Arquivo para 4 de janeiro de 2010

FUJIMORI, DITADOR PERUANO, É CONDENADO A 25 ANOS DE PRISÃO

 

EL CÓNDOR VOA LIVRE SOBRE O DITADOR!

 

Ao final de um julgamento que durou quinze meses, a Corte Suprema de Justiça do Peru condenou o ditador peruano Alberto Fujimori a 25 anos de prisão. O ditador é o primeiro exemplar da América do Sul condenado à prisão depois de ter sido eleito pelas leis democráticas do Peru. O que não impede uma análise da forma como se deu sua eleição, posto que sua própria conduta na direção do país já deixa visíveis sinais para se acreditar que se tratou de eleições corrompidas.

O ditador Fujimori, como a personagem principal da política peruana nos anos de 1990 a 2000, não economizou sua truculência contra todos que acreditava serem inimigos de sua democracia. Na verdade, inimigos de seus interesses familiares e de seus companheiros de saque das coisas públicas.

Em nome da segurança interna do país, o ditador impôs uma das mais cruéis, violentas e sangrentas ditaduras da América do Sul, com grande semelhança às outras ditaduras que se fizeram vigorar durante as décadas de 60, 70 e 80. Suas ações criminosas começaram quando determinou a prisão, sequestro, tortura e morte de membros, parentes e suspeitos de pertencerem ao grupo guerrilheiro, surgido na década de 60, Sendero Luminoso, grupo que contava com a simpatia do conhecido militante escritor peruano, que morreu em acidente de avião, Manuel Scorza, autor de obras que inquietaram a burguesia latina americana por tratar de temas que colocavam os proletários, principalmente os camponeses, índios e mestiços, lutando por suas liberdades do julgo dos latifundiários, como surge no romance “Garabombo, o Invisível”.

Os crimes pelos quais o ditador Fujimori foi condenado são os mesmos praticados por todos os ditadores: abuso de poder, prisão arbitrária, sequestro, assassinato, suborno a jornalistas, empresários, políticos da oposição e morte de vinte e cinco pessoas.

Além dessa condenação, o ditador vai ter que pagar indenizações às famílias das vítimas assassinadas por ele e seu clã nazista.

OS ‘OUTS-DOR’ DOS DEMOCRATAS DE MANAUS

LÓGICA DO MARKETING: LUGAR DE MERCADORIA É NA RUA.

Fim de ano. Congratulações, votos de solidariedade, promessas, expectativas e exibicionismos classistas. Os auto-cognominados políticos deram o ar de suas intenções à população.

Como soe acontecer todo fim de ano nessa bela Princesinha do Norte, daí não poder deixar de ocorrer nessa enganosa passagem, os impulsos fantasiosos dos auto-cognominados se fizeram presentes.

Lá estão nas ruas e avenidas, da cite maltratada, expostos às chuvas, ao calor e à zombaria, os personagens da esdrúxula cena manauara. Governador, prefeito, senador, deputado federal, estadual, vereador, todos com auréola da “santificada-política” manoniquim.

Todavia, a visível estreiteza de inteligência e de verdades apresentadas nos conteúdos dos ‘outs-dor’, enunciando fabulações exacerbadas contrárias às verdadeiras performances dos personagens, manifestas em um triste senso narcísico que só pretende iludir, a população, vivendo numa perversa realidade, compreendeu o objetivo de tamanha “cristandade”. Até de comunista ateu capitalista. Entendeu, recorrendo ao método comparativo, que os ‘outs-dor’ são mais uma armadilha em caça de votos do que uma confirmação de engajamento político.

Desta forma, senhora dessa certeza, a população infere dos ‘outs-dor’ que eles estão nas ruas e avenidas apenas para confirmação do que já fazem todos os anos: ocultar a Manaus real, submersa na pobreza contagiante, por meio do marketing de todos “os santos dias”. O que já é do domínio da opinião pública de Manaus.

Assim, polegar para cima, casal vitorioso, senador amoroso, entre outros, só servem de mote para a glosa debochada de eleitores que jamais soem acontecer como meros replicantes dos auto-cognominados.

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

CASAMENTO COLETIVO GAY EM NEW HAMPSHIRE

Na virada do ano, diversos casais de gays programaram seus casamentos em New Hampshire, isso porque ele se tornou o sexto estado norte-americano a permitir o casamento de pessoas do mesmo sexo.

Quem assinou o decreto foi o governador democrata John Lynch, que deixou claro em seu documento a igualdade de direitos entre os casais ditos heterossexuais e os homossexuais.

Da mesma forma, os casamentos gays que por ventura tenham ocorrido ou venham a ser oficializados em outros estados também serão contemplados pela nova lei, que os autentificará.

MULHER PROCURAVA SEU PAI PERDIDO E ENCONTROU UMA TRAVESTI

Quando Emily Wallis procurou o pai que ela nunca conheceu tinham mais em comum do que ela esperava … incluindo o seu gosto em sapatos, vestidos e maquiagem. Em vez do “Garanhão Italiano” como sua mãe Ann tinha descrito, Clive Harrison é agora uma Travesti que se chama Chloe, e tem oitenta e dois pares de sapatos de salto alto.

Emily, 22, diz: “Chloe estava espremida em um vestido prata e usando maquiagem e uma peruca”. Eu não tinha ideia do que fazer, então eu disse: “Você parece melhor do que eu … e eu realmente gosto de seus sapatos”.

Emily acrescenta: “Durante anos eu tinha sonhado com todos nós juntos. Eu ainda nutria uma secreta esperança de que Clive e minha mãe poderiam ficar juntos novamente. Mas quando vi meu pai eu percebi que certamente não era isso que ia acontecer!”

Emily era uma adolescente quando sua mãe deu a notícia devastadora de que o homem que a criou não era seu verdadeiro pai. Depois de se recuperar do choque, ela imediatamente começou a procurar o boxeador tatuado que tinha se mudado para a Austrália antes de sua mãe poder dizer-lhe que estava grávida.
Desde a tenra idade Emily tinha uma estranha sensação de que ela não pertencia inteiramente para a família com que ela cresceu, com uma irmã mais velha e dois irmãos mais velhos. Mas ela continuou a ver o homem que ela pensava ser seu pai, mesmo depois que seus pais se divorciaram quando ela tinha sete anos.

“Meu pai sempre esteve mais perto de minha irmã, mas não tinha ideia de que eu não era sua filha”, diz Emily. “Ele não sabia que minha mãe tinha tido um caso com Clive quando ele esteve na nossa casa. Quando eu era jovem, eu me lembro de pensar que não se parecia com a minha irmã. Quando eu a via jogar com meus irmãos, eu pensava, ‘Por que eu não gosto deles?'”

No entanto, quando ela tinha 19 anos, sua mãe começou a contar-lhe sobre um antigo namorado chamado Clive.

“Ela me disse que ele era um homem alto, bronzeado, que ela o tinha apelidado de O Garanhão Italiano.” Então, de repente ela falou: “Ele é seu pai verdadeiro.” Meu queixo caiu, mas de repente tudo fez sentido. Houve muitas lágrimas e eu implorei a ela para me ajudar a encontrá-lo.

Ann, que vive em Hastings, East Sussex, disse a Emily, que na verdade ela havia encontrado Clive um ano antes, em 2005, em sua cidade natal de Herne Bay, em Kent. Ela também disse que ele tinha uma filha, mas pediu-lhe que ele não entrasse em contato com Emily.

“Ele tinha deixado o seu número de telefone com a minha mãe, mas ela perdeu”, diz Emily. Durante dois anos, Emily embarcou em uma jornada para reunir sua mãe com o seu “verdadeiro amor.” Mas foi só no início deste ano que um velho amigo, disse a Ann que Clive agora estava de volta em Margate … e soltou a bomba que ele estava vivendo como uma mulher.

“Minha mãe entrou em contato com ele e ele pediu para dizer-me que estava com medo de que eu estaria envergonhada. Levou três meses para minha mãe convencê-lo de que eu ficaria bem com ele. Fiquei muito nervosa quando fui ao seu encontro em um bar perto do seu apartamento. Quando ficamos cara a cara, o encontro foi muito emocionante. Nós nos abraçamos e não conseguíamos parar de chorar. Então reparei que tínhamos o mesmo queixo. Chloe dizia que estava arrependida, mas eu não estava com raiva,” diz ela.

Clive disse que ele era casado quando começou o caso com Ann, mas ele tinha lutado com a sua sexualidade todos esses anos. Com cinco anos de idade ele secretamente se vestia com roupas de sua mãe. Desde então, ele passou por três casamentos, satisfazendo seus desejos secretos depois de escurecer, vestido de mulher.

Em 2003 ele tornou-se tão revoltado com sua genitália masculina que ele tentou realizar uma mudança de sexo tentando empurrar seu pênis para dentro de si. Perdeu a libido e tornou-se completamente celibatário e começou a se vestir como uma mulher da noite. Passou a se chamar Chloe e sentiu-se finalmente livre. Ela agora está à espera de uma operação de mudança de sexo completa.

Emily não poderia estar mais feliz por ter encontrado seu pai biológico. “Eu não a vejo como pai ou outra mãe, ela é apenas Chloe e sou grata por tê-la em minha vida.”Estou orgulhosa dela e estarei ao seu lado no leito do hospital quando ela fizer a operação de mudança de sexo.

Ann, 47, diz: “Estou triste que Clive não está mais próximo, mas eu sou a melhor amiga de Chloe agora. Eu sempre acreditei que ele era o meu verdadeiro amor. Quando nos encontramos de novo fiquei chocada ao vê-lo vestido como uma mulher e obviamente, nunca vai acontecer de ficarmos juntos novamente”.

Chloe, emocionada, acrescenta: “Emily diz que me ama. Eu não posso acreditar como sou sortudo. Cinco anos atrás, eu estava tão infeliz, eu queria morrer, mas agora tudo está dando certo. Eu estou na lista para uma mudança de sexo e eu encontrei Emily. É como ser uma nova mãe na idade de 52 anos.”

reproduzido da Central de Notícias Gays

EX-SARGENTOS GAYS DO EXÉRCITO CRIAM ABRIGO LGBT

Quem não lembra de Fernando de Alcântara e Laci Araújo, que em junho de 2008, então sargentos do Exército, assumiram sua homossexualidade, sendo então perseguidos, presos e finalmente expulsos, caso que acompanhamos pari-passo nesta mesma coluna.

Pois bem, agora nos chega a bela notícia de que o casal fundou o Instituto Ser de Direitos Humanos, cuja “ideia inicial era montar uma ONG para ajudar os Homossexuais que atuam nas Forças Armadas e sofrem discriminação”. E dentro deste instituto, eles estão “prestes a inaugurar o Abrigo do Ser, que acolherá cerca de 30 jovens GLBTs, de 15 a 19 anos, que sofreram preconceito e foram expulsos de casa por conta de sua orientação sexual”. Além da moradia e refeições, os jovens terão aulas de trabalhos manuais e cursos profissionalizantes.

A iniciativa demonstra que Fernando e Laci não se deixaram reduzir ou dominar pela força tirânica retrógrada do Exército e estão atuando para minar a violentação de duas das mais totalitárias instituições: o quartel e a família.

DORIAN GRAY COM BEIJO GAY

Adaptação do romance de Oscar Wilde O Retrato de Dorian Gray está sendo rodado no Reino Unido e deve estreiar ainda em 2009. Dorian Gray conta a história de uma personagem de mesmo nome que, no fascínio que sua beleza desperta nos outros e em si próprio, faz uma espécie de pacto ao desejar que um retrato seu pintado pelo pintor Basil Hallward envelheça enquanto ele, Dorian, permanece jovem. Sendo adaptação do autor que em plena Era Vitoriana resolveu ousar dizer “o amor que não ousa dizer seu nome”, no filme haverá cenas gays, sendo uma das mais badaladas antes da estreia do filme a que ocorre entre os atores ator ingleses Ben Barnes e Ben Chaplin, que prenuncia uma transa entre ambos.

78 DIREITOS NEGADOS AO GAYS

Sabe-se que muitos dos códigos de leis obsoletos que perseveram no Brasil varonil servem àqueles que querem locupletar-se do poder do que a uma vivência coletiva democrática. Grande parte da população não teve garantidos os artigos primeiros da Constituição. No caso dos gays, determinadas leis são antiquadas e homofóbicas, assim como a posição daqueles que a reforçam e garantem sua continuação. E, apesar de um avanço nos últimos anos, um estudo feito pela ONG Leões do Norte, de Recife, sobre a legislação vigente identificou um total de 78 direitos que são negados aos gays no brasucas, o que afirma “a luta de entidades como a ONG na defesa dos homossexuais”. Você homossexual, heterossexual, bissexual, trans, todos deem uma olhada e se envolvam todos na confirmação e observância desses direitos negados aos gays, pois se o mundo é gay, são direitos de todos:

  1. Não podem se casar.
  2. Não têm reconhecida a união estável.
  3. Não adotam sobrenome do parceiro.
  4. Não podem somar renda para aprovar financiamentos.
  5. Não somam renda para alugar imóvel.
  6. Não inscrevem parceiro como dependente de servidor público.
  7. Não podem incluir parceiros como dependentes no plano de saúde.
  8. Não participam de programas do Estado vinculados à família.
  9. Não inscrevem parceiros como dependentes da previdência.
  10. Não podem acompanhar o parceiro servidor público transferido.
  11. Não têm a impenhorabilidade do imóvel em que o casal reside.
  12. Não têm garantia de pensão alimentícia em caso de separação.
  13. Não têm garantia à metade dos bens em caso de separação.
  14. Não podem assumir a guarda do filho do cônjuge.
  15. Não adotam filhos em conjunto.
  16. Não podem adotar o filho da parceira.
  17. Não têm licença-maternidade para nascimento de filho da parceira.
  18. Não têm licença maternidade ou paternidade se o parceiro adota um filho.
  19. Não recebem abono-família.
  20. Não têm licença-luto, para faltar ao trabalho na morte do parceiro.
  21. Não recebem auxílio-funeral.
  22. Não podem ser inventariantes do parceiro falecido.
  23. Não têm direito à herança.
  24. Não têm garantida a permanência no lar quando o parceiro morre.
  25. Não têm usufruto dos bens do parceiro.
  26. Não podem alegar dano moral se o parceiro for vítima de um crime.
  27. Não têm direito à visita íntima na prisão.
  28. Não acompanham a parceira no parto.
  29. Não podem autorizar cirurgia de risco.
  30. Não podem ser curadores do parceiro declarado judicialmente incapaz.
  31. Não podem declarar o parceiro como dependente do Imposto de Renda (IR).
  32. Não fazem declaração conjunta do IR.
  33. Não abatem do IR gastos médicos e educacionais do parceiro.
  34. Não podem deduzir no IR o imposto pago em nome do parceiro.
  35. Não dividem no IR os rendimentos recebidos em comum pelos parceiros.
  36. Não são reconhecidos como entidade familiar, mas sim como sócios.
  37. Não têm suas ações legais julgadas pelas varas de família.
  38. Não têm direito real de habitação, decorrente da união (art.1831 CC).
  39. Não têm direito de converter união estável em casamento.
  40. Não têm direito a exercer a administração da família quando do desaparecimento do companheiro (art.1570 CC).
  41. Não têm direito à indispensabilidade do consentimento quando da alienação ou gravar de ônus reais bens imóveis ou alienar direitos reais (art.235 CC).
  42. Não têm direito a formal dissolução da sociedade conjugal, resguardada pela lei.
  43. Não têm direito a exigir que cesse a ameaça, ou a lesão, a direito da personalidade, e reclamar perdas e danos na hipótese do companheiro falecido (art.12, Par. Único, CC).
  44. Não têm direito a proibir a divulgação de escritos, a transmissão da palavra, ou a publicação, a exposição ou a utilização da imagem do companheiro falecido ou ausente (art.20 CC).
  45. Não têm direito a posse do bem do companheiro ausente (art.30, par. 2º CC).
  46. Não têm direito a deixar de correr prazo de prescrição durante a união (art,197, I, CC).
  47. Não têm direito a anular a doação do companheiro adúltero a seu cúmplice (art.550, CC).
  48. Não têm direito a revogar a doação, por ingratidão, quando o companheiro for o ofendido (art.558, CC).
  49. Não têm direito a proteção legal que determina que o companheiro deve declarar interessa na preservação de sua vida, na hipótese de seguro de vida (art.790, parág. Único).
  50. Não têm direito a figurar como beneficiário do prêmio do seguro na falta de indicação de beneficiário (art.792, CC).
  51. Não têm direito de incluir o companheiro nas necessidades de sua família para exercício do direito de uso da coisa e perceber os seus frutos (art.1412, par. 2º, CC).
  52. Não têm direito de remir o imóvel hipotecado, oferecendo o valor da avaliação, até a assinatura do auto de arrematação ou até que seja publicada a sentença de adjudicação (art.1482 CC).
  53. Não têm direito a ser considerado aliado aos parentes do outro pelo vínculo da afinidade (art.1595 CC).
  54. Não têm direito a demandar a rescisão dos contratos de fiança e doação, ou a invalidação do aval, realizados pelo outro (art.1641, IV CC).
  55. Não têm direito a reivindicar os bens comuns, móveis ou imóveis, doados ou transferidos pelo outro companheiro ao amante (art.1641, V CC).
  56. Não têm direito a garantia da exigência da autorização do outro, para salvaguardar os bens comuns, nas hipóteses previstas no artigo 1647 do CC.
  57. Não têm direito a gerir os bens comuns e os do companheiro, nem alienar bens comuns e/ou alienar imóveis comuns e os móveis e imóveis do companheiro, quando este não puder exercer a administração dos bens que lhe incumbe (art.1651 do CC).
  58. Não têm direito, caso esteja na posse dos bens particular do companheiro, a ser responsável como depositário, nem usufrutuário (se o rendimento for comum), tampouco procurador (se tiver mandato expresso ou tácito para os administrar) – (art.1652 CC).
  59. Não têm direito a escolher o regime de bens que deseja que regule em sua união.
  60. Não têm direito a assistência alimentar (art.1694 CC).
  61. Não têm direito a instituir parte de bens, por escritura, como bem de família (art.1711 CC).
  62. Não têm direito a promover a interdição do companheiro (art.1768, II CC).
  63. Não têm direito a isenção de prestação de contas na qualidade de curadora do companheiro (art,1783 CC).
  64. Não têm direito de excluir herdeiro legítimo da sua herança por indignidade, na hipótese de tal herdeiro ter sido autor, co-autor ou partícipe de homicídio doloso, ou tentativa deste contra seu companheiro (art.1814, I CC).
  65. Não têm direito de excluir um herdeiro legítimo de sua herança por indignidade, na hipótese de tal herdeiro ter incorrido em crime contra a honra de seu companheiro (art.1814, II CC).
  66. Não têm direito a Ordem da Vocação Hereditária na sucessão legítima (art.1829 CC).
  67. Não têm direito a concorrer a herança com os pais do companheiro, na falta de descendentes destes (1836 CC).
  68. Não têm direito ser deferida a sucessão por inteiro ao companheiro sobrevivente, na falta de descendentes e ascendentes do companheiro falecido (art.1838 CC).
  69. Não têm direito a ser considerado herdeiro “necessário” do companheiro (art.1845 CC).
  70. Não têm direito a remoção/transferê ncia de servidor público sob justificativa da absoluta prioridade do direito à convivência familiar (art.226 e 227 da CF) com companheiro.
  71. Não têm direito a transferência obrigatória de seu companheiro estudante, entre universidades, previstas na Lei 8112/90, no caso, ser servidor público federal civil ou militar estudante ou dependente do servidor.
  72. Não têm direito a licença para acompanhar companheiro quando for exercer mandato eletivo ou, sendo militar ou servidor da Administração Direta, de autarquia, de empresa pública, de sociedade de economia mista ou de fundação instituída pelo Poder Público, for mandado servir, ex-officio, em outro ponto do território estadual, nacional ou no exterior.
  73. Não têm direito a receber os eventuais direitos de férias e outros benefícios do vínculo empregatício se o companheiro falecer.
  74. Não têm direito ao DPVAT (Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a Pessoas Transportadas ou Não), no caso de morte do companheiro em acidente com veículos.
  75. Não têm direito a licença gala, quando o trabalhador for celebrar sua união, podendo deixar de comparecer ao serviço, pelo prazo três dias (art.473, II da CLT) e se professor, período de nove dias (§ 3º., do art. 320 da CLT) .
  76. Não têm direito, de oferecer queixa ou de prosseguir na ação penal, caso o companheiro seja o ofendido e morra ou seja declarado ausente (art.100 § 4º CP).
  77. Não têm direito as inúmeras previsões criminais que agravam ou aumentam a pena contra os crimes praticados contra o seu companheiro.
  78. Não têm direito a isenção de pena no caso do crime contra o patrimônio praticado pelo companheiro (art.181 CP) e nem na hipótese do auxílio a subtrair-se a ação da autoridade policial (art.348 § 2º CP).

Para que serve essa sua “realidade”?
Raso realismo, o de vocês.
O argumento da experiência reservada
…………………….é um mau argumento
reacionário.
……………………..Gilles Deleuze


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.143 hits

Páginas

janeiro 2010
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos