Arquivo para 12 de março de 2008

OS SIGNOS E A MULHER: ANIMAÇÃO AFINANTE NAS ESCOLAS FRANCISCO ALBUQUERQUE E RODOLPHO VALLE

Nesta segunda-feira, a AFIN esteve nas escolas Francisco Albuquerque (Centro) e Rodolpho Valle (Redenção), para animar um papo com os estudantes a respeito da linha-intensiva Mulher e os signos-clichês que povoam a sociedade de controle.

Na escola Francisco Albuquerque, a moçada dos terceiros anos se juntou e organizou ativamente o encontro, mostrando que organização e atitude não faltam aos estudantes manoniquins. O que falta é que os gestores – como o fez a companheira Verônica, do Chico Albuquerque – deixem espaço para que os estudantes, autonomamente, possam produzir a escola que lhes interesse do ponto de vista da produção devir-educação.

O papo rolou em torno dos clichês que são produzidos socialmente, e que já estão no mundo no momento em que pintamos. Na maior parte das vezes, as pessoas não encontram nos seus acasos possibilidades de suspeitar e questionar estes clichês, que acabam por se adesivar ao corpo social. Homens e mulheres, independente da orientação erótica (homo/hétero/bi/multi), não como identidade-imóvel e paralisante que produz somente o consumidor e a ignorância, mas como devires produtores de outras percepções e afetos.

As estudantes Kelly Vanessa e Talitha deram também seu toque:

“O que falta pra ela [a mulher] é oportunidade. As poucas que estão no mercado de trabalho estão sabendo valorizar esta conquista. Mostram que tem atitude, muitas vezes mais atitude do que os homens, desempenham bem tudo aquilo que elas se propõem a fazer, e eu acho que falta é mais oportunidade para que a gente possa mostrar nosso valor”. (Kelly, 18 anos, 3º Ano).

“A questão da mulher já mudou bastante de um tempo pra cá, mas ela ainda é muito humilhada, e a gente tem que continuar conquistando nosso espaço cada vez mais. Existe uma certa abertura na sociedade, mas ela continua bastante machista, e se a gente não tiver uma atitude política, de ir pra rua mesmo, a gente não vai conseguir sair do lugar, e aí o Brasil também não anda”. (Talitha, 3º Ano).

Os estudantes apresentaram uma peça teatral que mostrou as diferenças culturais entre os homens e as mulheres, destacando as conquistas delas. A atividade teve participação de todos os 3os anos, mas o objetivo é que os estudantes continuem organizando atividades educativas, a partir deles mesmos, envolvendo todas as turmas.

No Rodolpho Valle, todas as turmas do período noturno foram convidadas para participar do bate-papo, que contou com diversos convidados, além da participação dos próprios alunos. A maior parte dos estudantes trabalha durante o dia, mas a jornada não diminui a alegria e a disposição para compor a rede afetiva do Existir, e aumentar a potência educação.

As companheiras Francisca Valente e Jacira Pascoal falaram sobre o tema:

“A participação da mulher na sociedade ainda é muito pouca, principalmente, por exemplo, no futebol. A gente, aqui no bairro, tá tentando fazer junto outros torneios, porque é muito raro ter. E em outras áreas, como a política e o trabalho, existe ainda muita discriminação, nos postos de trabalho em que homem e mulher podem ocupar, a maioria é de homens, e que ganham mais. Por isso é que o mundo tá desse jeito! (risos)”. (Francisca Valente, 7ª Série).

“As pessoas hoje em dia ainda não respeitam as mulheres, ainda há muita discriminação. Em algumas partes tem, em outras, não. É muito difícil encontrar pessoas que digam que as mulheres têm condições de fazer as coisas em igualdade com o homem. Então as mulheres têm que lutar, vencer, e acreditar, porque se você não acredita no que você faz, não adianta”. (Jacira Pascoal, 7ª Série)

CAMPANHA DE PROTEÇÃO CONTRA O VÍRUS IMTU/SINETRAM: VÍRUS MUTANTE EM VERSÃO 2.0

Campanha de Prevenção ao V�rus IMTU/Sinetram

VÍRUS IMTU/SINETRAM VERSÃO 2.0
ATACANDO NA CMM, BLOQUEANDO CARTEIRINHAS ESTUDANTIS, MAS ALGUNS VEREADORES TENTAM CONTER AVANÇO DO CONTÁGIO

O vírus IMTU/Sinetram, que durante o mês de fevereiro, consumiu os créditos dos cartões passa-fácil de cidadãos através do boicote dos empresários à Integração Temporal agora sofre mais uma mutação no seu modus operandi, e continua a infectar o organismo-Manaus.

Depois de contar com a imprescindível colaboração da imprensa manoniquim, de ter no presidente do IMTU um defensor, e de continuar, aqui e acolá, comendo os créditos da Integração Temporal dos usuários do transporte coletivo, o vírus IMTU/SINETRAM ataca agora em duas frentes:

1) Como em anos anteriores, o Sinetram não foi capaz de evitar que os estudantes fossem prejudicados novamente no início do ano letivo. Milhares deles estão tendo que pagar a passagem integral, pois as carteirinhas estão bloqueadas. O motivo alegado pelo Sinetram, que mais uma vez nada pode fazer para minimizar ou acabar com o problema é que as escolas não enviaram os dados dos alunos para que fosse atualizado o sistema. Mais uma vez, o sistema erra a favor dos empresários e contra a população.

2) Ao mesmo tempo, o vírus IMTU/SINETRAM pretende ressuscitar o finado projeto de lei do passe “livre” do vereador-empresarial Massami Miki. O famigerado projeto, que foi derrotado pelos movimentos estudantis e sociais, parece suspirar na tumba, e já foi aprovado pela Comissão de Finanças, Economia e Orçamento, numa reunião no apagar das luzes, na tarde desta segunda-feira, dia 10. A reunião foi toda organizada e conduzida pelos suplentes, que aprovaram o projeto. A próxima comissão a analisar o projeto é a de Transportes, Viação e Obras Públicas, presidida pelo vereador Jorge Maia (PTB/AM). Além dele, os vereadores Waldemir José (PT/AM), Lúcia Antony (PCdoB/AM), Fabrício Lima (PRTB) e Coronel Vicente (PR/AM) se posicionaram contrários ao projeto, uma vez que o levantamento sócioeconômico que justificaria os critérios adotados no projeto não foi apresentado.

Não se engane, leitor intempestivo, o vírus continua atacando, em sua versão 2.0!

ENQUANTO ISSO…

Os vereadores José Ricardo e Waldemir José (PT/AM) continuam cobrando da presidência da CMM que seja colocado na pauta da casa o projeto de lei elaborado por eles, que coloca sob a responsabilidade direta da IMTU a gerência do sistema de bilhetagem eletrônica Passa-Fácil. Hoje, como sabemos, é o Sinetram quem gerencia o sistema.

O presidente da CMM, vereador Leonel Feitosa (PSDB/AM), que tentou dar uma de Pilatos, alegando que apenas cumpriu o regimento da casa ao dar prosseguimento no trâmite do projeto do vereador Massami Miki, não quer lavar as mãos com a mesma pressa, no caso do projeto dos petistas. Até agora, quem tem pago a conta da água despejada na torneira do presidente é a população, que continua não tendo seu direito de ir e vir dentro da cidade respeitados. De Pilatos, que sacou a linha político-filosófica de Jesus, Feitosa nada tem.

SINDICATO DE UM HOMEM SÓ?

Enquanto boa parte dos vereadores agem em favor de outros interesses que não os políticos, José Ricardo faz humor, voluntariamente ou não, com a situação: se o sindicato representa os interesses de uma categoria, em coletividade, qual a razão de se continuar existindo um SINETRAM – Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo, se quem venceu a licitação para atuar no transporte coletivo foi somente a Transmanaus, uma empresa somente? E agora, Marcelo “Martelo e Foice” Ramos?

E na Campanha de Proteção contra o Vírus Imtu/Sinetram, relate neste bloguinho casos que estão ocorrendo no bairro de sua residência, no seu trajeto ao trabalho, ao lazer, à escola, etc, para serem publicados neste espaço comunitário e ir auxiliando, por fora da mídia oficial seqüelada manauara, a defesa de nossos direitos, de nossa cidadania, de nossa liberdade de ir e vir.

CLIQUE NO CARTAZ DA CAMPANHA NA BARRA LATERAL DESTE BLOGUINHO PARA ACESSAR OS BOLETINS!

O MEDIUM TELEVISIVO E A OPINIÃO PÚBLICA

MÍDIA E CORRUPÇÃO: TUDO A VER

A mídia golpista/seqüelada toma por corrupção qualquer desvio da conduta constituída que ofenda ou ponha em risco a moral de classe, os bons costumes e a inabalável retidão dos seus iguais. Daí as mentiras, os subornos, as depravações, o desrespeito ao próximo, as injúrias, brigas públicas, acusações infundadas praticadas por políticos profissionais, como assassinatos, roubos, tráfico de drogas, catástrofes, traições, dilemas familiares e outras tristezas servirem de conteúdo para a programação das variadas, mas iguais, mídias. É se alimentando da dor que a mídia se torna aquela que pratica, exige e dá o exemplo do que é ser correto, sério, digno, humano e justo. A mídia descansa, portanto, tranqüila, no leito da retidão, pois luta contra a corrupção. Então porque não reforçar esta luta inventando estas tristezas, acusando sem provas, noticiando vaziamente, informando pela desinformação, construindo factóides, escondendo os fatos, não analisando os acontecimentos, reproduzindo notícias sem critérios, sendo parcial, inventando matérias, enfim, sempre em busca do “furo” que fundamente suas fraudes midiáticas. Sempre à frente (embora com a audiência em baixa) a Rede Globo vai mais longe. Ela é a parceira oficial da campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, que será lançada nacionalmente no dia 16 deste mês. Bem que a Globo entende de corrupção. Só para ficarmos em alguns exemplos: foi parceira da ditadura militar, a tentativa de fraudar as eleições de 1982 no Rio de Janeiro para prejudicar Leonel Brizola, suas omissões e recusas em transmitir as campanhas das Diretas Já, em 1984, a influência de Roberto Marinho na nomeação do ministro Maílson da Nóbrega, em 1988, e atualmente a condenação em primeira instância pelas acusações, sem provas, no então espetáculo midiático, o “Escândalo do Mensalão”. O que não passa pelas informações verborrágicas da mídia é que a corrupção é produzida como efeito da inércia social/política que ela própria contribui para fortificar. Se os principais objetivos da campanha são acabar com a impunidade e educar as futuras gerações para que não haja mais corrupção no Brasil, a parceria com a Rede Globo, Folha de São Paulo e outras bem servem de exemplo para sabermos o que é corrupção, tanto no sentido cristalizado-midiático como no social/político. Logo, a Globo, como toda a mídia que prefere a inércia epistemológica à criação de outras percepções que não sejam as já constituídas, tem tudo a ver com a corrupção.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.548 hits

Páginas

Arquivos