Arquivo para 29 de janeiro de 2009

LETRA DA CORREGEDORIA GERAL ELEITORAL DO TSE TOCANDO DE LEVE NOS “JUSTOS”

Em tempo de eleição basta um olhar ligeiro sobre a amostragem dos candidatos com suas enunciações no momento da campanha, ou em seus envolvimentos cotidianos para percebermos dois tipos de pretendentes.

Um é aquele que carrega uma enunciação viciada, muito bem aderida no lugar comum, própria da demagogia, fruto da limitação intelectual e de uma indiferença ética, o espectro da miséria política. A entrada para o parlamento ou para o executivo tem um único fim: locupletar-se pelas fendas econômicas que os dois poderes podem facilitar. Nesta perspectiva faz uso dos meios mais escusos para ser eleito. Arisca. Se for pego praticando crime eleitoral, e encontrar um representante da magistratura probo, vai “as barras da justiça”: é cassado. Não valeu arriscar: a justiça se fez. Melhor procurar outra causa para poder exercitar sua voracidade material. Caso contrário, se não for pego, “viva a trapaça”! Carrega a lógica do se dar bem: “Quem não arisca não petisca!”. Assegura sua perspectiva de politicofastro: o falso democrata, inimigo do povo.

Outro é aquele que ao suspeitar da existência posta como única finalidade – uma pura verdade, a verdade que sempre interessa as classes dominantes, que o mundo não é para ser transformado, é apenas para ser preservado e continuado nos desígnios morais dos antepassados – procura comprometer sua individuação entrelaçada com outras individuações produzindo a estética coletiva, a forma política de agir como ética. Sabe que é preciso “construir comunidades mais vastas. Tornar-se construtor do outro. (…) Transformar o próprio no comum”, como afirmam Negri/Spinoza. Em Manaus, esse é diminuto. É um espírito raro. Ou uma ave democrática rara.

A LETRA DA CORREGEDORIA GERAL ELEITORAL

Apropriando-nos, e lendo a letra da Corregedoria Geral Eleitoral do TSE, temos o entendimento de ser seu espírito axiológico a imanência veladora da democracia contra a ameaça do primeiro tipo de candidato, o corruptor do Bem Comum. É uma enunciação breve manifestada em três corpos que se tocam formando uma unidade, porém com intensiva potência jurídica constitutiva. Vejamos:

MISSÃO

Velar pela regularidade dos serviços eleitorais, assegurando a correta aplicação de princípios e normas.

VISÃO DE FUTURO

Ser reconhecida como órgão responsável pela promoção da excelência na prestação de serviços eleitorais.

VALORES

Honestidade, lealdade, compromisso, humildade, respeito e responsabilidade”.

Cientes destes enunciados axiológicos que implicam a justiça democrática, o eleitor, especificamente o manauara, acredita que todos aqueles que fizeram uso de meios escusos para serem eleitos, julgados como crime eleitoral, serão punidos e afastados da vivência pública/política. Esta a ação de uma instituição jurídica cuja razão de existir é a democracia.

UM OUTRO MUNDO POSSÍVEL NOS CAMINHOS DO FSM AMAZÔNIA 2009

28-01 por você.

Uma produção intensiva de afetos, variação contínua polĩtica-democrática que engendra novos possíveis, efetivando o mote do FSM Amazônia 2009: “Um Outro Mundo Possível”. Um apenas não, como pôde comprovar este Bloguinho Intempestivo, que passeou pelas centenas de atividades animadas por grupos de todo o planeta, proponentes e participantes.

28-03 por você.

Onde quer que o viajante intempestivo se encontrasse, fosse na UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia) ou na UFPA, no campus de ensino básico ou profissionalizante, havia sempre zil eventos a visitar, tantas mais pessoas a conhecer, tantos conhecimentos e experiências a compartilhar.

28-05 por você.

28-06 por você.

28-07 por você.

28-09 por você.

Como já visto aqui neste bloguinho, o dia começou com uma agitação de várias etnias indígenas na Tenda da Pan-Amazônia. De lá, os afinados encontraram o pessoal do grupo de Carimbó Raio de Sol e Marujada Quatikuru. Falamos com o regente do grupo, Raimundo Rodrigues Borges, conhecido como Mestre Come-Barro:

28-10 por você.

Neste nosso grupo, a gente toca tudo, a gente faz xote, a gente faz valsa, madruga, a gente toca marujada, ladainha… Eu mesmo, de trabalho, tenho 41 anos, mas o grupo está com oito anos. Eu brinco desde a idade de nove anos. Eu aprendi com os negros antigos lá da minha cidade, Quatipuru, daqui mesmo do Pará. Os meninos aqui já são da nova geração, porque os antigos foram se acabando, destes só tá eu de resto, aí já estou pegando mais jovens para aumentar o grupo, que é para não morrer. O rapaz que toca clarinete é um jovem de 16 anos, tem o vocalista, e o que mais nós apresentamos é o carimbó e a marujada. Mas retumbão, chorado, tudo isso a gente apresenta. Principalmente no festival de Quatipuru, que é em dezembro. Na cantoria de Reis o nosso grupo também sabe, também se apresenta”.

28-13 por você.

28-11 por você.

28-12 por você.

E enquanto o grupo Raio de Sol encantava os outromundistas com seu lindo bailado em ritmo de Marejada, o companheiro Júlio César, do grupo Raízes, de Icoaraci:

Meu pai é filho de Santarém Novo, que é próximo de Quatipuru, aí ele criou esse conjunto de carimbó, e veio a falecer, e eu estou dando continuidade. Lá na cidade de Algodoal, tem família do meu pai e que formou um grupo chamado Os Praianos, então a gente está tentando divulgar o carimbó, e preservar esta que é uma das principais raízes do Pará. O carimbó na verdade é a mistura das três etnias, do índio, depois veio o europeu e depois o negro, então foi desta fusão que nasceu o carimbó. Tem pessoas que dizem que dizem que o carimbó veio da África, através do batuque, mas isso não existe. Porque ele nasceu aqui, é raiz nossa”.

Deixamos o pessoal da marujada, as atividades dos grupos proponentes do turno 3 (15h) estavam por começar. A grande festa e o movimento frenético de pessoas já adiantava que a tarde seria de bons encontros.

NOS 50 ANOS DA REVOLUÇÃO CUBANA

Uma tenda foi armada especialmente para se debater as questões em torno de uma das revoluções que persistem diante de embargos econômicos, ataques midiáticos de todas as partes, meio século ante o Capital Global: a Revolução Cubana. Vários ativistas pró-Cuba se alternaram num debate que durou o dia inteiro e entrou pela noite.

28-14 por você.

28-16 por você.

DEBATE LGBT ANIMA CENTENAS DE PARTICIPANTES

O Identidade – Grupo de Ação pela Cidadania LGBT, promoveu uma mesa intitulada “O Fórum Social Mundial e as Lutas LGBT’s: desafios e perspectivas”. Inicialmente, a atividade estava marcada para uma das salas, no entanto a participação foi tão grande que todos acabaram sentados sob a sombra de uma frondosa árvore. De lá, um dos coordenadores da atividade explicou o objetivo do encontro:

28-17 por você.

Hoje, mais importante do que fazer grandes reflexões, não que não seja importante, mas a gente pode fazer 500 reflexões sobre homofobia, de como ela destrói a vida das pessoas. Mas esta não é a pauta principal hoje. Hoje queremos discutir dois pontos importantes do movimento: um, criar um vínculo, um canal orgânico com um conselho de voz, uma organização da voz. Esta é uma questão. A outra é: desde 2001, o Fórum tem tentado, não de forma perfeita, maravilhosa, mas tem conseguido articular uma agenda dentro de cada movimento. Então de nada adianta nós discutirmos aqui e depois ir cada um para o seu lado, sem levar em conta as pautas e a agenda do Fórum. Com muita dificuldade, mas desde 2001 a gente vem participando, e isso envolve algumas iniciativas, o que significa que este espaço, bem ou mal, tem sido ocupado. Mas tem uma questão que a gente não conseguiu responder: qual as alternativas que a gente tem de dar continuidade às demandas levantadas no fórum, quando este terminar, e como fazer com que as demandas do fórum englobem a campanha contra o preconceito e a homofobia”.

Um dos destaques da discussão, que foi tão boa que ultrapassou o horário estipulado para o final do turno 3, foi a participação e intervenção do Colectivo Contranaturas, do Peru, que destacou a necessidade de uma agenda comum internacional, e a criação de um dia temático para o movimento LGBT, como já existe por exemplo, o dia dos povos indígenas. O movimento destacou ainda a urgência de uma articulação para combater a criminalização dos movimentos sociais, que no caso LGBT é mais intensa ainda.

28-18 por você.

O ponto negativo da reunião foi a tentativa de um participante do evento LGBT, estrangeiro, tentar impedir uma apresentação de bumba-meu-boi que ocorria próximo dali. Com o pretexto de reclamar do barulho, o participante esqueceu-se do aspecto congregador do fórum, que existe exatamente para reunir iniciativas que, em situações comuns, jamais se encontrariam. E considerando-se que nenhum outro participante sequer reclamou do “barulho”, ficou claro que foi um ato descolado da temática e da disposição democrática do grupo LGBT.


CAPOEIRA E CONFLUÊNCIAS ARTÍSTICAS-SOCIAIS DO BAIRRO GUAMÁ

A equipe AFINPRESS aproveitou, então, para acompanhar a apresentação do grupo de bumba-meu-boi “Flor de Todo Ano”, do bairro Guamá, de Belém.  “Esse boi é minha vida”, quem fala é Sandra Maria, “segunda-dona do boi”. O grupo existe há 20 anos, e é uma iniciativa familiar que engloba a vizinhança. Com a participação de crianças das proximidades, o grupo passou a oferecer também cursos profissionalizantes, como corte e costura, confecção de instrumentos e percussão.

28-23 por você.

28-24 por você.

28-25 por você.

28-26 por você.

Das ondas percussionais do boi paraense, bem mais próximo do bumba maranhense do que o cocanestlelizado pasteurizado do governo amazonense, os afinados foram atraídos pelo ritmo e a mensagem da oficina do grupo de capoeira Eu Sou Angoleiro, que há mais de duas décadas trabalha em Belo Horizonte, e que também atua em Belém há alguns anos.

28-19 por você.

Voo de Angola

É pra menino e mulher

Salomé, Salomé

Só não brinca quem não quer

28-20 por você.

Lá, rolou um papo com o Mestre Bira:

O trabalho aqui em Belém não é ainda um trabalho de longo tempo, é novo ainda, tem quase oito anos que trabalhamos aqui, e sempre mudando, mas a gente tem as nossas bases em Belo Horizonte, com o Mestre João, é o mestre que nos apóia neste trabalho, que nos fortalece. E eu aqui desenvolvo um trabalho voltado mais para o social, tipo, a gente trabalha com o pessoal da universidade, alunos que já tem um tempo dentro da academia, e dentro da conjuntura da capoeira, a gente coloca eles à disposição para realizar trabalhos nas comunidades quilombolas, nas periferias, para trabalhar a capoeira com exercício pedagógico, resgatando o seu conhecimento, sua própria cultura, sem próprio entrelaçamento na sociedade. É esta a finalidade do trabalho. E uma das partes mais gratificantes, significantes, é que a gente etá trabalhando com as comunidades negras, que são os quilombos. Inclusive nós estamos aqui com dez crianças destas comunidades, e para eles é muito importante estar vendo o povo que vem de fora, a imprensa que vai dando cobertura, e a gente falando deles, e isso ajuda a fortalecer a consciência deles”.

28-21 por você.

Dos versos da capoeira, passamos para o Rap consciente e evangelizador de DJ Ênfase, MC Sandrão e outros do grupo JCMC. Fazendo um rap de raiz, falando e denunciando a corrupção da política local, dos falsos profetas e pastores e pregando a revolução social:

28-29 por você.

O grupo tem 18 anos de trabalho, faz um rap gospel, a gente começou com teatro, e a intenção era resgatar, e vimos que o teatro não estava legal, fomos para o street dance até chegar no hip-hop mesmo. Cantando mesmo, temos 15 anos, e temos uma associação chamara ABRC, associação brasileira de rap cristão, porque a gente não usa o termo gospel. Eu sou pastor, e a gente trabalha com os jovens, ex-traficante, ex-prostituta, só a turma do ‘ex’. E este é o nosso traabalho, temos dois álbuns gravados (Mundo de Sonhos e África Brasil), um no ano passado e outro que sai este ano, já está pronto, no estúdio. Todo movimento social, que se diz social, tem que estar trabalhando pelo povo, com o povo, porque muitas vezes temos que nos esquecer de nós mesmos, o exemplo está aí, Che Guevara, o próprio Jesus, que é o nosso revolucionário-mestre, Zumbi, e todos aqueles que doaram a sua vida, viveram para o povo. O trabalho social só é social quando os seus agentes seguem a máxima de Cristo: ‘amarás ao próximo como a ti mesmo”.


E ainda deu tempo de curtir a apresentação do Grupo da 3a idade “Casa do Açaí”. O palco era todo dos movimentos artísticos do bairro Guamá, de Belém.

28-34 por você.

28-35 por você.

28-36 por você.

A gente está aqui para mostrar que o nosso bairro tem muita coisa, muito mais do que a violência. A violência na realidade é o resultado de tudo o que a gente não tem e não consegue acessar”.

28-38 por você.

DIRETAMENTE DE CAMETÁ, A LENDA (E A DANÇA) DO SIRIÁ

O Grupo de Cultura Regional Iaçá, da paróquia luterana, no bairro da Pedreira, em Belém, apresentou aos visitantes danças típicas da região:

28-42 por você.

28-43 por você.

Chegou um tempo em que a alimentação do negro ficou escassa, e ele não tinha mais do que se alimentar. Então, em busca desse alimento, chegaram à beira de uma praia, e viram muitos siris. E o que era interessante é que na hora do negro pescar esse siri, o siri não oferecia resistência nenhuma. E durante muito e muito tempo, o negro pôde se alimentar deste siri. Nada mais justo, portanto, que fazer uma homenagem aos seus deuses, que os abençoaram com este alimento, fazendo uma dança com o nome de Siriá”.

28-46 por você.

Como não podia faltar, também o nosso carimbó. Nós dos movimentos artísticos do Pará estamos numa grande campanha para transformar o carimbó em patrimônio cultural. Mas antes disso, tomem cuidado, porque tem uma lenda que diz o seguinte: quem recusa o convite de um dançarino ou uma dançarina de carimbó tem sete anos de azar”.

Perguntem se alguém ficou parado…

28-47 por você.

28-48 por você.

AS CRIANÇAS INSTRUMENTISTAS

Na praça, encontramos as crianças da Associação Sócio-Ambiental Cultural , que além de aprender a construir instrumentos, tocam e se apresentam com ritmos regionais e muita alegria.

28-50 por você.

JOSÉ RICARDO NO FSM AMAZÔNIA 2009

E como não podia deixar de faltar, o engajamento político social do vereador José Ricardo, do PT do Amazonas, voz numericamente única, mas intensivamente de muitos, na câmara municipal de Manaus, esteve visitando as atividades do primeiro dia do fórum, e contou-nos as suas impressões:

É a quinta vez que eu participo do Fórum Social Mundial, faço questão de vir, é uma oportunidade de ver as experiências das lutas, do trabalho, e daquilo que está acontecendo em outros estados e em outras partes do mundo. Isso fortalece a nossa caminhada, para trabalharmos na nossa cidade e continuarmos as lutas que nós temos, neste caso, a luta política. Como vereador, participo de várias oficinas e debates com temas relacionados à cidade e à população. Principalmente a questão urbana, a moradia, a água, e a grande temática do fórum que é o meio ambiente, então é bom sabermos o que está sendo feito em outros lugares em relação à defesa do meio ambiente, aos direitos dos povos, para que também isso, não só em Manaus, mas em toda a Amazônia, nós possamos defender, e usar a biodiversidade a favor da população daqui”.

E NÃO SE PERCA DO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL AMAZÔNIA 2009!

Entre tantas atividades que você pode sempre selecionar no site do FSM Amazônia 2009, amanhã é o dia da:

Coletiva “PELOS DIREITOS COLETIVOS DOS POVOS”, que contará com a presença de Tomás Huanacu (CONAMAQ, Bolívia), Boaventura de Souza (UPMS, Portugal), Emir Sader (CLACSO, Brasil), Humberto Cholango (Ecuarunari), Xosé Manuel Beiras (Fundação Galícia Sempre), Walter Wendellin (Euskal Herria), S.V. Kirubaharan (Centro Tamil para os Direitos Humanos) e Jamal Juma’ (Anti-Wall Campaign, Palestina), entre muitos outros. O evento ocorrerá às 9h da manhã, na UFRA.

“PERSPECTIVAS DA INTEGRAÇÃO POPULAR DA AMÉRICA LATINA”, com a participação dos presidentes Hugo Chávez (Venezuela), Evo Morales (Bolívia), Rafael Corrêa (Equador) e Fernando Lugo (Paraguai). O evento ocorrerá às 13h, no ginásio da Universidade Estadual do Pará, no campus da avenida Almirante Barroso.

E, finalmente, Lula se reunirá aos quatro presidentes citados acima e com os cinco será realizado o “FÓRUM DE AUTORIDADES LOCAIS – FAL”. O evento ocorrerá às 19h, no Hangar.

Para ler a programação completa, clique no site do FSM:

http://www.fsm2009amazonia.org.br/


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.512 hits

Páginas

Arquivos