Arquivo para 2 de maio de 2008

CLINAMEN

___ oblíquas variações infinitas dos corpos ___

__________________________________________ matéria __________ vibrações ______________ percepções ________ circulações ___ imagens-idéias _____   A voz do povo é a voz do povo. “VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS”, teoantropofonemizou o filósofo Rousseau.                             Alienou o povo.                        Logo ele, o filósofo que primeiro colocou o termo alienação em seu devido território: o social.            Logo ele que afirmou nascer o homem livre e em todo canto está preso.                           Ele fez lingüisticamente o povo sem potência. Deu-lhe a função de eco. Duplo-eco. Eco de Moisés, que já era eco de Deus.                 A monarquia-absolutista adorou, também, duplamente:                  por superioridade social e superioridade lingüística. A hierarquia era seu produto, tanto quanto a linguagem predominante.             O povo sendo a voz de Deus, e a nobreza estando mais próximo Dele          Deus no céu e o Rei na terra , e povo falando a linguagem saída da nobreza, a voz do povo não era do povo.          Mas da interpretação dos nobres sobre a superioridade de Deus, que eles acreditavam representar na terra.         Esse o enigma da escravidão do povo, que Rousseau não entendeu ao proferir a teo-política sentença.                            Aconteceu de 400 anos depois surgir Lula, como povo, inverter a pirâmide teo-política. Agora, a voz do povo é a voz do povo, porque onde o povo não é voz prevalece a tirania ou, eufemisticamente, a demagogia.                         Lula liberta o erro teo-fono-filosofastro de Rousseau. O eco ficou surdo. O povo ficou mais próprio de Deus: ele fala com sua própria voz, não faz imitação de Deus. Assim como Deus fala com sua própria voz com o povo sem precisar se duplicar no povo. Se despiritoalizar de Si mesmo.  Ambos são lingüisticamente independentes.                    O Brasil ouve o som da democracia. Rousseau, desatento, como Sócrates, Platão, Aristóteles, Descartes, Kant, Hegel e outros  filósofos e estudantes de filosofia, confundiram teologia com filosofia.                    Até o cantor Waldik Soriano:         “A voz do povo é a voz de Deus. Chegou a hora da verdade…” __________________________ Já havia chegado quando nós já estávamos aqui, por isso não vimos                          Não há nada o que fazer com o que foi feito com o paciente                     Nos resta outros fazeres                    “Para Freud, todos os orifícios são, para criança, ânus simbólicos e a atraem em função dessa semelhança (…) Não pretendo impedir que os freudianos componham hinos ao ânus, mas isso não impede que o culto do orifício seja anterior ao do ânus e que se aplique a um grande número de objetos. (…) Os freudianos se fizeram poetas sexuais dos orifícios mas não explicaram a natureza da sua atração.” Sartre                  “O que é que tu tem, canário?” Xangai                     O jornalismo da inutilidade publicou que o fiel pastor-jogador do esporte bretão, Kaká, encontra-se entre os 100 mais influentes do mundo. Injustiça: o nome do senador Arthur Neto não se encontra na inútil lista. O amazonense foi escolhido por funcionários parlamentares como o mais influente. Seu outdoor em Manaus traz os dizeres: “O senador mais influente do Brasil!” Discriminação dos jurados? Coisa de americano contra a democracia do PSDB? E a dos republicanos, versão Bush?                   O fato é que esse negócio de influência, no mundo da trapaça, é uma mina. É como a derrubada das pedras do dominó em pé. O primeiro toque influencia todas, e todas caem.                                               Há uma classe média paulista ávida pela notoriedade.                                Há um Deus de mercado.                                          Nasce Kaká: a criança é influenciada. Antes, historicamente, havia o sentido econômico-social do empresariado de São Paulo, e uma igreja, cuja salvação também é da mesma ordem da matéria como a moral-burguesa empresarial.                                 Kaká cresce fisicamente. De tanta influência, continua Kaká: doador dos valores de seus influenciadores. Doador econômico da Igreja  Rescascer, e doador de sua imagem-modelo à mídia de mercado.                                                          Kaká é influente.                                                 Arthur é influenciado pelo pai, também parlamentar. Chega no parlamento, é influenciado pela direita brasileira, Fernando Henrique e os empresários da FIESP-Federação das Industrias do Estado de São Paulo: é contra o governo Lula.               É modelo heróico do fim da CPMF, segundo a direita.                                                                                                                                                                                                                                                    &nbs p;                               Continuando Arthurzinho, serve de influência ao que há de mais retrógrado na dita política brasileira. Reflexo bruxuleante de todos os Lacerdas do Brasil.            Inteligentes: selecionam, escolhem e hierarquizam: o infantilismo é a patologia da infância interditada.                                 “Cada um de nós é uma máquina do real, cada um de nós é uma máquina construtiva. Hoje não há mais profeta capaz de falar no deserto e de contar que sabe de um povo por vir, por construir. Só há militantes, ou seja, pessoas capazes de viver até o limite a miséria do mundo, de identificar as novas formas de exploração e de sofrimento…”

ESOPO E OS HOMENS QUE NÃO MERECEM O HOMEM

O nó fundamental do homem: querer a certeza. Tresloucado, procura certeza para validar sua existência. Não sabe: a existência é justamente a incerteza. Não pára. Quer a certeza. Para isso tenta todo tipo de troca, só assim se conforta. Poder trocar sua existência, suas qualidades e seus objetos. Encontrar as equivalências destas notas ontológicas fora de si lhe faz seguro. O filósofo Baudrillard ironiza o pessimismo do homem, afirmando não existir outro mundo para ser trocado com nosso mundo, e o pensamento não pode ser trocado pela verdade e a realidade. Tudo é só em nós mesmos. O filósofo Nietzsche já havia admoestado: o homem não pode se considerar superior aos outros seres. Para que isso fosse possível alguém teria que vir de fora para lhe avaliar e o elevar a esta categoria que ele se auto nomeia.

A mais banal e estúpida tentativa de troca por semelhança que o homem procura realizar encontra-se em sua relação com os animais. Aí as comparações que faz com estes seres singulares. A lógica antropológica do homem e sua natureza. Percebendo a ridícula condição, Esopo mostra essa natureza humana em sua fábula: Os Seres Humanos e Zeus.

“Diz-se que os animais foram os primeiros a serem feitos. Uns se viram dotados pelo dom de força, outros de velocidade, outros ainda de um par de asas.

O homem, que permanecia nu, disse ao deus:

Só eu não fui aquinhoado com nada.

Mas Zeus lhe respondeu:

Não te dás conta do presente que te dei? No entanto, foste tu que recebeste o mais belo. Recebeste a razão, cujo poder é grande entre os deuses e os homens: quem pode mais e quem é mais rápido?

Reconhecendo que se tratava de um belo presente, o homem se inclinou e se afastou agradecido.

O deus honrou todos os homens dando-lhes a razão: mas alguns não se dão conta da honra que lhes foi concedida e preferem invejar os animais que não têm razão nem sentimento.”

Em seus cochilos antropomorfizantes, Esopo também invejou os animais: atribuiu aos mesmos sentimentos e atos humanos.

PROJETO POSEIDON E A CIDADE QUE CAIU NO BURACO

As águas correm para o rio,

o rio corre para o mar,

o mar deságua no oceano…

No oceano está Poseidon.”

E a capacidade gestora da Prefeitura de Manaus em fabricar casa para o Aedes aegypti, o mosquito da dengue, continua em alta, empatada ou ganha por pontos da gestão César Maia, no Rio de Janeiro. Se a endemia oficialmente ainda não se tornou epidemia é por benevolência do mosquito, ao contrário do poder público, que pratica sua malevolência para com a população manauara. Até hoje a Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEC) não apareceu como prometido para pegar o lixo que há mais de um mês instigou os moradores de ex-ruas do bairro Novo Aleixo a retirar das residências e quintais, como campanha de prevenção à dengue.

Na que nunca foi rua Rio Jaú, há mais de três anos que os moradores estão numa situação que só não é desesperadora devido ao humor e inteligência da população, a qual sabe que este é um ano de eleições municipais. Sabe ainda que a situação atual é fruto da perversidade de todas as (in)gestões dos prefeitos que passaram antes e do atual. Além disso, com as chuvas desse início de ano, os esgotos, que foram colocados a céu aberto, estão sendo fechados por lama, mato e lixo.

Mais além ainda, o nível da ex-rua, vide fotos, está baixando consideravelmente, já está a mais de um palmo. Ao que tudo indica, em Manaus, a cidade dos buracos, as ruas vão cair todas nos diversos buracos, até se encontrarem todas num buraco só. Então Poseidon, que vai chegando por baixo, irá levar todas as ruas para o rio, daí para o mar, daí para outras terras, para longe de toda esta perversidade, onde a população atualizará um novo e autêntico governo democrático, já que governo significa “gestão”, “rumo”, “direção”. Viva Poseidon! Viva!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.512 hits

Páginas

Arquivos