Arquivo para 18 de dezembro de 2008

AFIN ENCONTRA COM JUÍZA MARIA EUNICE E LANÇA A CAMPANHA CONSTITUTIVA PELA DEMOCRACIA ELEITORAL

Nesta quarta-feira, os afinados encontraram-se com a juíza Maria Eunice Torres, para discutir os acontecimentos que envolvem a cassação do candidato Amazonino, a atuação dela, dos movimentos sociais, do tribunal, a justiça em Manaus e no Brasil, e a onda intensiva que se cria pela inteligência coletiva, e pela potencialização da rede democrática.

Os afinados encontraram uma Maria Eunice bela, como a vitória obtida para a democracia brasileira e manauense, serena, com o olhar terno, o sorriso aberto e convidativo ao diálogo. Uma juíza filosofante, com a potência-ativa da educação, que entende a importância do lugar que ora ocupa, apesar de se saber incapturável: “eu não tenho lugar”. Desterritorializante Eunice, que encontra os afinados na alegria de produções intensivas: a onda, Campanha Constitutiva Pela Democracia Eleitoral.

A Campanha Constitutiva é um engendramento coletivo cuja declinação diferencial, onda infinitesimal que engendra o movimento e a linha de fuga, foi a inédita cassação de um candidato que cometeu crime eleitoral, e antes da diplomação: a justiça, com Maria, não tardou, nem falhou. Pontuação histórica? Não. Somente os orgulhosos desejam a história, como o governante perverso que se vinga dos desafetos batizando com seus nomes escolas, viadutos e pontes. Mas a justiça encontrou seu desvio infinitesimal em Maria Eunice. Desta potência desviante, engrendrar-se-ão turbulências. O clinâmen da justiça manoniquim chama-se Maria Eunice, não a individualidade, mas a potência intempestiva. Depois dela nada mais será como antes.

A tarde correu alegremente, num clima meteorológico e afetivológico propício ao diálogo, à alegria, ao aumento das potências de agir e da produção intensiva de afectos e perceptos. Teceu-se a rede filosofante, outras pessoas, também queridas, vieram compor outros dizeres e contribuir com a sua inteligência.

Este Bloguinho Intempestivo traz ao leitor um pequeno apanhado dos temas que foram tocados por Maria Eunice no papo afinado, que revelou a potência democrática que não se quer mais do que é: essencial.


A JUSTIÇA, COMO A FILOSOFIA, NÃO É EXTERIOR AO MUNDO

Maria Eunice começou falando sobre a necessidade de se envolver nas coisas da cidade para poder atuar num sentido de promover a justiça. Eunice, na sua fala democrática e pedagógica, cita um de uma empregada doméstica, que tem fome, sofre com o transporte coletivo, e paradoxalmente tem que abandonar os próprios filhos para cuidar dos filhos alheios. Eunice mostra que, na maioria das vezes, os patrões culpabilizam a empregada, atuando de forma judicativa, sem no entanto conhecer a realidade social daquela pessoa. “Muitas vezes aquela pessoa rouba porque não tem o que comer, e os patrões denunciam sem conhecer a realidade dela”, diz. Eunice sabe que a justiça não se afasta das condições materiais necessárias ao convívio digno, e que a democracia não começa nas instituições macropolíticas, mas se dá, primeiramente, nas relações sociais, familiares, casais…

OS ERROS DA DEFESA DE AMAZONINO E A CONVICÇÃO DE UM TRABALHO EM EQUIPE

Eunice disse que a decisão de cassar a candidatura de Amazonino partiu de um trabalho que começou com a polícia federal, envolveu o Ministério Público Eleitoral, e foi fruto de uma análise profunda e da convicção de que as evidências mostravam o delito. Ela explicou que um Embargo de Declaração (o recurso usado pela defesa de Amazonino) é um recurso usado pelo advogado de defesa para apontar supostos pontos obscuros na decisão do juiz. A convicção de que a análise foi correta pautou Maria Eunice, que não aceitou a liminar da desembargadora Graça Figueiredo, primeiro porque esta manobra abriria novo prazo para a defesa, e segundo porque, para que esta abertura ocorresse, seria necessário que existissem os pontos obscuros, o que não é o caso da decisão, que conta com o aval da procuradoria do Ministério Público Eleitoral. Maria Eunice ainda esclareceu que o Direito Eleitoral carrega uma peculiaridade que passou despercebida no despacho da desembargadora: ele não aceita ações impeditivas, mas somente as de caráter devolutivo. Por isso o desejo por parte da defesa de Amazonino de que o processo fosse para uma instância superior. Somente lá o erro conceitual da liminar concedida poderia ser “consertado”, como efetivamente o foi, pelo juiz Agliberto [nossa parte: O Sorridente]. Somente assim, Amazonino conseguiu garantir, em regime de exceção, a diplomação e a posse.

VITÓRIA DE PIRRO: AMAZONINO CONTINUA CASSADO PELA DISTRIBUIÇÃO DE COMBUSTÍVEL…

Maria Eunice foi enfática ao afirmar que os recursos movidos pela defesa e aceitos pelo Pleno não modificam a condição jurídica do candidato: Amazonino continua cassado, e somente uma decisão em instância superior poderá modificar esta condição. Amazonino, portanto, diploma e assume sub judice.

E PODE SER CONDENADO POR OUTRO PROCESSO: A MULTA

Eunice comentou que desconhece se o outro processo sobre a candidatura de Amazonino, que versa sobre a multa não paga referente ao pleito de 2004, e que o TRE/AM absolveu o candidato com o voto de minerva (que a deusa nada tem com isso) do presidente do TRE/AM, Ari Moutinho ‘Pai’, ainda está neste âmbito ou se já passou ao TSE, mas não foi encerrado. E completa: este processo é ainda mais grave que o da compra do combustível, e pode ser decisivo para a cassação.

O ORGULHO DE SER AMAZONENSE NÃO PASSA PELO MARKETING GOVERNAMENTAL

Questionada sobre a presença de um secretário estadual no Pleno do TRE/AM na hora da reunião, Maria Eunice afirmou ser esta uma prática comum, e que interesses comuns devem permear as duas esferas, para que o secretário se faça presente. Ela lembrou ainda que, ao observarmos a atuação dos governos e a atuação da magistratura eleitoral no caso Amazonino, fica fácil perceber que o orgulho de ser amazonense fica somente no marketing governamental de fim de ano. Eunice define bem as mudanças que vêm ocorrendo: “O Direito muda, e a sociedade precisa desta mudança”.

A FILOSOFANTE MARIA EUNICE CONTINUA A LUTA E DIZ O QUE MUDOU

Maria Eunice, com serenidade, que nada tem a ver com a passividade que a imprensa comprometida, afirmou que fará cada coisa a seu tempo. Enquanto assinava um documento para iniciar a sua defesa diante do afastamento, ela afirmou que vai ao CNJ levar ao exame do órgão os acontecimentos ocorridos nas últimas semanas, e explicou que não foi afastada na segunda-feira por falta de motivação. Com a justificativa de que não julgou as contas de campanha de Amazonino, foi afastada da função. Maria Eunice ponderou que a dificuldade no julgamento da conta se deu por causa do candidato, que literalmente se escondia na hora de ser notificado. Para ela, o que mudou foi o fato de um candidato, pela primeira vez, ter sido cassado em tempo recorde, antes da diplomação, fato inédito, mas segundo ela, inerente ao direito eleitoral, cuja característica principal deveria ser a celeridade.

DESDOBRAMENTOS DO PROCESSO: AMAZONINO ESQUENTARÁ A CADEIRA DE PREFEITO?

Segundo Maria Eunice, se houver recurso do Ministério Público, o processo ‘sobe’ automaticamente para o TSE. A sentença está definida, Amazonino está cassado. O que será apreciado ainda é se o recurso do candidato cassado é extemporâneo ou não (dentro ou fora do prazo). A sentença não está em jogo, pois quando o recurso foi apresentado, ela já estava transitada em julgado. E só poderá ser modificada no tribunal. Após essa modificação (ou não), o MPE poderá recorrer ao TSE onde, acredita-se, Amazonino não terá “facilidades”.


ALGUNS COMENTÁRIOS DE LEITORES INTEMPESTIVOS SOBRE O TRABALHO DA JUÍZA MARIA EUNICE TORRES

Maria Eunice, uma mulher especial corajosa, inteligente, honesta, humana, sempre muito sensata nas suas decisões, digo tudo isso porque conheço seu trabalho desde o interior, não foi à toa que recebeu uma homenagem dos cidadãos de Codajás como cidadã Codajaense.
Sempre atendeu todos sem discriminação, sempre usou a lei com rigor doesse a quem doesse, pois estamos a favor da Dra. Sabemos que ela é uma mulher justa. O que está incomodando os políticos e aqueles que têm interesse em cargo público, é que a Dra. Eunice não tem preço, estamos felizes e orgulhosos em ter uma mulher de fibra no nosso Estado, pois ela esta fazendo valer o Direito. Parabéns!!!!!
Gostaria de saber se podemos fazer algum movimento a favor da Dra. Eunice se caso tirarem da Presidência do Pleito? Fiquei sabendo que hoje o Pleno vai reunir para tirá-la então vamos nos movimentar ir para frente do TRE e vamos fazer história junto com essa mulher!!!! (Bibi).

Isto é a prova que a justiça ainda pode ser feita, acredito que Amazonino deposto é a maior prova que a democracia luta pela verdade e está contra este grupo que está no poder há três décadas e é um círculo vicioso. Se Deus tem algo a ver, discordo, justiça dos homens é feita na terra, Amazonino que se acerte com Deus ou o diabo” (Mayara).

Notícias como esta, de que uma juíza julgou um fato de tal natureza, é de deixar os brasileiros com a esperança de ainda existe justiça neste país. Espero sinceramente que a justiça seja feita, pois se um candidato, para ganhar uma eleição, compra fotos, não deixa de ser corrupto. Parabéns Vossa Excelência” (Adriana).

As Marias, são as Marias, Maria, Mãe de Jesus, Maria da Penha, Maria Eunice Torres Nascimento e as milhares de Marias trabalhadoras. Mas
Maria Eu Nice está no Alto ela é Torres e as torres vislumbram a aurora e o anoitecer ela é vigilante e sendo vigilange ela vê o Nascimento, nascimento de uma nova ordem jurídica neste Estado há mais de 25 anos comandado por esses homens brutos, insensíveis, pois para eles governar é se dar bem, enquanto o povo sofre. Maria Eu Nice com sua flexa tomou uma decisão jamais tomada neste Estado, cassou a candidatura de uma pessoa ruim para o povo – uma pessoa que faz parte dos desmandos neste Estado. Que Viva as Marias, mais que a Juíza Maria Eunice viva muito, porque ela neste momento é a nossa Maria e como Maria ela é linda e linda ela produz vida e a vida constrói nossa existência” (Manuel Pinheiro, bairro Mutirão).

Não estou em manaus desde janeiro, mas ando acompanhando o blog intempestivo. E ficando até que feliz com o que anda acontecendo no caso do prefeito cassado. Pensei que Manaus não teria jeito, mas até agora temos tido alegria, apesar de estar em Boa Vista, onde a violência e exclusao imperam absolutas. Abraços” (Márcio Ricardo de Souza).

AUXÍLIO DIDÁTICO DO MPF PARA ENTENDER UMA CASSAÇÃO

Ações propostas

(Informações extraídas da publicação “Por Dentro do MPF: Ministério Público Federal para Jornalistas, de Maria Célia Néri de Oliveira)

Ação de Investigação Judicial Eleitoral (art. 22, da LC 64/90)

Tem por objetivo apurar denúncias de atos que configurem abuso de poder econômico e/ou político no período que vai do deferimento do registro de candidatura até a eleição (atos praticados, portanto, durante a campanha eleitoral). Se for julgada após as eleições, cópia da AIJE deve ser enviada ao Ministério Público para a propositura do Recurso contra Diplomação ou da Ação de Ipugnação de Mandato Eletivo.

Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (art. 14, § 10, da Constituição)

A AIME visa à cassação do mandato; por isso, tem de ser proposta em até 15 dias contados da diplomação. Ou seja, o candidato já está eleito, empossado, mas existem provas de que ele praticou abuso de poder econômico, corrupção ou fraude durante o processo eleitoral, o que teria viciado o seu mandato, obrigando à cassação.

Recurso Contra Diplomação (art. 262, I, do Código Eleitoral)

É uma espécie de ação eleitoral que visa a anular o resultado de um pleito, porque há prova de que determinados atos viciaram esse resultado, tornando-o ilegítimo. O Código Eleitoral prevê as hipóteses específicas de cabimento do Recurso contra a Diplomação (por exemplo, a interpretação equivocada da lei quanto à aplicação do sistema de representação proporcional; o erro de direito ou de fato na apuração final quanto à determinação do quociente eleitoral ou partidário, contagem de votos e classificação de candidato, ou a sua contemplação sob determinada legenda).

Representações e Reclamações

É toda denúncia de irregularidade que chega ao conhecimento da Justiça Eleitoral. As mais comuns são as representações por propaganda eleitoral irregular previstas pela Lei 9.504/97.

Impugnações

As impugnações constituem espécie de contestação a atos administrativos ou judiciais praticados pelas autoridades durante o processo eleitoral. Exs.: o Código prevê prazo de cinco dias para impugnação dos pedidos de 2ª via de título de eleitor (art. 52, § 2º); da mesma forma, é previsto prazo de 10 dias para impugnação aos pedidos de transferência de domicílio eleitoral (art. 57); outra hipótese é a impugnação por violação de urna, que deve ser apresentada à Junta Eleitoral antes da sua “abertura”.

Observação: a lei eleitoral utiliza o termo “impugnar” numa outra hipótese de natureza jurídica completamente diversa. Trata-se da ação de impugnação a registro de candidatura (instrumento utilizado para impedir que uma pessoa se candidate a cargo eletivo, porque não apresentou determinados documentos que comprovam sua habilitação, ou porque sua situação jurídico-eleitoral não satisfaz as exigências legais. Por exemplo, um candidato a prefeito que é inelegível em razão de parentesco de primeiro grau com o antecessor).

Recursos Eleitorais

É todo recurso contra decisão da Justiça Eleitoral. Por exemplo, o juiz defere inscrição de eleitor contra a qual se opõe o promotor Eleitoral: o MP poderá recorrer dessa decisão. Outra hipótese: o Ministério Público representou contra um partido político por propaganda eleitoral irregular e o juiz julgou-a improcedente: o MP recorrerá ao TRE.

Ações Penais Eleitorais

São as ações que buscam a punição e a responsabilização daqueles que praticaram crimes eleitorais. A compra de votos é o crime eleitoral mais conhecido, mas inúmeras outras condutas também configuram crime, apesar de comumente serem vistas apenas como meras irregularidades: inscrição eleitoral fraudulenta; transporte irregular de eleitores no dia da votação; violar ou tentar violar o sigilo da urna; caluniar, difamar ou injuriar por meio da propaganda eleitoral; realizar propaganda eleitoral em locais não permitidos etc. Importante salientar que, também na área eleitoral, os crimes são de ação penal pública, ou seja, somente o Ministério Público é que está autorizado a oferecer denúncia por crime eleitoral.

http://eleitoral.pgr.mpf.gov.br/eleitoral_new/institucional/acoes-propostas/

Para maiores informações sobre os trâmites de cassação, para não ficar ludibriado com manipuladores do Direito constituído, para não ficar à mercê das deturpações da mídia venal, acesse o sítio da Procuradoria Geral Eleitoral – PGE:

http://eleitoral.pgr.mpf.gov.br/

ESTUDANTES E A ESQUERDA PRESSIONAM E CMM RECUA DA RASTEIRA NO PASSE ESTUDANTIL

Vitória dos estudantes: o projeto de lei, chamado Emenda 10, que diminuía a quantidade de passes estudantis para 50 por mês e acabava com uma série de conquistas dos estudantes saiu da pauta da CMM e só deve retornar no ano que vem. Graças às pressões dos estudantes que foram às ruas e à CMM, e ao trabalho de alguns vereadores, como José Ricardo (PT) e Lúcia Antony (PcdoB), que ingressaram no Ministério Público Estadual contra a mesa diretora da CMM, alegando que a tramitação da emenda não cumpriu o rito determinado pelo regimento interno. Eles pretendem mostrar que a emenda não foi distribuída aos vereadores para análise, os pedidos de vista (inclusive um da vereadora Lúcia Antony) foram negados sem as necessárias justificativas, e a sessão onde se votou em primeiro turno a emenda não teve quórum necessário, que é de 2/3 para a aprovação.

Com a pressão social, restou ao presidente da casa, Leonel Feitoza, recuar, e enviar o projeto para a procuradoria da CMM. Lá, de acordo com Leonel, será feita a análise “sem paixões e ideologias” do documento, que será então remetido para nova apreciação dos edis. Se prevalece a acusação levada ao MPE, fica o questionamento do porquê do recuo junto à procuradoria, já que as falhas apontadas foram da mesa diretora, e não do projeto em si.

Mesmo assim, os estudantes devem ficar atentos: a votação da emenda está marcada para o dia 22 deste mês, e pode ocorrer na calada da noite, como tem sido comum nesta legislatura.

A PEDAGOGIA DO CINTURÃO

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, Leonel Feitoza (PSDB) reagiu a uma provocação de um estudante que protestava contra a lei que acaba com a meia-passagem com a seguinte frase: “Só Paulo Feitoza (pai de Leonel) tem a autoridade de me dar cinturãozada. Nem esses bagunceiros nem esses baderneiros têm autoridade, sequer, de se referir a qualquer um dos vereadores”.

Leonel, como vereador, evidencia em sua frase o (des)entendimento que carrega sobre o que seja educação. Senão vejamos: ao homem, que se pretende superior ao animal, quando pretende lhe ensinar algum truque a fim de que este possa render lucro, utiliza do estímulo físico para gravar no sistema nervoso do animal aquilo que ele deve fazer. Este estímulo é a dor. Os animais carregam um modo de ser no mundo, resultado dos engendramentos indivisíveis que seu corpo-animal compôs com os outros corpos que lhe circundam. Daí a necessidade – para o homem – de infligir dor a um animal, se ele quiser alterar-lhe este modo de existir, incutindo nele outros comportamentos que não fazem parte do seu modo de ser originário. Como os animais não possuem córtex cerebral, não é possível – ao homem – faze-lo de outro modo que não seja pela aplicação de um castigo ou de uma recompensa. Este último recurso tem sido mais utilizado pela etologia e psicologia animal modernas. Mas não se pode falar, no domínio neurocerebral, de aprendizagem.

Se a razão é o que diferencia o homem dos outros animais, é por que esta razão lhe permite criar outros modos de existir, de acordo com o seu ambiente circundante, e mais: permite-lhe modificar este meio, através do trabalho. Daí a aprendizagem, no homem, não passar pelo sistema nervoso central sem o uso do córtex, da linguagem e da elaboração de signos. Qual é o signo que carrega uma “cinturãozada”?

Carrega, exatamente, o signo da dor e do ressentimento. Ao aplicar um castigo, seja ele causador de dor física ou psíquica, o alcunhado “educador” não estimula a aprendizagem através do diálogo, da razão, do uso da linguagem e do aprimoramento das relaçõe sociais. Ao contrário, expõe o espancado ao sentimento de objetização, culpa, remorso, ódio. Tudo o que interessa a uma sociedade anti-democrática.

Um sujeito “educado” – não seria amestrado? – nesta pedagogia do chicote, ou da “cinturãozada” terá dificuldades de compreender o mundo para além da própria dor, e não deveria, em hipótese alguma, em se tratando de uma democracia, exercer cargo público, já que este envolve a capacidade da simpatia (composição afetiva/intelectiva com o outro), que é aprendida e que depende de uma educação humana, e não animalizada, no sentido antropomórfico.

Não fossem os outros edis, em sua maioria, equânimes intelectualmente ao presidente da CMM (assim não o fosse, ele não seria o presidente), o caso seria de quebra de decoro, passível de cassação.

AUTORIDADE E VEREANÇA

Leonel afirma ainda em sua frase reveladora que nenhum dos estudantes ali presentes (que ele chama de baderneiros e bagunceiros) têm autoridade para se referir a quaisquer dos vereadores.

Outra evidência pueril da incapacidade democrática do edil: ele inverte a causalidade da autoridade, e a confunde com autoritarismo. Contradiz, inclusive a Constituição, que afirma nos representantes legais do poder do povo o efeito da soberania democrática, e não sua causa.

A autoridade, portanto, se realiza como efeito da atuação de uma pessoa, que investe seus talentos, inteligência e dialogicidade para compôr outras linhas democráticas. Já o autoritarismo é a manifestação da tentativa de capturar esses talentos, subervendo-os a uma lógica de exploração. O autoritário é triste porque seus talentos estão capturados pela lógica do capital, e por isso lhe é doloroso conviver com pessoas livres. Daí, utilizar a dor como ente pseudo-pedagógico para dominar, através da tirania da estupidez.

SAUDAÇÃO AO CABOCLO JACAÚNA NO ZUMBI DOS PALMARES

Quê, quê, quê, quê

Olha quem vem chegando

Quê, quê, quê, quê

Olha lá quem já chegou

Seu Jacaúna, caboco bom na virada

No romper da madrugada

Os seus filhos equilibrou

Seu Jacaúna, caboco bom na virada

No romper da madrugada

Os seus filhos afirmou

Seu Jacaúna 01 por você.

Clique nas fotos para ampliá-las

Foi lá no beco Coronel Bolsinha, no bairro do Zumbi dos Palmares, zona Leste de Manaus, que o Centro Espírita Nossa Senhora da Conceição se encheu de filhos e convidados para louvar o Caboclo Jacaúna na cabeça de Mãe Maria. Quando os tambores soaram e a roda se fez, entoando belos e sagrados pontos, as energias tomaram conta de todos.

Seu Jacaúna 10 por você.


Seu Jacaúna 02 por você.

Pai João, Seu Gilson (Presidente do Terreiro) e Seu Jacaúna


Seu Marinheiro e o vigoroso caboclo Sibamba

E assim que foi possível, no meio de tanta alegria e movimentos, enquanto diversas outras entidades eram louvadas e distribuíam suas bênção no terreiro, conversamos com Seu Jacaúna, que nos falou sabiamente de seus trabalhos, dos seus filhos, da prosperidade de sua casa e até da questão indígena no estado de Roraima:

Eu sou um cacique velho – não é cacique que chama, é furdunço, quer dizer, um “guia velho”. Sou muito pouco conhecido. Tenho poucos filhos. Todas as religiões têm as pessoas boas e as ruins. As boas até hoje estão, e as ruins foram embora. São poucos os lugares que eu vou. Estou nessa moça há 49 anos, desde pequena que a gente vem. A família dela era evangélica, não queriam, mas fomos lutando, lutando, até que chegamos aqui.

Seu Jacaúna 08 por você.


Seu Zé Pelintra e Dona Jurema

Eu sou de uma tribo lá de Boa Vista, de Roraima, a tribo Macuxi. Não são os de agora. São os antigos. Os antigos não são civilizados como os de hoje. Os de hoje já sentam, muitos já têm seus cadastros, até alguns são doutores. No nosso tempo não existia isso, porque a gente não podia se comunicar com o povo; era um medo, uma suspeita, que nem o povo negro, sempre tavam com medo de alguma coisa. Quando você não conhece, aí fica achando que somos bicho, que come cru. Era uma tribo inimiga dos brancos, por isso era pouco reconhecível.


Pai Joel e Dona Jarina

Seu Jacaúna 17 por você.


Mas tá tendo luta, até perto da Venezuela o povo tá em luta. Nós podemos ajudar, não do jeito que sempre querem, porque é assim: nada que você quer você pode”. Tudo é aos poucos, e tudo é com fé. Você sabe que até num copo d’água, se você tiver fé, você consegue; mas se você não tem fé, você pode tomar tudo o que quiser de remédio, nada cura, porque é no pouco, mas na fé que você consegue, é no lutar, é no dia-a-a-dia que você consegue. Tudo depende da fé, até nos estudos, aonde você vai, você tem que ter fé. Sem fé nada se constrói, porque Deus é de todos, não tem o branco, não tem o índio, não tem o preto, Deus é de todos. Não é que ele está distante, ele está bem perto, é o homem que desconhece o poder dEle.

Seu Jacaúna 18 por você.

Seu Jacaúna 26 por você.

Cabocla Brava



Que as pessoas se amem mais, que se respeitem mais, façam uma união, que amem mais as crianças, que amem mais uns aos outros, porque sem amor fica tão desumano, fica pior que bicho, eles matam, fazem maldade, achando que o outro não é nada. Se houvesse mais amor, mais carinho pelas pessoas, mais respeito isso não acontecia, pois se sabe que há muito tempo acabou isso, acabou o carinho, os respeito pelos outros. Com certeza pra esse ano vem muitas coisas boas, muito axé, muita força, muita luz pra todos que tiverem fé, em primeiro lugar em Deus, depois nos guias. Acima dEle não tem ninguém, abaixo também não.

Seu Jacaúna 22 por você.


Seu Roxo e Caboclo Ventania


Que eles [os índios] tenham mais fé e lutem com igualdade, não um querendo ser mais do que o outro. Se houver uma união, logicamente que vão conseguir, sem que um diga uma coisa e outro faça outra. Numa briga, você tem de entrar pra ganhar e, não, pra perder. Em todo lugar existe isso, existem os sinceros e os hipócritas, que estão ali no meio de todos e tão traindo. Se não houvesse tanta traição, haveria mais prosperidade. Mas eles já conseguiram.


A Umbanda tem segredo

Pisa na linha e não afunda

A Umbanda tem segredo

Entrei nas matas sem medo.


Tem coisas que eu não falo porque não posso falar. Às vezes nem os que estão aqui no terreiro sabem muitas coisas, vão aprendendo aos poucos. É uma teia de aranha, quanto mais você procura desembolar, mais embola, mais ela vai ficando enrolada. Eu acho que o pouco falado é o pouco ganhado. O muito falado, às vezes, é pouco aproveitável. Eu só tenho que dizer muito axé, muita força, muita luz, que Deus abençoe não só os índios, mas todos do mundo do pecado, independente de quem for, do branco, do negro, do doutor, do presidente, que todos tenham coração. Todos são filhos de Deus.



Seu Jacaúna 33 por você.

Cabocla Jurema na cabeça de Jandira

Nas matas da Jurema aonde Oxóssi mora

Tem uma caboca filha do rei Tupinambá

É uma caboca índia de pele morena

Que vem de aldeia pra saravá

É ela a Jurema, índia guerreira

Lá das matas de orixá.


Eis que já se preparava para a distribuição da “jurema”, a bebida sagrada, que, como nos falou Seu Jacaúna, é um abençoado remédio para o cérebro e outras finalidades.

Seu Jacaúna 39 por você.

Seu Jacaúna 37 por você.

Caiu uma folha na jurema

Veio o sereno e molhou

Depois veio o sol

Enxugou, enxugou

E a mata se abriu toda em flor

Seu Jacaúna 42 por você.

A fila se fez, e todos que quisessem, filhos e convidados, era só cobrir a cabeça com um pano verde e tomar com fé nos encantados e na força da jurema e seguir a cadência do ponto…

Seu Jacaúna 43 por você.

Eu vou beber minha jurema

Dê no que dé

Seu Jacaúna 44 por você.

Lá no pé da juremeira

Dê no que dé

Seu Jacaúna 45 por você.

Se a jurema for boa

Dê no que dé

Seu Jacaúna 46 por você.

Aqui mesmo eu bebo

Aqui mesmo eu caio

Seu Jacaúna 53 por você.

Após isso o toque no tambor continuou cada vez mais contagiando a todas as entidades presentes que iam cantar seus pontos acompanhados pelos filhos de todas as casas presentes.

Seu Jacaúna 55 por você.


Seu Zé Pelintra e Dona Herondina

O morro de Santa Tereza está de luto

Porque Zé Pelintra morreu

Ele chorava, ele chorava

Por uma mulher que não lhe amava

Seu Jacaúna 62 por você.

Quando vou descendo o morro,

Falo pra nega que vou trabalhar.

Boto meu baralho no bolso,

Meu cachecol no pescoço.

E vou para praça mauá!

Mas trabalhar, trabalhar pra quê?

Se eu trabalhar eu vou morrer.

Seu Jacaúna 61 por você.


Seu Jacaúna 67 por você.

Seu Jacaúna 71 por você.

Seu Roxo na cabeça de Pai Acrísio


Então chegou a hora de homenagear Seu Jacaúna por mais um ano trazendo alegria, força e toda prosperidade e todas as bênçãos para sua casa. E assim seguiu até o sol raiar…

Seu Jacaúna 75 por você.

Seu Jacaúna 76 por você.

Agradecido, agradecido

Seu Jacaúna, estou muito agradecido

Agradecido, agradecido

Seu Jacaúna, estou muito agradecido

MANCHESTER GOLEIA E FAZ FINAL COM LDU

O Manchester United, como se esperava, venceu fácil o Gamba Osaka e fará a final de domingo contra a LDU Quito.

O time vermelho começou no ataque, e aos 28 minutos marcou o primeiro, com Vidic, escorando a bola numa cobrança de escanteio. Logo, Cristiano Ronaldo, também num escanteio, fez o seu.

Já no segundo tempo, e em ritmo de treino, o Manchester leva o primeiro: aos 28 minutos, Yamazaki marcou para os nipônicos. Nos sete minutos seguintes, Wayne Rooney, Fletcher e Rooney de novo acabaram com o inxirimento do adversário e fizeram 5 a 1. No finalzinho, Endo, de penal, e Hashimoto, numa dormida do time vermelho, marcaram e deram números finais ao jogo. Cinco a três, e domingo não vai ter moleza com a LDU – o Fluminense que o diga!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.173 hits

Páginas

dezembro 2008
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos