Arquivo para 11 de maio de 2008

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

NO REINO DO HIPER-TUDO, A MORAL TAMBÉM É ESPECTRO

“Sou completamente heterossexual”, afirmou o ex-jogador Ronaldo a uma emissora de tevê, em entrevista. O ex-atacante andou em vários programas da insossa programação global para tentar ‘limpar a imagem’, após o não explicado caso com os travestis. Lucro para ele, que ganham exposição midiática na telinha do hiper-real da vênus laminada, e lucro para a empresa, Globo, que garante uns pontinhos no Ibope com a exposição da própria estupidez em cadeia nacional.

A TIM, a Nike, a Unicef se pronuciaram sobre a possibilidade de não mais patrocinar o ex-jogador, alegando cláusulas no contrato que impedem o jogador (que tem sua imagem vinculada às marcas) de se envolver em situações que prejudiquem as empresas. Também esperam lucrar com a reprimenda oficial ao jogador, embora também possa pesar o declínio da carreira do atleta em termos de lucros na decisão de cancelar o contrato, caso esta aconteça. A Unicef foi mais além: apesar de usar à exaustão a imagem do jogador em suas campanhas de combate à fome, lançou comunicado oficial informando que nunca teve contrato com o jogador e que ele não é embaixador da entidade. Eles preferem os globais Didi e Xuxa. Nenhuma diferença.

O hiper-real é a realidade exacerbada pelas teletecnologias e pela subjetividade do capital financeiro global. Tudo desaparece como corpo real, e só se apresenta à percepção como espectro. Não há objeto a ser representado, é tudo significante, vazio. Não há nada detrás da cortina. Há a disseminação de uma subjetividade (códigos materiais e imateriais que se adesivam à percepção e constroem a “realidade” social, o chamado real que não é o real) que homogeneíza a todos. É uma sociedade de clones, afirma o filósofo Baudrillard.

Sem compreender esse quadro, as multinacionais e megamarcas procuram a melhor forma de explorar os clichês e estereótipos a favor de seus investimentos. Assim, Ronaldo pretende lucrar com o episódio, assim como os travestis também o pretendiam. Ambos conseguiram. As multinacionais, quando ameaçam publicamente o herói da bola, também pretendem lucrar.

Lucram não apenas no âmbito financeiro (os travestis e Ronaldo com a visibilidade televisiva, a vitrine virtual na casa de cada família de bom alvitre neste mundo), mas há uma mais-valia simbólica que perpassa todo o caso-produto: o fortalecimento da discriminação contra os homoeróticos na sociedade (ou vocês pensam que se fosse com uma mulher, teria acontecido este fuá todo?). O fortalecimento do enunciado moralizante que se pretende normatizador do sexo e ditador da sexualidade.

Não se enganem, menin@s, o capital nos quer bem alimentados e domesticados, boas Dollies prontas a consumir os produtos materiais e imateriais da subjetividade capitalística. Por detrás dos paetês, holofotes, purpurinas e luzes estroboscópicas do choro da namorada traída, do jogador traído, dos travestis traídos, das multinacionais traídas e da sociedade traída há um comércio intenso de signos-clichês do hiper-sexo, da moral de classe (quantas orgias um time faz por semana? Quantos jogadores homoeróticos se escondem em cada vestiário? Quem é 100% alguma coisa na sociedade do consumo?) que fortalece os blocos rígidos que alimentam a homofobia, a violência física e social contra os homoeróticos.

E agora vamos ver os sopros gayzísticos (ou não) que passaram no nosso Mundico!

Φ EXÉRCITO EXPULSA MILITAR TRANSGÊNERO. Fabiane de Barros Portela era Fabiano e era terceiro-sargento do exército em Juiz de Fora (MG). Foi expulso da corporação porque, de Fabiano, passou a Fabiane, a partir de uma cirugia de alteração do gênero sexual. A Psiquiatra do exército diagnosticou Fabiane como portadora do Transtorno dos Hábitos, Impulsos e Identidade Sexual, classificado pela OMS como transsexualismo, ta pra ti? E ainda tem gente que pensa que o homoerotismo deixou de ser considerado doença. Fabiane agora ingressou na justiça para reaver seu posto, mas como não há lei específica sobre o caso no Brasil, tudo ficará nas mãos do juiz, cuja decisão pode gerar jurisprudência para casos futuros. E logo no exército, instituição da disciplina dos corpos dóceis (Foucault) por excelência. O caso mostra o esquadrinhamento do espaço social. Cada qual em seu lugar. Fosse Fabiane cabeleireira ou estilista, o preconceito seria menor. Será? Ainda há muito por se fazer… Sentiu a brisa, Neném?

Φ MILITANTE GLBT ASSASSINADO NO CEARÁ. Luiz Palanho Loiola, 40 anos, um dos poucos militantes gays no árido interior cearense foi assassinado no último dia 02. O corpo foi encontrado em sua residência, na cidade de Cratéus (CE), morto a golpes de faca. Mais um duro golpe na luta anti-homofobia brasileira, sobretudo na região onde os enunciados da falocracia ainda carregam a força de 100 anos atrás. E não será o beijo gay na Globo ou a coluna de fofocas que irá modificar esta situação. Ao contrário, são ferramentas de fortalecimento desta subjetividade dura. Somente mostrando que os problemas não surgem do individualismo, mas que são produções sociais é possível se posicionar e enfraquecer esta subjetividade. Não por acaso, uma prefeitura envolvida com os movimentos sociais, como a da cidade de Lauro de Freitas (BA), ao mesmo tempo em que desenvolve um trabalho notável na área de saúde mental, também sai na frente nacionalmente promovendo o Dia de Combate à Homofobia. As lutas sociais não se dão apenas nas ruas, mas no íntimo de cada um de nós. Nooooossssa, arrasou! Sentiu a brisa, Neném?

Beijucas, até a próxima, e lembrem-se, menin@s:

FAÇA O MUNDO GAY!

A INTELIGÊNCIA “ANIMAL” DOS KLB

Assim como inventou um conceito de Deus e de Natureza à sua imagem e semelhança, o homem também estabeleceu relações com os objetos do mundo a partir de si: a antropomorfização. Ver o mundo a partir da ótica das paixões humanas, e atribuir o que lhe pertence a outrem.

Com raras exceções, como Esopo, cuja pedagogia fabulística permite a exposição das paixões a partir da imagem animal/objetos cotidianos, sem no entanto desterritoriaizá-las do plano das relações entre os humanos, os animais – melhor, o conceito antropomorfizado dos animais – têm, para o homem, principalmente na relação da moral de classe e as relações da patologia emocional familiar, uma função de escamoteamento destas patologias: é um sintoma.

Os irmãos-clones KLB (Kiko, Bruno e Leandro) ameaçam o IBAMA: “Se eles morrerem, o bicho vai pegar!”. Referem-se a dois papagaios, cuja posse é da família Scornavacca há pelo menos 20 anos. A família promete fazer “o impossível” para reaver os animais, que foram resgatados pelo órgão federal e serão devolvidos às matas.

Os irmãos-clones estão sofrendo pela falta dos papagaios. Não desconfiam que a relação emocional com os animais não é correspondida pelos emplumados: os animais não precisam do amor contingente do ser humano. Os irmãos-clones falam saudosos do canto e das falações dos papagaios: não sabem o que é um ritornelo, e que os animais não precisam de linguagem, pois se comunicam. Entre eles, não com os homens. Os irmãos-clone acreditam que os papagaios lhes pertencem por direito natural, já que não foram eles quem tirou os animais da natureza. Lógica do carrasco, que tortura e mata, mas que dorme tranqüilo porque apenas cumpriu ordens.

“FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO”

O enunciado que salta da rebeldia xuxeada (melhor seria dizer KLBiada) dos irmãos-clones é a da moral de classe. A que segrega valores e estabelece hierarquias de acordo com a ordem do capital. A mesma moral da dor e do ressentimento, que faz com que o humano, demasiado humano seja a doença do mundo. Os mesmos irmãos-clones KLB que agora protestam contra o IBAMA do governo Lula e choram a perda dos espectros-sintomas que escamoteavam a dor e a repressão familiar, não se eximiram em tecer comentários a-críticos à gestão da saúde no governo Lula e a suposta malversação da verba da CPMF, quando o pai deles organizou um show de apoio à FIESP, que fez campanha pelo fim do imposto. K, L e B nunca pisaram num hospital público, e provavelmente não sabem que a gestão da saúde é de responsabilidade dos Estados e Municípios, motivo pelo qual o Rio de Janeiro e Manaus, por exemplo, enfrentam epidemias de dengue enquanto outros Estados investiram mais racionalmente seus recursos. O pai deles e a FIESP sabiam, e tinham outros interesses a motivar o fim da CPMF.

Mas Kito e Juliano (os nomes dos papagaios) não foram os únicos membros da família Scornavacca que tiveram seus nomes estampados nos noticiários por atividades ilegais: recentemente, segundo fontes, o pai dos irmãos-clones também foi envolvido em episódios ilícitos, mesmo sem ser verde e emplumado. Foi um dos indiciados na Operação Pirita, da Polícia Federal, que investiga uma quadrilha que aplicava golpes em investidores internacionais. Ainda segundo notícias, a casa onde moram os irmãos-clones e seus papagaios teria sido adquirida com dólares também ilegais. Dificuldades em lidar com a lei passou, neste caso, de pai para filhos. No caso do pai, moralmente. No dos filhos, intelectualmente: são incapazes de compreender que a lei protege os animais dos maltratos visíveis e invisíveis a que são submetidos num ambiente urbano.

O choro dos irmãos-clones pelos papagaios perdidos remete ao personagem XXX, do romance O Estrangeiro, de Camus. Reage à sordidez do mundo e da moral de classe a que se submete maltratando e torturando seu cachorro, sem romper a cadeia de culto à dor e à imobilidade. Um dia, com a fuga do cão, fica desesperado e chora, desalentado. Os animais domésticos dentro das trincheiras dos conflitos familiares tem o papel de depositários do ódio que não se pode devotar aos amados. Amarás ao próximo como a ti mesmo.

Com a libertação de Kito e Juliano do cárcere, a quem os irmãos-clones KLB irão amar?


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.793 hits

Páginas

Arquivos