Arquivo para 27 de maio de 2008

UM BREVE PASSEIO PELA CÂMARA DOS VEREADORES

Quando se está de papo pro ar, curtindo as doces brisas das manhãs de maio, levado pelas Odes dos poetas florais, nada como dar uma passeio, por mais breve que seja, na Câmara dos Vereadores de Manaus, mesmo que lhe custe a repreenda de alguns amigos: “Tu não tens nada o que fazer? Vais até lá perder teu tempo!”. Não, não é perda de tempo, já que se vai desfrutar de arrebatadoras hilaridades. É um território cujo estado de coisas produzido pelo talento da maior parte dos edis deve-se excluir o vereador do PT José Ricardo, que não carrega o talento hilário , nos conforta magnanimamente. É um território salutar para se ter certeza a quantas anda a tal da democracia-ajuricabana.

Ontem, segundona 26/05/08, demos uma satisfatória chegada ao nobre recinto das excelências manoniquins. Estava em discussão o projeto de lei do vereador Gilmar Nascimento, que propõe a instalação de câmeras de vídeo nas escolas do município de Manaus. Entre dizeres e gargalhadas, colhemos alguns enunciados provocativos à democracia saídos dos saberes de alguns edis e representantes de instituições e órgãos ligados ao tema escolar municipal. Além, é lógico, da defesa do projeto pelo próprio autor, que também presidia a sessão.

Verador José Ricardo como não possui talento para o riso parlamentar conturbado, comentou o projeto, mas localizando a sua inconstitucionalidade de acordo com a comissão de orçamento. Além de mostrar que o tema escola não se resume a sua segurança interna através da presença de câmeras de vídeo, envolve também outras instâncias sociais que estão ligadas diretamente à administração municipal. Ao terminar, recebeu comentários do autor do projeto.

Vice representante de órgão educacional uma senhora dotada de profunda capacidade de análise da política escolar, comentou a natureza inócua do projeto, ampliando a discussão da insegurança nas escolas à realidade que hoje se vive em Manaus e no Brasil, lembrando da necessidade de se articular discussões com seguimentos interdependentes que estão ligados diretamente aos direitos gerais da sociedade. Em seu termino, não recebeu qualquer comentário da parte do autor.

Vereador Braguinha Falou da ameaça aos alunos no interior das escolas por todas formas de perigo, principalmente dos traficantes. Elogiou o projeto e seu autor, afirmando ser ele, Gilmar, um vereador que levava sempre assuntos inteligentes para aquela casa. No entusiasmo colegial, para beneficiar o companheiro, falou também da violência promovida pelos próprios alunos que “jogam cadeiras para o ar, que caem no chão”. Possibilitando inferências que ou as cadeiras deveriam ficar paradas no ar ou não cair no chão da escola. Da parte do presidente, agradecimentos.

Vereador Jorge Maia Defendeu o projeto, afirmando que iria dar mais segurança aos alunos e professores e que as câmaras de vídeo não iam apenas inibir aos marginais, mas também os maus alunos, que, nos corredores, ficam namorando, beijando-se na boca.

Representante do Conselho Municipal de Educação Do alto de seus mais de vinte e cinco anos de funcionária da área escolar, elogiou o projeto e sua grande importância, afirmando também que, em questão de educação escolar, estamos muito atrasados, pois existem escolas em outros estados que já usam caderno digital. Mesa onde ao alunos não precisam mais do tradicional caderno.

O autor Gilmar Nascimento Começou afirmando que a idéia do projeto surgiu em si no momento em que foi com o secretário de segurança do estado observar como funcionava o mapa das câmeras instaladas em algumas ruas de Manaus, e que diminuíram o índice de violência nas áreas onde foram as mesmas instaladas. Afirmação de que o projeto para a escola é um desdobramento da função policial. Com uma linguagem chula, própria de apresentador de programa de TV que explora a miséria da classe pobre para ser eleito, fez uso da palavra ‘galeroso’ para identificar um dos autores da violência nas escolas, além dos traficantes. Entre o misto da moral mística teológica e a moral burguesa, falou da vida das crianças e adolescentes vítimas da insegurança. Disse que é pai e não gostaria de um dia receber uma noticia sobre alguma ocorrência triste com alguns dos seus entes. É preciso prevenir para depois não ter de chorar.

Sobre o Projeto O projeto não tem nada de novo. É oriundo de outros estados que, por limitação intelectual ou busca de paliativos sociais contra a violência, adotaram-no sem qualquer análise das causas desta realidade escolar. É na verdade um signo panopticon (Jeremy Bentham, seus autor), a lógica da punição que não vigia só os malfeitores/invasores vindos do exterior, mas os alunos, habitantes do interior, já que situa a escola, como diz o filósofo Deleuze, mais como presídio do que instituição educacional. Realiza a função voyeur do olho paranóico que tudo vê, menos a causa do sofrimento escolar. Um deus que alucina na culpa pela ilusão do controle e da disciplina. A absurda eliminação cruel da escola como instância do saber que liberta. A impossibilidade da troca da educação com a liberdade.

A DEMOCRACIA OBAMA/BUSH PARA A LATINA-AMÉRICA

Quando a democracia passa a ser representada apenas como um conceito e não como devir da sociedade dos amigos, sua essencialidade, constituída em seus domínios lógico, político e ético, consensos internos e externos, torna-se uma anomalia ameaçadora a todos que se encontram envolvidos em suas enunciações. Sejam o seu próprio povo ou outros povos de suas relações. A homónoia identidade de pensamento e a homologia identidade de discurso , criadas nas misturas das pluralidades das semelhanças, potência da democracia, desaparecem, para prevalecer a unidade-stasis (imobilidade) tirânica.

Este tipo aberrante de democracia encontra-se muito bem fundido na idéia míope de democracia representativa, onde a essencialidade sociedade dos amigos é preterida em função do conceito tecnocrático de unidade geográfica, econômica e de segurança. É comum encontrar-se este tipo de anomalia política em alguns estados brasileiros. E até mesmo em municípios. O que mostra os equívocos de muitos governantes quanto à vivência democrática. O que leva a democracia a ser servida de acordo com o gosto do governante.

O GOSTO OBAMA/BUSH

Em função de sua história, principalmente econômica, os Estados Unidos se apresentam para o mundo como o símbolo maior da democracia na terra. Emblema nacionalista que alguns países aceitam, mormente seus aliados. Daí todos os candidatos acreditarem que em campanha eleitoral devam mostrar seus programas de política exterior sempre alicerçado na idéia de império. Imposição clara de seus tentáculos tirânicos nas histórias de outros estados. Visível demonstração de que democracia real é a deles.

As recentes declarações do candidato democrata norte-americano Obama, afirmando que vai manter o embargo econômico sobre Cuba, a acusação a Bush de ter voltado as costas para a Latina-América, caso específico, a Sul-América, que permitiu o aparecimento de “demagogos como Chávez”, presidente da Venezuela, afirmação que coloca, também, como demagogos Lula, Correa, Evo, entre todos sudamericanos, assevera o quanto o candidato é semelhante a Bush. O quanto a idéia atrofiada de democracia é uma ameaça aos governos eleitos democraticamente. Governos que tentam democraticamente sair do julgo escravocrata que foram submetidos pela força tirânica dos ianques representantes do perverso Tio Sam.

Algum incauto pode até afirmar: “Não vamos esquentar. Isso é só papo de campanha, depois os acordos justos serão selados, respeitosamente, entre as nações”. Afirmação que nos leva a revelar que um país tem a maioria de seus eleitores que vota olhando mais para longe do que para sua casa. Eleitores absorvidos por um profundo sentimento de superioridade, a ponto de apoiar qualquer presidente que pretenda invadir outro país, em nome desta honra delirante. Eleitores mistificados e mitificados que possuem grande força reacionária de coerção sobre o parlamento e o executivo, força alimentada pela anomálica moral democrática. Não nos permitem baixar a suspeita sobre a ameaça que vem do norte.

Todavia, dada a autonomia e a produção de um eficiente sistema de governabilidade imposto pelos governantes da Sul América, que se tornou realidade, esta ameaça deve ficar apenas como ameaça-virtual, já que as histórias destes estados estão sendo fundadas em liberdade pela inteligência e coragem de seus povos. Longe da subserviência que durante séculos os paralisou. Para a Sul-América, as ameaças Obama/Bush vão ficar tão somente na retórica utilitarista de quem acredita que governar para si é produzir o mal para os outros.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.871 hits

Páginas

Arquivos