Arquivo para 5 de fevereiro de 2009

O CENTRO DE MANAUS É UM FILME HOLLYWOODIANO

Quem não mora em Manaus, ou não a conhece, não sabe que ela é uma ilha. E que ilha! Chegar em Manaus, ou sair dela, só pelas hidrovias ou aerovias. Outra tentativa é mera ilusão ou desespero. Pois bem, Manaus neste momento vive o pior filme hollywoodiano. Quer dizer: pior não. Qualquer filme hollywoodiano. Hollywood é a indústria da inutilidade perceptiva. Então, Manaus vive um filme hollywoodiano.

Sob a direção do prefeito cassado Amazonino, o filme manauara apresenta a angústia e o desespero dos usuários de veículos de todos os tipos, modelos e marcas, e dos pedestres. Cassado, Amazonino resolveu deslocar o itinerário de passagem para veículos. A eufemística mudança no trânsito. Onde se podia seguir à direita, agora é para a esquerda. Onde era liberado para subir, agora se desce. Resultado: os veículos encontram-se quase parados em confusas direções, como se seus motoristas estivessem fugindo de alguma ameaça perigosa. Um ser estranho que está chegando como um cataclismo. Aí salta a pergunta: “Fugir para onde?” Eis o desespero de quem mora em uma ilha.

Amazonino, cassado, prometeu uma gestão de impacto: está causando. O impacto dos dias que Manaus parou. Se pretendia atingir seu eleitor, conseguiu. Só que não em cumplicidade por uma administração que atuasse coletivamente bem — mesmo estando cassado —, mas impedido de se movimentar. Psicólogos dizem que o pior castigo para uma criança é proibi-la de se movimentar. Imaginem qual o pior castigo para o motorista e o pedestre na urbe? O mesmo: imobilidade. Estimula ansiedade, as neuroses aumentam a pressão arterial, os batimentos cardíacos, causam pruridos, sudoreses, pânico, todas as mazelas possíveis provenientes da paralisia.

SINOPSE Tem chovido muito em Manaus. Às vezes surge uma tênue claridade, daqui a pouco o céu começa a escurecer. Trovão, raios, relâmpagos, e os veículos parados ou se arrastando em agonia. Motoristas não sabem que rua pegar, para onde ir. A cidade lembra o conto do escritor argentino Julio Cortázar A Casa Tomada, em que os habitantes da casa são empurrados para os cômodos por estranhos ruídos internos, até se encontrarem do lado de fora. Um realismo fantástico. Este o filme que Manaus apresenta hoje. Todavia, sem que os motoristas e os pedestres possam sair dela.

SIGNO INDÍGENA É VIOLENTADO PELOS INTENTOS DA COPA

A mídia seqüelada de Manaus publicou, hoje dia 5, com ostentação, as imagens do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e de um representante da FIFA, cada um com um cocar na cabeça. Lógico, que alguém do governo estadual deve ter realizado a violenta prática, já que as duas figuras não iriam por livre e espontânea decisão configurar as imagens violentadoras. Não que ambas sejam antropologicamente cônscias da violência, mas por que executando tal ato estariam, de uma certa forma, mostrando claramente tendência à favor de Manaus como sede escolhida para copa de 2014. O que implicaria atrito com as outras duas capitais: Belém, forte concorrente, e Rio Branco, também disparada em relação à Manaus. E como Ricardo Teixeira se mantém na presidência da CBF por conluios com presidentes de Federações, não jogaria contra si mesmo.

A DISCRIMINAÇÃO PERVERSA CONTRA A CULTURA ÍNDIO

O que evidencia a estupidez de uma sujeito é sua limitação para discernir o que existe além de sua realidade. Para este sujeito o mundo fora de si é pura abstração: não se concretiza como autônomo, independente. E quando trata-se de relações culturais aí que a impossibilidade de discernimento se mostra mais real.

O não estúpido sabe que a cultura de uma povo é o produto das experiências deste povo transformadas em sentidos e representações como expressões de sua identidade. Todos os corpos matérias e imateriais que compõem sua cultura foram produzidos nos processuais de seus percursos empíricos. Nenhum objeto material ou imaterial nasceu como supérfluo, como ocorre na sociedade da opulência do capitalismo consumista, como fala o filósofo Marcuse.

O colere, o signo etimológico latino de onde se origina a palavra cultura, demonstra que toda produção é um ato de cultivar a vida como afirmação para a habitação do homem. Assim o índio não criou nenhum objeto fora de sua realidade ontológica. Todos os objetos de seu inventário cultural carregam a força afirmadora de seu habitat como vida. Por isso, ao contrário do que imagina, e exibe, a estúpida consciência branca, um cocar é um signo transportador de força afirmativa da cultura indígena. Nunca um adereço alienado de sua realidade como quer a consciência branca que o reificou em peça de museu-turístico para ser usado como mercadoria de sedução para tocar o capitalismo, no caso, a FIFA e a CBF. Um cocar não é signo desativado da vida, como qualquer bijuteria da cultura fetichista branca que serve aos seus propósitos vazios. Um cocar é real atuação indígena. Nunca glamour sem causa social.

Desta maneira, o que se depreende desta violência cultural é que um governo que faz uso e abuso desta discriminação não pode jamais enunciar que está preocupado com a cultura indígena como é alardeado. Mormente, agora que o governo federal põe em prática uma política ligada a preservação não só dos territórios indígenas como também a valoração de sua cultura.

Com a palavra contestatória os próprios índios e os antropólogos das instituições, principalmente da UFAM. Mas nada dos ‘antropólogos’ saudosistas da hippielândia. Estes são tão branquelos como o “funcionário” do governo que usou o cocar como signo violento de sedução.

E mais, o futebol que o índio sempre jogou não tem semelhança com o da FIFA,CBF, mídia, e muitos menos dos governos telúricos.

OPERAÇÃO MAQUIAGEM EVIDENCIA DESPREPARO DE MANAUS PARA SEDIAR COPA DO MUNDO

Diz um velho ditado do jargão do militarismo, incorporado pelo lugar-comum das técnicas administrativas de gestão empresarial, que as oportunidades surgem inesperadamente, e somente aqueles preparados para o imprevisto são capazes de aproveitá-la.

Quando isso não é possível, no entanto, há algumas maneiras de tentar “ludibriar” a sorte e conseguir o objetivo almejado. Na lógica do capitalismo, a mesma que deu margem ao mercadismo desenfreado e que agora colhe os amargos frutos da desregulação moral, o que vale é obter o troféu, não importa a que preço. Ainda que o troféu carregue os elementos de um trabalho, e sem esse trabalho, adquirindo-o por meios out of rules, o troféu não seja mais que um mero objeto.

Assim, a desejada indicação para subsede da Copa 2014 tem movimentado os governos municipal e estadual na cidade de Manaus. Segundo matéria do portal UOL (portanto, em circulação mundial), prefeito (qual?) e governador prepararam uma verdadeira operação maquiagem para que os observadores da FIFA enxergassem apenas o que não existe.

Buracos tapados, sarjetas pintadas, calçamento recuperado, grama aparada, no trecho que cobre o aeroporto Eduardo Gomes até a estrada do turismo, e de lá, até o Tropical Hotel. No trecho das avenidas Constantino Nery e Pedro Teixeira, onde se localiza o Vivaldão, não será necessário, já que os observadores não devem descer do helicóptero que os levará até lá.

Como este bloguinho já observou, os interesses da FIFA quase nunca coadunam com os interesses do futebol. Fosse assim, certamente a peleja já estaria decidida a favor de Belém, onde o futebol profissional existe. No entanto, Ricardo Teixeira e companhia estão mais para Eduardo Braga do que para Ana Júlia Carepa. De qualquer sorte, a questão não está, como pensam os ufanistas manoniquins, fechada.

OS MEIOS E OS FINS

À maioria dos países e cidades que receberam grandes competições, como a Copa do Mundo ou as Olimpíadas, interessa sobretudo, e tanto quanto ou mais que o espetáculo, o desenvolvimento econômico que é trazido a reboque.

Neste sentido, Manaus poderia afirmar que necessita mais dos investimentos para se tornar subsede do que Belém, já que aquela possui uma infraestrutura de cidade que cá não possuímos, como rede de transporte coletivo que funciona, ruas sem buracos, bairros urbanizados, ainda que tenham também seus problemas.

Mas a questão reside justamente aí. Onde estiveram esses governantes do Amazonas (os mesmos há mais de 20 anos), que somente agora, com a oportunidade de uma Copa do Mundo batendo à porta, falam em desenvolvimento econômico, do futebol e da infraestrutura da cidade? Interessante notar que, bem ou mal, cidades como Belém não esperaram uma copa do mundo para investir num transporte digno, numa infraestrutura de cidade e nas condições para a emersão de um futebol profissional de relevância nacional.

Caso perca a indicação, Belém não sofrerá grandes traumas, e se vencer, igualmente não terá a necessidade de grandes modificações. A oportunidade de sediar jogos da copa casa bem com a estrutura que eles já têm, e caso consigam a indicação, tendência é apenas melhorar aquilo que já possuem.

No caso de Manaus, não há como enxergar a indicação para subsede da copa sem a certeza de que nenhum dos investimentos terá relevância para a melhoria das condições da população. Primeiro, porque os governantes continuam os mesmos, seja no governo, seja na prefeitura, seja na FAF. Segundo, porque a cidade não tem futebol profissional senão como um arremedo, e é injustificável que se precise de uma copa do mundo para que este futebol saia da inanição econômica. Os mesmos responsáveis pela ausência de uma cidade em condições de ser até fiscalizada pelos membros da FIFA são os que pretendem levar a cidade a um novo patamar econômico, caso a indicação venha. Acredite quem puder.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.859 hits

Páginas

Arquivos