Arquivo para 28 de outubro de 2009

MINC PROMOVE CURSO DE DESENHO ANIMADO

Hoje, dia 28, no momento da comemoração do Dia Internacional da Animação, em que 400 cidades do Brasil e mais 30 países festejam, o Ministério da Cultura lançou o projeto AnimaEdu de desenho animado, curso de ensino a distância, que permitirá os jovens disputarem vagas no mercado profissional da animação. Para realização do projeto, o Minc conta com as parcerias da Secretaria de Audiovisual, Infraero e a produtora OTTO Desenhos Animados.

Para participar do curso, que é totalmente ‘de grátis’, os interessados devem ter mais de 16 anos, saber algumas noções de desenho, ter computador ligado à internet e scanner.

O curso, que é composto por 18 módulos, dividido em 9 ou 16 aulas, com duração de uma hora duas vezes por semana e com acompanhamento de tutores, irá começar em novembro para ser concluído em janeiro de 2010. Cada aluno receberá um certificado de participação.

A primeira turma será aprovada em caráter experimental, mas há estudos para que depois o projeto atenda um público mais adverso. De acordo com os organizadores do projeto, os formandos poderão atuar na realização de curtas metragens para publicidade, material destinado à internet e a empresas da área de desenho animado.

Quanto ao material didático composto de textos, exercícios e manuais que serão usados durante o curso, o próprio site do AnimaEdu disponibilizará. Mas só será adquirido por quem estiver matriculado no curso.

Aquele que estiver interessado em participar do curso, já pode se matricular a partir de hoje. Para isso, basta acessar o site:

www.animaedu.com.br

Acessa, mano! Mostra teu talento! Como diz o filósofo francês Bérgson: “O desenho é a forma do movimento”.

PROJETO “FICHA LIMPA” E OS DEPUTADOS

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) está agindo com firmeza para que os 33 deputados que apoiaram a tramitação do Projeto Popular “Ficha Limpa” agilizem sua votação. Para isso, está colocando e-mail para os que assinaram o Projeto, para que todos cobrem dos deputados a votação da matéria.

Está mais do que na hora para solicitarmos uma intervenção urgente por parte dos 33 deputados que apoiaram o projeto assim que ele chegou ao Congresso, e o subscreveram para que pudesse iniciar sua tramitação. Eles podem pressionar pela tramitação e aprovar”, enuncia o e-mail.

De determinação do MCCE, Cáritas arquidiocesana, confederação de organizações humanitárias da Igreja Católica e do Movimento do Ministério Público Democrático, a Campanha “Ficha Limpa”, através do Projeto Popular, objetiva que já nas eleições de 2010 só possam se candidatar aqueles que não tiverem nenhum processo criminal junto ao Judiciário. Aquele que tenha ficha limpa.

INCLUSÃO DIGITAL NAS COMUNIDADES

Foi publicado hoje, dia 28, no Diário Oficial da União, o Decreto presidencial que institui o Programa Nacional de Inclusão Digital nas Comunidades. Telecentros BR. O Programa visa a implantação de novos centros e o fortalecimentos dos já existentes, objetivando a ampliação da inclusão digital.

Na prática comunitária, trata-se do acesso público e gratuito às tecnologias da informação e da comunicação (TIC’s), com computadores conectados à internet disponíveis para usos variados, até navegação livre, tudo sem fins lucrativos.

Para atuar nos telecentros serão oferecidas bolsas de auxílio financeiro para jovens monitores e formação de monitores bolsistas e não bolsistas. Haverá oferecimento de conexão e computadores.

Sob a coordenação dos Ministérios da Ciência e Tecnologia, da Comunicação e Planejamento, o Programa deve ter a adesão dos órgãos federais, estaduais, municipais e da sociedade civil que se encontram comprometidos com a implantação e funcionamento de espaços públicos e comunitários de inclusão digital da população.

A FALOCRACIA EVIDENTE NA PROPAGANDA DO PP AMAZONAS

Para o Partido Progressista, a imagem da mulher moderna.

Para o Partido Progressista, a imagem da mulher moderna.

Propaganda do PP, veiculada na televisão manauense ontem, e que mostrava a deputada federal Rebecca Garcia, fechou com a sentença: “só uma mulher sabe bem arrumar a casa”.

Evidência de uma política que tem menos por interesses o Bem Comum do que preparar armadilhas para o povo, a sentença transborda uma subjetividade falocrática: onde os signos constituem uma hierarquização a partir do Homem, e que organiza os outros objetos a partir dele.

Assim, a mulher tem um lugar fixo nesta sociedade: seja na família, no trabalho, em qualquer outro espaço social, predomina sempre numa condição de subalternidade à força hominista. Os espaços de atuação são reduzidos à improdutividade e à imobilidade no plano das produções materiais e imateriais. A ‘mulher’, no plano cultural, se constitui existencialmente a partir do homem. Nada de democracia, já que não reflete o Desejo-Comunalidade, mas apenas as inseguranças existenciais de alguns grupos.

Assim, no plano político, o PP sentencia aquilo que ele professa no plano de suas relações institucionais. Não por acaso, Rebeca é filha obediente ao pai, o ex-deputado federal Francisco ‘sortudo‘ Garcia, dono de concessão pública de TV, a qual hospeda a grande maioria dos tele-miserabilistas manoniquins. Fato comprovado por uma das ‘filhas’ de Garcia, a deputada estadual Conceição Sampaio (cujo grande trabalho jornalístico, segundo ela mesma, foi entrevistar o ex-jogador Roberto Dinamite no vestiário do Vivaldo Lima, este só de toalha), que afirmou recentemente que não é dona dos próprios votos, mas que estes são conseguidos graças à exposição em horário de almoço, na referida tevê. A deputada furtou-se ao trabalho de acrescentar: à guisa de exploração da miséria social. E de incorrência em ato inconstitucional, quando subloca espaço televisivo concedido pela sociedade através dos governos em nome do lucro, desviando a função legal (pedagógica, educativa) dos meios de comunicação.

Ordenado de acordo com interesses diversos daqueles produzidos pela razão e engendrados como movimento desejante, o PP segue a linha da maioria dos grandes partidos brasileiros: não são produtos da polivocidade produtiva de um povo, mas como afirma o republicano jornalista Mino Carta, são apenas clubes nos quais os membros têm interesses privados. Daí não sentir quando a sentença discriminatória passa pelo seu programa. Ao contrário, talvez a pense até meritória. “Lugar de mulher é na cozinha”. Bem definida, bem domesticada. Longe da possibilidade de suspeita de que essa condição de mulher não passa de armadilha.

Daí ser impossível fazer uma política no plano de produção do Novo. O produto “mulher” que é oferecido pelo PP na sua propaganda televisiva é fetichizado, esvaziado da sua potência de agir, transformado em objeto submetido a interesses exógenos. O que apenas confirma a condição de partido de direita que ele, PP, professa.

GOVERNADOR REQUIÃO, EM DECLARAÇÃO ESTÚPIDA, ASSOCIA CÂNCER DE MAMA A “PASSEATAS GAYS”

“A ação do governo não é só em defesa do interesse público, é [em defesa] da saúde da mulher também. Embora hoje câncer de mama seja uma doença masculina também, né? Deve ser consequência dessas passeatas gay.”

As palavras acima foram ditas pelo governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), durante programa na TV Educativa do estado, no momento em que convidava o secretário Gilberto Martin para anunciar ações de controle ao câncer. Este ainda tentou remediar a declaração de Requião:

“Em menor incidência, em menor número de casos, também atinge o homem. O homem também tem que tomar os seus cuidados em relação ao câncer de mama. Então, bem lembrada pelo governador essa preocupação.”

Mas não tinha mais jeito, a declaração foi notícia em praticamente toda a grande imprensa.

Não se sabe se o preconceito, primeiro por desconhecer que o câncer de mama em homens não é um problema de “hoje”, conforme o advérbio empregado na nefasta declaração, e, segundo, mais grave ainda, pela estupidez de relacioná-lo com as “passeatas gay”, como ele se referiu às imensas paradas gay que movimentam o mundo gay pelo Brasil inteiro.

Outra coisa que não se percebe pelo tom da declaração se ela o foi proferida por indecifráveis razões ou se o foi por gracejo. No entanto, isso não vem ao caso, uma vez que de uma forma ou de outra ela o foi estupidamente fascista.

A POSIÇÃO DA ABGLT

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), que tem sede justamente em Curitiba, entrou com o pedido de uma reunião para discutir o andamento da implementação das propostas aprovadas pela 1ª Conferência Estadual LGBT, realizada em 2008. “Afinal, consideramos o senhor um aliado. Estamos juntos contra todas as doenças, inclusive o câncer de próstata”, diz o pedido assinado pelo presidente da associação, Toni Reis.

E o pedido da ABGLT analisa também a preconceituosa declaração de Requião: “Sabemos que Vossa Excelência gosta muito de humor e realmente o humor ajuda os discursos a serem entendidos melhor pela população. Infelizmente, seu comentário na “escolinha’ do governo do dia de hoje, colocando que o câncer de mama em homens deve ser uma consequência das passeatas gays (sic) não foi de bom tom. Felizmente, a plateia não deu gargalhadas e o Secretário de Estado da Saúde, Gilberto Martin, foi feliz nas suas colocações a respeito.”

Para quem acompanhou as eleições para governador no Brasil, em poucos lugares a disputa foi tão acirrada e a posição da mídia tão parcial, no caso de Curitiba, contra Requião, que o levou a fazer um desabafo contundente contra a mídia na época, agora, ele não deveria dar nenhum motivo para se tornar manchete de notícias como essa.

Pior que isso, Requião incorreu num crime que ele, como governador de um dos estados que mais tem avançado no respeito aos direitos GLBT, não deveria incorrer: a homofobia.

FUNCIONÁRIO PÚBLICO, PARABÉNS PELA PRÁXIS DEMOCRÁTICA!

A função é um modus de operar em processual produtivo. Ser funcionário é ser o sujeito operador desse processual de produção. Público é o que é si mesmo por si mesmo. Abrangência social que nada lhe escapa e se movimenta por si mesmo e para si como práxis democrática. Como funcionário público, o sujeito social produtivo sustenta e coloca em ação a sociedade organizada como corpus de Estado do regime democrático. Corpus Geo/Político/Jurídico/Administrativo.

Na práxis múltipla das relações funcionais produtivas do funcionário público, ele fundamenta os valores das instituições sociais que compõem o corpus Estado. É ele quem faz funcionar o sistema estatal coordenado com sociedade. Seu fator-trabalho é único e exclusivamente voltado ao atendimento satisfatório da população, posto que ele é também o próprio Estado. Desta forma, sua funcionalidade é exclusivamente uma ordenação pública-estatal. Fato que no regime democrático essa funcionalidade surge como defensora e propagadora da política democrática produtora de cidadania. Ou seja, a democracia e a cidadania estão intrinsecamente ligadas ao seu trabalho de funcionário público. Visto que a normalidade da sociedade organizada como Estado depende de seu trabalho sustentador dos valores institucionais.

Sendo assim, o funcionário público transcende as determinações imperiosas dos governos. Como sujeito funcional do Estado, ele age nos seguimentos enunciados pelas leis do Estado. Não necessita das determinações dos governos para ser o operador público produtivo. Todavia, muitas vezes, essa funcionalidade pública é capturada e paralisada pelas ideias particulares dos governos. Então, alguns funcionários desviam-se de sua função pública estatal e passam a reagir de acordo com as determinações desses governos. Submetem sua força produtiva às decisões privadas dos governos em detrimento a sua funcionalidade pública. Por força dessa submissão, é alojado no interior das instituições o enfraquecimento dos valores institucionais públicos. Assim ocorre com a maioria dos cargos de confiança em que os funcionários, por razões pessoais, procuram trabalhar mais para agradar os governantes do que à instituição, atingindo de maneira maléfica a população. Quase sempre colocando a população contra o Estado.

Ele é o funcionário-capacho. O que todo governo anti-democrático cultua como seu aliado para seus propósitos além da democracia. Inclusive, transformando-o em cabo eleitoral para servi-lo como agente “funcional” à sua eleição ou de comparsas. O que acontece normalmente nos governos municipal e estadual de Manaus e do Amazonas. Para esses funcionários-capachos a ética do funcionalismo público não existe. O que existe são seus interesses pessoais, que estão acima do trabalho social entrelaçado com os interesses da sociedade. Que a população sofra por falta de seus serviços eficientes, não importa. O que importa é que eles agradem seus governantes.

Como a função desses funcionários-capachos é servir seus governantes, e os governos, embora devam governar – muitas vezes não governam – com as leis do Estado, entretanto não são o Estado, esses funcionários-capachos não são democraticamente funcionários públicos. Sendo assim, eles não têm nenhuma relação com o dia 28 de outubro. Dia do Funcionário Público. O que merece as parabenizações!


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.959 hits

Páginas

Arquivos