Arquivo para 5 de novembro de 2008

DIZEM QUE OS CORRUPTOS SÃO CÍNICOS. NÃO SÃO

O corrupto é a degeneração do instinto do homem antes de se tornar “humano, demasiado humano”, diria o filósofo Nietzsche. Como degeneração, ele se espalha por territórios múltiplos com estados de coisas definidos, com uma única intenção pessoal: satisfazer sua nocividade apropriando-se do que os outros possuem. Sejam representações materiais ou imateriais. Dinheiro ou idéias. Em sua ação predadora, não manifesta nenhuma culpa, por tal, é amoral. Na semiótica psiquiátrica, encontra-se em um estado sociopata-fronteiriço.

O DESTINO-DIFERIDO DO CORRUPTO: O VAZIO

A quem não basta pouco, nada basta”, disse o filósofo Epicuro. Aí a máxima do capitalismo, aí o credo do corrupto. Seu vazio impossibilitado de ser preenchido. Aí sua fascinação pelo dinheiro em função do fetichismo que o dinheiro carrega em se transformar em todos os objetos sem ser jamais um. Os brilhos dos objetos, a fantasia da riqueza e a ilusão da respeitabilidade são os elementos material, econômico e moral leia-se, amoral que estimulam a compulsão do corrupto para se apropriar do que não lhe pertence, sem o mínimo trabalho.

O corrupto, como eterno vazio, não precisa ser descendente de uma família pobre, pois ele se encontra em todas as classes. Entretanto, a facilidade que um corrupto encontra em se apossar do que não lhe pertence quando é oriundo de uma classe considerada abastada, é muito maior que a de um corrupto oriundo de classe pobre. No primeiro caso, os próprios genitores facilitam a ação corruptora de seus membros em empresas privadas, em órgãos públicos. Um pai participa da fraude de governantes para colocar seu filho no mesmo órgão em que trabalha, e ainda agradece à corrupção dos governantes no serviço público. No casso do pobre, ele tem que encontrar um território em que possa agir de acordo com seu flagelo ontológico. É, então, que ele entra para o poder legislativo ou executivo. Aí onde o dinheiro público encontra-se mais disposto a sua tara. São fraudes em licitações, desvios de verbas de obras públicas, vendas de estatais, aprovações de projetos desnecessários, tudo por onde a verba pública possa escorrer sem rastro(?). É então que, enriquecido, vem a ostentação da respeitabilidade, muitas vezes com a proteção de uma justiça-conluio, e, em alguns casos, pretende o reconhecimento de ser sensível às artes e intelectual. Risível estado de felicidade do corrupto. Mas há aqueles incautos que se indignam: “Maldito, corrupto, ainda é cínico!”

OS CÍNICOS NÃO SÃO CORRUPTOS

A filosofia Cínica foi criado no século IV a.C., por Antístenes, um filósofo pós-socrático, que fundou o Ginásio da praça do Cão Ágil, de onde saiu o nome cínico, ou caninos, posteriormente muito bem propagado por Diógenes. Ao contrário de Sócrates, que pretendia uma moral da polis, os cínicos não tinham o Estado com suas leis e a sociedade com seus sentidos de riqueza, honra, respeitabilidade, como eudaimonia, felicidade, o fim a ser atingido. Pregavam como felicidade a beleza da alma, a facilidade da fala, a liberdade, a justiça, a eqüidade, a frugalidade como união com a natureza e a leveza da vida. Nada de apego aos objetos materiais que conduzem à corrupção. Pregadores de um sentido de vida, encontrado em todo mundo, foram chamados de Cosmopolitas. E despojados dos valores da sociedade, foram acusados de pessimistas.

Na lógica, Lacan/Marx, o corrupto é no Simbólico/Imaginário/Real o agente da mais-valia do dinheiro público. Daí, erra quem o chama de cínico. É sórdido, canalha, crápula, cretino, pervertido, degenerado…, menos cínico.

OBAMA ELEITO: BLACK POWER NA CASA BRANCA?

Obama por você.

Obama, candidato democrata, ganha as eleições nos Estados Unidos contra John McCain, candidato republicano. Observando a história norte-americana, um feito anômalo: Obama é negro. Um presidente negro justo em um país que mais contribuiu, e contribui, para a discriminação racial. Um dos países mais intolerante com os afro, capaz de criar verdadeiros guetos urbanos e rurais de contingente negro. Entretanto, um país onde apareceram as maiores, mais poderosas e influentes manifestações libertárias que a história já registrou. Todos os territórios social, político, artístico, esportivo foram cortados pelo devir negro. Um verdadeiro Black Power. Mas nada tecido no song e no play da paz e amor, mas com muito sangue, morte e dor. Os rastros da liberdade construída.

O filósofo Deleuze comenta que a condição de nação fragmentada em sua composição demográfica faz dos Estados Unidos da América do Norte um país onde a força de qualquer realidade individual transforme-se em uma força coletiva. Talvez a tradução de Obama como uma cartografia de desejos coletivos, que redundou em sua eleição, venha asseverar seu sopro deleuziano. Alguns chegam a afirmar que a razão de seu sucesso (na terra do falso sucesso) é seu carisma (força catalizadora de opiniões várias), que o tornou um verdadeiro ídolo-pop. Mas seria melhor dizer que, em razão da situação atual do pais do Tio Sam, produzida principalmente pela horrenda administração Bush, e mais as relações exteriores, fortes corpos materiais e imateriais se conjugaram em uma força capaz de envolver os Estados Unidos na ordem da TransObamação. O além do pessoal de Obama. A circularidade política em que um nome perde sua individualidade pela força constitutiva social.

Obama é negro, comemora-se de Israel ao Hamas, mas dois fatos são a política interna e a externa americana. O que o povo americano imagina de si em relação aos outros povos, e o que estes povos imaginam do povo americano. E um dos primeiros difíceis atos que Obama terá que enfrentar em seu governo é diminuir o senso imperialista de seu povo, ao mesmo tempo conseguir mudar a opinião de outros povos em relação ao seu povo. Difícil missão, já que a imagem intervencionista e ditatorial esculpidas nestes últimos anos pelos governos americanos está muito bem colada na percepção e entendimento destes povos.

A partir de agora, é esperar para ver se a mãe de McCain estava certa ou não quando afirmou que Obama é mais branco que ela. No mais, como diria o filósofo Nietzsche, como negro, ele carrega mais vontade de potência que qualquer branco norte-americano. Se assim for, a Casa Branca vai dançar no rock do Black Power. E onde há rock, difícil quem não se toque.

A PREOCUPAÇÃO COM POSSÍVEIS DEMISSÕES NO PIM

Em notícia na Agência Brasil, Sidney Malaquias, secretário de Comunicação e Imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos em Manaus, disse que o Sindicato está preocupado com possíveis demissões no Pólo Industrial de Manaus. Malaquias falou que o Sindicato já procurou o governador do estado, Eduardo Braga, para apresentar propostas e pedir apoio.

Segundo Malaquias, “há riscos de demissões e por isso já estamos com uma proposta. Queremos sair na frente e mostrar para os empresários que podemos não só ajudar os trabalhadores, mas também a eles. Nesse período, o trabalhador poderá fazer algum curso de qualificação profissional e receber o seguro-desemprego”.

Malaquias completou dizendo que “ainda não sabemos quanto tempo essa crise vai durar e nem quanto tempo os efeitos dela poderão permanecer entre as indústrias brasileiras. Os trabalhadores têm se mostrado preocupados com as possibilidades de demissões. Estamos pedindo às empresas que tenham cautela antes de mandar qualquer pessoa embora. A empresa terá que ter cuidado e garantir que os selecionados tenham mais de seis meses de trabalho para poder receber o seguro-desemprego”.

Em contrapartida, Wilson Périco, presidente das Indústrias dos Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares de Manaus (ramo que junto com o de duas rodas são os que mais oferecem empregos), declarou que no momento nenhuma empresa do PIM está sendo afetada pela crise, embora seja necessário manter estado de alerta para qualquer acontecimento negativo. “Por enquanto, nenhuma empresa do PIM foi afetada pela crise mundial. Mas também não dá para dizer que isso não possa acontecer. Poderá haver uma readequação da produção, mas isso vai depender da situação e também de cada segmento e linha de produção. Se prestarmos atenção na movimentação do mercado, já vamos perceber melhorias no cenário econômico”, disse Périco.

BREVE ANÁLISE SOBRE O OCORRIDO

Seja em momento de crise ou não os empregos no PIM sempre estiveram ameaçados. Por mais que seja válida a preocupação agora declarada com a atual situação, não passa pelas falas pronunciadas, uma análise relativa ao fato do Amazonas nunca ter investido em sua própria economia de forma que a fortalecesse e criasse pólos de empregos seguros para o povo.

Os governantes que por aqui passaram sempre mantiveram o PIM como um meio de chantagear a população durante períodos eleitorais. O que eles não falam, mas está claro para a população, é que todo o lucro das empresas multinacionais do PIM não ficam por aqui, mas vão para as suas matrizes em seus países de origem ou investidos em outros lugares do mercado.

Os governantes do Amazonas nunca apresentaram projetos lúcidos, que saíssem do vazio do marketing, que explorassem, de forma racional, economicamente as potencialidades do Amazonas. Pelo contrário, sempre se mantiveram firmes em condutas que enfraquecem a economia do estado. Foi o caso da venda do BEA pelo Amazonino Mendes e os constantes empréstimos com o BID realizados durante o governo de Eduardo Braga. Ambos os atos em nada contribuíram ou vem contribuindo para uma transformação ontológica da cidade.

Uma ilustração do desentendimento econômico que os governantes apresentam foi o recém eleito prefeito Amazonino ter declarado que não esperemos que todas as suas promessas de campanha venham a ser realizadas, já que irá assumir uma prefeitura em plena crise mundial. Talvez ele tenha tentado colocar Manaus como uma cidade inserida na globalização e, assim, mostrar a sua importância, ou esteja afirmando, embora o Brasil esteja com a sua economia segura em plena crise em razão de produzir, distribuir e comercializar dentro e para a sua própria população, não se tornando mais dependente direto do sistema financeiro internacional, que, assim como seus iguais, vai fazer uma administração moderna baseada na dependência completa do capital estrangeiro, endividando o município de Manaus, a exemplo da dívida evolutiva do estado.

Tanto a produção, a distribuição, a troca e o consumo que constituem os alicerces de uma economia não estão reduzidos somente à lógica do mercado e à circulação e transformação do capital. Antes disso há uma subjetividade que determina como será organizada esta economia. E é aí onde a realidade começa a ser produzida e transformada pela consciência determinante desta subjetividade. Marx, já no século XIX, previu que o limite do capitalismo seria o próprio capital. A atual crise financeira confirma a sua sacada intemporal. Em Manaus, pelas tantas que anda a subjetividade da cidade, parece que terá o seu limite em…

INSCRIÇÕES PARA ESCOLAS EM TEMPO INTEGRAL DE MANAUS ABERTAS

Para quem está à procura do edital para 2011, clique no link abaixo:

PROCESSO SELETIVO PARA ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL SEDUC-AM 2011

****************************************************************

O Diário Oficial do Estado do Amazonas, na última segunda-feira, 03, traz os editais para inscrição no processo seletivo para ingresso nas escolas de tempo integral Djalma Batista e Marquês de Santa Cruz, de ensino fundamental (6a à 9a Séries).

As inscrições, que valem para ingresso no ano letivo de 2009 iniciaram-se ontem, terça-feira, e vão até o dia 12 (próxima quarta-feira). Quem já estuda em escola estadual pode fazer a inscrição diretamente na direção ou secretaria, mas quem é de escola municipal deve procurar a SEMED, na rua Recife (alcunhada serafinescamente Mario Ypiranga), 2549, em frente ao Detran, e quem estuda em escola particular deve procurar o SINEPE (Sindicato das Escolas Particulares), localizado à rua Monsenhor Coutinho, 845, Centro. Não é necessário levar documentação, somente caneta para preencher o formulário.

São 38 vagas para a Escola Estadual Djalma Batista e 68 para a Marquês de Santa Cruz, sendo 85% reservadas para alunos da rede estadual, 10% para os vindos da rede municipal, e 5% para os egressos da rede particular. A idade máxima para concorrer é de 11 anos até dezembro de 2009, segundo o edital.

A Escola Estadual Professor Djalma da Cunha Batista fica na Av. General Rodrigo Otávio, 1600, Japiim I, em frente ao campus da UFAM. A Escola Estadual Marquês de Santa Cruz fica na rua Virgílio Ramos, sem número, São Raimundo, ao lado da igreja do bairro.

************************************

Clique aqui para:

PROCESSO SELETIVO PARA ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL SEDUC-AM 2010


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.793 hits

Páginas

novembro 2008
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos