Arquivo para 9 de setembro de 2008

PESQUISA SOBRE O TRABALHO DO NEGRO

Pesquisa publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, em seu estudo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça, mostra que os negros procuram o mercado de trabalho primeiro que os brancos, e saem também por último.

De acordo com a pesquisa os dados apresentados são:

  • Em 2006 34,7% da população negra de 60 anos ou mais encontrava-se desempregada ou à procura de emprego, enquanto a população branca da mesma faixa etária correspondia 29,3$.

  • Em 1996 a renda dos negros era de R$ 483, e a dos brancos de 1.044,2.

  • Em 2006 a disparidade diminuiu, mas os negros continuaram abaixo dos brancos com renda de R$ 502 contra R$ 986,5 daqueles.

  • A razão das disparidades de tempo e renda decorre da falta de garantia e proteção social na velhice e impedimento da aposentadoria ligados aos trabalhos precários.

  • A maior fatia de desempregados, ou a procura de emprego, cabe às mulheres e os negros: 11%.

  • Números mostram homens negros 6,4%, e homens brancos 5, 7%.

  • O aumento da participação da população negra no trabalho tem como fatores a maior escolaridade, queda da fecundidade, aumento das oportunidades oferecidas e mudanças nos padrões culturais.

O estudo seguiu o modelo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), de 1993 a 2007 focado no sexo e na raça.

Os temas trabalhados pela pesquisa foram: população, chefia da família, educação, saúde, previdência e assistência social, habitação, saneamento, trabalho doméstico remunerado, acesso a bens duráveis e exclusão digital, pobreza, uso do tempo e distribuição e desigualdade de renda.

Valeu, Zumbi! A negritude continua seu caminhar democrático para uma existência livre…

JUVENTUDE E CULTURA NA TVIPEA

A TVIPEA estará apresentando no dia 8 de setembro, às 22h, na TVNBr, a TV do Governo Federal, Juventude e Cultura, o último programa da série especial baseada em pesquisas do IPEA

Com a apresentação de Ricardo Wegrzynoski e as participações de Célio Taurino, secretário do Programa e Projetos Culturais, e Frederico Barbosa, pesquisador do IPEA, o programa discutirá a cultura como práxis dos jovens e as ações dos governos, além de comentar a incapacidade das escolas em auxiliar na produção de conhecimentos pela juventude e a tentativa de estereotipação que os jovens sofrem em todos os meios.

O IGC E A AVALIAÇÃO DOS DIPLOMAS SUPERIORES

Se há pouco tempo (antes de 2003) as universidades brasileiras públicas e particulares funcionavam, elitisticamente, como distribuidoras de diplomas superiores, o governo Lula, além de dobrar as vagas nos vestibulares das públicas, agora institui o Índice Geral de Cursos da Instituição – IGC como forma de que todos possam “acompanhar com maior clareza os processos de avaliação dos cursos de graduação e pós-graduação” e daí escolher melhor os cursos e exigir melhorias nos cursos e nas universidades como um todo.

A avaliação, em valores contínuos, vai de 0 a 500, que são distribuídas em faixas de 1 a 5. Faixa 1: notas de 0-94; Faixa 2: de 95-194; Faixa 3: de 195-294; Faixa 4: de 295-394 e a Faixa 5: de 395-500.

Segundo a Agência Brasil, “são levados em consideração conceitos para a graduação, como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e as chamadas “variáveis de insumo”, que consideram corpo docente (mensurando, por exemplo, o número de professores com doutorado), a infra-estrutura e o programa pedagógico. Além desses dados, também entra na média estabelecida pelo índice o conceito fixado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a pós-graduação”.

Sabendo-se que os diplomas distribuídos pelas instituições superiores irão se concretizar no tipo de serviço que os futuros profissionais oferecerão à sociedade, você que pretende fazer o próximo vestibular ou que já cursa um curso superior ou que pretende entrando no debate, pois todos somos afetados pela qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior (IES), dê uma olhada nas relações abaixo para que futuramente não tenha professores-anemizantes, médicos-doentios, advogados-rabulínicos, biólogos-sem-vitalidade, artistas-mercadores… usando as profissões apenas como bico para o sustento ou enriquecimento, nesse caso, ilícito e fraudulento.

  • Aqui dê uma olhada se sua IES está entre as vinte primeiras do país.

  • Aqui baixe e confira a tabela com todas as notas de todas as IES.

COLUNA VERTEBRAL

Se a Vertebral não analisou nada se realizou

https://i0.wp.com/farm2.static.flickr.com/1170/1215798491_0ee4c33e86.jpg

# Enquanto O GRITO DOS EXCLUÍDOS não é só uma manifestação Téo-política-social, mas também uma ab-reação, uma liberação da fala coletiva, a enunciação coletiva de um discurso antagônico ao imobilizador o movimento livre de uma garganta antes angustiada, fechada no trauma tirânico; o grito dos incluídos é uma entropia-sonora ou afonia angustiada pela ameaça da fala/enunciação coletiva. Daí que enquanto os excluídos criam vibrações exteriores com seu grito, os incluídos guardam tensões transfiguradas como formas de segurança. Por isso, ex-excluídos, hoje incluídos, se confinam em suas indiferenças-segurança afirmando que as rebeldias passadas eram só sublimações do pavor da liberdade. Segundona/terceirada TDPM – Transtorno Disfórico Pré Menstrual em razão do belíssimo trabalho dos blogueiros intempestivos no GRITO DOS EXCLUÍDOS. Belo motivo para essa Vertebral chegar na terceirona e não na segundona.

# Participantes das Para-Olimpíadas protestaram contra a forma de abertura do evento, muito diferente do das Olimpíadas. Para eles, a abertura, com uma fraca cerimônia, surge como uma forma de discriminação.

Eles têm toda razão: as Para-Olimpíadas deixam um rastro de reparação de culpa social. Uma espécie de enunciação/remorso, ou dívida de reconhecimento: não esquecemos de vocês. Vocês também são capazes, o mundo precisa ver o talento de vocês, e somos nós que estamos nos preocupando. Pobres reativos estes que se consideram os redentores destes atletas considerados Para, os que estão ao lado, nas proximidades, como significa no grego, mas não no meio, onde se encontram os não Para, os ditos normais. Aqueles para quem as medalhas são prêmios de disputas na ordem da normalidade, por tal mais justas. Pobres, visto que não entendem que não existe deficiente, e como diz o filósofo Spinoza: tudo é apenas uma questão de composição. Um corpo poder compor com outro e aumentar sua potência de agir.

Alguém que ficou privado de uma perna deixa de compor com corpos que antes compunha quando tinha as duas. Agora, seu corpo compõe com corpos em formas física-anatômica diferentes, exemplo, o equilíbrio. Compor de forma diferente de outro não é deficiência, já que não existe forma ideal de eficiência. Alguém que é cego não é deficiente porque não enxerga. É apenas alguém cujo corpo-visual não compõe com o corpo-luz. E aí não há nada de inferior em estar-no-mundo ontologicamente.

E só para tirar um sarro dos “normais”, queríamos ver um destes executando os movimentos com a facilidade que os tais para-olímpicos executam. Um exemplo: um nadador “normal” nadar com “eficiência” com uma perna amarrada. Ou outro, um jogador de basquete jogar com “eficiência” em uma cadeira de rodas. Acertar a sesta é fácil, o difícil é compor o corpo-biológico com o corpo-máquina (cadeira), e executar com eficiência os movimentos e realizar o objetivo. Chalaça: há deficiente? Quem é o deficiente? A parada é outra: ambição capitalista. As Olimpíadas são eminentemente um evento com fins lucrativos amparado na estética da normalidade cunhada pela semiótica classificadora do Capitalismo Mundial Integrado (CMI), como fala Guattari. O resto é a ilusão da glória metalizante.

# Enquanto isso, a Madona Indomada oferece Like A Virgin ao Papa. Se os Engenheiros do Havaí ainda estiverem certos, como estavam com o antigo Papa, o Papa Bento, como pop, pode até não desconsiderar a Virgin Madona. Mas isso são questões metafísicas/sensualistas que esta Vertebral não entende.

Vem, vem, vem de Rock!

Eu sou é Pop!

Beijos e abraços Vertebrais!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.092 hits

Páginas

setembro 2008
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos