Arquivo para 29 de março de 2009

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR E VÁRIAS ÁREAS – PROJOVEM URBANO MANAUS

Atenção professores e leitores intempestivos deste bloguinho.

A Prefeitura de Manaus, ainda que provisória, precisa continuar dando conta dos projetos do governo federal. Estes, não podem parar, mesmo que o cargo de prefeito esteja vago.

Daí a prefeitura estar realizando processo seletivo para o cargo de professor de nível superior, técnico e assistente social, para atuar no Projovem Urbano.

Diz o portal da prefeitura:

Com remuneração de R$ 1,320 e jornada de trabalho de 30 horas semanais, sendo 5 horas diárias de segunda-feira a sábado, a Prefeitura de Manaus está abrindo processo seletivo para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem, com atuação pelo prazo determinado de 18 meses. São 143 vagas destinadas a candidatos ao cargo de professor nível superior, assistente social e professor de qualificação profissional nas áreas de alimentação, construção e reparos (instalações), serviços pessoais, telemática, turismo e hospitalidades.

As inscrições serão feitas da próxima segunda-feira, 30 de março, até 1º de abril, no horário das 9 às 11 horas e das 14 às 17 horas, na sede da Fundação de Apoio Institucional Rio Solimões – Unisol, situada à avenida Tefé nº. 3.285, bairro do Japiim, devendo o candidato, no momento da inscrição, optar pela área de atuação e entregar cópia autenticada do diploma e histórico do curso de Graduação Plena, devidamente registrado no órgão competente, conforme área de atuação na forma indicada no item 2 do Edital. O Curriculum Vitae deve ser acompanhado de cópias dos documentos comprobatórios.

A seleção para o provimento de vagas compreenderá as seguintes fases: seleção de currículo, de caráter classificatório; experiência mínima de 2 anos na docência, de caráter classificatório, avaliação de títulos, de caráter classificatório e formação inicial com duração de 160 horas, de caráter eliminatório.

No total estão sendo oferecidas 143 vagas sendo 20 de professor de nível superior com área de atuação na Língua Portuguesa, 20 de professor de nível superior com área de atuação em Matemática, 20 de professor de nível superior com área de atuação em Ciências da Natureza, 20 de professor de nível superior com atuação em Ciências Humanas, 20 de professor de nível superior com atuação em Língua Inglesa, 10 de professor de participação cidadã (assistente social) e finalmente 33 vagas para qualificador profissional nas áreas de alimentação, construção e reparos (instalações), serviços pessoais, telemática, turismo e hospitalidades.

De acordo com o edital são requisitos básicos para a contratação ser classificado no processo seletivo; ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos nos termos do artigo 12, parágrafo 1º da Constituição Federal; estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino também com as militares; possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo/área de atuação, conforme item 2 do edital; ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse; ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo/área de atuação e cumprir com as determinações do edital”.

Clique aqui para baixar o edital.

Lembrando que o Projovem Urbano é um programa do governo federal, portanto carrega dizeres diferentes de um projeto falseador das relações sociais que uma prefeitura interina poderia realizar. De qualquer forma, é participar e fiscalizar, para que todos tenham iguais possibilidades de disputa e de condições.

No mais, boa sorte!

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

AÇÕES NA SEGURANÇA PÚBLICA. PARTICIPE E FISCALIZE NA SUA CIDADE

A ABGLT, através do seu atuante presidente, Toni Reis, divulgou o relatório com um resumo sobre as diretrizes para o Plano Nacional de Segurança Pública e Combate à Homofobia. É importante para todos as pessoas interessadas na movimentação social em torno dos direitos civis e do estabelecimento destes direitos de fato à população LGBT, conhecer, ainda que em linhas gerais, as propostas e diretrizes produzidas neste encontro.

Estas propostas foram discutidas no Primeiro Seminário Nacional de Segurança Pública e Combate à Homofobia, realizado no Rio de Janeiro, entre 10 e 13 de abril de 2007. Embora já tenham se ido quase dois anos da realização do evento, ele ainda permanece como um dos mais fecundos, no aspecto de produção de saberes e de iniciativas que acabaram por culminar no Programa Federal Brasil Sem Homofobia. Muitas destas propostas sequer saíram do papel, e portanto é responsabilidade das entidades envolvidas e pessoas engajadas movimentar ações para que estas diretrizes possam se tornar efetivas políticas públicas.

O evento foi realizado pelo Grupo Arco-Íris de Conscientização Homossexual e pelo Movimento D`ELLAS, contando com o apoio da ABGLT, Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH), Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP), Governo do Estado do Rio de Janeiro, Programa Nacional de DST-AIDS, Grupo Criola, Centro Latino-Americano de Direitos Humanos e Sexualidade da UERJ e Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes.

A discussão ocorreu em torno de cinco eixos temáticos:

FORMAÇÃO POLICIAL: CULTURAS DAS INSTITUIÇÕES E DIVERSIDADE SEXUAL:

O fomento à troca de informações e contato entre as polícias e os movimentos sociais LGBT; a implantação de disciplinas ligadas aos Direitos Humanos e ao combate à homofobia no curriculum de formação dos policiais e agentes penitenciários; melhoria das condições de trabalho e de evolução na carreira e a igualdade de direitos entre os operadores da segurança pública em todo o país; incentivo à expressão da livre orientação sexual destes operadores; a criação de um banco de dados sobre a violência e discriminação de teor homofóbico nos estados da federação.

PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA CONTRA LGBT: EXPERIÊNCIAS POLICIAIS E COMUNITÁRIAS:

Promoção de campanhas em nível federal, estadual, municipal e local, tendo como foco a cooperação entre governos e a sociedade civil, com enfoque na não-violência contra a população LGBT; promoção de práticas de policiamente preventivo em locais e eventos significativos para a população LGBT; produção de material informativo em todas as mídias, tanto no aspecto de informação, quanto da divulgação de campanhas e resultados de ações preventivas; buscar integração e intercâmbio com países do MERCOSUL sobre ações de prevenção e políticas públicas.

ATENDIMENTO, INVESTIGAÇÃO E REGISTRO DE VIOLÊNCIA HOMOFÓBICA: DIFERENTES MODELOS

Analisar os diferentes modelos de registro de dados da violência com motivação homofóbica, vindos de delegacias, ONG`s, Centros de Referência e outros locais; capacitar os atores sociais da segurança pública sobre como reconhecer, registrar e agir diante desta demanda; incentivar a discussão de modelos mais democráticos de polícia para o Brasil.

VIOLÊNCIAS ESPECÍFICAS E POLÍTICAS DIFERENCIADAS DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA

Tipificar os crimes com motivação homofóbica como alvo de investigação especializada por parte da polícia; criar grupos de atuação para estudar outras formas de violência homofóbica, com as que acontecem na família, verbalmente, patrimonialmente, simbolicamente; permitir igualdade de direitos a presos homossexuais, inclusive no tocante à visita íntima; facilitar a desarticulação de quadrilhas especializadas em golpes contra homossexuais; reformular a forma de identificação do gênero e da orientação sexual nos registros policiais.

MONITORAMENTO, AVALIAÇÃO E CONTROLE SOCIAL SOBRE AS POLÍTICAS DE SEGURANÇA PARA LGBT

Monitorar, avaliar e participar do ciclo orçamentário nas três esferas governamentais, garantindo, efetivamente, a implementação e ampliação das políticas de segurança pública voltadas para o segmento GLBT, por meio de ações de controle social do movimento GLBT; monitorar os recursos dos diferentes fundos de políticas sociais; sistematizar, consolidando a participação do movimento GLBT nos Conselhos de Direitos Humanos e de Segurança Pública, e incentivar a criação dos mesmos onde não existam; incentivar e fortalecer a participação do movimento GLBTem redes e fóruns de Direitos Humanos e Segurança Pública; realizar pesquisas sobre o impacto das políticas de Segurança Pública e Combate à Homofobia, bem como pesquisas a cerca da violência e discriminação sofridas pela população GLBT, realizadas em parceria com: Universidades, Institutos de Pesquisa, Núcleos de referência GLBTe Centros de Referência GLBT.

São iniciativas necessárias para se começar a mudar não apenas a relação entre os agentes da segurança pública e a população LGBT, mas também no sentido de animar uma mudança de ordem da subjetividade policial: enfraquecendo o viés punitivo, compreendendo o papel da segurança pública como instância não de controle social, mas de produção social.

Não interessa estabelecer uma ordem meramente punitiva e persecutória contra a violência homofóbica. Tão importante quanto reprimir essas manifestações é compreender a sua origem, em toda a sua complexidade. Toda a teia social que envolve os valores morais, a educação, o trabalho, a existência, o envolvimento, a participação na coletividade, a atuação, os afetos, as percepções, o amor…

Mas enquanto vai se discutindo essas questões, vocês, lindérrimas, têm que procurar saber o que está sendo implantado, como está sendo discutido, o que já existe de real e de produção social deste plano na sua cidade. Organize-se, participe, estude. Aquilo que faz parte do nosso existir e que aumenta a nossa potência de agir deve sempre estar próximo de nós.

Ui! E agora vamos ver outros sopros gays (ou não) que passaram no nosso Mundico! A Louca!

Φ BISPO ARGENTINO ACREDITA EM HOMOSSEXUALIDADE COMO DOENÇA. Há uma frase do (nem tanto) senso comum que diz que as pessoas que acreditam no invisível são perigosas. Faz sentido. Veja o caso da igreja católica: o seu representante hierárquico maior – o Papa, acima dele não há ninguém – visita a África e desincentiva o uso do preservativo. Há quem lhe creia. Na Argentina, o bispo Hugo Santiago, em uma missa, afirmou que a homossexualidade (que ele chama de homossexualismo) é uma doença, tratável e curável. Afirmou ainda que a culpa pela “epidemia” (!) é das escolas, que pregam o homoerotismo como algo natural. Compreensível manifestação de ignorância e paranóia institucional: quem crê no invisível tem o visível como ameaça. São pessoas perigosas, frustradas, que idolatram a dor e o sofrimento. Jesus, por exemplo, não acreditava no invisível e pregava o Reino de Deus na Terra. Com todas as orientações que existissem. Mas isso o bispo nem desconfia… Sentiu a brisa, Neném?

Φ MARADONA MARCA TOUCA E ATACA PELÉ COM HOMOFOBIA. Vamos combinar que esta falsa polêmica já deu o que tinha que dar: nada. Mas ainda há quem compre jornal, e, pelo circuito do capital, quem produza este tipo de material, e pior: quem se preste a este tipo de papel. Assim, ainda tem jornalista que adora colocar Pelé contra Maradona, ou vice-versa. Maradona, geralmente mais equilibrado e terno que Pelé, por vezes escapa, mas também cai na esparrela. Pelé, ressentido, cai sempre. Desta vez, depois de ouvir pela milionésima vez de Pelé que seu envolvimento com as drogas foi prejudicial, Maradona afirmou que não se pode esperar outro comportamento de quem começou a vida sexual com um homem! Porra, Dieguito! Para com isso! São exatamente essas interdições de ordem moral que fazem o julgamento e a condenação do usuário de drogas sem envolver o contexto social e principalmente a ordem do lucro presente na proibição da venda destas substâncias, e você vem colocar mais moral, mais julgamento, mais imperativo categórico na parada? Desta vez, como em outras, Maradona equivocou-se. Equivoca-se sempre, quando permite que a sua existência sirva a estes propósitos. Aí, ele é comum, humano, demasiado humano. Sentiu a brisa, Neném?

Φ GOIÁS É O SEGUNDO ESTADO A ADOTAR NOME SOCIAL NAS ESCOLAS. Depois do Pará, o pioneiro, agora foi a vez do conselho estadual de educação de Goiás deliberar favoravelmente ao uso do nome social nas listas de presenças e nas matrículas das escolas públicas. Trabalho árduo da militância LGBT daquele estado, em parceria com o super-atuante, Toni Reis e a turma da ABGLT. Não é fácil conseguir estes objetivos, principalmente em uma sociedade onde as interdições de todas as ordens vão ganhando força. Mas o objetivo da ABGLT é auxiliar grupos locais para que todos os estados da federação tenham deliberado favoravelmente à demanda, até o fim do ano. Sentiu a brisa, Neném?

Φ PROTOCOLADO PROJETO DE LEI DA UNIÃO CIVIL. Depois de dois anos de articulações entre a ABGLT, entidades e ONG`s LGBT e a Frente Parlamentar Pela Cidadania LGBT, foi protocolado neste 25 de março o projeto de lei 4914 de 2009, que insere no código civil a união entre pessoas do mesmo sexo. Um grande avanço para um país que está atrasadíssimo quando o quesito é legislação friendly. Como diz aquela música, agora só falta você, Brasil! A iniciativa foi das senadoras Fátima Cleide e Cida Diogo, e contou com toda a bancada LGBT da Câmara e do Senado. Agora é pressionar para que o projeto tenha uma rápida tramitação e consiga superar a bancada ignara dos disangélicos ressentidos. É ficar de olho. Sentiu a brisa, Neném?

Φ HOMOFOBIA MATA. OS HOMOFÓBICOS! Desde antes de Freud, Reich, Alfred Adler, já se sabia que o corpo exprime o modo de ser, como territorialidade das forças e enunciados que compõem a existência do chamado indivíduo. Desde antes de Foucault se compreende que o corpo é atravessado por estas tensões sociais, que produzem nele efeitos, numa causalidade que não foge à uma ética natural. Assim, a homofobia é mortal: aos homofóbicos, que alimentam o ódio de Si num simulacro do outro. Uma curta anedota, ocorrida no Rio de Janeiro, na semana passada, e noticiada em um jornal local, ilustra bem o quanto a homofobia mata:

Prédio em Copacabana. Síndica, a Jane de Castro – travesti. Em reunião para eleição do novo mandato, um homem, médico, 63 anos, homofóbico, fez campanha para eliminar a Jane. No meio da reunião ele discutia com os que apoiavam a antiga síndica. No auge da discussão ele cai morto!”

Beijucas, até a próxima, e lembrem-se, menin@s:

FAÇA O MUNDO GAY!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.005 hits

Páginas

Arquivos