Arquivo para 13 de agosto de 2009

ARTHUR NO PESO E NA MEDIDA DE IGUALDADE DO CONSELHO DE ÉTICA

A quantidade excessiva de representações enviadas por senadores das duas bandas senatoriais com o objetivo de investigar os senadores José “Imortal” Sarney e Arthur “Orgulho do Amazonas” 5.5% Neto, por quebra de decoro parlamentar, só confirmou a máxima do capitalismo de mercado: abundar para criar o medo da falta. E a falta para ditos parlamentares é a falta da práxis Ética que eles não querem ver vazada para a sociedade, e ela confirme de vez, para si, que estes senadores não possuem força produtiva de políticas capazes de movimentar o Brasil como construtor histórico de seus próprios desejos.

Para dar seguimento à dança miraculante da lógica da abundância, o senador Paulo Duque, do PMDB do Rio de Janeiro, usando de sua nobreza, novamente, engavetou outras representações. Desta feita, as representações apresentadas pelo PMDB contra o senador Arthur “Orgulho do Amazonas 5,5% Neto, para que fosse investigado por quebra de decoro parlamentar. Para o nobre Duque, não há qualquer elemento real nas representações que possam levar o senador amazonense ao Conselho de Ética para ser investigado por quebra de decoro parlamentar. Manter funcionário fantasma, ter contraído empréstimo através de Agaciel e uso de verbas parlamentares para tratamento da saúde de sua mãe, muito além do permitido pelo Senado Federal, nada é real motivo de investigação. O mesmo método de afinidade legislativa usado para engavetar as representações contra o Presidente do Senado, senador Sarney.

Todavia, ao entendimento de grande parte da sociedade brasileira, os engavetamentos provocados pelo nobre inteligente Duque não soa como uma mera decisão de justiça corporativa não. Para ela, responde a pergunta feita por este Bloguinho: “Quem é mais justo? Sarney ou Arthur?”. Os dois! Os dois senadores são justíssimos. Tão justíssimos que hoje, dia 13 – dia da sorte, mas não do Senado -, a maior parte da base aliada e a chamada oposição encontram-se em estágio de trégua de fantasiosos ataques. Mas ninguém se iluda. Daqui a pouco, eles, novamente, crentes que desejo é falta, passam a fantasiar abundâncias de acusações para se iludirem que não lhes falta moral.

Mas cá entre nós, só um Duque para escancarar em público a igualdade de justiça dos senadores José “Imortal” Sarney e Arthur “Orgulho do Amazonas” 5,5% Neto.

A NORMALIDADE DA CMM E DA PMM

Filosoficamente, diz-se que a tentativa de justificação só revela ainda mais as infrações, erros ou corrupções daquele que se justifica. É o caso do presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Luiz Alberto Carijó (PTB), ao tentar justificar a contratação de parentes de vereadores pelo Executivo municipal, vulgo Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), na gestão do prefeito sub judice Amazonino Mendes (PTB).

Aconteceu que, na segunda-feira passada, o estudante Yann Evanovick referiu-se às nomeações realizadas pelo prefeito, cassado pela insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, como uma barganha para que os vereadores votassem a favor dos “projetos”(?) de Amazonino, entre eles o que reduziu as meias-passagens estudantis e oficializou seu pagamento apenas na forma de créditos na carteirinha, acabando com seu pagamento em dinheiro.

Como diz um dos mais antigos ditos populares, “a emenda ficou pior do que o soneto”. Na abertura que o jornal A Crítica, de mãos dadas com quem mesmo, lhe deu, Carijó derrapa e, na queda, demonstra a moral constituída da CMM e de outros lugares, segundo palavras dele:

Isso é assim aqui e em qualquer parte do mundo. (…) Não fizemos barganha nenhuma em prol de votação. Falo em nome da instituição e tenho certeza que os vereadores não fizeram isso. Não posso admitir que se diga que aqui é uma casa de vendilhões.”

GENERALIZAÇÃO DA JUSTIFICAÇÃO

Maria não vai com as outras se não for em bandos na tentativa de compor coletividades/comunalidades democratizantes, mas os edis de Manaus, individualizados e hierarquizados, seguiram seu presidente.

O primeiro, que até teve a excelente idéia(?) de utilizar a tribuna da “Casa do Povo” – como eles estufam o peitinho de pombo em momentos de tagarelice -, foi Leonel Feitoza (PSDB), justificando a nomeação da esposa Rosana Léa Feitoza: “Não me sinto como se tivesse feito algo de errado.”

Isaac Tayah (PTB), líder do prefeito, também justificou a nomeação do irmão, Nathan Tayah, dizendo que não podia “engessar a família, formada por pessoas sérias e competentes”.

A SERIEDADE DA COMPETÊNCIA NA CMM E NA PMM

Acontece ainda que essas pessoas “sérias e competentes”, que não fizeram absolutamente “algo de errado” ganharão salários que chegam a R$ 6 mil, além de a maioria delas não ter qualquer relação com a área de atuação.

Mas uma coisa temos de reconhecer em Carijó – só não tiramo-lhe o chapéu porque não o usamos: ele é sincero, quando diz, sem pestanejar, que não vê nada de anormal nas negociatas da CMM com a PMM. Também não vemos nada de anormal. A CMM e a PMM seguem sua normalidade histórica nos ardis contra a população de Manaus.

Além disso, a sinceridade – como fazem os falsos amantes – é um logro, é má-fé. Colocar uma imagem de si diante do outro de antemão como justificativa para ações vis. Neste caso, justificar o malogro histórico da PMM e da CMM como cabide de emprego.

O que tu sabes fazer?

Tudo. Tudo.

Então vai pra casa, que tu vais receber como funcionário fantasma.

DÉJÀ VU DOS CAMELÔS DE MANAUS

Quase ninguém lembra, devido ao seu incomensurável coeficiente eleitoral, que Arthur “5,5%” Neto já foi prefeito de Manaus. Mas há quem não esqueça tanto ficou cristalizada na memória afetiva a truculência que sofreram durante a remota e acidental gestão do atual senador “Orgulho do Amazonas”. Converse com um camelô daqueles idos para ver se ele não lembra na pele, na cabeça, nos ossos dos cacetetes, coronhas, coturnos, algemas…

AMAZONINO SE IGUALA À FAMA DE ARTHUR

Como a insensata violentação – e existe violentação sensata – se tornou um anátema colado a Arthur, muitos prefeitos passaram ao largo dos camelôs, ignorando-os propositalmente. Mas eis que surge um homem forte, destemido, da velha escola política do falecido senador Gilberto Mestrinho, que não teve pejo, em outros idos, de mandar a polícia pra cima de professores grevistas. E havendo ainda outro motivo/desculpa – a Copa 2014 -, fez-se reunião e, como os camelôs não aceitavam trocar o Centro de Manaus por outra localidade menos visível para si e menos incômoda para a maquiação da “mais bela cidade da América do Sul”, eis que, ontem (12), Amazonino ordenou que a polícia retirasse à força os camelôs. Gritos, choro, corre-corre. Déjà vu. A imagem de Arthur e a de Amazonino se fundiram como a rima entre truculência e falta de inteligência.

Pior pra eles, pois, para os camelôs, nem sequer há soma de seus coeficientes, mas subtração. Pleonasticamente, ainda mais pior, pois os camelôs sabem muito bem usar o gogó.

Tanto melhor pra Manaus quanto mais camelôs-democratas existam!

POR FORA DE FUTEBOL

Por fora de futebol “Eu entro em campo para ser feliz”.

Valdivia, craque chileno.

Trave \\\\\\\\\\\\\\ BRASILEIRANÇA A B B B A A A B A B A B

GALO E PERIQUITO, MESMA ESPÉCIE, MESMOS GOLS

A noite não era para voar pras bandas do Mineirão. O Periquito se emplumou e foi às Alterosas, mas não alterou. Nem o Galo cantou em seu terreiro. Duas dendecadas, uma para cada bicante. Galo Eder Luiz, e Periquito, Ortigoze. Marcão ainda defendeu um penal, daqueles que o cobrador faz que para, vai e não vai, e não vai.

O Periquito soube controlar o meio de campo e impedir de o Galo ciscar. O que levou o técnico do Galo afirmar que o Periquito jogou com seis volantes. Absurdo, pois se tivesse jogado com tantos volantes, teria passado por cima do Galo. O que não aconteceu. Teve até momento em que o Galo tentou mostrar os esporões, mas ficou na tentativa. Foi uma partida bem dizer de um tempo só. No final, tudo ficou como era antes. O Periquito no topo da árvore e o Galo no galho de baixo.

Trave ########## SUDAMERICANA

FL DUAS VEZES ZERO

Minha mãe é Fluminense, e meu pai é Flamengo. Quando os dois vão brigar, minha vó lembra que eles são iguais: os dois começam pelas mesmas letras: FL. Flu e Fla. E eles não brigam.

O melhor do Show foi a torcida. Alegre, desligada e fagueira. O Pó de Arroz disse que se apresentou com reservas. Os Urubuzudas, quase reservas. Adriano não participou. Como os Urubuzudas eram quase, quase ganham. Dominaram o primeiro ‘time’, com direito a duas bolas na amiga trave. Além de manter o tempo todo sob ameaça o meta do Pó de Arroz.

Da aguinha e das falas dos dois professores, foram para o segundo ‘time’. O Pó de Arroz começou faceiro, querendo surpreender os Urubuzudas. Mas só começou. Depois, tudo ficou em feitio de empate. O Pó de Arroz até que, depois dos trinta, tentou um domínio territorial, mas não foi além da cobrança de uma falta, que passou por cima de todos, tanto dos Uribuzudas e dos Pó de Arroz, para Bruno defender com los pés.

No final, com zero para cada gosto, ficou comprovado que tanto o goleiro Pó de Arroz como a trave são grandes defensores.

PERNADAS DO FUTEBOL

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,Era para ser uma partida amistosa. Estônia, ex-território Russo, sem nenhuma tradição de futebol, e Brasil, velha senhora do esporte inglês. Os chamados canarinhos, completos: penas, bicos e pernas. A Estônia, completa de alegria. Os completos em tempo de barbárie sentaram o sarrafo nos anfitriões, que também não amaciaram. Até o pastor Kaká Renascer mandou ver pernadas.

Assim foi que, de pernadas em pernadas, um zagueiro “Estonhês” presenteou o complexado Luís Fabiano, que para seu enraivecimento não desperdiçou, levando-o a afirmar que está ali para fazer gol. Invenção da lâmpada na inteligência do ‘dungante’.

No geral, foi a repetição das partidas com o corpo inteiro do Dunga. Nada menos e nada mais. Só Dunga. Até o placar: 1 a 0. É Dunga, meu povo!

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,ROMÁRIO ESTÁ DE VOLTA, MEU!

O ex-ex-ex-ex-ex-ex-ex-ex…… jogador, Romário, em seu propósito edipiano de realizar o sonho de seu ‘papi’, salvar e jogar pelo América F.C., vai ser inscrito na Federação de Futebol do Rio de Janeiro para disputar o campeonato da Série B. Segundo o presidente do América, sua inscrição é para deixá-lo de sobreaviso caso precise entrar em uma partida na segunda rodada. Jogando no América, ele realiza o grande sonho de seu ‘papi’, vê-lo envergando a maravilhosa jaqueta Del Diablo Bermejo, e ainda ganha uma ponta, se o time subir para primeira divisão.

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,A torcida do São Paulo está proibida de usar máscara do Jason contra o Coringão. Alusão ao apelido do jaca que cai.

Nunca culpe seus pés por suas pernadas. Não são os pés que conduzem as pernas, mas as pernas que conduzem os pés.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.683 hits

Páginas

Arquivos