Arquivo para 29 de maio de 2008

A UNIVERSIDADE E A POLÍTICA DA MULHER

Algumas pessoas que acreditam no enunciado que determina relações de hierarquia e valor dos saberes a partir das instâncias do conhecimento oficial determinadas pelo Estado tendem a acreditar que há diferença entre o ensino universitário público e o privado. Esse enunciado, que sustenta a divisão dos saberes em uma ordem hierárquica (fundamental, médio, superior, pós-graduação, doutorado, pHDeus…) cria idéias equivocadas a respeito do conhecimento, fortalecendo não uma relação do saber efetiva como corpo constitutivo da democracia, mas como corpo-objeto fetichizado como mercadoria, com valor de uso e de troca nas relações do mercado, independente se “de origem” pública ou privada.

Assim, alguns incautos acreditam que, porque estudaram na “federal”, são melhores do que os que estudaram nas privadas. Esquecem, por exemplo, que os mesmos professores que dão aula na pública, também o fazem na privada, com a mesma “competência”, e que, pior, muitos professores que fazem carreirismo nas universidades privadas foram alunos das federais, e reproduzem lá o que aprenderam, em termos de saber e de prática em sala de aula. Um desastre educacional.

Por isso, talvez apenas a estes incautos soe estranho que UNINORTE, UFAM, Ciesa, UEA e Nilton Lins tenham convidado para falar sobre a atuação da mulher na política a deputada estadual Conceição Sampaio (PP), que foi alçada à cadeira na ALE-AM graças ao seu aprendizado no antigo programa A Hora do Povo, que já era cópia de programas policialescos e de exploração da miséria da população, e do igual Câmera 13, onde continua a usar a condição de miserabilidade criada pelos governos anteriores e atuais, dos quais seu mentor e professor, Francisco Garcia, é aliado, para benefício eleitoral próprio.

Conceição afirma em suas palestras que é preciso fazer o povo gostar de política, porque não gostando, estará sempre condenado a ser governado pelos que gostam. Não fosse a certeza da incapacidade da deputada em produzir humor, diríamos que a frase é um sarro aos vetustos doutores, que ou não entenderam a tirada da deputada, ou compartilham do mesmo conceito de política que ela. Os cursos de jornalismo das universidades também não se manifestaram quanto aos catedráticos considerarem Conceição autoridade intelectual em assuntos diversos, como a condição da mulher na sociedade, ela que se orgulha de ter entrevistado o ex-jogador Roberto Dinamite, ele só de toalha, no vestiário do Vivaldão. Exemplo de jornalismo feminista engajado.

Assim, Conceição e as Universidades ilustram duas situações: a estreiteza intelectual da Academia (pública e privada), que trabalha com saberes inertes, que não tocam a realidade social das pessoas, e que permite a prevalência do microfascismo da política de exploração da miséria praticada por Conceição e da desimportância da própria universidade no existir cotidiano das pessoas, e a inexistência de vida inteligente nos movimentos sociais voltados para as questões de gênero em Manaus, que se calam diante desse episódio. Nem a direita da esquerda, com a emblemática Vanessa Graziotin, se manifestou. Consentiu.

UM BREVÍSSIMO PASSEIO PELA ALE DO AM

Quando se conhece a subjetividade da democracia representativa esculpida pelos corpos materiais e imateriais da inteligência e a moral do sistema capitalista, já se carrega à priori o entendimento de que não existe diferença na atuação da maioria dos parlamentares da Câmara de vereadores de Manaus e da Assembléia Legislativa do Amazonas. Seja em um breve passeio em qualquer hora, dia, mês e ano, a subjetividade dolorosa se mostra com suas teias imobilizadoras.

UMA EXPOSIÇÃO DA DOR A-DEMOCRÁTICA

Tema Discussão para assinaturas da instalação de uma CPI (imitação da moda da direita do Congresso) proposta pelo deputado Wallace Souza, irmão do deputado federal Carlos Souza, candidato à prefeito de Manaus, ambos apresentadores de programa de TV em que a miséria tem lhes servido de dividendo eleitoral. Modelo perverso importado das TV’s de São Paulo e Rio. Objetivo da CPI: investigar o prefeito do município de Coari, Adail, sob suspeita de corrupção, posse do dinheiro público, além de crime sexual contra a infância e adolescência. Já sob investigação da Polícia Federal e Ministério Público.

Deputado Libermam Moreno Defendendo a instalação da CPI, faz elogio aos deputados que já assinaram, aproveitando para julgar o deputado Sinésio, líder do governo, que, segundo ele, um jornal da cidade publicara que o líder estava tentando convencer deputados a não assinarem o documento para instalação da CPI.

Deputado Sinésio Com a palavra, mas antes de expor seus argumentos, afirma enfático que aquele que tivesse que falar seu nome deveria antes lavar a boca com água boricada ou soda cáustica.

Deputado Belarmino Lins Presidente da Assembléia, eterno servidor de todos os governadores, Gilberto Mestrinho, Amazonino Mendes, e, agora, Eduardo Braga, como sempre, destilando deboche, o que estimula mais ainda o povo a desacreditar na importância democrática destes parlamentares, manda que as palavras do deputado Sinésio não constem nas notas taquigráficas.

Deputado Sinésio Rebate, afirmando que não importa, pois já ouviram.

Deputado Belarmino Lins Coadjuvado por outros deputados, continua o deboche em nuance de desumor-televisivo (niilismo-reativo) de quem nunca aprendeu com os gregos que humor é vitalidade, o que dispõe o homem à alegria da Vida , pede para o deputado Sinésio se controlar, pois sua pressão arterial está 16 por 10.

Deputado Libermam Moreno Com a palavra, faz a tréplica ao deputado Sinésio, afirmando que antes de sair de casa escovara os dentes…

E assim, interditando a democracia parlamentar, eles vão consumindo o dinheiro público que eles chamam de salário conquistado com o suor de suas verves parlamentares.

Lógica deste compromisso parlamentar: Todos, de uma forma ou de outra, sempre fizeram parte do chamado grupo político dos governadores. Do qual o prefeito do município de Coari também fez e faz.

E como perguntaria o cantor popular: “E há sinceridade nisso?”.

*……….::::: CHAGÃO:::::……….*

Quien quiera entender como funciona el mundo
deberá entender el fútbol”.
Roberto Perfumo (ex-jogador argentino).

Θ DEMOCRACIA BLAUGRANA. Duas temporadas de seca e muitos problemas de relacionamento depois, o Barcelona começa enfim a reformular o plantel que foi bicampeão da Liga, campeão da Champions e vice do Mundial Interclubes. Com Deco confirmadamente fora, e com Ronaldinho ainda indefinido, o clube acena com contratações mais modestas (até o momento o bielorusso Hleb, o malinês Keita e o espanhol Piqué). Mas o que está chamando a atenção da torcida e dos quase 120 mil associados do clube é a moção de censura, coordenada pelo associado Oriol Giralt. A moção é uma forma de repreender publicamente o presidente do clube catalão, Joan Laporta, e a diretoria pelos maus resultados e gestão das últimas temporadas. Giralt já tem as 7000 assinaturas de associados para colocar em prática o ato, que já foi usado por Laporta 10 anos atrás, quando então pleiteou a presidência do Barça e perdeu. Mesmo assim, dois anos depois, o então presidente Nunez caiu. Agora, após uma sonora vaia recebida após a última partida da Liga, quando mais de 40 mil torcedores aplaudiram jogadores, o então técnico Frank Rijkaard mas não pouparam Laporta, o clube tem tudo para entrar em uma crise da qual não sairá ileso. No entanto, trata-se de uma crise democrática, já que o presidente do clube blaugrana é eleito através do voto dos associados, mundo afora. Laporta já se declarou incapaz de resistir às pressões, e alguns analistas afirmam que não deve permanecer no cargo. Embora ele seja apenas um elemento da crise que tomou conta da agremiação, o caso mostra como um grande empreendimento se comporta quando se dispõe de mecanismos da democracia representativa. Imagine uma moção de censura à Eurico Miranda, pelos anos em que colocou o Vasco na condição de clube coadjuvante do futebol nacional. Ou à diretoria do Corinthians, que conseguiu mudar sem mudar, trocando Dualib por Andrés Sanches, e uma torcida iludida por um time voluntarioso, mas aquém das grandes equipes que já desfilaram por Parque São Jorge. É possível imaginar uma moção de censura às décadas de péssima gestão do futebol braziniquim capitaneadas por Ricardo Teixeira e à seleção despatriada do Brasil? Quem sabe a onda democrática (ainda que na sua versão representativa) chegasse à FIFA, onde a família Havelange-Blatter tem se esforçado em acabar com o futebol como patrimônio imaterial da humanidade para transfetichizá-lo em mercadoria… Enquanto isso não acontece, a bola rola, e homens que não agüentam correr 50 metros e nunca chutaram uma bola – entre eles, alguns ex-craques, como Pelé e Platini – decidem pra que lado a bola rola, e os maiores interessados, os jogadores, dizem amém.

Θ MANCHESTER CONTRA O FASCISMO BLANCO.O Manchester United pretende levar até a FIFA uma queixa formal contra o comportamento do Real Madrid em relação ao provável melhor jogador do mundo em 2008, o português Cristiano Ronaldo. Minutos após a vitória dos Red Devils na Liga dos Campeões, o presidente do Real, Ramón Calderon, afirmava o desejo de contratar o meia para as hostes blancas. Começou então uma massiva campanha do jornal Marca, que é notório veículo de transmissão de notícias e factóides favoráveis ao clube merengue. O problema é que pelas regras da FIFA, o contato deve ser feito entre os clubes, e não diretamente ao jogador, o que está sendo feito pelo Real. Diante da campanha agressiva e ilegal do clube espanhol, o Manchester resolveu ameaçar um apelo à FIFA para que tome uma atitude frente ao ocorrido. O que fez com que a diretoria do clube madrilenho se manifestasse imediatamente pedindo ao seu presidente que não mais falasse do desejo do clube em ter Ronaldo. A prática não é desconhecida no Brasil, onde jogadores e técnicos tem verdadeiros esquemas que envolvem pressões, condições extra-campo para escalar ou contratar aquele jogador ou este técnico. O que mostra que o futebusiness não se reduz às gafes capitalistas dos cartolas nacionais, mas envolve um entendimento do jogador como objeto-mercadoria para além de qualquer outra perspectiva que se possa ter sobre ele. Cristiano Ronaldo é um jogador mediano, que se sobressai em tempos de escassez de craques. Quanto valeria no bazar das pernas hoje em dia um Reinaldo? Ou um Garrincha?

Θ FIFA VOLTA ATRÁS COM VETO À ALTITUDE. Teria sido a campanha do meia-atacante Evo Moralez, apoiado por todas as federações nacionais da América do Sul, com exceção da brasileira? Ou quem sabe Josef Blatter (um sujeito perigoso…) percebeu que a FIFA pode ter mais força que a ONU (ao menos pra ele), mas que não manda mais que os países europeus ou os grandes clubes do velho continente. De qualquer forma, apelando para o argumento de que novos estudos médicos são necessários, envolvendo não somente a altitude, mas condições extremas de condições climáticas (extremo frio/calor), o veto a partidas na altitude está temporariamente suspenso. Significa que a Bolívia poderá, contra o Brasil, jogar em La Paz. Quanto às outras seleções, a exemplo do Chile, já haviam se manifestado a favor da causa do futebol livre. Bola baixa para a FIFA de Blatter, que não consegue emplacar medidas de fortalecimento das seleções nacionais e de proteção de jogadores que atuam em seus países contra a invasão dos estrangeiros. Blatter não tem a força que pensava que tinha. Evo tem muito mais potência do que a FIFA pensava…

Θ INTERCLUBES NÃO SERÁ NO JAPÃO. A FIFA se rendeu ao deserto verde-e-preto dos petrodólares do Oriente Médio. Em 2009 e 2010, o torneio que deixou de ser apenas um confronto entre América do Sul e Europa para trazer os campeões continentais da América do Norte e Central, Ásia e Oceania (ainda que atualmente coadjuvantes) irá deixar a terra do sol nascente para ir à Dubai. Pesaram os petrodólares que correm como o caudaloso Rio Amazonas na terra dos Sheiks. O país inclusive terá direito a um clube local na disputa. Com o dinheiro rolando, não será difícil que os barões do ouro negro comprem os destaques de cada time que vai ao torneio (incluindo sim, os europeus) e monte um supertime apenas para a competição e leve o caneco. Com essa descaracterização do aspecto esportivo em favor do financeiro, já aconteceu o que a FIFA nem desconfia: a diluição da sua força como entidade mediadora do esporte. Ao mesmo tempo em que tenta salvar o aspecto de nacionalismo, se vende ao lucro fácil de transformar um torneio com força mundial em uma copa caça-níquel. Perde, como sempre, o futebol. Não por ter saído do Japão, mas por ter saído por dinheiro somente.

Θ CHAGÃO PERGUNTA: Em 1943, nos primeiros anos da ditadura de Franco, o Barcelona enfrentou o Real Madrid pelas semifinais da Copa Generalíssimo Franco. Antes da partida, o diretor de segurança do Estado “lembrou” aos blaugranas que muitos deles estavam na Espanha pela “benevolência” do ditador Franco, que havia perdoado a “falta de patriotismo” deles, e que eles deviam retribuir de acordo. O recado foi entendido, e o time branco enfiou sonoros 11 a 1 no clube catalão. Agora o ‘Chagão!’ quer saber: houve um jogador, considerado o melhor de todos os tempos, mais ainda que Pelé e Maradona, e que, mesmo após ter acertado com o Barcelona, foi para o rival madrilenho por ingerência direta de Franco. Quem foi/é este jogador? Tá fácil.

Θ COPA DO BRASIL. Um paulista e um pernambucano farão a final da Copa do Brasil. Corinthians mostrou mais uma vez a vontade de vencer, e o Sport perdeu a chance de terminar a partida nos 90 minutos, pra ganhar a vaga nos penaltis. Amanhã, na sede da CBF, o sorteio da ordem dos jogos da final. Abaixo, os comentários:

Semifinais

Botafogo/RJ 2 – 1 Corinthians/SP

Corinthians/SP 2 – 1Botafogo/RJ

O Botafogo entrou no jogo para se defender, e o Corinthians, com a sua tradicional ausência de técnica, mas com muita vontade, insistiu. Um primeiro tempo que passou perto do medonho e que terminou para a alegria dos alvinegros cariocas. No segundo tempo, um gol de Acosta colocou o Timão à frente, mas nem deu tempo de comemorar, já que Renato Silva empatou em seguida. Tudo ia bem para um Botafogo que escolheu a defesa, quando Chicão numa falta deixou o Corinthians em condições de tentar a classificação nos penais. Aí o Botafogo botafogueou, enquanto o Timão mostrou porque queria vencer o confronto desde o início. O carioca até acertou os quatro primeiros, mas no último, Zé Carlos parou nas mãos do Felipe e na trave. Timão na final.

Sport Recife/PE 2 – 0 Vasco da Gama/RJ

Vasco da Gama/RJ 2 – 0Sport Recife/PE

O Sport perdeu gols incríveis no primeiro tempo e deu chance para o time de São Januário, no sufoco e no segundo tempo, fazer os dois gols que precisava para levar a decisão para os penais. Destaque para o vovô Edmundo, velho para o futebol mas não para a vida. No jogo, Edmundo salvou. Nos penais, o Animal perdeu o seu, à lá Baggio. Depois os goleiros deram show, não debaixo das traves, mas nas cobraças. Enquanto o do Vasco cobrou com paradona e por cobertura, o do Sport colocou onde a coruja dorme. No final, o Sport converteu os cinco, e mandou Eurico rever sua promessa de que venceria tudo em 2008. Sport Clube do Recife na final.

Θ LIBERTADORES DA AMÉRICA II Partidas de ida das quartas-de-final:

Quartas-de-Final

América (MEX) 1 – 1 LDU Quito (EQU)

LDU Quito (EQU) América (MEX)

Cheio de moral, o América encontrou um time que parou a sua boa sequência. O América abriu o placar, mas a Liga de Quito conseguiu empatar a partida e vai com uma grande vantagem para o Equador. Vantagem contra o América? Nenhuma. Os dois clubes gozam a vantagem de não serem favoritos, e da imprensa brasileira achar que deste confronto sairá o vice-campeão. Será mais uma a subestimar o America?

Boca Jrs (ARG) 2 – 2Fluminense (BRA)

Fluminense (BRA) Boca Jrs (ARG)

O Boca começou pressionando no Juan Domingo Perón, estádio do Racing Club. E abriu o placar com Riquelme, em triangulação com Palermo e Palacio. Quatro minutos depois, Thiago Souza sobe mais que todo mundo e empata o jogo. O primeiro tempo termina sem maiores emoções. No segundo tempo, Riquelme brilhou de novo e colocou o Boca à frente. Mas o time xeneize mostrou porque chegou a esta semifinal aos trancos e barrancos. Num chute de Thiago Neves, o goleiro Migliore aceitou, deixando tudo igual. O segundo tempo foi marcado pelo Fluminense se defendendo e saindo perigosamente no contra-ataque, e o Boca insistindo. No final o resultado foi bom para o tricolor carioca, sem esquecer que as melhores atuações do clube xeneize foram fora de casa. A volta promete ser um jogão.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.871 hits

Páginas

Arquivos