Arquivo para 12 de fevereiro de 2009

SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO PARA O MPF/AM

Entre os dias 16 e 25 de fevereiro de 2009, o Ministério Público Federal do Amazonas estará abrindo processo seletivo de estagiários de Direito, podendo inscrever-se aqueles que estiverem cursando a partir do 5º Período.

Uma parte singular no concurso do MPF/AM é que para confirmar a inscrição no processo seletivo, o estudante terá de apresentar uma lata de leite ou um pacote de leite de 400g.

A carga horária para o estágio é de 20h e a bolsa-auxílio é de R$ 700,00, tendo ainda direito a R$ 7,00 diários por dia estagiado.

Para quem acompanha as ações do ínclito procurador Edmilson Barreiros Junior, o estágio no MPF/AM vai ser gratificante para uma democratização dos serviços jurídicos no estado do Amazonas. Boa Sorte!

Para mais informações, acesse a página do MPF/AM:

http://www.pram.mpf.gov.br/Noticias/Administrativas/20090212_PRAM_XVIIPSED.html

CENTENÁRIO DE DOM HÉLDER CÂMARA: UM OLHAR SOBRE A VIDA

Fosse verdade que o tempo cronológico tem o poder de tornar a vida finita, hoje, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara, estaria completando 100 anos. Mas como o tempo cronológico não pode prender a intensidade produtiva da vida do tempo Aion, com sua infinita potência poiética, o devir criador indivisível confiante do viver, Dom Hélder se apresenta, hoje, como a eterna e indivisível Vontade de Viver.

Dom Hélder escapa o tempo pulsado pela potência de sua singularidade de ser vidente ativador da vida. Existindo em um dos períodos mais perversos da história do Brasil, o regime opressivo e tirânico da ditadura militar que se instalou no país, ele não se apequenou e nem tergiversou da crença do sublime da palavra de Deus como práxis implícita à existência social do homem.

Anatemizado pelo regime de exceção e recusado pelos órgãos e empresas que se submetiam à ditadura, principalmente empresas de comunicação, como a Globo dos Marinhos, mensageiros e alcoviteiros da ideologia da predominante segurança nacional, ou seja, perseguido em todos as instâncias reacionárias, inclusive no próprio clero conservador, que pretendia cercear sua voz e seus atos comprometidos com os pobres.

Acredito nessas minorias capazes de compreender a ‘Ação, Justiça e Paz’ e de adotá-la como campo de estudo e de atuação. Chamo-as ‘minorias’ Abraâmicas porque, como Abraão, esperamos contra toda esperança.”

Dom Hélder fez de sua vocação ontológica/religiosa a aventura, ou engajamento, a opção pelas minorias massacradas pela estupidez e ambição do capitalismo. Existindo em uma região profundamente marcada pelas cicatrizes deixadas pelas feridas históricas traumatizadas pelos governos, fundamentou seus trabalhos como luta pelas liberdades populares. Tudo que causava ódio nas classes dominantes.

Detentor da facilidade da fala e da escrita, sem ser lacrimoso, usou a retórica e a literatura para materializar suas atuações sacro-coletivas. Durante anos teve como instrumento condutor de suas palavras libertárias o microfone da Rádio Olinda atingindo, em sua abrangência sonora/literária/social, as classes mais pobres. Os oprimidos, humilhados e ofendidos pela ganâncias dos pervertidos-capitalizados. Crônicas de seu programa Um Olhar Sobre A Cidade logo transformadas em livros. Verdadeiros sucessos de leitura, nunca ficando na primeira edição, tamanho o interesse dos leitores sobre suas comprometidas palavras que ultrapassaram as fronteiras do Brasil, atingindo países como a França, Itália, Espanha, Inglaterra, entre outros, principalmente países sul-americanos.

Com um sentido transcendente de liberdade, intercedeu resolutamente a favor dos estudantes, lavradores, artistas, religiosos, todos que se encontravam sob os olhos e o julgo dos ditadores. Os ameaçados de prisão, presos e torturados. Por tamanha ironia, o último preso político no Brasil aconteceu em fins de 70: um seminarista em Recife, seu auxiliar. O jovem estudante conhecido por Cajá. Um apelido popular revelador da singularidade dos laços amigos do arcebispo com o povo.

Dom Hélder Câmara, uma singularidade humana que nunca desesperou da vida, posto que sempre acreditou que o “O Deserto É Fértil!”

SE EU PUDESSE…*

Se eu pudesse…

Contrataria barcos que deslizassem suavemente, na hora em que a Cidade volta em disparada para cassa…

Se eu pudesse, à noite, no caminho de pessoas desanimadas, pessimistas, amargas, revoltadas contra tudo e contra todos, arranjaria rodas de crianças brincando e cantando.

Sozinha eu não fico

Nem hei de ficar

Pois uma dama destas

Há de ser meu par…

Se eu pudesse, na hora mais dura do enterro, quando o caixão é colocado terra a dentro, eu faria com que voasse sobre as cabeças dos presentes um bando de passarinhos, lembrando a Ressurreição…

Se eu pudesse, pertinho das Casas em que houvesse pessoas se sentindo sós e abandonadas, haveria uma voz bonita cantando canções destas que não morrem, são sempre belas e vão diretas ao coração…

Sempre em meu coração…

Eu sei e você…

Faz tanto tempo e eu me lembro sempre…

Também serviria algum instrumento bem tocado, bem bonito, bem saudoso: um violão, um bandolim, uma flauta, uma clarineta…

Tenho uma vizinha que tem o dom de adivinhar quando estou precisando de que ela toque, ao piano, músicas de sempre, mensagens de harmonia, de beleza e de paz…

Se eu pudesse, na caminhada de quem enfrentasse estradas sem fim, sem luz, sem companhia, faria surgir vagalumes alumiando o caminho e colocaria nem que fosse uma cigarra para quebrar a solidão…

Se eu pudesse, ao cair da noite, todas as igrejas tocariam o Ângelus, convidando a pensar em Deus, convidando a rezar… É uma hora diferente, tocada de graça… No cair da noite, até as pedras perdem a aspereza. Os enormes edifícios de cimento armado não esmagam a gente: quase se harmonizam, perdem de todo a agressividade…

Se eu pudesse, as bandas de músico, de vez em quando, sairiam sozinhas, pelo Centro da Cidade e, sobretudo, voltariam a tocar retretas em pracinhas de subúrbio, onde se guarda mais simplicidade e, de certo modo, mais fineza… Há dobrados que ficam para sempre no sentido da gente…

Se eu pudesse, de vez em quando, estenderia no céu o arco-íris e descobriria um jeito do arco-íris aparecer de noite… Se eu pudesse daria ao arco-íris a força mágica de desfazer ódios, intrigas, divisões, de modo que ele valesse, de fato, como sinal de entendimento, de amizade e de paz…

Ah! Se eu pudesse!…

E se vocês pudessem, o que aconteceria?…

* Crônica/poética publicada em 1976 no livro Um Olhar Sobre a Cidade, pela Editora Civilização Brasileira.

DAQUI A POUCO A AUDIÊNCIA PÚBLICA COM O CNJ SOBRE OS ATOS DO TJ-AM

A visita que tornou os dias desta corrente semana os mais tensos dos últimos anos para muitas castas manoniquins de vários poderes culmina hoje com a audiência pública do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre os atos do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM).

Local: Auditório do Fórum Enoch Reis

Rua Paraíba, s/nº Adrianópolis (próximo à Sefaz e ao TRE)

Horário: a partir das 8h da manhã

As inscrições poderão ser feitas no local.

Várias instituições públicas, particulares e a população em geral comparecerão, e, com certeza, lá nos encontraremos para debater as questões que, uma vez que funcionam como uma observação/avaliação dos atos do TJ-AM, serão todas de interesse coletivo.

*……….::::: CHAGÃO! :::::……….*

AMISTOSOS INTERNACIONAIS

Resultados dos amistosos entre seleções nesta quarta-feira:

Espanha 2 – 0 Inglaterra

Portugal 1 – 0 Finlândia

França 0 – 2 Argentina

Bélgica 2 – 0 Eslovênia

Romênia 1 – 2 Croácia

Suíça 1 – 1 Bulgária

Alemanha 0 – 1 Noruega

Áustria 0 – 2 Suécia

Tunísia 1 – 1 Holanda

Grécia 1 – 1 Dinamarca

Marrocos 0 – 0 Rep. Tcheca

África do Sul 0 – 2 Chile

Turquia 1 – 1 Costa do Marfim

Camarões 3 – 1 Guiné

Egito 2 – 2 Gana

Polônia 1 – 0 Gales

Israel 1 – 0 Hungria

Brasil 2 – 0 Itália

o..CAMPEONATO PARAENSE 2009..o

Sexta rodada, no meio da semana, faltando apenas o confronto entre Paysandu e São Raimundo, que acontece hoje. Confira os outros resultados e a tabela:

Primeiro Turno – Taça Cidade de Belém

6a Rodada – 11 e 12/02

Vila Rica 0 – 1 Águia de Marabá

Castanhal 4 – 1 Time Negra

Remo 2 – 1 Ananindeua

Paysandu – São Raimundo

Classificação*:

Paysandu – 11

Clube do Remo – 11

São Raimundo – 10

Águia de Marabá – 10

Castanhal – 7

Vila Rica – 7

Ananindeua – 5

Time Negra – 3

* – O campeão da Taça Cidade de Belém se classifica para a final.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.957 hits

Páginas

Arquivos