O QUE É A AMAZÔNIA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA

Apesar do marketing e frisson em torno Floresta Amazônica, o “guerreiro de sempre” não conseguiu trazer tanta gente para prestigiar a 61ª Reunião Anual da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) que acontece em Manaus-Amazonas, no campus da Universidade Federal do Amazonas, e termina hoje, com o tema “Amazônia: ciência e cultura”. Durante a abertura, que foi transmitida ao vivo do Largo de São Sebastião, houve farta distribuição de elogios e babações ao anfitrião desta badalada reunião científica, numa demonstração de que a ciência no Brasil (talvez não só no Brasil) está intimamente ligada à produção industrial em massa e repetição do que já está constituído, reificando e fortalecendo o estado de coisas. Não foi à toa que o “governador da floresta” recebeu um prêmio e é considerado pelos holofotes da mídia científica como “o governador da ciência e tecnologia”. É uma campanha que se arrasta desde o lançamento do Programa Zona Franca Verde e se consolidando com o estabelecimento da Fundação Amazonas Sustentável e o Bolsa Floresta. Simulações para capitalização da floresta.

DES-GOVERNOS POR TRÁS DO DISCURSO AMBIENTALISTA

Podemos lembrar que enquanto o governador estava fazendo palestras em Paris sobre a importância da floresta em pé, dos serviços ambientais para o mundo, as “mazelas amazônicas” continuam existido. E nesta lógica da troca mecânica, a poluição produzida pelos países ricos é um problema que a Floresta Amazônica resolve rapidamente com o “sequestro de carbono” (doravante nome de fantasia da nossa velha conhecida fotossíntese). Se, por algum descuido ou acaso da existência, os pesquisadores brasileiros e estrangeiros que estiverem aqui palestrando e ministrando cursos olharem para os lados e observarem a situação social da cidade, eles talvez tenham consciência da farsa e, quem sabe, em sua reunião final façam uma moção de repúdio ao descaso com que os governantes administram (?) esta cidade e este estado. E neste caso não há como velar, disfarçar a situação em que este estado, com seu governador falastrão, e esta cidade sem prefeito se encontra, ela só reafirma as falácias do circo formado: para se chegar ao campus é necessário passar por pontos intransitáveis da cidade, como por exemplo a Bola do Coroado, ou talvez quem sabe dar um passeio pelo PROSAMIN e sentir aquele cheirinho de podridão que vem se acumulando desde a construção do projeto ditatorial da Zona Franca de Manaus, um dos símbolos de campanha e de preocupação deste governo com o meio ambiente.

PQUENOS ESPETÁCULOS AMAZÔNICOS

A ciência progredindo e nem por isso baixou o preço do peixe. E por falar em peixe, ao visitarmos a Expotec, um galpão localizado no estacionamento da reitoria, encontramos o stand do MUSA (Museu da Amazônia) exibindo aquários com as Espécies amazônicas. Um projeto coordenado pelo físico Enio Candotti, ex-presidente da SBPC, a mais recente invenção megalomaníaca de cunho espetacular, que vai retratar apenas um “pedacinho da Amazônia”. Mais uma atração para compor o quadro turístico da cidade, como o Centro Cultural dos Povos da Amazônia, o Centro de Biotecnologia da Amazônia e outros…

INCÔMODDOS ALÉM DO CALOR DO CALOR DE 39 GRAUS

Ao passear pelos corredores da universidade, percebemos que não era apenas o calor que incomodava os pesquisadores estrangeiros. Havia algo mais. Havia o excesso de vigilância! A presença maciça da polícia militar e das Forças Armadas deram o toque que faltava ao evento. E por onde andavam os índios? O que a polícia militar do governador tem a ver com ciência e tecnologia? As pessoas se aproximavam do stand da polícia para ver o helicóptero usado em suas ações; além disso, o stand das Forças Armadas era o mais visitado de todos, havia sempre uma fila enorme para brincar de tiro ao alvo: um militar ensinava as pessoas a atirarem com armas “verdadeiras” que simulavam o ataque ao inimigo. Um recurso pedagógico para mostrar que o inimigo da Amazônia pode ser invisível, mas está lá! Num ritual de formalização da violência, que deixa fluir os microfascismos disseminados em todos os lugares. A Amazônia, semelhante ao Oriente dos Orientalistas, ainda é sinônimo do exótico, do índio genérico, do inimigo, do exército para proteger, do bicho empalhado e panfletagem, no mais requintado estilo do antropólogo clássico quando afirma que os trópicos cheiram a sexo e violência.

Será que o Progresso da Ciência está a serviço da violência e da simulação?

0 Responses to “O QUE É A AMAZÔNIA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.871 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: