Arquivo para 2 de março de 2009

3ª CHAMADA DO PROCESSO SELETIVO SEDUC

Finalmente disponível na rede a 3ª listagem de professores chamados para ocupar cargos temporários nas escolas de Manaus. Valeu aos companheiros Felipe, Roberto e Greicy, que compartilharam o link:

http://www.seduc.am.gov.br/2008/adm/imgeditor/File/PSS_3_Convocacao-2009.pdf

Atenção: o prazo para apresentar-se vai até amanhã, das 8 às 12h, e o convocado deve apresentar-se munido de 03 (três) cópias (legíveis) dos seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, PIS/PASEP, Título de Eleitor, Comprovante de Quitação Eleitoral, Certificado Militar (para homens), Comprovante de Residência (Água ou Telefone), Conta Corrente (somente Bradesco) Comprovante de Habilitação (Certificado ou Diploma) e duas fotos 3×4.

O companheiro Paulo comenta que uma amiga sua comentou com ele que ano passado foram chamados todos os inscritos e ainda chamaram avulso: “Acredito que até o final de março quase todos serão chamados.” Este bloguinho está na torcida por Paulo e todos que estão à espera de serem chamados não apenas pela possibilidade do mata-broca, mas, principalmente pelos estudantes, que exista novas formas de movimentar o conhecimento, o que é tão necessário em Manaus.

Já o companheiro Jefferson observa que ainda é muito pouco, pelas necessidades da rede educacional de Manaus, a quantidade de convocados. Como todos os alunos, professores e pais de Manaus, todos sabem que existem disciplinas que praticamente acabam não ocorrendo em escolas da cidade todos os anos. Daí o Amazonas ser o pior estado no IDEB e no ENEM.

A situação pior, como demonstra a companheira Ana Priscila, é a do interior: “Aos que querem saber sobre a lista dos classificados para o interior, a resposta é essa: SEM PREVISÃO NENHUMA!!! É assim que lidam com a educação no amazonas.” Enquanto isso, os lambe-botas de Eduardo “Maria da Penha nele” Braga deliram-no para presidente do Brasil. Oh!, Colosso do Norte!

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PERITOS CRIMINAIS FEDERAIS (APCF) NEGA USO DE MAÇARICO

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Octávio Brandão Caldas Netto, esclareceu ao público alguns signos possivelmente expressos na funesta ocorrência na sede da Polícia Federal em Manaus que resultou nos traumáticos falecimentos de três funcionários deste órgão público.

Sobre a suposta explosão da bomba d’água:

Não teria condições de, sozinha, ter causado a tragédia. Provavelmente foi outra coisa.”

Sobre o suposto uso do maçarico:

Pelas conversas que tive com os colegas que estão no local, as evidências apontam que eles estavam usando uma pequena serra, e não um maçarico, como foi divulgado na mídia.”

Sobre o que o ocorria na sala:

Como não havia testemunhas e os peritos trabalhavam sozinhos, ninguém sabe ainda exatamente o que estava sendo feito na sala.”

Sobre o material explosivo à ser detonado:

O material estava situado em outra sala, a 10 metros de distância do local.”

Sobre ter cautela com os exames:

Em nossas atividades não podemos pressupor. Dessa forma, correríamos o risco de direcionar as investigações e ignorar vestígios.”

SE DEPENDER DO CAPITAL FINANCEIRO, COPA EM MANAUS (SE ACONTECER) NÃO SERÁ PARA OS AMAZONENSES

A imprensa manoniquim está em polvorosa e continua contando com o ovo antes da galinha botar. Graças a uma carta-padrão enviada pelo secretário-geral da FIFA, Jerôme Valcke, indicando que a entidade aceitou as 12 sedes que a CBF queria, e que isto aconteceu em observância ao Estado do Amazonas. A carta foi uma resposta à uma consulta feita pelos senadores João Pedro (PT) e Arthur ‘5,5%’ Neto (PSDB).

O fator que levou aos píncaros da excitação imaginativa a imprensa e os ufanistas da Copa Sem Copa foi o fato de multinacionais que patrocinam o evento e que possuem fábricas no Pólo Industrial de Manaus demonstrarem apoio à candidatura de Manaus. A Adidas, empresa de material esportivo que cresceu com o apoio da Fifa, durante a gestão de João Havelange, tem pretensões de montar uma unidade no PIM.

COPA, SEM COPA: O CAPITAL NÃO TEM PÁTRIA

Mesmo antes da palavra ‘Globalização’ se tornar senso comum nas décadas de 80 e 90, para decair no fascismo de ultradireita, xenofobia e no protecionismo econômico que atualmente ronda os países desenvolvidos, o mercado já era global. À produção do capital não interessa certidão de nascimento ou pedigree: o que vale é a relação entre trabalho, produção e lucro.

Evidência disso é o próprio protecionismo econômico que tem se acirrado nos últimos meses, com a alcunhada crise financeira: na Inglaterra, por exemplo, os demitidos das empresas são predominantemente estrangeiros, e eclodem protestos em todos os lugares para que as empresas contratem trabalhadores de seus países de origem. Ao mesmo tempo, a campanha “Buy American”, enterrada nos tempos áureos da desregulação do mercado financeiro nas décadas 80 e 90, ressurge com força em tempos de Barack Obama.

Daí o capital não ter compromisso com nação ou nacionalidade: aos donos dos meios de produção e grandes financistas, interessa quem oferece melhores condições de lucratividade, muitas vezes legalmente ou não.

O processo para escolha das cidades-sede da Copa 2014 não foge a esta regra. À FIFA não interessa como rola a bola, mas sim quanto de lucro será possível obter com o evento. Daí, na copa de 1986, no México, por exemplo, os jogadores terem de entrar em campo no horário ingrato, com sol a pino, o que fez com que jogadores como Maradona e Sócrates reclamassem publicamente, recebendo do então presidente da FIFA, João Havelange, a resposta: “que se calem e joguem”.

Daí a força institucional da CBF aumentar de forma a ameaçar quaisquer candidatura ao legislativo e executivo nos próximos cinco anos. Ricardo Teixeira tem recebido agrados de praticamente toda a classe política, que não pretende perder votos em questionar como se dará a organização e os critérios de escolha dessas cidades.

Governadores em todos os Estados aproveitaram para agradar o máximo possível os inspetores da FIFA. Em Manaus, como se sabe, até o cocar dos indígenas entrou na ordem do capital. O governador Eduardo ‘Maria da Penha Nele!‘ Braga estende a gestão marketista que tem feito no Estado do Amazonas e procura vender a ideia de que a escolha já foi feita, e que somente o Amazonas tem usado a tática do servilismo ao extremo. A qual, como mostra a competente jornalista Phydia de Athayde, na revista Carta Capital, se mostra furada:

Nós os recebemos de forma amazônica’, exalta Braga. ‘Até chegarem a Manaus, eles estavam o tempo todo sob pressão. Aqui, relaxaram num eco-resort belíssimo, ficaram absolutamente à vontade’, garante. Verdade seja dita, o tratamento mais que vip proporcionado ao francês Thierry Weil, diretor de Marketing da Fifa, ao norte-americano Dick Wiles, da Match, empresa responsável pelos ingressos do Mundial, e ao brasileiro Fulvio Danilas, gerente da Fifa e responsável pelo projeto da Copa no Brasil, repetiu-se a cada cidade”.

Os grifos são nossos. Agora imagine o leitor intempestivo se a recepção fosse efetivamente “amazônica”, para além dos estereótipos pasteurizados do chamado turismo na floresta. Nem o mosquito da malária os inspetores viram…

FUTEBOL, FUTEMARKETING, FUTEBUSINESS

Se os critérios passassem ao menos próximo ao elemento básico de um campeonato de futebol, seria impossível a uma cidade onde o esporte não vinga nem com o adubo financeiro dos governos sediar jogos de uma copa do mundo.

Daí o equívoco da governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, que aposta na tradição futebolística do Estado, que mesmo não tendo clubes nas duas divisões principais do campeonato brasileiro, conseguem colocar 32 mil pessoas num clássico Remo e Paysandu, pelo campeonato regional, que ao contrário do amazonense, mobiliza a população. Segundo Ana Júlia, não vai haver “elefante branco” no Pará. Ela ainda afirma que os investimentos em infraestrutura que estão previstos para a cidade, num total de 400 milhões de reais em obras financiadas pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, acontecerão, independentemente da escolha da cidade como subsede.

Os critérios da Fifa não passam pelo futebol, assim como um entendimento mínimo da importância social dos investimentos para além do evento não passam pelo gabinete do governador Eduardo Braga. No entanto, a se confirmar as perspectivas do governo do Pará, a população já ganhou, mesmo que os três ou quatro jogos da Copa 2014 não ocorram no Mangueirão. Já em Manaus, não há previsão de investimentos caso a escolhida seja a capital do Grão-Pará.

Há ainda para os ufanistas da Copa Sem Copa em Manaus dois aspectos a serem levados em consideração:

1) Em seu livro “Como Eles Roubaram o Jogo”, o jornalista David A. Yallop mostra, através de documentos e jornalismo investigativo, como a questão da disponibilidade dos ingressos para jogos da Copa se transformou em moeda de troca para cargos, apoio, suborno, tráfico de influência. Entre ingressos para comitivas internacionais de patrocinadores, federações nacionais de futebol (cujos votos elegem o presidente da Fifa), amigos, investidores, autoridades, cotas de patrocínio e de eventos promocionais, pouco sobra para a população local, a preços geralmente impraticáveis para uma economia em desenvolvimento.

Daí se imaginar que o lobby empresarial para que os jogos ocorram aqui tenham um caráter menos ‘futebolístico’ que econômico. A lucratividade destas empresas deve crescer muito caso Manaus seja escolhida como sede. No entanto, não se ouviu falar de que as mesmas empresas se disponibilizaram a investir na infraestrutura ou nos gastos com a preparação para os jogos. Certamente, haverá um investimento: os diretores e gerentes destas empresas estarão todos com ingressos na mão, no dia das partidas. E para a população, o que sobrará?

2) A dupla reeditada e provisória, Braga e Amazonino, os Bragoninos, não são conhecidos exatamente por obras de infraestrutura que tenham beneficiado efetivamente a população de Manaus. Entre um viaduto e outro, Amazonino e Braga orquestraram, nos áureos tempos do neoliberalismo, a privatização da água de Manaus, a qual a população até hoje aguarda que chegue nas torneiras de todos os bairros da cidade. O transporte coletivo tem estatuto e e gestão próprias, com direito a claro e impune desrespeito aos direitos trabalhistas dos funcionários, ineficiência do serviço e décadas de superfaturamento do valor da tarifa. É com esse curriculum vitae que os governantes citados pretendem fazer crer que as obras de infraestrutura para a copa serão feitas a tempo, sem irregularidades e com a garantia de que terão uma funcionalidade para além dos três ou quatro jogos que devem ocorrer caso seja escolhida. Acredite quem quiser. Há ainda quem creia num ressurgimento do futebol local a partir deste incentivo, resta lembrar que os clubes amazonenses são, há décadas, usados como trampolim eleitoral, e que, se a questão fosse falta de dinheiro, há muito que a cidade com o quarto maior PIB do Brasil teria um dos campeonatos regionais mais fortes do país. Enquanto o RePa leva 32 mil pessoas numa época de crise, em Manaus, um São Raimundo e Fast não chega a 3 mil pessoas.

Triste sina para quem deve ter no quintal de casa a ilusão do futebol no hiperreal da telinha global. Claro sinal dos tempos em que a sociedade cria para si uma realidade “mais real que o real” (Baudrillard), será ver a população amazonense assistindo pela telinha de plasma nos bares da cidade os jogos que estarão ocorrendo no novo Vivaldão, enquanto lá dentro estarão – igualmente vilipendiados! – europeus, estadunidenses, africanos, chineses, asiáticos e até brasileiros. Mas nada de povo.

Assim, aos ufanistas da Copa Sem Copa, porque sem futebol, sem o elemento necessário e que dá sentido ao próprio acontecimento, resta a ilusão quase psicótica de que, caso seja escolhida, Manaus sairá vencedora. Nenhuma cidade, seja Manaus ou Belém, do ponto de vista do jogo, tem o que ganhar. Economicamente, Belém já é superior a Manaus, já que mesmo com PIB menor, a produção econômica é, em maior grau que aqui, investida em infraestrutura e condições de existência na cidade, enquanto Manaus, a se avaliar pelos governantes que temos, mesmo com mil copas não teremos uma cidade.

CASO DE AMAZONINO SOBE AO TSE. A TENSÃO É COMO DESCE

Depois de marchas e contra marchas; faz que vai, mas não vai; “se alguém perguntar por mim, diz que fui por aí”, um, dos processos de suspeitas contra o prefeito cassado pela nobre juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, que hoje deixa honradamente a presidência do pleito, versão 2007-2009, subiu ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE, em Brasília. E, como diz o dito popular, “tudo que sobe, desce”, há na cidade uma tensão de como cairá em Manaus esta denúncia correspondente ao não pagamento da multa contraída pelo cassado, em 2006, quando da eleição para governo do estado do Amazonas.

A tal da tensão é produto de duas perspectivas. A perspectiva de seus simpáticos, como assessores e eleitores. E da perspectiva de seus anti-páticos, composta tanto dos que lhes são adversários, como daqueles que, democratas, afetiva e cognitivamente se posicionam a favor de uma decisão do TSE que elucide se existe ou não crime eleitoral.

Para que a democracia seja o que verdadeiramente é: criação das potências da pluralidade de todos como Direito Civil, e não uma garatuja desenhada pelos corruptos exploradores do Bem Comum.

Como dizem os religiosos, “esperamos em Deus”, os democratas reais esperam nas leis e decisões dos homens do TSE para que a lei da física, “tudo que sobe, cai”, caia como força política e social movimentadora da alegria coletiva do povo manauara.

*……….::::: CHAGÃO! :::::……….*

o..CAMPEONATO PARAENSE 2009..o

Finalíssima do primeiro turno, Taça Cidade de Belém, os alviazuis do Papão enfrentando a Pantera Santarena.

E no jogo de ida, na quinta-feira, no Mangueirão, com mando do São Raimundo, o Papão mostrou sua força. A pantera até equilibrou o jogo no primeiro tempo, e tomou a iniciativa, mas aos 13 minutos, Zé Carlos marcou de cabeça. O São Raimundo ainda teve um jogador expulso nos acréscimos da primeira etapa: Marcelo Pitbull foi pêgo pela carrocinha e expulso pelo árbitro após desferir um soco no jogador Vélber, do Paysandu. No segundo tempo, com um jogador a mais, o Papão deitou e rolou. Aos 13, agora do segundo, Balão recebe o balão e chuta cruzado para marcar o segundo. Três minutos depois, Balão novamente marca, aproveitando sobra de um chute de Zé Carlos. Papão 3 a 0, com grande vantagem.

No segundo jogo, ocorrido ontem, o São Ray precisava vencer por quatro gols de diferença, já que placares inversos pelo mesmo número de gols dava o título ao Paysandu. Mas os alviazuis não quiseram papo e abriram o placar ainda no primeiro tempo. Porém, a Pantera Mocoronga não estava para brincadeira, e embora não tenha obtido a vantagem necessária ao título, venceu a partida por 3 a 2.

Com o resultado, além do título do primeiro turno, o Paysandu garante vaga na finalíssima do Parazão 2009.

Placar final:

Finais

26/02:

São Raimundo 0 – 3 Paysandu

01/03:

Paysandu 2 – 3 São Raimundo

CAMPEONATOS AMÉRICA DO SUL

CLAUSURA ARGENTINO 2009

Desta vez não teve conto de fadas nem direito a Ogro na parada: o San Lorenzo atropelou o River Plate e mostrou que nem só e técnico vivem as desculpas esfarrapadas. Depois de Simeone, nem Gorosito consegue dar jeito no time. Vai mal, o time de Nuñez. Enquanto isso, o otimista do gol, Palermo, retorna à Bombonera e deixa o seu, para delírio dos xeneizes. Em Avellaneda, os Rojos continuam na dor, enquanto La Academia marca seu primeiro pontinho em 2009. Confira os resultados:

4a Rodada – Clausura Argentino 2009

Gimnasya La Plata 2 – 0 Independiente

Banfield 3 – 1 Rosario Central

Vélez 4 – 0 Godoy Cruz

Newell`s 1 – 1 Colón

Atletico San Martín 2 – 2 Tigre

Racing 1 – 1 Argentinos Jrs

Arsenal 3 – 1 Estudiantes

San Lorenzo 5 – 1 River Plate

Gimnasya Jujuy 0 – 2 Lanús

Boca 3 – 1 Huracán

.

Classificação:

.

Arsenal FC – 09

Lanús – 09

Gimnasia La Plata – 09

Vélez Sarsfield – 08

Newell`s Old Boys – 08

Colón – 08

Banfield – 07

River Plate – 07

Godoy Cruz – 07

San Lorenzo – 06

Huracán – 06

Boca Juniors – 06

San Martín – 05

Estudiantes La Plata – 04

Independiente – 04

Argentinos Juniors – 03

Gimnasia Jujuy – 01

Rosario Central – 01

Tigre – 0`1

Racing Club – 01

* * *

CLAUSURA URUGUAIO 2009

Segunda rodada do Clausura, e as fortes chuvas que caíram em terras charrúas só conseguiram impedir o confronto entre Peñarol e Racing, que foi interrompida no segundo tempo, depois que a bola não mais saiu do lugar, e o árbitro percebeu que futebol não é pólo aquático. Segundo o periódico Ovación, “el Racing era más”. Doutro lado, o Danubio tomou um sacode do Montevideo Wanderers e foi chorar as pitangas no meio do toró. O Nacional descansou, jogaria com o Villa Española, que como sabe o leitor chagânico, teve a participação suspensa pelo nome sujo no SPC da Associação Uruguaia de Futebol. Confira os resultados:

2a Rodada – Clausura Uruguaio 2009

Juventud 3 – 1 Liverpool

Tacuarembó 0 – 5 Cerro

Wanderers 4 – 2 Danubio

Cerro Largo 2 – 0 Central Español

Rampla Jrs 2 – 1 River Plate

Defensor Sporting 3 – 0 Bella Vista

Racing Club 0 – 0 Peñarol*

.

CAMPEONATOS EUROPEUS

Ligue 1 Temporada 2008-2009: Rodada 26, os cinco primeiros são: Lyon (53), Paris Saint-German (49), Marseille (48), Bordeaux (47), Toulouse (46). Resultados: Lyon 1 – 1 Rennes, PSG 4 – 1 Nancy, Caen 0 – 1 Marseille.

* * *

Bundesliga 2008-2009: Rodada 22, os cinco primeiros são: Hertha Berlin (43), Hamburg (42), TSG Hoffenheim (41), Wolfsburg e Bayern Munique (39). Resultados: Hertha Berlin 2 – 1 Monchengladbach, Hamburg 1 – 3 Wolfsburg, Dortmund 0 – 0 Hoffenheim.

* * *

Premier League 2008-2009: Rodada 27, os cinco primeiros são: Manchester United (62), Liverpool e Chelsea (55), Aston Villa (52), Arsenal (46). Resultados: Middlesbrough 2 – 0 Liverpool, Chelsea 2 – 1 Wigan, Aston Villa 2 – 2 Stoke City.

* * *

Liga Sagres 08/09: Rodada 20, os cinco primeiros são: FC Porto (42), Benfica (40), Sporting Lisboa (38), Nacional e Leixões (35). Resultados: Porto 0 – 0 Sporting, Benfica 2 – 1 Leixões, Nacional 3 – 1 Académica.

* * *

La Liga BBVA Espanha 2008/2009: Rodada 25, os cinco primeiros são: Barcelona (60), Real Madrid (56), Sevilla (47), Villareal (42) Valência (39). Resultados: Atletico de Madrid 4 – 3 Barcelona, Espanyol 0 – 2 Real Madrid, Bilbao 1 – 2 Sevilla.

* * *

Série A Itália Calcio 2008/2009: Rodada 26, os cinco primeiros são: Internazionale (60), Juventus (53), Milan (48), Fiorentina (46), Genoa (45). Resultados: Inter 3 – 3 Roma, Juventus 1 – 0 Napoli, Sampdoria 2 – 1 Milan.

* * *

Eredivisie Holanda 2008/2009: Rodada 25, os cinco primeiros são: AZ Alkmaar (63), FC Twente (54), Ajax (51), SC Heerenveen (48), PSV Eindhoven (45). Resultados: AZ 3 – 0 Groningen, Twente 1 – 0 ADO Den Haag, Utrecht 0 – 2 Ajax.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.240.729 hits

Páginas

Arquivos