Arquivo para 30 de dezembro de 2008

PER MEIO MÃE LINDU, LULA DIZ QUE ATAQUES DE ISRAEL EM GAZA TÊM INTERESSES ELEITORAIS

Inaugurando, hoje, terça-feira, dia 30, no bairro de Boa Viagem no Recife, Pernambuco, a primeira etapa do Recreio Dona Lindu, homenagem a sua mãe, o projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, com vinte e sete mil metros quadrados composto de áreas esportivas, lazer e artísticas, e mais o Memorial dos Retirantes com esculturas de sua família, obra do artista plástico pernambucano, Aderbal da Hora, Lula finalizou seu discurso de paz a uma platéia numerosa e alegre opinando de forma honesta e corajosa sobre o morticínio que o Estado de Israel vem executando na faixa de Gaza.

Lula, afirmando a boa relação do Estado brasileiro com árabes e judeus, prontificou-se veemente contra os ataques de Israel contra a Faixa de Gaza, mostrando a diferença bélica entre Israel e a Palestina. Exemplificando a relação do poderio bélico de Israel comparado com o da Palestina, como uma bomba diante de um palito de fósforo. Comentou ainda que o Hamas é um grupo radical, mas que nada justifica a ação destruidora de Israel em Gaza. Disse ser necessário a união de todos os países para por fim à guerra. Para isso, irá procurar o presidente da França e propor a tese, já que a ONU é impotente para solucionar o conflito. De onde depreende-se tratar-se do veto dos Estados Unidos na ONU contra os palestinos, já que o governo Bush é defensor de Israel em função de seus interesses. E também o período eleitoral em Israel, que coloca todos os candidatos a favor dos ataques com seus objetivos de garantir votos, principalmente os que se encontram na frente nas pesquisas.

E finalizou, supondo que os ataques nesse momento, talvez, tenham ocorrido por causa do fim do governo Bush, e então os governantes de Israel aproveitaram a ocasião, porque imaginam que com Obama na presidência americana as relações poderão ser modificadas.

No mais, desejou Paz para todos, e correu para os braços do povo.

PRESSÃO ESTUDANTIL FAZ EFEITO E “EMENDA DOS PINTADOS” PODE CAIR EM DEFINITIVO AINDA HOJE

Informações obtidas por este Bloguinho Intempestivo dão conta de que a Emenda 10, ou “Emenda dos Pintados”, que pretende reduzir para 40 a quantidade mensal de passes estudantis, alterando a Lei Orgânica do Município, pode cair definitivamente a qualquer momento.

Depois da liminar concedida pelo TJ/AM e solicitada pelos vereadores José Ricardo (PT), Lúcia Antony (PCdoB) e Elias Emmanuel (PSB), impedindo a publicação da emenda no Diário Oficial e a sua promulgação, a mesa diretora da CMM, através de seu presidente, o vereador Leonel ‘Cinturão de Papai‘ Feitoza (PSDB), tentou entrar com recurso derrubando a liminar, mas o mesmo foi indeferido no mesmo TJ/AM. Havia ainda outra liminar, impetrada pela UESA (União dos Estudantes Secundaristas do Amazonas) e pela UEA (União dos Estudantes do Amazonas).

Ao mesmo tempo, o PSDB na sua versão manoniquim divulgou nota em que condena o ataque aos direitos adquiridos dos estudantes, e afirma ter entrado com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a emenda. Há quem tenha visto nisso um recado direto a Feitoza, que descumpriu orientação partidária ao não apenas votar contra os direitos dos estudantes, mas ser também o principal articulador da “Emenda dos Pintados”. No entanto, é mais provável que o PSDB queira sair sem as marcas da tinta natalina que marcou o edil cinturanesco, já que nenhuma atitude efetiva será tomada contra a sua infidelidade.

Ao mesmo tempo, surgiu a notícia de que a procuradoria da CMM teria encontrado “vícios insanáveis” no projeto, e que o mesmo estaria sendo analisado neste momento na Câmara Municipal de Manaus. Caso se confirme esta versão, a lei deverá ser arquivada e a questão, transferida para a próxima legislatura.

Em breve, mais informações sobre este caso aqui no Bloguinho Intempestivo.

O SAPATEIRO CÂNDIDO E O SAPATO PRÓ BUSH

Cândido Sapateiro 01 por você.

Já se comentou: o sapato é a peça mais ‘banderosa’ do conjunto indumentária do corpo humano do ponto de vista selecionador, classificador e hierarquizador. O sapato mostra a classe e condição econômica/social de seu usuário na sociedade de consumo burguês. Assim como um cavalo se conhece pelos dentes, um homem consumista se conhece pelo sapato. “Que mulher elegante! Olha só o sapato!” “Esse é um homem inteligente. Olha o sapato que traz.” São inúmeras as exclamações ‘sapatistas’. Não é para menos. Na condição do corpus-burguês, o sapato é a única peça que o homem e a mulher não podem prescindir para se apresentar no Espaço da Aparência e ser notado em sua visibilidade social. É a única peça que pode ser ostentada como um espécie de humilhação ao outro em forma de cruzamento de pernas, as pernas sobre uma cadeira, entre tantas formas de expressividades ‘sapatoegóicas’.

Um homem pode se apresentar no Espaço Público sem cueca, sem carteira, uma mulher pode se apresentar sem calcinha, sutiã, mas vão os dois se apresentar sem sapatos; dançam nos vitupérios judicativos dos ‘sapateados’. Os com sapatos. É possível, que em razão de qualquer pessoa, seja da classe que for, ter sapatos, não se criou o MSP – Movimento dos Sem Sapatos. Se criado fosse, morreria no mesmo momento, tal a ausência de força política.

Cândido Sapateiro 02 por você.

Em função de sua hegemonia social, o sapato sempre teve na crista da onda em qualquer instância e estados de coisas. Nas artes, por exemplo. As pinturas estão repletas. No cinema. Planos e mais planos sobre eles. Na Psicanálise, Freud fundamentou seu valor/fálico para se chegar aos “segredinhos sujos” do inconsciente. O sapato olhado por fora é um símbolo-sexual masculino: uma caceta. Olhado em seu interior: uma xota. Quando o homem deseja seu sapato, realiza sua bissexualidade: compõe com a caceta, aos mesmo tempo que compõe com a xota. O mesmo acontecendo com a mulher. “Doutor, sonhei com meu sapato!” “Acordou feliz?” “Acordei!” “Então, não precisa da análise de hoje.” Coisas do Freud. Mas também coisas dos Surrealistas. Na política, temos que ser bairristas: o sapato tem posição privilegiada em Manaus. Nos tempos antes ditadura, um governador levou uma sapatada na cara em plena via pública, ficou marcado. Na Assembléia Legislativa, uma deputada mandou seu sapato em um deputado seu desafeto. E também, não é à toa que se coloca na janela, véspera de Natal, o sapato. O único objeto/corpo/humano em condição de carregar a alegria do presente natalino. É a criança já revelando o poder do sapato. Que seja mágico. É a força da ‘sapatolatria’ tecendo seus códigos.

Cândido Sapateiro 04 por você.

A SAPATADA E O SAPATEIRO

Assim, de passo em passo, o sapato vai deixando seu rastro. Hoje, o grande rastro é a sapatada do jornalista árabe em direção a Bush. Seu ato apoiado pela maioria da população do planeta terra, e que lhe rendeu a estúpida prisão e a cruel e desumana tortura, carrega a força subjetiva do pretender o fim do imperialismo norte-americano travestido em todas forças espalhadas em vários países submissos ao capitalismo ianque.

Desta forma, na onda do sapato-libertador, esse bloguinho intempestivo teve uma brevíssima conversa com aquele que mais entende de sapato, mais que as empresas fabricantes de sapatos, o artesão de muitas caminhadas históricas. No caso especial, o sapateiro Cândido, um dos últimos sobreviventes do poderio das tecnologias. De tanta sobrevivência, tem sua banca na calçada na rua Comendador Clementino, próximo ao Colégio Ribeiro da Cunha.

CONVERSA EM UMA CALÇADA PERIGOSA

BLOG INTEMPESTIVO — O sapato do jornalista árabe está proporcionando lucro a muitas pessoas. O lucro já chegou em ti?

CÂNDIDO — Não. Acho que porque Manaus é muito provinciana. Os fregueses continuam os mesmos, embora alguns transeuntes passem por aqui e comentem o ocorrido.

BI — Nas tuas contas, quanto pode custar o par de sapatos do árabe?

C — Não posso calcular, porque não vi o sapato.

BI (Com ar de babaca) — Cara tu és um dos poucos no mundo que não viu o ato libertador.

C (Sorrindo) — E olha que eu entendo de política internacional, principalmente a questão Palestina.

BI (Tentando tirar as broncas) — Dizem que o sapato tem tamanho maior que 40. Quanto valeria?

C (Gargalhando) — O preço de um sapato não está no tamanho, mas na matéria prima usada e a técnica que ele é confeccionado.

BI (Mais otário) — Tá bom. Mas qual é o mais caro: um sapato com base de borracha ou sola?

C (Debochando) — O de couro, meu!

Cândido Sapateiro 05 por você.

BI — Tu acreditas que os militares devolveram os sapatos do jornalistas ou venderam, em função de seu sucesso?

C — Não sei. Acho que deveriam devolver, é dele, comprado com o dinheiro dele.

BI — Mas se ele não tiver comprado, mas ganho de presente?

C (Convicto/convincente) — Aí que teriam que devolver mesmo, dado o valor simbólico que tem um sapato para os árabes.

BI Qual o gênero de sapato que teria mas possibilidade de acertar o Bush?

C — O de mulher! É uma lei da física: é menor, o que facilita a pontaria.

BI (Com cara de quem não conheceu Einstein) — Se tu tivesses que escolher uma sapatada de mulher, qual sapato tu escolherias?

C (Uma mulher para o carro, pergunta sobre seus sapatos e vai embora) — Pegar sapatada de mulher acho meio difícil. Agora, se tivesse que escolher, preferia de tênis.

BI — E se fosse o Bush quem jogasse o sapato?

C (Gargalhando) — O mundo viria abaixo!

BI — Tu achas que ele acertaria o alvo?

C — Pelo menos em alguns presentes, acertava. Eles são bons na mira.

BI — Tu acreditas que depois da sapatada, na próxima guerra promovida pelo Estado norte-americano, a tecnologia vai mudar, o sapato vai ser usado como arma?

C (Deixando cair o pé de ferro) — Não! Eles não vão fazer mais guerra: já apanharam demais. Perderam todas.

BI — Mas se houvesse uma guerra e os países envolvidos entrassem em acordo de só usarem como arma sapato, qual seria o mais indicado?

C (Cortando uma sola) — O tamanco.

ANO NOVO, TORNEIRA VAZIA NA ZONA SUL DE MANAUS

Desde há cinco dias, tem faltado água intermitentemente nos bairros Betânia, São Lázaro, Morro da Liberdade, Santa Luzia, Educandos, Colônia Oliveira Machado. Quando vem, é apenas por algumas poucas horas, insuficiente para impedir que o trabalhador falte no seu emprego, que a dona-de-casa lave as verduras, legumes e frutas para o consumo, que a criança brinque na rua, que o comerciante mantenha a higiene do seu local de trabalho, que se lave a roupa, que se viva dignamente, enfim.

Neste dia de hoje, completam-se dois dias inteiros em que a água não aparece, senão vinda do céu, como chuva.

Ironia de Deus: zil vezes invocado, louvado, celebrado nos discursos dos políticos responsáveis pela falta d’água em Manaus, responsabilizado injustamente por estes governantes e pela mídia quando a cidade – por falta de planejamento urbano – alaga, quando a casa levantada nos barrancos é levada pela enxurrada (“É a natureza, a chuva castigando a região.”), é justamente a chuva, tradicionalmente atribuída ao guardião das chaves do céu, São Pedro, que corre para suprir a necessidade criada para os homens, pelos homens.

E lá se vão tantos baldes e bacias para juntar a água da chuva. A alegria, o riso, as crianças a brincar, tudo o que os governantes não suportam e não esperam de um povo que eles pensam subjugado.

Se não fosse tão precioso o líquido da vida, alguns desses baldes, cheios de água da chuva, poderiam ser usados aqui, como o sapato foi usado no Iraque.

POST SCRIPTUM: em contato com a empresa francesa “Águas do Amazonas”, concessionária do abastecimento de água em Manaus, este bloguinho recebeu a seguinte resposta sobre a falta d’água na zona Sul: “Não há nenhum motivo para estar faltando água na sua rua, Senhor. Não tem nenhum problema no sistema, e não está ocorrendo nenhuma manutenção na área”. E ainda tem francês que diz que a gente não somos sérios!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.413 hits

Páginas

dezembro 2008
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos