Arquivo para 10 de outubro de 2008

CLINAMEN

___ oblíquas variações infinitas dos corpos ___

______________Longínquo______((((((((((((((((((((((((((((_______Se uma criança narrasse aos seus pais a infinita beleza que compõe com a intensidade dos corpos que encontra em seus percursos, eles, assombrados, talvez, negassem sua paternidade____

_______________))))))))))))))))))))))))))))))))______________Nos incomoda o fato de Paulo fixar Cristo na cruz como símbolo de salvação. É impossível alguém ser salvo pela dor da crucificação. Na dor não passa vida. O peixe seria melhor símbolo: ele transporta devir-alegria___________________________((((((((((((((((((((((((((((((((((((

(((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((__________Se o gol é o fato fundamental do jogo de futebol, seria melhor que ele fosse reduzido ao bater pênaltis___________________

____________________)))))))))))))))))))))))))))))_________________É verdade que ao possuir objetos o homem aumenta sua relação no mundo objetificado. Mas é verdade, também, que diminui seu movimento no território livre___________________

__________________________(((((((((((((((((((((((((((((((((((_________Honestidade de uma mãe. A mãe, apontando sua própria barriga, disse para filhinha que ela saíra de lá. Espantada, a filhinha perguntou: “E por que tu me comeu?”_______________________

__________________))))))))))))))))))))))))))________________Freud, afirmou que o ato-falho é a ocultação de um signo-objeto que em verdade se quer revelar. Escrever uma carta a alguém que se tem estima e não remetê-la é um ato-falho. Ora, não há nada de ato-falho. Ao se escrever a carta revela-se um dom literário. Enviar ou não a carta é apenas uma conseqüência que depende do que se vive naquele momento___________

____________________________)))))))))))))))))))))))))))))))))______Em Athenas, a praça era o povo, assim como o céu era o voar. Na pós-modernidade há cidades sem praças e sem céus. Logo, não são cidades_____________________________________

____((((((((((((((((((((((((((((((((((((_____________________O poeta apóia o candidato demagógico. Qual sua escola poética, e qual seu estilo poético?

AMAZONINO IMAGINA NÚMEROS, QUANDO DEMOCRACIA É DISCURSO

O candidato ao cargo de prefeito de Manaus, Amazonino (PTB), representante da direita tradicional, tem sempre recorrido aos números para mostrar sua superioridade frente ao seu adversário da esquerda da direita, Serafim (PSB). Como resultado da apuração afirma que só precisa de 4% dos votos para a vitória, diz que foi o candidato mais votado na história do primeiro turno em Manaus; pede que eleitores dos outros candidatos “derrotados” votem nele; em programa eleitoral televisivo mostra a quantidade de obras que realizou(?)… Em síntese, ritualiza a apologia ao número instrumental: o que serve a um fim utilitarista. Nada de pitagórico. Quando não é o número que constitui a democracia, mas a potência/discursiva, a retórica dos iguais. O numero não segrega fluxos produtivos e nem quantas desterritorializantes. O numero é apenas o signo do acúmulo, próprio da subjetividade capitalística, sem nenhum poder mutante.

O DISCURSO DEMOCRÁTICO

A compulsão de Amazonino pelo número, confundido com democracia, preocupa-nos quanto ao individualismo que ele representa frente ao discurso (não confundir com qualquer fala), posto que uma quantidade de objetos somados, não os tornam unos e mais fortes. Mesmo com hercúleo esforço, continuam isolados em suas individualidades. O contrário do discurso que é uma potência social rica, forte e bela, como afirma Protágoras, e que quanto mais se manifesta como práxis coletiva, mais se expande. Como mostraram os gregos: é o movimento probaíno temporal do caminhar como progresso comunidade mostrando, como enunciou Sófocles, que “só o tempo permite ver que um homem é justo”, o que o tempo do número jamais realizou, e nunca poderá realizar, visto que, sendo cronológico, só deteriora o ente o qual designa.

A potência variação do discurso democrático pode ser facilmente entendida quando tomamos como exemplo a riqueza material de um homem comparada a de outros. Ele pode ser considerado mais rico que os outros, entretanto, se somadas todas as riquezas, e comparadas com o discurso democrático de um único homem, elas serão sempre inferiores ao discurso democrático deste homem, porque o discurso não tem valor-matéria-forma, suportes do número, entidades perecíveis extraídas da natureza e da exploração do trabalho. Sempre ameaçada de desgaste quando em uso utilitarista, sua única função. Ao contrário do discurso que quanto mais praticado, mais elevado, já que, diferente da riqueza material, ele é constituído intensivamente pelo trabalho coletivo que nada elimina, e só beneficia todos como Bem Comum.

Desta forma, do número nunca será extraída a potência do discurso, que, como retórica, a arte da comunicação, uniu os homens, fez com que eles criassem regras de viver, construíssem cidade e tecessem a subjetividade da sociedade dos amigos, a democracia. Esse, o discurso dos eleitores de Praciano, Bessa, Navarro e da maior parte de Serafim, que se comunicam entre si como a potência que o número não captura. É impossível separá-los numericamente para melhor manipulá-los individualmente, como faz o clientelismo. O que torna malogrado o intento de Amazonino em querê-los como números para se eleger.

O TRABALHO ESCRAVO É “UMA MANCHA QUE AINDA ENVERGONHA O BRASIL”

A declaração é do ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), a notícia é da Agência Brasil. Ele falou, em entrevista a emissoras de rádio, no programa Bom Dia Ministro, no estúdio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que embora casos de trabalhadores em condições análogas à escravidão sejam poucos no país (“pouca gente”), 20 mil a 50 mil pessoas, o Estado brasileiro deve “erradicar essa vergonha”.

Segundo o ministro “[Os trabalhadores] são levados para a região da Amazônia, de Mato Grosso, do Pará, do Tocantins e lá ficam submetidos a jagunços que não os deixam escapar e a pessoas que criam uma situação de escravidão pela dívida. A pessoa perde a liberdade de ir e vir.”

O trabalho da SEDH é de prevenção ao trabalhador para que ele não se inclua nesta situação desfavorável, tanto a ele quanto ao país. Desta forma o trabalhador “não se deixar atrair por falsas promessas”. O SEDH também trabalha em cima da punição desses “péssimos fazendeiros”. Este estado, por mais que venha diminuindo, mas ainda vergonhoso, contrasta com a agricultura brasileira, segundo Vannuchi, a melhor do mundo em razão de solos férteis e pela quebra de recordes na produção de soja e cana-de-açúcar.

Para Vannuchi, “[O trabalho escravo] pode sujeitar nosso país a ações na Organização Mundial do Comércio [OMC]. A alegação de que aqui se pratica trabalho escravo pode levar a um desastre na nossa folha de exportações.”

Vannuchi ainda falou sobre uma “forte mentalidade nacional”, que ainda vê os Direitos Humanos somente como defesa daqueles que realizam algum mal à sociedade. Esta mentalidade se encontra principalmente nos segmentos mais pobres, justamente naqueles que mais precisam conhecer e fazer valer seus direitos.

É uma explicação enfiada na cabeça deles por setores do regime militar que foram derrotados. Uma visão da polícia como agente de repressão. É preciso corrigir essa má compreensão e o jeito de fazer isso é por meio de longos investimentos em educação. Incluir mais a educação em direitos humanos desde muito cedo.”

Isto é uma amostra de que o Governo Federal age de acordo com a democracia quando explicita o fato de que um governo tem que governar para o povo, fazendo uma administração pública fundamentada na percepção de que o primeiro e principal trabalho é possibilitar a produção contínua da cidadania. Desprezando e extirpando qualquer ação ou técnica de repressão policialesca ou ditatorial. Mostrando que, se é para governar, deve-se governar para o bem comum, democraticamente, fazendo com que o povo seja o principal agente de construção do espaço público, com novas percepções e modos de existência garantida por políticas públicas que informam e tentam, a todo custo, tirar o povo da miséria biológica, afetiva e cognitiva. O melhor governo, em uma democracia representativa, não é o que menos governa ou que não governa, mas aquele que faz de seus atos encontros bons que aumentam a potência de agir de todos, engendrando a alegria.

CONCURSO PARA A SERPRO

Foi publicado no Diário Oficial da União edital para o preenchimento de 616 vagas de níveis médio e superior para o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). A notícia é da Agência Brasil.

As inscrições podem ser feitas pelo site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos. O tempo para a inscrição vai de 20 de outubro até 11 de novembro. A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo e vão de R$ 35 à R$49.

Há vagas para Administração, Advocacia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Desenvolvimento de Sistemas, Medicina, Tecnologia da Informação e Programação Visual. As remunerações vão de R$ 1.749,04 (nível médio) à R$ 3.891,15.

A responsável pela inscrição dos interessados no concurso é a Universidade de Brasília (Cespe/UnB).

Quem estiver apto e afim de se jogar na tentativa de fazer o concurso, que não pode contar com a sorte nem com o misticismo, mas com o uso da razão instrumental, vá lá e se inscreva.

DESBLOQUEADA VERBA DO ORÇAMENTO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

É R$ 1,56 bilhão do orçamento que estava bloqueado. Foi anunciado o desbloqueio, hoje (9), pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, que ainda disse que desde setembro a liberação já tinha sido aprovada pelo Congresso Nacional. Segundo a Agência Brasil, este recurso é destinado a todos os estados e a cerca de 400 municípios.

Na Agência Brasil segue a seguinte informação:

Do total desbloqueado, R$ 557,1 milhões vão compor o teto financeiro dos estados e do Distrito Federal para expansão da oferta de saúde em áreas mais pobres e de acesso mais difícil. São Paulo vai contar com o maior valor, R$ 253,9 milhões, seguido por Minas Gerais, com R$ 148,7, Rio de Janeiro, com R$ 135,5, Bahia, com R$ 106,7 milhões e Paraná, R$ 104,5.

Agora é o povo exercer a sua cidadania e o seu direito de participação constitutiva democrática na organização da cidade, fiscalizando se essa verba será ou não usada para melhorar a condição da saúde dos estados e municípios. E não esqueçam: a voz do povo é a voz do povo. E é o povo o responsável pela construção do bem comum na cidade.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.895 hits

Páginas

Arquivos