Arquivo para 27 de agosto de 2009

TEATRO MAQUÍNICO DA AFIN NO CURSO DE PSICOLOGIA DA UFAM

Diálogo 01 por você.

Nas comemorações do Dia do Psicólogo, promovida pelos estudantes de Psicologia da UFAM, entre outras expressões, expressou-se naquele território o Teatro Maquínico da AFIN. Um vetor de produção desejante de práxis de saberes e dizeres sociais constitutivos da teatralidade humana como potência/comunalidade criativa. A estética do existir ontologicamente desmitificada do conceito de beleza ascética abraçada nos“bocejos e sonhos matinais” (Belchior).

Diante de uma platéia acessível ao tema, corte Esquizo-Analítico sobre a Psicanálise, foi encenada “Dialogo Psicanalítico”. Peça maquínica produzida desejantemente pela AFIN do diálogo (?) gravado pelo ex-analisável Jean-Jacques Abrahams com seu analista depois de passar mais 14 anos sob a violenta prisão mistificada da análise interminável sustentada nos dogmas da falta, da triangulação edípica e da castração.

Diálogo 02 por você.

Como dizem os filósofos Deleuze e Guattari, um dia entra no consultório um “analisável” com seu gravador, e pronto: acaba o contrato psicanalítico. É a inclusão do terceiro, que até então encontrava-se excluído do acordo tácito da chantagem analítica, nada simbólica.

Abrahams entra no consultório e resolve gravar a conversa com o doutor. “Isto vai acabar mal”, diz o doutor, apavorado, diante do gravador. É verdade. Tudo “acaba mal”, mas para o doutor. A fraude da Psicanálise é revelada. O doutor torna-se o objeto neurótico do sujeito livre da falta simbólica que vende a psicoterapia freudiana. Uma sessão “ab-reação” (o doutor fala seus “segredinhos sujos” que durante todos os anos tentou ocultar do paciente) que revela todos os truques fraudulentos da técnica de manipular as pessoas e impedir que elas experimentem por si mesmas a vida com sua realidade nada simbólica, como diz Abrahams.

Diálogo 03 por você.

Impotente, diante do projeto existencial do ex-analisando, desfeito de sua couraça psicanalítica, o doutor quer o pai na autoridade da polícia para expulsar Abrahams do consultório. “É o papai que está chamando?”, pergunta ele. O velho inconsciente teatral, cena burguesa edípica com seus personagens, Pai-Mãe-Filho-Fálus. Representações manifestas nas relações cotidianas da vítima, transferidas no momento da análise interminável. As personagens da neurose que só o psicanalista diz ver, ouvir, analisar, compreender e curar. O blefe da cura que sustenta o capital-fetiche do preço da consulta. A libido convertida em estoque e falta, dívida nunca paga com o psicanalista. A mesma conversão do capital em estoque e falta do sistema capitalista, a mais-valia interminável sobre o trabalhador.

O FILÓSOFO SARTRE E O DIÁLOGO GRAVADO DE ABRAHAMS

Certo dia o filósofo Sartre, que era um dos editores da Revista Tempos Modernos, recebeu uma fita com a gravação de uma diálogo entre um paciente e um psicanalista. Como filósofo, escutou a gravação. Ficou impressionado com o conteúdo da gravação. Ainda mais porque escrevera em sua obra maior, “O Ser e o Nada”, um texto sobre Psicanálise Existencial. E mais ainda, porque escrevera o roteiro cinematográfico, a pedido do diretor de cinema John Huston, “Freud Além da Alma”, certo que foi filmado mas com adulteração do original. Então, como filósofo da Liberdade, resolveu publicar. Antes mostrou para seus amigos da Revista. Principalmente o psicanalista Pontalis. Depois de uma certa relutância para não publicar, ficou decidido que fosse publicado. Estamos em 1966. Bons tempos de lutas libertárias para novas transformações. Novos saberes e novos dizeres. 68 vem aí!

Diálogo 04 por você.

O texto correu o mundo, e como o Brasil faz parte do mundo, e, embora muitos não queiram, Manaus também faz parte do mundo, um torto dia (só podia ser torto) conhecemos um dos caras mais importante para o desmonte da fraude que é a Psicanálise, Jorge “Daime” Gouveia, que nos apresentou o texto em uma revista coordenada pela ativista das “loucuras”, Silveira. Aí, não deu outra: hoje faz parte do movimento do Teatro Maquínico. Este que esteve compondo com o pessoal da Psicologia da UFAM, cortes, fissuras, rasuras, dobraduras, “delírios” e disjunções Equizo-Analíticas. Esta coisa de alisamento do espaço estriado com seus buracos negros capitalísticos capturadores dos movimentos moleculares. Esta coisa de devir mulher, criança, negro, operário, homossexual, afro, loucos, artistas, oprimidos, etc, que se pretendem criativos e enunciados e ecos de suas próprias vozes. Um mundo maquínico produtor de desejos, e não de falta, a menina dos olhos da Psicanálise.

Diálogo 05 por você.

ELENCO ENUNCIATIVO

Psicanalista ……………………….. Peterson Colares

Paciente …………………………… Maurício Colares

TÉCNICA-TEATRALIZANTE

Adaptação do texto e encenação …….. Marcos José

CONTRA-REGRA …………………. Evanilson Andrade

TOQUES LÚDICOS …….. As crianças Kalian, Naianaquê

TOQUES LÚDICOS …….. Hannah, Aruã e Vitorinha

ADEREÇOS ESTÉTICOS …………….. Alci Madureira e

ADEREÇOS ESTÉTICOS …………….. Bianca Sotero

AFETOS ESQUIZO-TERAPÊUTICOS …….. Katiane Silva e

AFETOS ESQUIZO-TERAPÊUTICOS ….. … Vinicius Padila

Este vetor-teatral a AFIN oferece ao desconstrutor das verdade da psicanálise e psiquiatria, Jorge “Daime” Gouveia.

LULA NA BLOGOSFERA

Após as eleições de 2006, com a virulência da midiocracia impressa e televisiva, dizíamos que a blogosfera fora fundamental para a reeleição do Sapo Barbudo.

Eis que, segundo notícia na Agência Brasil, na segunda feira será anunciado pelo governo o Blog do Planalto, “com o objetivo de aproximar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dos internautas”.

O blog terá conteúdos multimídia, como textos, áudios, vídeos e infográficos sobre atos e decisões do governo federal. Uma equipe com cinco profissionais será responsável por atualizar as informações.”

Desde sua formação, o blog foi composto de forma democrática, a partir da opinião das pessoas: “O formato do blog foi apresentado pela Presidência da República, em junho passado, durante o 10º Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS). Durante a elaboração da ferramenta, a Presidência abriu uma consulta para saber o que o público quer ler e ver no blog”.

Já está em nossos favoritos!

CPI DA CORRUPÇÃO NOS PERCALÇOS DE YEDA CRUSIUS

De todos os governadores eminentemente de direita eleitos na eleição de 2006, uma das mais grotescas figuras é a da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB). Ríspida, autoritária, violenta, desde as ferinas declarações após a vitória, Yeda vem acumulando denúncias de corrupção e espalhafatosas declarações subsequentes.

Da outra ponta do Brasil (mas na rede não há distâncias), acompanhamos, para o bem dos irmãos sulistas, ansiosamente o desfecho das parlapatices de Yeda. Finalmente, ontem (26), foi instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Corrupção na Assembléia Legislativa do estado, tendo como presidente a deputada Stela Faria (PT).

Por enquanto a CPI girará oficialmente sobre as denúncias do Ministério Público Federal de desvios de verbas públicas e pagamentos de propina, que chegam a uma soma estimada em R$ 44 milhões, pelos quais são responsabilizadas nove pessoas. Dessas, seis, por não ter foro privilegiado, serão “convocados” a comparecer: “o ex-marido da governadora, o professor Carlos Crusius, o ex-secretário Delson Martini, a assessora da governadora Walna Vilarins Meneses, o vice-presidente do Banrisul, Rubens Bordini, e os deputados estaduais Luiz Fernando Záchia (PMDB) e Frederico Antunes (PP)”.

Os outros três a própria governadora, o deputado federal José Otávio Germano, e o presidente do Tribunal de Contas do estado, João Luiz Vargas —, por ter foro privilegiado, apenas serão convidados.

Também serão ouvidas outras pessoas, que terão requerimento de convocação expedidos ainda esta semana, segundo Stela Faria, entre eles “os dois ex-presidentes do Detran, Estela Maris Simon e Sérgio Buchmann. Além deles, devem ser votadas as convocações de Delson Martini e do pai dele, o empresário Delacy Martini. O empresário aparece como comprador de um apartamento da governadora Yeda Crusius, no município de Capão da Canoa, a 135 quilômetros de Porto Alegre”.

YEDA JÁ É FÓSFORO QUEIMADO”

Segundo o blog Diário Gauche, do sociólogo Cristóvão Feil, por onde acompanhamos passo a passo as diatribes de Yeda, “a governadora é fósforo queimado, agora é caso de Polícia e do Judiciário”. E o blogueiro-sociólogo descreve (aqui) o clima que se instalará ao redor da moribunda Yeda e seu bando:

Ontem, eu vi um deputado petista dizendo que buscarão três linhas de investigação: Detran, Solidária e a casa mal explicada e mal havida. Detran e casa, são temas que dizem respeito à governadora, é gastar tempo e trabalho para arrombar portas abertas. Solidária, pode ser. É um ninho cálido de peemedebistas ilustres e robustos. Mas faltam o Banrisul, IPE, Corsan, e outras “fontes de financiamento de campanhas”, no dizer do ilustre secretário da Fazenda, ex-chefe da Casa Civil e ex-homem forte de Pedro Simon, o ex-deputado Cesar Busatto.

POR FORA DE FUTEBOL

Por fora de futebol “Eu entro em campo para ser feliz.”

Valdívia, craque chileno.

Trave//////////////////////// SUDAMERICANA

FLUZÃO, DOS MALES O PIOR

O senador Sarney, presidente do Senado, não estava em campo na partida entre os dois ãos, Fluzão e Mengão. Entretanto, foi uma peleja digna do senador Suplicy. Aconteceram dois cartões vermelhos contra o Mengão. Um cartão leva direto ao senador petista. O que o jogador David recebeu. Com todo respeito a Ditão, o número 3, é muito inimigo da Dendeca. O jovem rapazinho, como não tem porte de zagueiro, quando perde uma jogada – que são muitas -, apela. Quer tirar até o calção do adversário. Pode, mano? Foi expulso. Pode.

Fracassada partida que terminou em 1 para cada lado com dendecadas de Roni, para o Fluzão, e Denis Marques, para o Mengão. Aconteceram alguns lances regulares sem se aproximarem dos bons, muito menos dos excelentes.

Uma classificação do Fluzão boa para o Mengão, que poderá se dedicar mais ao Brasileirança, e tentar, pelo menos, ir para Sudamericana ano que vem. Já para o Fluzão foi o pior. Como já está péssimo no Brasileirança, agora preocupado com dois campeonatos, a coisa vai ficar pior. O jeito é seguir a fórmula – perigosa – de Reanato: brincar.

Trave]]]]]]]]]]]] GALO E BANDEIRA

Enquanto isso, nas alterosas, sentindo a cobrança do Brasileirança, o Galo e os Bandeirantes se pegaram, mas de leve. Nada que pudesse avariar o bico do galo e nem rasurar as bandeiras. Uma dendecada para cada lado. Tchô, para o bicante, e Felipe, para os banderosos. Ninguém ficou fora dos conformes.

Trave########### BRASILEIRANÇA  A B B A A A B A

PEIXE MERGULHA, MAS QUASE SE AFOGA

Meu, parecia os velhos tempos peixeiros. Era peixe para todos os lados. Coisa de Semana-Santa. Nada de carne, só peixe. De saída, o baixinho Madson arrancou pelo meio, foi levando três na velocidade, chegou na cara do goleiro, e manou ver… Que amante da Dendeca. Ela bailou e foi se alojar na rede maravilhosa.

Uma verdadeira piracema. Os Vermelhaços querem se impor em campo. Vão para cima. A partida está aberta, para não dizer arreganhada. Mas era peixe demais. Kleber Pereira ganha uma bola pela esquerda, olha o goleiro meio que adiantado, e solta a Dendeca, em uma velocidade cadente. Tá lá! Segunda dendecada na rede do Vermelhaço.

Mugica, peixe frito, escabeche, muqueca, peixada, caldeirada, peixe demais. Deu um empachamento. Os vermelhaços se acertaram em campo, foram para cima e, em cruzada para a pequena área, apareceu Alecsandro e mandou a Dendeca para o fundo do leito. Partida aberta, mas começou a ficar mais aberta para os vermelhantes. Nova descida, ataque veloz, bola na zona do agrião, aparece como fantasma, novamente, Alecsandro, e pronto… Outro amor. Fim do primeiro ‘time’.

Intervalo para os comerciais, aguinha e parlamento dos professores. Segundo ‘time’.

A parada continua técnica e taticamente em fervura. Os dois times querem a vitória. O peixe mais ainda, está em sua casa. Mas o vermelhante quer subir na tabela, ameaçar o Periquito. E não dá outra: outra dendecada. Outra vez, “sem ser novamente”, Alecsandro. O peixe sente e não sente a batida. Não acusa o golpe. Se arroja. A Dendeca quer os poligâmicos. Então, não dá outro: Kleber Pereira ama outra vez, “sem ser novamente”. Três amores para cada lado. Todos ficam contente com a disputa pela Dendeca. Mas Kleber Pereira, não. Foi expulso no fim da partida.

BARU É QUE É O CORINGA

O personagem do futebol Coringa é aquele que joga em todas as posições. Nesta Brasileirança tem emergido dois Coringas quando se trata de não perder, ou perder mas com brio. Avaí e Baru. Assim que, seguindo este molejo ‘coringano’, o Baru encarou aquele que a tradição resolveu chamá-lo de Coringa, e meteu duas dendecadas. Levou duas também, mas não perdeu. Encontra-se entre os dez primeiros, 1 ponto abaixo do Coringão, que ainda continua tremendo nas bases e no topo. Este Baru não tem medo de cara feia nem bonita. Se é para enfrentar, ele enfrenta.

PERNADAS DO FUTEBOL

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,Dizem que os elementos que envolvem a prática do futebol são cientificamente ultramodernos. Haja vista as transmissões ditas em tempo real, que exigem tecnologias sofisticadas. E quando se fala do futebol europeu, não há o que se questionar. Entretanto, no quesito evolução do pensamento futebolístico, aí o fato se mostra vetusto em seu leito paralisado. Nada de mudanças conceituais.

Não é que o técnico da seleção italiana, Lipi, afirmou que homossexualismo não pode ser cogitado no futebol. A ponta contrária do moderno tecnológico. Muita técnica e pouca, ou nenhuma, liberdade de existir. Quanto pavor discriminatório, meu!

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,Adeus às armas é o que se pode inferir da saída do meteórico – passou pouco tempo – técnico, o bom e cordato, Renê Simões, ao ver no vestiário da Lusa, depois de sua derrota diante do Vila Nova por dois a um, dois conselheiros e dois seguranças armados – policiais militares -, admoestando jogadores e o técnico. Ameaçando todos e exigindo do time vitória. Coisa de filho do Saddam, que, quando seu time perdia, mandava torturar os jogadores.

O fato foi bater no distrito policial, que lavrou um Boletim de Ocorrência para poder apurar os fatos, que, segundo o presidente da Lusa, depois de afirmar que havia armas, passou a negar, dizendo que se tratava tudo de folclore.

Que folclore, meu. E logo com a Lusinha, tão meiga.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.842 hits

Páginas

Arquivos