Arquivo para 9 de novembro de 2008

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

O ORGULHO DA RAINHA D`ESPANHA

A rainha da Espanha, Sofia, trouxe duas palavras para a discussão. Mas o movimento LGBT espanhol não topou o confronto no campo da razão. Pena, pois teria muito a ganhar.

Matrimônio” e “orgulho”. Segundo o livro “La Reina”, da jornalista Pilar Urbano, que entrevistou sua majestade, Doña Sofia afirmou que os homoeróticos podem realizar todos os requintes da tradição do casamento, mas não podem usar a palavra matrimônio, pois que não se trata do mesmo. Igualmente, afirmou não entender porque os homoeróticos devam ter orgulho de sua condição, e não crê que o contrário – ser hetero – seja também motivo para se orgulhar.

Embora seja uma discussão que há muito já deveria estar superada, ainda existem homoeróticos que defendem o orgulho, assim como ainda há aqueles que acreditam que a redenção virá pelo hiper-beijo na novela das dez.

O orgulho é um afeto/idéia. É orgulhoso quem tem de si uma idéia maior do que realmente o é. O orgulho é, em quase todas as suas manifestações, um afeto decorrente não de produções subjetivas, não de ações, mas de reações – é um ressentimento. O presidente da Federação espanhola LGBT afirmou que a parada do orgulho gay é a manifestação símbolo da luta contra a homofobia. Ele está certo, mas a parada gay não pode ser confundida com o orgulho.

A má consciência, estado de coisas imobilizado/imobilizador que demanda um modo de existir paralisado, indesejante, que existe em função do ódio ao outro, é causa, e o efeito pode ser o orgulho. O filosofante Nietzsche, ao produzir o conceito de má consciência, o faz a partir de uma análise filológica do cristianismo paulino: a lógica do ódio aos senhores, a moral do escravo, “existo porque te odeio”. Nada mais anti-gay. A operação existencial da má consciência exige acreditar num Si superior ao outro apenas pela força da crença supersticiosa. O orgulho é, pois, um afeto triste. Aquilo que faz com que os chamados cristãos se creiam superiores aos demais humanos, e sintam desprezo pelos homoeróticos não é outra coisa senão orgulho.

Portanto, cuidado com o orgulho. Não é necessário se afirmar patologicamente como superior ao outro para exigir respeitabilidade: o que é necessário é produzir comunidades onde o Desejo pela diversidade seja possível. Desejar, não tolerar. Sem orgulho, mas consciente da sua importância para o mundo, seja qual for a orientação sexual/erótica.

Quando à palavra “matrimônio”, o que vale mesmo é questionar não a palavra em si, já que ela se refere a um aspecto de ordem econômico da relação: matrimônio/patrimônio. Mas vale promover discussões sobre os estereótipos e clichês do casamento. Se é para repetir na existência a dois os mesmos enunciados, o mesmo estado de coisas, a mesma aridez dos modos de existir, a luta pela prevalência de uma consciência sobre a outra, melhor mesmo chamarmos de qualquer outra coisa, menos “casamento”, “matrimônio”, etc.

Já que o homoerotismo carrega o elemento intempestivo da diversidade, que ela seja uma diversidade-multiplicidade, e que permita que pela existência se passem outros afetos e perceptos, e que não se repitam os erros dos casais heteros: que o amor não termine no casal, mas que transborde no social, modificando-o. Aí, sim poder-se-á dizer que foi um casamento gay pra valer. Fora disso é o Mesmo, ainda que entre dois homens ou duas mulheres.

No mais, ignorem a rainha como pessoa. Imaginem o quanto ela teve que “cortar”, extirpar da própria existência em termos de produção existencial para exercer, até agora, o penoso papel de rainha. Tadinha, somos mais a Priscylla, a Rainha do Deserto. I will surviiiiiiiiiveeee… Uh!

Ui! E agora vamos ver outros sopros gayzísticos (ou não) que passaram no nosso Mundico!

Φ PSICÓLOGOS BRASILEIROS REPUDIAM HOMOGENISMO CATÓLICO. O Conselho Federal de Psicologia mandou avisar ao Papa bento XVI que, ao contrário da igreja católica apostólica romana e de suas co-irmãs disangélicas-apocalípticas, não considera o homoerotismo uma patologia. A categoria profissional, organizada em seu conselho de classe, repudiou e vetou veementemente a atuação de psicólogos na tentativa do Vaticano de barrar candidatos que apresentem, dentre outras características, “dependência afetiva forte, identidade sexual incerta e tendência arraigada à homossexualidade”. Ui, Papai tá aí? Os psicólogos nessa deram uma dentro e bem gostoso! A Resolução 001/99 – quase dez anos, vê só, Genoveva! – determina que nenhum psicólogo poderá participar de eventos ou oferecer serviços que proponham tratamento ou cura da homossexualidade. Além do mais, é proibido por lei quaisquer tipos de preconceitos em processos seletivos profissionais, ainda que o objetivo seja uma profissão sacerdotal. Tem língua maldosa por aí dizendo que as tias enrustidas do Vaticano não querem concorrência. Nada, esta colunéeeeeesima já deu um toque aqui no domingo passado, e essa decisão dos psicólogos já era esperada, apesar do conservadorismo da categoria em alguns assuntos. De qualquer sorte, quem souber d’algum psicólogo ou “a” que resolva participar da lezeira vaticana, que informe sobre o incompetente ao conselho regional competente. Sentiu a brisa, Neném?

Φ PROPOSTA 8 É APROVADA NA CALIFÓRNIA. Parece que a Califórnia não entrou na onda “progressista”do restante do país, que elegeu um negro para presidente dos Estados Unidos. A proposta 8, que acrescenta na legislação do Estado a partícula semântica “união entre um homem e uma mulher” na definição de casamento, foi aprovada com uma pequena mas determinante margem: 52 a 48. Outras propostas semelhantes, no Arkansas, Flórida e Arizona, também foram aprovadas. Para alguns, estranheza, já que o clima era de abertura e tolerância pela eleição de Obama. Ledo engano: a tolerância efetivamente se fez presente, já que Obama foi eleito não por ser negro, mas apesar de sê-lo. A questão é sempre de economia, e Obama surgiu como o mais capaz de resolver o problema da falsa crise, ainda mais quando o seu adversário tinha ligações viscerais com o governo Bush, responsável pelos últimos estertores do neoliberalismo. Mesmo a mobilização de artistas não foi suficiente para arrancar uma derrota da proposta retrógrada. Não seria o caso de pensar se a arte que eles fazem, no seu cotidiano, não é mais afeita à homofobia do que ao engendramento de novas produções existenciais? De qualquer sorte, os estadunidenses não surpreendem, nem mesmo quando elegem um negro, e diga-se de passagem, que gato! “So Cute!”, como afirmou sua esposa, a também bela Michele Obama. Sentiu a brisa, Neném?

Φ NA USP, SÃO OS PSICÓLOGOS QUE COMBATEM A HOMOFOBIA. Enquanto os veterinários desanimalizam o corpo e se escandalizam moralmente com uns amassos homoeróticos, a turma de psicologia aproveitou o tema, o beijaço gay de protesto – que outra “categoria social” tem categoria suficiente pra protestar beijando, hein, hein? – e organiza a festa intitulada “POR AQUI PODE”. A lambança musical-afetiva acontece no próximo dia 14 deste mês, e lá o amor não tem amarras moralistas – com preservativos, é claro. Dois dias antes, é a moçada das Letras que vai organizar um protesto em frente à reitoria para que a instituição se posicione formalmente sobre a agressão sofrida pelos amigos coloridos Jarbas e Eduardo. Esta colunéeeeesima avisa que não poderá estar de corpo presente, mas nas manifestações alegres e autônomas de afeto democrático, tamos lá! Te joooooga, Frankernilda doida! Sentiu a brisa, Neném?

Φ 007 NEGRO PODE, 007 GAY NÃO. HMMMM… SERÁ, MANA? A tolinha produtora de filmes 007, Barbara Broccoli, afirmou que um 007 negro é possível, agora que temos um presidente negro, mas um 007 gay jamais. Segundo ela, uma desmunhecada de Bond, James Bond, seria incompatível com o seu “caráter original”. Ai, mocinha desinformada… Se ela soubesse que o estereótipo do machão, do conquistador, do “comedor”, que anda por aí flertando com belas mulheres e segurando aqueles canos enooooormes e pistolas descomunais (hmmm, nêga, nega…), é o que há de mais gay no imaginário estereotipado do homem comum, segundo a psicanálise. Diferente das mulheres, que usam artifícios e adereços para encontrarem no olhar do homem a sua razão de ser, para os homens é o olhar do outro (homem) que interessa. Daí os adereços materiais e imateriais serem sempre ligados à força. Psicanaliticamente, o homem que coqueteia, que procura ser entre os amigos o famoso “comedor”, não o faz pensando nas mulheres, mas sim em conquistar o amor dos outros homens, o olhar de admiração deles. Ai, James, quantos suspiros masculinos arrancas a cada vez que saca esse armaço do coldre e balanças ele por aí. Bushes mundo afora deliram. “Você é o homem que eu quero ser”, sonham seus fàs. Mais assumido que isso, só assumindo. São as agruras da insegurança sexual: apelar ao clichê machão para ocultar aquilo que está evidente. É o latente se manifestando. O produto 007, com seus músculos, sua força, seu charme irresistível, certamente não foi feito para conquistar os corações femininos. Como produto de consumo, é para tocar exatamente no aspecto homoerótico latente (oculto) do homem: sua insegurança sexual. Barbara, benzoca, como és desinformada! James Bond já nasceu gay, meu amor! Ele nunca nos enganou, ui! Sentiu a brisa, Neném?

Beijucas, até a próxima, e lembrem-se, menin@s:

FAÇA O MUNDO GAY!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.871 hits

Páginas

novembro 2008
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos