Arquivo para 24 de junho de 2009

“TE AMO, ESPANHOLA SE FOR CHORAR, TE AMO”

TE AMO, ESPANHOLA.

SE FOR CHORAR, TE AMO”

Sá e Guarabyra

A disputa da partida entre as seleções espanhola e norte-americana, que terminou com a vantagem da segunda com dois gols contra nenhum da seleção da terra de Dali, pode ser vista por duas perspectivas de dois torcedores por fora de futebol.

Uma, do torcedor que acredita que se ganha uma partida antes do futebol. Para este torcedor a seleção espanhola perdeu ontem, quando o técnico ianque, Bob Bradley, afirmou que o time espanhol tem “capacidade para abrir e jogar em espaços curtos é maravilhoso, mas sabemos como detê-los”. Com força atlética, fôlego, posicionados em contra-ataque e fechados compactamente, meteram duas bolas, transformadas em gols nos dois tempos. Altidore, no primeiro, e Dempey no segundo. Detiveram os espanhóis.

Outra, a perspectiva do torcedor que acredita que os ianques ganharam hoje, com ajuda dos próprios espanhóis. O primeiro, um desconhecimento do zagueiro que não entende de física. Depois de se colocar por trás do atacante americano, na grande área, resolveu tira-lhe a bola circulando para sua frente, o que facilitou a “volta do anzol” do americano, no corpo do espanhol, e conseqüentemente ficar de cara com o goleiro, e aí, foi chuá, meu. Nada a questionar. “Ta lamentado o quê?” O segundo, contra-ataque do Tio Sam pela direita, cruzamento na frente das traves, Ramos, pára a bola em desequilíbrio, e Dempsey, que vinha ao seu lado, virou, agradecendo a física, e empurrou. Pique foi lamentar abraço com a trave que é um bom lugar para chorar e consolar. A física demonstrando o que é está por fora de futebol.

Para o torcedor da segunda perspectiva, a seleção espanhola perdeu, mas continua “maravilhosa”. Joga bem, trama bem, desliza em campo, faz lançamento em profundidade, mas comete um pequeno/grande equívoco, para perturbar o “maravilhoso” de Aragon: não chuta em direção do território onde nasce o gol. E nesta partida, quando chutou, lá estava o keeper da meta ianque. E como dizem os que estão por dentro de futebol: futebol é gol, galera! Assim futebol não é uma caixinha de surpresa.

WALLACE E MOA DISPUTAM DEUS

A imaginação é uma das potentes faculdades humana. Elaa, dependendo da situação, entrelaça-se com a inteligência produz , ou afirma saberes. Em alguns momentos de vigília ela flui sem rédeas. Outras ela é dirigida pela vontade. “Eu estava pensando em ti”. “Não, tua estavas imaginando”. “Tenho pensado muito no nosso amor”. “Não, tem imaginado nosso amor”. É a imaginação se mostrando com objetividade, mesmo quando alheia. De qualquer porto a imaginação deixa navegar névoas de imagens-lembranças, nada nocivas.

Todavia, há um momento em que a imaginação é nociva para seu possuidor. É quando ela está confluída em afetos prenhes de dores. Culpa, inveja, ressentimento, rancor, ódio, como forma de superstição. Aí a imaginação é o mais baixo grau  da faculdade humana, visto que ela desloca o sujeito para uma transcendência persecutória. Sujeito-perseguido. É aí que um deus falseado é nomeado pelo supersticioso para se mostrar como Deus-Juiz que livra seu usuário das acusações fazendo-o personagem acima e abaixo de qualquer suspeita. Pela imaginação-supersticiosa, é claro.

COM QUEM DEUS ESTÁ?

O deputado estadual, Wallace, investigado e indiciado pela Justiça do Amazonas acusado de autorias de vários crimes, juntamente com seu filho, Rafael, em discurso na Assembléia do Estado para os seus pares, com o propósito de atingir alguns membros da CPI, e assim melhorar sua situação diante com possíveis beneplácitos, afirmou, em lágrimas, que tudo que fez Deus estava consigo. Foi um discurso, teologicamente, todo pontoado de Deus. Se alguém tivesse que afirmar que um sujeito é crente de acordo com a quantidade de vezes que este sujeito profere a palavra Deus, ali estava um insuspeito crente: o deputado.

Por sua vez, o ex-policial, ex-guarda-costas e ex-amigo do deputado, Moacir, ou Moa para os íntimos e a imprensa, testemunha chave de acusação que abriu o leque de denúncias contra Wallace e seu filho, depois de voltar do presídio em Catanduva, no Paraná, para novos depoimentos, afirmou que aceitou Jesus. Filho de Deus, para muitos, o próprio Deus.

Agora, o dilema teológico foi levantado. Wallace fala o nome de Deus e sempre se reporta a seu passado de próximo da igreja católica. Por seu novo lado, o teológico, Moa, afirma que Deus está consigo. Dois rivais em uma mesma imaginação-supersticiosa.

Wallace, que afirmou, no começo das investigações, que não conhecia Moa, diz que tudo que seu ex-guarda costa disse à polícia é mentira. Já, Moacir, em seu novo depoimento, pós-encontro com Cristo, reafirmou tudo que falou e ainda apresentou novos sinais incriminatórios contra o deputado. Desta forma, salta a pergunta que quer ser calada: Com quem Deus está?

Bem, quanto ao caso de quem tem a verdade para realizar a justiça democrática, o Poder Judiciário do Amazonas pode, através de seus Códigos de Leis, mostrar para sociedade. Mas quem tem poder de afirmar com quem Deus está, é que é o fundamento do dilema. A sociedade tem que recorrer às igrejas com seus padres e pastores? Mas aí salta a certeza para a sociedade: “Tem tanto religiosos envolvido com falcatruas, delitos leves e pesados”. Neste caso, sendo o Brasil uma democracia, e a democracia o governo de todos, e sendo Deus um espírito para os bons, e sendo o Povo uma potência boa, só cabe ao Povo sentenciar em sociedade os desígnios democráticos de Deus.

POR FORA DE FUTEBOL

Eu entro em campo para ser feliz”

Valdívia, craque chileno.

Encontrar-se fora é não possuir nenhuma semelhança com o que encontra-se dentro. É escapar de todas formulações e designações que identificam os objetos e os sujeitos que habitam a esfera das relações constituídas como realidade inquestionável.

Estar fora é se mover em evanescências, sinuosidades, variações, intensidades nômades. Escapar, não poder confirmar o que se tem como conhecido. No caso do futebol, bem sistematizado em linhas, pontos e regras, é nada poder sentenciar. É ser mudo por falta da linguagem tornada muro fixo de obviedade que se mostra como futebol. O que serve para o lucro. A mercadoria-fetiche do reino desencantado do lúdico criativo. O ‘desGARRINCHAmento” da Alegria do Povo.

Estar Por Fora de Futebol é uma condição dantesca: Perder todas esperanças de poder sobre o que não se vê.

* * * * * * A bola rolou como um ouriço: * * * * * *. Ela subiu, caiu no peito, desceu pelo corpo, correu na grama… Deus nos acuda! Que birranho: derrubou a panela com feijão da D. Leocádia, que estava sobre o fogão. Nem gol, nem comida. Mas havia bebida. Hurra!

SÉRIE B DE BRASILEIRÃO REBAIXADO. DE QUÊ?

Duas partidas realizadas ontem pela partezinha da noite.

Oh, mana deixa eu ir

Oh, mana, eu vou só

Oh, mana, deixa eu ir

Para o sertão do Caicó”.

América de Natal e Ponte Preta. 2 para o segundo, e 1 para o primeiro.

No grupo escolar, série B, é superior a série A. Mas no futebol é tudo do contra. Fosse tudo normal, o futebol do Amazonas que encontra-se na série D, seria o bicho.

A partida corria nos equilíbrios. América atacava, Ponte atacava. Eis que na metade do primeiro tempo, uma bola lançada do campo potiguar, para direita, pegou o lateral Thoni – que H, hein, Toni? – com sua camiseta n°2, e ele mandou bronca: a clota bate na parte superior do metal da direita, atravessa o metal frontal, bate por dentro no metal da esquerda, e atende o desejo do time natalino: primeiro gol no Machadão.

O Machadão vai ser demolido para ser transformado em arena para Copa 2014.

No segundo tempo de tantos “macacos me mordam”, aos 23 minutos, uma descida veloz pela esquerda até a linha de fundo, um cruzamento em diagonal, lá estava o Fabiano Gadelha… Mandou ver: gol da “macaca”. Foi então que aconteceu: refletores apagados. Longa espera noite a dentro. 62 minutos passados: recomeço. “Vai acabar!” Falta longe, distante da grande área. Lá vai Edilson bater, pela Ponte. Não deu outra: ajumentou, e Gol. 74 minutos não há nada o que fazer.

Foi uma partida quente como a temperatura de Natal em tempo de São João. Houve até cena de strip-tease: jogador da ‘macaca’ teve sua camiseta rasgada do pescoço ao umbigo. Uma partida da Série B para causar inveja na A.

Na outra partida Ipatinga e Fortaleza, o único gol para o fortaleza foi uma beleza.

O fortaleza desce pelo centro, entra na pequena área pela esquerda, o jogador alencarino perde a bola, dá por finalizada a jogada, e vai saindo. O zagueiro do Ipatinga, como diria o senador Arthur Neto, em uma “besteira”, crente que tem a bola sob controle, escorrega. O atacante de Padim Cícero, vê a “besteira”, volta, pega a Clota, e a coloca na rede. Ela o que ela queria: fica dormindo.

Fim de espetáculo. Ipatinga parece dizer “Minas não é mais”!

COPA DAS CONFEDERAÇÕES E OS SENÕES

Sabemos o que temos que fazer para pará-los. O estilo da Espanha é manter a posse da bola e fazê-la se movimentar. Sua capacidade para abrir e jogar em espaços curtos é maravilhoso, mas sabemos como detê-los”.

Quem afirmou esta verdade que o futebol da Espanha é maravilhoso? Não, não, nada de queimar neurônios. Foi técnico da seleção dos Estados do Tio Sam: Bob Bradley. Hoje, dia 24 de junho, no calor de São João, ele terá a oportunidade de colocar em prática o disse à imprensa:”Sabemos como detê-los”. Dizem os surrealistas da lavra de Aragon, que o maravilhoso é inapreensível.

JOEL SANTANA VIRTUAL

Hit de Joel Santana é sucesso na Internet. Mas ele não está gostando nada. Uniformizado de seleção sulafricana, de olho em sua prancheta, não ver nada de engraçado no sarro que estão tirando do seu inglês de cais do porto. Por isto, mandou protesto: “Brasileiro gosta disso, de tirar sarro. Tem cara fazendo um monte de besteira, mas usa gravatinha tem uma pastinha na mão, como brasileiro gosta”. Lhe conte: Joel disse o quê? Lhe conte. Joel, meu…

E NADA DE GOL: Sai do chão petróleo! Gruda, catarro! E nada de gol.

SE A BOLA NÃO ENTRA, NÃO TEM GOL, ORAS!

Se tiver três bolas para mim na cara do gol e eu perder as três, aí pode me cobrar. Eu mesmo vou lá e peço para sair. Me coloca as bolas na cara do gol e pode cobrar de mim. Não tenho má fase aqui, não estou mal. Se o time estiver em bom momento e começarem a chegar as bolas, o centroavante vai fazer gol”.

Fala, Washington! Três bolas na cara do gol? Três bolas na cara do gol é gol. Gol é quando a bola entra, não a frente da trave, Washington. Três bolas? Até o Romário faz.  Não há fase, mas o Muricy, e nem é tempo de murici, para cada um cuidar de si, amadureceu e caiu. Três bolas na cara do gol e nenhum gol. Quantos gols foram perdidos?

INTERNACIONAL CONTINUA INTERNACIONAL

Bolívar, lateral, ou melhor, coringa, do Internacional, renovou contrato até 2012.

Quinta-feira pela Recopa Sul Americana, tem Internacional e LDU.

NO PALMEIRAS CORTE NÃO PEGA LUXEMBUSTE

Presidente Belluzzo disse que é preciso fazer corte nos gastos do Palmeiras. Coisa de 15%. Mas nada de tocar na comissão técnica: Luxembuste, continua prestigiado. A diretoria diz que é um técnico de ponta. O último também é ponta.

Temos que cortar sem perder a qualidade”. Palavra de economista. Coisa de Belluzzo.

CLÁUSULA CRISTIANO RONALDO

16 bilhões de euros, coisa como R$ 2,7 milhões, é o montante da cláusula de ressarcimento de contrato caso algum clube imagine tirar Ronaldo do Real Madrid. A diretoria diz que é para se proteger do incerto futuro. Claro que no futebol de mercado não existe futuro. Olha Kaká. Olha Robinho. Olha, olha…

BOCA É SÓ SORRISO

Nesta quinta feira Alfio Basile, ex-técnico do time de Maradona, vai se apresentar no Boca.

HOJE TEM!

Logo mais, a noite: Cruzeiro e Grêmio, pela Libertadores.

Uma bola no pé e o chute, Mané!

E NEM POR ISTO BAIXOU O PREÇO DO PEIXE

feira-do-peixe

} Exuberante em seu manancial verborrágico estereotipado, o senador Arthur ‘5,5%’ Neto, “Orgulho do Amazonas”, não se fez econômico em clichês e preconceitos ontem, dia 23, na tribuna do Senado. Entre tantas tentativas de amostragem de indignação com o que esta ocorrendo no Senado, afirmou estar sendo chantageado e ameaçado por sua posição contra os atos administrativos secretos. Disse que recebera ligação telefônica de uma voz afeminada. E para se sentir crente de sua coragem, considerou que não tinha medo, pois se assim fosse, quando morresse e encontrasse seu pai no purgatório, ele não iria aceitar que o filho, ele, tivesse tido medo, ou tivesse sido morto por alguém de voz afeminada. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} O presidente dos Estados Unidos, Obama, que não vem descumprindo o que prometera quanto sua política dos Direitos Humanos, afirmou que está “indignado” com a violência no Irã. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} O professor Odenildo Sena, um dos protegidos auxiliares do governador do Amazonas, Eduardo Braga, depois de afirmar, convicto, de que o homem conhece através da sentença, “é fato óbvio: só se tem poder sobre aquilo que se conhece”, escreveu em ufanismo telúrico sobre a condição do Amazonas no cenário científico, na força de sua imaginação, o seguinte texto: “No caso particular do Amazonas há uma revolução silenciosa em processo que, em apenas seis anos, colocou-o numa privilegiada posição de destaque ao lado dos Estados que têm longa tradição de investimento em ciência e tecnologia como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais”. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} O Sistema Brasileiro de Televisão, SBT, afirmou que gastou R$ 30 milhões na disputa por personagens do entretenimento contra a TV Record. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} A Mesa Diretora do Senado divulgou que anulou um ato administrativo secreto. São 663 atos. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} Depois de sete horas prestando depoimento sobre acusação de vários crimes, Rafael, filho do deputado Wallace, também acusado de autoria de vários crimes, disse em entrevista: “Vou provar minha inocência. Não sou bandido. Sou cidadão de bem”. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} O deputado Gabeira (PV-RJ) afirmou que para contratar a empresa de Produções de sua mulher, em 2004, usou R$ 20 mil de verba indenizatória. Para asseverar sua sinceridade, disse: “Desde que nossa relação mudou de patamar não a contratei mais com verba da Câmara”. E nem por isto baixou o preço do peixe.

} Sem nenhuma autorização de nenhuma associação psiquiátrica para diagnosticar qualquer pessoa, o disciplinado servidor do jornal Folha de São Paulo, Kennedy Alencar, em sua tara por denegrir o governo Lula, fez sua transferência, afirmando: “A popularidade subiu à cabeça de Lula”. E nem por isto baixou o preço do peixe.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.871 hits

Páginas

Arquivos