. Mas todo atrasado está preso ao passado, não como virtual, mas como tempo morto. Poder! Poder! Agora que ninguém quer mais se confessar, só resta a Igreja tentar meter-se no poder secular. Mas enquanto pouco arrependimento conseguirá junto aos grandes latifundiários, políticos corruptos, industriários, de outro lado, os simulacros de poder ainda vão conseguindo atrapalhar o debate científico sobre o aborto e as células-tronco. Falando da alma, mas ainda e sempre a tentativa de controle do corpo. Vendo a trajetória de Jesus, o filho de Maria, escapando ao poder temporal e ao secular, disposto sempre ao encontro para a formação de novas comunidades, com certeza não entoaria: “Perdão, Senhor, pequei!”.

SEGUNDA NOTA – SI: No lado dos pentecostais, mais um moralizador resolveu provar do fruto proibido. Dessa vez foi o prefeito de Nova York, Eliot Spitzer, ferrenho perseguidor da prostituição, que teve gravada uma negociação com uma agência para um encontro com uma prostituta de luxo em Washington, e por isso ficou só na vontade. Uma investigação federal foi quem melou o ‘love’ do prefeito novaiorquino. De boca murcha, como estratégia para manter a pose da moral, ele resolveu pela confissão pública: foi com a mulher, impassível, e pediu perdão por ter “agido de uma forma que viola minha obrigação familiar e viola meu sentido, qualquer sentido, do que é correto e do que é incorreto”. Estamos quase desconfiando que isso sempre ocorre nas corretíssimas famílias norte-americanas. E que, para sorte da união da sacratíssima família, nem sempre estas tentativas são frustradas e frustrantes assim. Mas se der no jornal, na televisão, na internet, se você for político, é praticamente o fim da sua honrada carreira. O que não existe mais — a família nuclear, freudiana, burguesa —, para ser simbolicamente mantida, exige uma força mais rigorosa ainda. Não fosse tanto rigor, talvez o prefeito não precisasse ir tão longe para dar um ‘piço’ por fora, talvez sua própria esposa pudesse ser amante, talvez até construísse uma família americana onde o sexo não fosse um tabu protegido por Deus e pelo Estado, e cada um pudesse seguir a lei do desejo que caminha na direção do amor aberto “à comunidades mais vastas”, como fala Toni Negri. Vem, neném!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.080 hits

Páginas

Arquivos