Arquivo para 27 de julho de 2009

BOLSA FAMÍLIA: PAGAMENTO DO NOVO VALOR

Seguindo a orientação da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que tenciona que seja instituída pelo governo o reajuste permanente do Bolsa Família, que atualmente conta com mais de 11 milhões de famílias, pretendendo chegar aos 12 milhões, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, anunciou que o novo valor a ser pago para os inscritos no Bolsa Família acontecerá em setembro.

Aí, moçada bolsista, vamos aguardar a chegada do mês que traz o aumento. De qualquer sorte, já é uma boa perspectiva econômica.

BOLSA-ATLETA: INSCRIÇÃO ABERTA

Bosa-AtletaCom o dia 6 de agosto como data marcada para finalizar, foi aberta hoje, dia 27, a inscrição para o Bolsa-Atleta.

Onde se faz a inscrição? – No site do Ministério dos Esportes.

Para onde enviar os documentos pedidos pelo Ministério dos Esportes? – Secretaria Nacional de Esporte do Alto Rendimento – Programa Bolsa-Atleta, SAN – Quadra 01 Lote “A” Edifício Denit – Brasília (DF), CEP 70040902.

A correspondência só será aceita se conter a data entre 27 e 6 de agosto de 2009.

Como auxílio mensal ao atleta, a Bolsa está assim distribuída quanto ao valor pago a cada atleta.

  • Atleta categoria Estudante > R$ 300;

  • Atleta categoria Nacional > R$ 750;

  • Atleta categoria Internacional > R$ 1.500;

  • Atleta categoria Olímpico e Paraolímpico > R$ 2.500.

QUEM PODE SE INSCREVER

  • Estudantil: ter 12 anos, estar matriculado em escola pública ou privada. Ter alcançado o 1º, 2º ou 3º lugar nas Olimpíadas Escolares ou nas Universitárias em esportes individuais, ou encontrar-se entre os 24 atletas de esportes coletivos classificados em 2008. Também os três primeiros lugares para os atletas da Paraolimpíadas.

  • Categoria Nacional: ter 14 anos, estar associado a uma entidade de prática desportiva: clube. Ter filiação a entidade de administração de sua modalidade estadual: Federação. Nacional: Confederação. Ter participado de competição em 2008, com classificação em 1º,2º ou 3º lugares em evento máximo nacional de administração de sua modalidade. Ou 1º a 3º lugares no ranking nacional organizado por ela.

  • Categoria Internacional: ter 14 anos completos, estar associado a uma entidade de prática desportiva: clube. Ter filiação a entidade de administração de sua modalidade tanto estadual: Federação, quanto, nacional: Confederação. Ter participado de competição em 2008 e classificado em 1º a 3º lugares nos Campeonatos Mundiais de sua modalidade, Jogos ou Campeonatos Pan-Americanos e Parapan-Americanos. Ou Jogos ou Competições Sul-Americanas.

  • Categoria Olímpica e Paraolímpica: Ter 14 anos e estar associado a uma entidade de prática desportiva: clube. Filiado a entidade de administração da modalidade estadual :Federação, e nacional: Confederação. Ter integrado a delegação brasileira na última edição dos Jogos Olímpicos ou Paraolímpicos, na qualidade de atleta.

Clique aqui para se inscrever

UNIVERSIDADES TÊM 90 DIAS PARA RESOLVEREM FALTA DE DOCENTES

Com determinação publicada no Diário Oficial da União hoje, dia 27, a Secretaria de Ensino Superior (SESU) do Ministério da Educação, estabeleceu prazo de 90 dias para várias universidades resolverem suas dificuldades referentes à falta de profissionais em seus quadros docentes.

Além de suspender a abertura de novos cursos e ampliação de vagas em sete instituições universitárias que no Índice Geral dos Cursos (IGE) obtiveram conceitos insuficientes.

A determinação do despacho segue o Decreto 5.786/2006, que afirma que as universidades podem criar ou extinguir cursos e programas, remanejar ou ampliar vagas nos cursos existentes, contanto que cumpram os requisito da Lei: que um quinto dos professores exerçam tempo integral, e que um terço seja mestre ou doutor.

ÍNDICE DE PREÇO AO MERCADO CULTURAL

Compreendendo que as pessoas que analisam e aprovam projetos que buscam patrocínio no governo federal por meio da Lei Rouanet não têm conhecimento de alguns itens do custo destes projetos culturais, o Ministério da Cultura, juntamente com a Fundação Getúlio Vargas, vai produzir um índice específico de preços para dar ao governo uma melhor visão sobre o mercado cultural brasileiro.

É uma mercado que você não tem estatística confiável sobre ele. (…) Então, a gente vai desenvolver um índice mais geral e depois começar a segmentar”, afirmou Cláudio Conceição, editor da revista Conjuntura Econômica, da Fundação Getúlio Vargas.

Para ser publicado em setembro, o índice vai apresentar preços de atividades e produções relacionadas a cinema, teatro, circo, livros, etc. A partir deste índice, os analistas terão mais dados para observar se os custos dos projetos estão corretos e se alguns gastos devem ser cortados. Já que o governo não possui nenhum estudo que demonstre o que a cultura representa na produção do Produto Interno Bruto (PIB).

ECONOMIA DOMÉSTICA ― NO BALANÇO DOS PREÇOS

Frango Assado

CASEIRO OU “BROTÃO”, NÃO PIA O PREÇO DO FRANGO

Vó Juracy (brinca no terreiro com o tiquinho): Corre! Corre! Pega ela! Pega ela! Não deixa ela chegar no canteiro! Corre, Tiquinho! Corre, Tiquinho! Pula!Pula, Tiquinho! Que desse jeito tu vai saltitar que nem Saci-Pererê!

Tiquinho: Ajuda, vó! Ajuda, vó! Se a Diretora pega, ela vai parar na panela!

Dona Candeia (chega no terreiro e corre para cerca a galinha): Deixa comigo, que essa penosa, o destino dela é a panela. E ela não tem a mesma ginga que eu e a Jura! Vai, Jura! Agora! Pega ela! Pega! Fugiu de novo!

Vó Juracy: Deixa ela. Essa ai não vai para a panela! É de sua natureza ficar ciscando no quintal! Só vigia ela para não ir para rua, Tiquinho! Porque aqui nessa cidade o motorista não respeita gente, quanto mais os bichos.

Tiquinho: A Senhora tem razão, vó! Vou prestar atenção nela direitinho (corre para o fundo do quintal).

Dona Candeia: Falando em galinha, essa não era a galinha do almoço do aniversário da Irene?!

Vó Juracy: Ih!, essa galinha já deu muita história. O Pixa deu essa galinha para o preparo do almoço como presente pra Irene. Aí as crianças levaram ela antes de eu ti chamar para matar.

Dona Candeia: Esses meninos! Sempre na molecagem!

Vó Juracy: O problema foi depois na escola. Fui até chamada pela diretora hoje lá!

Dona Candeia: E o que o “Saci”, depois de solto da garrafa, aprontou junto com o Tiquinho e Jacyra? Qual foi a travessura deles?

Vó Juracy: Vou chamar ele para te contar! Tiquinho! Tiquinho! Vem cá, meu filho (Tiquinho entra na cozinha junto com a galinha e a Jacyra). Vem cá, seu moleque (abraça Tiquinho e Jacyra). Conta para a Candeia o que vocês fizeram com a galinha. Conta! Foi muito divertido!

Tiquinho: O Saci disse que a nossa escola está muito triste, e que deveríamos armar umas reinações!

Jacira: Resolvemos levar a galinha do Pixa para a escola e arranjar reinações.

Tiquinho: A primeira travessura que fizemos foi colocar ela na sala de aula como estudante.

Jacira: Quando a professora viu a galinha a cacarejar, dissemos pra ela que era a nova estudante da sala. A professora ficou tão nervosa, tão nervosa que chamou a diretora. Daquele jeito ela não iria dar aula.

Tiquinho: As duas ficaram correndo atrás da galinha na sala toda. Todos riram tanto, tanto que até esquecemos que aquele lugar faz tanto mal a todos nós!

Jacira: E toda vez que elas corriam atrás da galinha, carcarejavam: cocococooooocooorrroooocooocoooo! E todos repetiam: cocococoooorrroooocccooooo! Foi uma alegria só!

Tiquinho: Aí chamaram o professor de Educação Física, seu Raposo, que pegou tanto salto da galinha que desmaiou de cansado. Aí a diretora disse que a galinha ia virar merenda da escola!

Jacira: Então fizemos um protesto. Dissemos que a galinha era o Saci-Pererê transformado, não tinha culpa de não ter merenda na escola, e que ela não tinha o direito de fazer aquilo com o Saci, e que ela deveria reivindicar à Secretaria de Educação a nossa merenda. Então a diretora disse que só entraríamos na escola com os nossos responsáveis. E voltamos com a galinha para casa.

Tiquinho: Ou seja, o Saci (sai pulado junto com a Jacyra numa perna só)! Olha o Saci! Saci! Pererê! Saci! Saci! Tererê!

Dona Candeia: E tu foi lá?

Vó Juracy: Fui não!? E expliquei à diretora que as crianças não tinham culpa nessa história, que tudo isso foi uma travessura do Saci-Pererê, e que conta o preto velho que tudo que viu e falou com o “saci-galinha”, acontece sempre uma desgraça. Aí ela correu pra dentro da sala dela para rezar. Viu só uma coisa dessa!? Eu acho que ela acreditou.

Dona Candeia: No caso dela tem mais é que acreditar. Falando em galinha, e agora o almoço da Irene?! Vai ter não?

Vó Juracy: Se depender da cilada que é esse preço, vai ter não. O Saci dá cambotes e assobia o preço!

Tiquinho (pulando): Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, na Feira da Redeca e na feira móvel do Ajuricaba o preço da galinha de terreiro pequena de R$ 5,00 a R$ 6,00 a unidade. Azeda esse preço aí, Saci!

Dona Candeia: E média, tem não? O Saci dá cambotes e assobia o preço!

Jacira (pulando): Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço da galinha de terreiro média de 12 a 13 tocos a unidade. Azeda esse preço aí, Saci!

Vó Juracy: E a grande, ciscou bastante? O Saci dá cambotes e assobia o preço!

Tiquinho: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço da galinha de terreiro grande de 15 a 18 reais a unidade. Azeda esse preço aí, Saci!

Dona Candeia: E frango sem gelo, hormônio e vitamina? O Saci dá cambotes e assobia o preço!

Jacira: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço do frango que ainda quer ciscar como galinha, tem de 17,00, de 18,00 e vai a 20,00 tocos o kg. Azeda esse preço aí, Saci!

Vó Juracy:E o frango com gelo, hormônio e vitamina, que cresce em trinta dias! O Sacy dá cambotes e assobia ai o preço!

Tiquinho: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço do frango que cresce em trinta dias na taberna, o “brotão”, na promoção, de R$ 2,99, de R$ 3,39 a R$ 3,49, R$ 3,59, e chega a R$ 3,69 o kg. Azeda esse preço aí, Saci!

Dona Candeia: Esse frango que cresce em trinta dias, saltitando no preço, mas que Saci! Tem outra marca não?

Jacira: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço do frango que cresce em trinta dias, no supermercado, na moringa do “Maringa”, 3,15, de 3,19 a 3,29 tocos o kg. Azeda esse preço aí, Saci!

Vó Juracy: Esse frango que cresce em trinta dias, Sacy, muito reinador, atenta esse preço ai!

Tiquinho: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço do frango que cresce em trinta dias ainda no supermercado, “Avis do Pará” e “Pena Branca” no preço e no gelo, iguaizinhos, de 3,29 tocos o kg. Azeda esse preço aí, Saci!

Dona Candeia: Esse frango que cresce em trinta dias! Sacy muito reinador, amarra esse preço aí!

Jacira: Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, o preço do frango que cresce em trinta dias, ainda no supermercado, “Anhambi” de 3,59, e o “Sadia” de 3,65 a 3,69 tocos o kg, congelando a bolso da gente. Azeda esse preço aí, Saci!

Vó Juracy: Eu acho bom todos nós evocarmos mesmo o Saci! Porque com esse preço que está aí.

Todos: Vamos evocar logo esse Saci! Vamos assobiar para ele aparecer logo aí. Saci, Saci, Saci, Saci, oi, ai, oi, ai, oi, ai, vem fazer reinações neste lugar!

Remexe o vento no terreiro

Para trazer na poeira que rodopia

O moleque matreiro

Que vai dar cambotes nesses preços

Saltitante apesar de perneta

O feiticeiro

Vive só a fazer estrepolia

Sova esse preço

Desgalha essa miséria

E faz por toda parte

Onde está este mal

Uma arrelia

Não tem morada certa

É vagabundo expulso dos infernos

Vem ao mundo por ser

Demais perverso e malcriado

Então nessa terra onde vivemos

Dá nó nesse castigo

Contando e amarrando em cada canto

Os inimigos dessa boa gente

Que não tem um bom lugar

Para viver alegremente!

POR FORA DE FUTEBOL

Por fora de futebol“Eu entro em campo para ser feliz.”

Valdivia, craque chileno.

Trave ///////////// A Dendeca não pula. Ela sabe. É a Lei da gravidade quem a faz pular. Sabendo disto, o craque se engravida com a Dendeca. Assim, desta ‘engravidade’ nasce o filho: Gol.

Trave BRASILEIRÃO B A B A B AB A AB A B AB

[00000000] O Vascão estava entre os 4 primeiros. A partida não tinha nada de diferente das partidas A. Primeiro ‘time’, o Vascão fez algumas investidas contra a meta dos ‘carajés’, mas nada de alegrar a Dendeca. O Bahia, como bom baiano, também fazia das suas, mas tudo na base de samba-áxé. Nada de original.

Segundo, ‘time’. Conversa com o professor. 3 minutos e tal, Alex Teixeira guarda a Dendeca. “Vai dormir, meu amor”. Mas Dendeca não foi dormir. 20 minutos e alguma coisa, Nem colocou a Dendeca na rede, fez-lhe uns afagos, tirou-a da rede, passeou com ela, e aos 44 minutos e qualquer mais, levou-a definitivamente para dormir. E o Vascão saiu dos 4. Segundo os ‘vascãoinos’, por enquanto.

°°°°°°°° Pão quente, leite fresco, e fado como agrado. 17 minutos, ou menos, Thiago Gomes, como um Gomes, lusitano, marcou a rede com a Dendeca. A partida, embora em alguns momentos meio que nivelada, ficava mais para a Luzinha. Com os potiguar não se entregando.

Segundo ‘time’, depois do professor, veio os 7 minutos, Héverton acariciou a Dendeca e pronto, Lusona 2. Mas, aproveitando o número da sorte, 13, Lúcio foi e beijou a Dendeca, e ela gostou.

::::::::::::::O figo figa figueira. Macaca não gosta de figo. Talvez em outras eras tenha gostado de algum antepassado do figo. Então, ontem quebrou esta relação amistosa, já que o Figueira conseguiu aos 3 minutos e alguma coisa fazer a Macaca comer um único figo.

XXXXXXXXXXX O Vitória embora não jogando um futebol que faça justiça ao seu nome, conseguiu desembrulhar a ‘coxa’. Não deu outra. Era sábado, mas Leandro Domingues aproveitou a data que não era sua e fez o Vitória lembrar do nome.

E AÍ, ADRIANO, A BOLA CHEGOU?

Flamengo joga amanhã e eu vou pra lá. Vai haver mais um baile no Maracanã. O ‘Mais Querido’ tem Zico, Adílio, Adão e ANDRA, ANDRA, ANDRA, DE, DE, DE… ANDRADE!

Primeiro ‘time’, assim como o segundo, apresentou dois esportes: o velocismo e o Sumô. Grande correria e grande pegação. Os jogadores dos dois times parecia que estavam participando de um torneio de velocidade. “Quem é mais veloz?” Ou um torneio do agarra-agarra. Assim se passou o primeiro ‘time’.

No segundo teve menos pegação, mas o torneio de velocistas continuou. Foi então que em parada do fundismo, Robson mandou um petardo e o Bruno chegou tarde para o tempo que já tinha se feito passado: o Gol. Porém, com grande força de querer, o Mengão estava coeso e crente que poderia marcar. Não deu outra. Adriano, é servido alguns metros da frente da grande área, e manda ver de canhota. Um petardo, e lá vai a Dendeca se esparramar no lamento à esquerda do guarda meta. Adriano atravessa o campo e vai abraçar o ex-craquaço, técnico provisório do Mengão, Andrade.

Deste momento em diante, ao invés do Mengão se satisfazer com o resultado, foi pra cima. Numa destas, em cima, o Mengão descendo pela direita, cruza para o gol, a Dendeca passa por todos, mas não passa pelo jogador do Santos, que faz o gol aos 42 minutos do segundo ‘time’. Gol contra. O resto foi esperar o apito final, e comemorar o fim de 36 anos sem ganhar do peixe na Vila, acabar com série de 5 partidas sem ganhar uma, e ainda tirar uma sarro do ‘Luxembuste’, que estava certo da vitória de seu time.

A beleza da comemoração ‘rubronegrante’ foi a dedicação que Andrade, chorando, fez da vitória ao grande amigo Zé Carlos, ex-goleiro do Mengão, que morreu na semana passada. Grande gesto de Andrade, que no momento que comemorava um grande feito seu lembrou do bom amigo.

~~~~~~ O Baru não conseguiu ir além dos dois do São Paulo, apesar de grande presença durante toda partida. Uma partida, se não foi um bom futebol, merece reconhecimento pela disposição da maioria dos jogadores. Aos 13 minutos e qualquer coisa, Washington voltou a marcar, marcou. Aos 20, Ralf guarda para o Baru, para logo depois, aos 24, André Dias fechar. Mas o Baru continua na parada e muito bem.

;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;Clássico é clássico. Para clássico, gols. E muitos gols. É sempre assim, quando pernambucanos se enfrentam ninguém é tido como melhor. A parada é disputada em campo, meu. Nada de “Tu vai ver que eu sou melhor”. 6 gols não é coisa de pelada. É coisa de vontade de não se entregar. Primeiro ‘time’. 25 minutos, Igor para o Náutico. 39, Fabiano para o Sport. Segundo ‘time’. 2 minutos. Gilmar para o Náutico. 8 minutos, Durval, Sport. 22 minutos. Guto, Sport. 29. Carlinhos Bala para o Náutico. Foi frevo, meu. Todos dançaram sem cansar as pernas. O que os dois times não conseguiram fazer nas partidas anteriores conseguiram fazer nesta peleja.

////////////////// Um parou, e outro está parando. O primeiro está “brincando”. O outro ainda sob o fantasma das Libertadores. Fluzãozinho bem que tentou cruzar a Raposa, mas ficou, não foi eficiente para ir além de um tiro. A Raposa tentou cruzar a si mesma, mas também não conseguiu impedir o pó de arroz. Com o pó não foi além da visão de 1 olhar. Renato ainda não se fez nato.

***************O Bota deixou o fogo, calçou a bota e chutou 3. O Inter, que esqueceu o Nacional, as voltas com a venda do simulado Nilmar, balançou nos 4. Cara, o negócio é o seguinte. Partida de quem está com os objetivos confusos é horrível para ser presenciada. As duas equipes ficaram o tempo todo se equiparando. Daí que seria resultado quase para empate. Ficou nos 3 contra 2. Bota: Welingtom, André Lima e Alessandro. Inter: Andrezinho e Leandrão.

>>>>>>>>>>>>>>>Nos Pampas, que frio é este? Vamos que vamos fazer calor. Santo André: Antonio Flávio, Goulart. Grêmio: Rafael Marques duas vezes e Souza.

Uma peleja para pelejar a mudança da temperatura. O Grêmio trabalhou com afinco, embora ainda não tenha uma equipe determina pronta para disputar com força uma vaga para as Libertadores. A menina dos olhos dos que disputam o brasileirão. O Santo André mostrou que é um operário brioso. Em nenhum momento mostrou-se intimidado pelo esquadrão ‘chimarrãonesco’. Santo e operário. Além do ABCDE…

| 1 2 3 4 5 |#########  OBINA 5 CONTRA 1

Tem um time completo em campo. Tem um time se desfazendo em campo. Tem um auxiliar em campo, um titular na cabine. Tem um técnico vaidoso em campo. Tem um ‘Negão’ em campo. Tem uma Jaca caída saindo. Tem Obina em campo.

Não há o que se comentar. O ‘Negão’ Obina está duplicado: Presidente Prudente e Santos. Em Prudente ele faz 3. Em Santos, 2. É sua metamorfose em Verdão e Mengão.

Dorme o sono dos deuses. Não atende telefone. Não quer registro de telefonema, nem na secretária, ou bina.

º.o0°O¨ DIZEM: “Cuidado, motorista! Atrás de uma bola sempre vem uma criança.”

Nada disto, motorista. Com a bola está a criança!

HOMOFOBIA NA DINAMARCA: A MÁ CONSCIÊNCIA É DOS ‘DESENVOLVIDOS’

Robert Mapplethorpe - Charles and Jim - 1974

Robert Mapplethorpe - Charles and Jim - 1974

A homofobia, como outras formas de violência social, é um produto da má consciência. Nascida da imobilidade que é a autossabotagem do existir, e que é predominante em uma sociedade cultuadora da dor e que cria, como ídolo, a morte, força reacionária que tenta se opor à Vida.

Como má consciência, esse enunciado, para preservar seu existir, precisa eliminar outras formas de expressão que, existindo, tornam a autossabotagem não apenas desnecessária, mas impossível de existir. Por isso a reação extrema: a tentativa de aniquilação.

Daí o filósofo Michel Foucault ter afirmado que o que incomoda a sociedade capturada pela moral do rebanho na homossexualidade é a imprevisibilidade: não se sabe o que pode um corpo sexuado para além das linhas e fronteiras bem definidas da sexualidade domesticada. Aí, o desespero contra os LGBT.

Como a má consciência é um enunciado da sociedade burguesa capitalista, é claro que se espera que, ao mesmo tempo em que se coloque sobre as classes ditas ‘baixas’ a culpa por esta manifestação, ela, ao contrário, seja mais forte onde o capitalismo ‘triunfou’.

Daí não se estranhar, por exemplo, o que ocorreu neste final de semana: atletas que disputavam o World Out Games 2009, evento esportivo-artístico da comunidade LGBT internacional, tenham sido agredidos. A golpes de pedaços de madeira, um norueguês, um sueco e um britânico foram espancados e internados em um hospital da cidade.

Evidência de que nem sempre predomina a idéia supersticiosa de que o lado ‘mau’ do capitalismo se manifesta na população que não goza dos seus privilégios: ao contrário, é quem desfruta das suas benesses, aqueles que estão no topo da pirâmide, os mais sequelados pela má consciência, sem a qual o capitalismo e as desigualdades sociais não seriam possíveis.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.501 hits

Páginas

Arquivos