Arquivo para 5 de janeiro de 2009

JORNALISMO OSCILANTE

Até o mais extenuado intelecto sabe que no sistema capitalista toda empresa privada se mantém financeiramente através do lucro. Mas, esse mais extenuado intelecto sabe também que toda empresa é organizada em normas saídas das exigências sociais. Não é porque trata-se do capitalismo que uma empresa entra no círculo da vale tudo. É preciso uma moral, por mais pragmática que seja, para não implodir o sistema pelo próprio sistema.

No caso específico de uma empresa jornalística, as duas considerações do mais extenuado intelecto, surge de formas mais visíveis. Porque, como afirma o ilustre juiz Fausto De Sanctis, que mandou prender o corrupto Daniel Dantas, “o jornalismo é serviço público”. Desta forma, a empresa necessita do lucro para se manter, sem precisar colocá-lo acima do interesse social. Que é o eidos de sua existência coletiva. O que faz com que o filósofo jornalista, Ignácio Ramonet, tenha o jornalismo como “uma disciplina cívica”.

Também, o mais extenuado intelecto sabe que no conhecimento ocorre sempre uma suspeita sobre a imagem e a idéia resultante da vivência perceptiva e cognitiva do sujeito. Ele sabe que ao se vivenciar um fato virtualmente endereçado à informação, a fidelidade encontra-se sempre em “epochê”. Suspensão. Reduzida para análise. Daí a fundamentação do critério lógico no ato de informar. Além de quê, alguns leitores são dotados do mais extenuado intelecto. Por tal, sabem quais são os truques que um jornal pode recorrer para escamotear noticiais, privilegiando uma matéria, ou um personagem, tergiversando que está fazendo um jornalismo livre. Comprometido com a coletividade. O interesse público. E no entanto, esconde o real, sob a névoa do virtual privado. O interesse particular.

Por fim, o mais extenuado intelecto compreende as flutuações de opiniões de uma empresa jornalística, e o sentido democrático instável que a nutre, e cria conturbações aos seus leitores que em seus mais extenuados intelectos, não concordam com essas oscilações de perspectivas políticas/sociais.

DE UM JORNALISMO OSCILANTE

A VITÓRIA DA HONRADEZ”

Manaus mudou e o povo venceu, em eleições históricas e memoráveis. De uma lado, o continuísmo, a representação da velha escola personalista e populista, com práticas incompatíveis com o novo Brasil democrático. De outro, a transformação, a liderança oxigenada pela participação coletiva, a honradez, a probidade, a decência. Este jornal, na condição de tributário de uma longa tradição democrática e libertária do povo amazonense, limitou-se a mostrar essa realidade, a apontar os caminhos, tanto num quanto noutro sentido. Não se afastou um milímetro sequer dos rumos que marcaram e definem a sua própria história, como órgão de imprensa independente e indomável, tem consciência que contrariou interesses poderosos. Resistiu às mais torpes e pesadas agressões, mas em nenhum momento deixou-se vergar diante da força do poder político econômico. Seus colaboradores foram perseguidos, vítimas dos mais duros ultrajes, inclusive físicos. No entanto, como profissionais dignos e corajosos, suportaram todo tipo de violência, em nome do jornalismo sem medo. A CRÍTICA festeja a vitória da honradez e de uma cidade que renasce confiante no futuro, que haverá de ser grandioso. Resta-nos a convicção do dever cumprido e a certeza de que temos a obrigação de prosseguir como tradutores dos mais belos e puros sentimentos de nossa gente”.

Editorial do jornal “A Crítica”, do dia 1o de novembro de 2004, segunda-feira. Ano LV-N 19.211. Edição com matéria de primeira página (também páginas A3, A5, A6, A7, A8, A9, A10, A11, e A12): “Vitória do Povo SARAFA É PREFEITO”. Entre fotos e opiniões, foto de Bosco Saraiva, na época, vice de Amazonino, sendo conduzido pela Polícia Federal algemado. Acusado de crime eleitoral: compras de voto. Em seu carro havia R$ 20 mil. Hoje, o jornal anuncia Bosco Saraiva como diretor presidente do Implurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano). Ainda, na edição de 2004, a notícia: “TRE Tirou Rádio A Crítica do Ar a Pedido de Amazonino”. Hoje, Amazonino tem página inteira à disposição para entrevistas quase diárias.

Este é um editorial específico de um jornal, mas infelizmente, não é específico só de um jornal. É, também, a semiótica dominante de outros jornais, que também fazem das palavras a simplificação inerte da realidade. O lekton (como afirmavam os filósofos estóicos), o signo vazio, a palavra sem suporte conceitual. Elemento que faz com que frases como “…a certeza de que temos a obrigação de prosseguir como tradutores dos mais belos e puros sentimento de nossa gente”, não sejam situadas na ordem do real que move os mais extenuados intelectos.

LULA CONTRADIZ AMAZONINO: “CONTRA A CRISE, MAIS INVESTIMENTO, MAIS EMPREGO, MAIS RENDA”

Há 15 anos longe da prefeitura, Amazonino, o Prefeito Provisório, já mostrou que não está atualizado com os últimos acontecimentos no Brasil e no mundo.

Amazonino, desde as horas seguintes em que foi confirmado como o mais votado nas eleições, tem usado a crise financeira internacional como justificativa para não cumprir as promessas de campanha. Consta que a primeira declaração que deu como eleito foi a de que iria governar com uma crise se avizinhando. Hoje, em entrevista a um jornal local, afirmou que a população não pode ter sobre ele as expectativas de melhoria da condição na cidade de Manaus que tiveram com Serafim, já que aquele governou com desenvolvimento econômico, enquanto ele vai assumir “em plena crise”.

Até aí, o leitor intempestivo pode perguntar: e o que Lula – que sabe que não existe crise – tem a ver com isso? É claro, Lula tem mais o que fazer do que responder a Amazonino, o Breve. É que o presidente, ainda em férias, criticou a postura de alguns prefeitos eleitos, que em seus discursos enalteceram o terrorismo midiático: a malfadada crise financeira. Prefeitos de São Paulo, Rio, Salvador, Curitiba e Recife também falaram, como Amazonino, em corte de gastos, para se precaver contra a alcunhada crise.

Daí Lula, que não é deficiente sóciocognitivo, ter afirmado: “Eu não acho que nenhum prefeito, nenhum governador e muito menos o governo federal devam parar qualquer obra de investimento na área de infraestrutura. (…) Eu já disse que, no governo federal, vamos combater essa crise internacional fazendo mais investimento, mais ferrovia, mais rodovia, mais escola, porque é assim que a gente combate a crise”.

Lula alertou para o risco do país perder a chance de crescer num momento em que os países desenvolvidos estão estancados, com a recessão. A política de corte de gastos, do “Estado Mínimo”, a desregulação que abriu espaço para a especulação desenfreada, criaram um rombo na circulação de capital, que está sendo chamada de crise, e que já atinge a produção, menos por uma ação direta do que pela contaminação coletiva, pela desconfiança, pela ação predatória do sistema financeiro. Daí Lula, o Otimista, entender aquilo que os catedráticos da Economia não conseguem alcançar.

Amazonino, que sempre se colocou como adversário de Lula – sem o ser, já que para ser adversário tem que se construir uma enunciação cujos signos constitutivos oponham-se à outra enunciação pela Razão, o que Amazonino é incapaz – procurou aproximar-se do Sapo Barbudo nas eleições, e chegou a prometer um “bolsa-família” municipal, em acréscimo ao benefício federal.

Como Lula não vê crise, o seu Bolsa Família se constitui como poderoso elemento econômico de combate ao desaquecimento da produção econômica nacional. O programa mantém a existência de um mercado consumidor emergente e grande. Amazonino, para quem a crise é tábua de salvação para justificar o não cumprimento de suas promessas de campanha, não viu o que Lula viu.

O que Amazonino já está sentindo é o que a imprensa dócil e domesticada insiste em não ver, mas que a população já sabe, a verdadeira crise: a cassação!

SAIU O RESULTADO DO ProUni (1a FASE) – VEJA SE VOCÊ FOI CONTEMPLADO

Já está no site do programa a lista dos selecionados na primeira fase do ProUni, programa do governo federal que concede bolsas de estudo para estudantes de baixa renda.

Para conferir se o seu nome está na lista, clique aqui. Você deve ter em mãos o número de inscrição no ENEM2008 ou o seu CPF.

Os pré-aprovados deverão procurar, a partir de hoje, as instituições de ensino a que se candidataram, e levar os documentos que comprovem que estão no perfil do programa. Ao confirmar a sua pré-aprovação, o site informará quais são os documentos necessários.

Qualquer dúvida, entre em contato com o ProUni através do site, ou pelo telefone: 0800 61 61 61.

Boa Sorte!

*************************************

Para ver o resultado da 2ª Chamada do ProUni, clique neste link:

https://afinsophia.wordpress.com/2009/02/11/2%c2%aa-chamada-do-prouni-%e2%80%94-veja-se-voce-foi-contemplado/

PAI JOEL E SEUS CONHECIMENTOS SOBRE A UMBANDA E TODO O AXÉ DE SEU ZÉ MALANDRO

Pai Joel e suas entidades por você.

Oi, leva fé, leva fé nesse homem

Que esse homem é de ajudar

Você pode gritar por seu nome

Toda vez que precisar

.

Oi, salve a sua batucada

Sob a luz da lua

Numa linda madrugada

Nas esquinas, pelas ruas

.

E no seu samba tem muita cerveja

E muita mulher

Mas também tem caridade

Que ele presta a quem quiser

.

Pois é. É, pois é

Bate palma no samba do seu Zé

Canta forte minha gente

Que esse samba é de fé

.

Se no seu caminhar, se no seu caminhar

Encontrar algum perigo

Chama seu Zé, que ele passa contigo

Ele tem muita força, ele tem muito axé

.

Ele vem na Umbanda,

Gingando, cantando, sambando no pé

Todo de branco, vem malandreando

Só ajudando a quem tem fé

.

Saravá, seu Zé. Ê, saravá seu Zé

Seu Zé. Ê, saravá seu Zé

Saravá seu Zé Malandro

Salve a força da fé

SOBRE OS 100 ANOS DE UMBANDA

A Umbanda começou em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, justamente a cidade onde eu fui criado. O caboco Sete Espadas foi o primeiro caboco da Umbanda. Começou, e apareceram outros cabocos, como o caboco Araribóia, que foi o grande fundador de Niterói. Alguns pensam que no Rio não tem índio, mas no Rio tem índios também; as ruas de Niterói são ruas indígenas, as praias, como a Praia das Flexas, a Praia do Ingá, Praia de Itacoatiara, Praia de Itaipu. Araribóia brigava com a tribo dos Tamoios, que era onde é São Gonçalo. Araribóia é um caboco brasileiro. Você chega na Av. Amaral Peixoto, tá lá o Araribóia, de frente pras barcas. A Umbanda é uma coisa muito bonita, muito formosa, é uma coisa humilde, simples, onde prevalecerá sempre a caridade. A Umbanda traz muitas coisas boas.

Eu saí no Candomblé, quando eu cheguei aqui em Manaus, eu passei pra Umbanda, até porque é muito difícil de cultuar aqui o Candomblé, Jêju, Nagô, e por isso eu optei pela Umbanda. Aqui é terra da pajelança, de caboco, de Oxóssi, e da água doce, que é Oxum, que no chamado sincretismo, é Nossa Senhora da Conceição, e Oxóssi é São Sebastião, que, inclusive é o padroeiro do Rio de Janeiro. E daí a Umbanda teve uma difusão muito grande, se espalhou pelo Brasil todo. Umbanda é, como meu velho fala, humildade, caridade e simplicidade. Se uma pessoa bate na sua porta, você tem por obrigação de ajudar ela; prioridade para os doentes, pessoas que estão desempregadas, coisas de amor é luxo. A Umbanda completou 100 anos, é muito bonito. Tá pra dar um grande passo aqui em Manaus também, se todos trabalharmos juntos. Como a Mãe Emília, na Fucabeam, um trabalho muito formoso que ela vem fazendo, se preocupando com os barracões; ela vem pra ajudar.

NA FALANGE DOS MALANDROS, SEU ZÉ MALANDRO

Zé Pelintra teve uma história bonita. Não que a história de Seu Zé Malandro não seja bonita, mas a história de Seu Zé Pelintra é muito mais bonita, tem o Zé Pelintra da Lapa, o Zé Pelintra do Morro, assim como tem o Zé Malandro da Lapa, o Zé Malandro do Morro, Zé Malandro da Maloca. Eu recebo Seu Zé Malandro, é o meu paizão. A falange dependeu do Zé Pelintra. Se eles têm um nome, a falange, eles devem ao Zé Pelintra, que realmente existiu; alguns dizem que ele morreu de navalha, outros dizem que foi fuzilado na porta de um cabaré. Zé Pelintra é um mestre, ele fez muitas coisas boas, ele não era só malandro. As pessoas tem que passar a conhecer melhor a falange do Zé Pelintra, eles reinaram no pé do morro, na Lapa, em Santa Tereza, como diz aquele ponto:

O morro de Santa Tereza está de luto

Porque Zé Pelintra morreu…

Então, os malandros reinaram em cada local, por exemplo, a praça Mauá:

Quando venho descendo o morro

Falei pra queza que eu vou trabalhar

Eu boto meu baralho no bolso

Castiçal no pescoço

E vou pra Barão de Mauá…

Fica um porto de frente para a Barão de Mauá. No caso, quando eles vieram de Pernambuco, fugidos, onde eles ficaram? Na Barão de Mauá, praça Mauá. Então, tem um fundamento ali. Cada ponto tem de identificar o fundamento desse mestre, porque ele foi criado naquele ciclo ali. Por exemplo, se ele passou pra linha de caboco:

Lá no pé da juremeira

Zé Malandro assentado

Fazendo seu catimbó

Dando conta do recado

Ele foi um catimbozeiro também, ele foi um feiticeiro. Esse ponto:

Lá na Aruanda tem um mestre na jurema

E na Umbanda Zé Malandro é morador

Se é doutor, se é feiticeiro,

Tenha certeza, Zé Malandro é curador.

Ele pode vir também na linha de preto velho. Em caso de necessidade, a falange pode arriar na linha de preto velho, em caso de necessidade. É por isso que ele vem. Ele vem na linha de exu, só que ele não é exu, mas ele vem. Ele é mestre, ele pode entrar em quatro linhas, como eu expliquei pra você no anterior, em cada linha ele age de um jeito. Na linha de caboco pode beber a cerveja branca, mas na linha de caboco ele bebe mais é vinho, ou como diz a língua de dele, “é o sangue de Cristo”. Então, no caso, na linha de preto velho ele vem fumar o cachimbo; não que na linha de caboco ele não possa fumar o cachimbo, ele pode, mas na linha de preto velho não pode faltar. Ele, como um mestre, já é doutrinado. A falange de malandro respeita muito os pretos velhos, os preto velho tem uma doutrina maior, uma rede. No caso, eles tem muito respeito pelos pretos velhos, com o povo da rua. Como diz o seu Zé Malandro, passando pra linha esquerda:

Tranca Rua e Zé Malandro são dois velhos companheiros

Traca Rua na encruza e Zé Malandro no terreiro.

Cada linha, ele tem que cantar um ponto daquela linha que ele tá. Eu vou contar um, no caso, na linha de exu:

Olha ele aí, olha ele aí, olha ele aí, olha ele aí

Oi, teve uma blitz no morro, a polícia vem aí

Oi, teve uma blitz no morro, a polícia vem aí

Malandro que é malandro se escondeu lá na Figueira.

O que é a figueira? A figueira era lá onde eles faziam os rituais. A figueira era onde eram feitas as gamelas nas quais se faziam as obrigações, embaixo daquela figueira eles faziam rituais de exus. Então, no caso, a figueira tem um significado na linha de exu. Esse ponto da linha de exu ele encontra com a linha de caboco, ele tá numa linha e tem que contar o ponto daquela linha: se ele tá na mata, ele tem de cantar da mata; se ele tá na linha de preto velho, tem que cantar na linha. A falange é assim; não são exus como muitos acham, não, eles são mestres. Tem um ponto assim:

Saravá, saravá, todo filho de umbanda

Pra salvar sua banda, Zé Malandro chegou

Ele vem de Aruanda, ele é mestre nagô

Saravá, minha gente, Zé Malandro chegou.

Assim como Zé Malandro, Zé Pelintra, Zé Pretinho, Zé Brilhantina, Buscapé (que é o mais novo da falange), Francisco Pelintra, no caso eles formam uma falange. Os outros pegaram fama devido ao Zé Pelintra; tem uma prece do Zé Pelintra:

Salve seu Zé Pelintra, salve os malandros, salve a malandragem…

Palavra ditas pelo seu Zé:

Sete caminhos andei, cheguei

Sete perigos passei, passou

Sete demandas venci, conquistei

Sete vezes tentaram me derrubar, mas de pé fiquei.

O seu Zé Malandro fala assim, que ele é igual o bambu, ele enverga, mas não quebra, é gira, como ele fala. Tem umas estórias que eles falam, que o Zé Pelintra tava querendo alguma coisa com a Maria Bonita e o Zé Pelintra, o Zé Malandro, estavam querendo pegar o Lampião na covardia. Tem até um ponto que ele canta:

Mulher, mulher, não tenha medo do seu marido

Mulher, mulher, não tenha medo do seu marido

Se ele é bom na faca, eu no facão

Ele é bom na reza, eu na oração

Eu sou Zé Pelintra, ele é Lampião.

Eles sempre foram inimigos o Lampião com o Zé Pelintra, porque o Zé Pelintra queria ficar com a mulher do Lampião. E ele queria armar pra pegar o Lampião, que era muito perseguido. A história de Lampião é muito bonita. No final é que muito triste, mas ele ficou com a Maria Bonita. Ele morreu, mas ela não ficou pra ninguém, ficou com ele. foi um amor muito bonito esse do Lampião com a Maria Bonita, eles eram muito temidos. No caso a falange naquela época era muito bonita. A idade do seu Zé é de 1843 e a idade do Zé Pelintra é de 1852. José Gomes da Silva ou Zé Pelintra. A história é muito bonita, no sertão de Pernambuco, uma cidade muito sagrada porque foi dali que saiu a falange quase toda dos malandros, e se juntou com os outros malandros que já tinham no rio de janeiro também.

Seu Zé e Axé por você.

Alguns fregueses, alguma festa que eu vou, às vezes alguém fala: “Mas Zé Malandro?! Nunca vi Zé Malandro. Já vi Zé Pelintra.” Eu digo: “Não, Zé Malandro.” Falta eles procurarem se informar mais. Eu nunca tinha mostrado pra vocês esses pontos deles. As pessoas falam: “Esse ponto deve ser copiado.” Não, ele existe, como eu te mostrei. Eles tem que respeitar a entidade como se deve respeitar; a mim não importa se a pessoa cultua esse ou aquele; eu quero ver é que a pessoa tá cultuando o seu caboco, o seu preto velho, tá recebendo seus orixas. Isso é que importante dentro da Umbanda, do Candomblé, que você tá cultuando. Conselho que eu dou: Não desista! Nessa vida, ninguém vive só de vitória. Como diz a prece de Oxalá:

Que a paz de Oxalá renove nossas esperanças

Depois de erros e acertos, tristeza e alegrias,

Derrotas e vitórias, chegarei aos pés de Zambi maior

Êpa babá Oxalá!

*……….::::: CHAGÃO! :::::……….*

LINHA DE PASSE

COPA SÀO PAULO DE FUTEBOL JR COMPLETA 40 ANOS COMO A GRANDE FEIRA DOS EMPRESÁRIOS

A Copa São Paulo de Futebol Junior realiza em 2009 a sua 39a edição, mas comemorando 40 anos (a de 1987 não ocorreu, apesar do site da FPF anunciar a 40a edição). O que começou como a abertura do calendário futebolístico do Estado de São Paulo, em 40 anos, não ficou atrás das mudanças que ocorreram no futebol. Se no início o objetivo era comemorar o aniversário da cidade de São Paulo com um torneio entre os grandes do país, e que teve de contar com as equipes juvenis devido às férias dos jogadores profissionais, hoje o torneio conta com simplesmente 88 clubes participantes, de todas as regiões do país. Serão 163 jogos até a final, realizados em 22 sedes no estado paulista. Os grandes interessados hoje no certame são os empresários. Se há muitos anos atrás, a torcida brasileira acompanhava o campeonato para saber de antemão quem seriam os craques a desfilar pelos gramados dos campeonatos nacionais, hoje pode ser a única chance de ver um bom jogador jogando por um clube brasileiro antes dele ir para a Europa ou para a Ásia. No ano passado, o time do Figueirense levou a taça. Você pode acompanhar os resultados e se os garotos do seu time estão indo bem neste mar de clubes no site da FPF.

ABRAMOVICH INDECISO.

O milionário russo exilado na Inglaterra, Roman Abramovich, está indeciso: com a crise que se aproxima, o multibilionários anda pensando em se desfazer de um de seus investimentos. Calcula-se que, com a crise financeira que atacou as bolsas de valores, o patrimônio de Abra, que era de pouco mais de 16 bilhões, caiu para “somente” 02 bilhões. O russo está em dúvida: ou vende o seu iate, que dentre outros apetrechos tem dois heliportos e até um escudo anti-mísseis, ou se livra do Chelsea, clube do coração da ultra-direita inglesa, que conquistou um título nacional depois de 50 anos na fila com a ajuda dos petrodólares russos. Enquanto não se decide sobre qual dos dois brinquedos ele vai se livrar, o iate está em um estaleiro, sendo reformado e incrementado com as últimas novidades da tecnonáutica. Já o Chelsea briga por uma vaga nas quartas-de-finais da Champions League, ao mesmo tempo em que briga pela primeira posição da Premier League, com muita briga interna entre jogadores e rumores de conflitos com o técnico, Felipão. Dizem que Abramovich já teria contratado uma consultoria para vender o clube. Considerando que o iate é avaliado como sendo mais caro que o time inteiro, com qual dos dois você, leitor intempestivo, ficaria?

VERÓN É O MELHOR DA AMÉRICA DO SUL

O jornal diário El País, do Uruguai, realiza uma pesquisa entre jornalistas e técnicos de toda a América do Sul, para conceder o título de melhor jogador em atividade nas Américas. O título é uma espécie de versão sudamericana do prêmio da revista France Footbaal, na Europa. Considerando que a FIFA jamais daria o título de melhor jogador a um que esteja em atividade por aqui, o título do jornal charrua acaba por ser a coroação máxima, e avalizada pela imprensa que acompanha os certames nacionais e continentais. E o escolhido, que receberá das mãos do ex-gordinho Salvador Cabañas, eleito em 2007, será o meia Juan Sebastián Verón. La Brujita foi escolhido por 66 dos votantes, e venceu o compatriota Riquelme por 3 votos de diferença. Verón, de 34 anos, escolheu encerrar a carreira no time do coração, o Estudiantes de La Plata, do qual é ídolo, como foi seu pai, Verón, La Bruja. E de onde não pretende mais sair, mesmo com a sanha de clubes como a Lazio, de Roma, e a Internazionale de Milão, encantados com o jogador que é maestro do seu meio de campo. Mas uma coisa há que se afirmar. Verón, jogador que é, não troca o seu time amado por mais alguns trocados. Ainda mais com a boa campanha na Sudamericana de 2008 e com a vaga na Libertadores de 2009. Longa vida ao carequinha, e que outros craques joguem sempre com a mesma garra dele.

CAMPEONATOS EUROPEUS

Ligue 1 Temporada 2008-2009: Próxima rodada, dia 10 de janeiro.

* * *

Bundesliga 2008-2009: Próxima rodada em 30 de janeiro.

* * *

Premier League 2008-2009: Próxima rodada em 10 de janeiro.

* * *

Liga Sagres 08/09: Rodada 13, os cinco primeiros são: FC Porto (27), Benfica e Sporting Lisboa (26), Leixões (25), Marítimo (22). Resultados: Nacional 2 – 4 Porto, Trofense 2 – 0 Benfica, Vitória de Setúbal 0 – 2 Sporting.

* * *

La Liga BBVA Espanha 2008/2009: Rodada 17, os cinco primeiros são: Barcelona (44), Valência (33), Sevilla e Real Madrid (32), Atlético de Madrid (30). Resultados: Barcelona 3 – 1 Mallorca, Valência 3 – 1 Atlético de Madrid, Real Madrid 1 – 0 Villareal.

* * *

Série A Itália Calcio 2008/2009: Próxima rodada em 11 de janeiro.

* * *

Eredivisie Holanda 2008/2009: Próxima rodada em 14 de janeiro.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.696 hits

Páginas

Arquivos