Arquivo para 8 de janeiro de 2010

Governar também é investir nas pessoas

deputado federal Praciano (PT-Am)

O ano de 2009 terminou sem que houvesse melhorias na qualidade dos serviços prestados pelo Poder Público em Manaus e no Amazonas. Após sete anos de gestão do governo Braga e um ano do atual prefeito de Manaus, vimos construções de viadutos, estradas, pontes e asfaltamento. No entanto, poucas melhorias ocorreram nos serviços básicos que atingem diretamente a qualidade de vida das pessoas como o transporte coletivo, a educação, a saúde, a segurança e o saneamento.

Todos nós sabemos que as obras são muito importantes para qualquer cidade. O asfalto é importante, os viadutos são necessários, mas governar não é só cimento, obra e empreiteiras. Governar também é melhorar a qualidade de vida das pessoas por meio dos serviços prestados. Hoje, o que percebemos é o contrário: governantes preocupados somente com obras e esquecendo que o povo precisa de serviços de qualidade.

Na Educação, o Amazonas ocupa o 23º lugar na avaliação do Enem/2008 e promessas como o fim do turno intermediário, “o turno da fome”, e a implantação de mil creches solidárias ainda não foram concretizadas pela Prefeitura. Na saúde, vemos as Casinhas da Saúde sem remédios para atender a população. No transporte coletivo, temos uma das tarifas mais caras do País e ônibus velhos, lotados, que quebram a todo momento, sem segurança e agora sem a integração temporal.

Há um sentimento de insegurança em Manaus, há pessoas fechando as ruas com muros e cancelas para se protegerem da violência, enquanto aumentam os assaltos até nos templos religiosos. O governo não tem planejamento, se preocupando apenas em comprar viaturas. Precisamos de mais policiais bem treinados e motivados.

O grande desafio para 2010 e os próximos anos é melhorarmos a prestação dos serviços públicos. Estado e Prefeitura devem adotar um modelo mais eficiente de prestação de serviço, assim como uma empresa, olhando o contribuinte como cliente, dialogando e buscando sempre a satisfação.

A oportunidade de conseguir tudo isso está nas eleições deste ano. Precisamos eleger quem pretende investir nas pessoas e não apenas agradar empreiteiras. Temos que pesquisar a vida dos candidatos, analisar as melhores propostas e, principalmente, cobrar a execução delas, após as eleições.

SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS CONTESTA A PRESIDENTE DA CNA

Diante da posição tomada pela senadora Kátia Abreu (DEM-MT), presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que em entrevista afirmou que o Pano Nacional de Direitos Humanos é contra o setor rural e “representa uma tentativa de segregar o agronegócio”, a Secretaria Nacional dos Direitos Humanos publicou nota contestando as críticas da presidente da CNA.

Em sua entrevista, a presidente da CNA afirmou que “quando se condiciona a concessão de liminares ou a reintegração de posse a qualquer mecanismo administrativo, estimula-se a violência no campo. Isso significa concordar com os movimentos que estão invadindo terras no país e, de certa forma, estimular que continuem trazendo intranquilidade no campo”. Disse ainda que se trata de “uma plataforma amplamente socialista” e “atestado de preconceito contra o agronegócio”.

Em seu entendimento, o Plano “extrapola sua competência, entrando na questão fundiária, agrária e em todos os setores da sociedade brasileira. No que diz respeito à questão fundiária, ele atropela a Constituição e sugere que sejam aprovados projetos de lei no Congresso para diminuir o direito do cidadão no acesso à Justiça”.

Em sua nota, a Secretaria Nacional de Direitos Humanos afirma que o Plano é resultado de um amplo e longo debate com a participação da sociedade, atendendo às demandas de vários segmentos, entre eles, o setor do agronegócio.

Em um de seus trechos, a nota diz que o Plano “reflete as demandas da sociedade brasileira em sua pluralidade, o que inclui o setor do agronegócio. O objetivo do PNDH é transformar a promoção e proteção dos Direitos Humanos numa agenda do Estado brasileiro, tendo como fundamentos a própria Constituição Federal e os compromissos internacionais assumidos pelo país”.

BÓRIS CASOY É PROCESSADO PELA FEDERAÇÃO DOS GARIS

"Do alto de minha vassoura agora sei que ser gari não é uma vergonha!"

O Fórum João Mendes, em São Paulo, protocolou a ação civil pública movida pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviço, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Área Verde (Fenascon), contra a TV Bandeirantes e seu funcionário, Bóris Casoy.

O motivo que levou a Fenascon a mover a ação civil pública contra a emissora e seu apresentador, foi porque no dia 31 de dezembro, esquecendo que havia sabotado sua velhice – por isso é um sujeito amargurado e rancoroso -, Boris Casoy, no fim do “Jornal da Band”, sem saber que os microfones ainda estavam ligados, mandou uma de suas maravilhosas riquezas sentenciadoras produzida em sua abundante lavra, bem protegida em seu poço de juiz ressentido: “Que merda. Dois lixeiros desejando felicidades do alto de suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho”.

Depois do ocorrido ter se transformado em point da internet, ele, para tirar as broncas, pediu desculpas. Mas como a desculpa, tal como o perdão, não passa pelo sistema nervosos central, não torna aquele que desculpa em outro, já que é só imaginação, como diz o filósofo Nietzsche, para o presidente da Fenascon, Moacir Pereira, o sabotador da velhice deve se retratar na Justiça.

O pedido de desculpas foi meramente formal, por isso não aceitamos. Ele foi preconceituoso. Seria interessante que Boris Casoy fosse condenado a trabalhar algumas horas como gari, para que ele sinta a importância da função”, marxianizou Moacir Pereira, embora os dois garis, vítimas diretas dos impropérios ‘boriscasoyanos’, tenham afirmando que não guardavam rancor contra o envergonhado do lixo.

Por sua vez, no aconchego de sua “vergonha”, o sabotador da velhice afirmou: “É um problema que estou enfrentando, mas não afeta minha vida. Continuo trabalhando”. Não poderia afetar. Quem tem esse entendimento da divisão do trabalho não pode ser afetado quando discrimina qualquer trabalhador, força de produção de uma sociedade irracional. Por isso, seu próprio ‘trabalho’, como ancora de um canal de TV alienada, é dejeto dessa sociedade que se alimenta de suas próprias bílis.

COMO NA ARGENTINA, BRASIL DEVE ABRIR ARQUIVOS DA DITADURA, DIZ OAB

A Argentina, que sofreu uma ditadura sanguinária, compreendeu corajosamente que o único meio de evitar a repetição do passado é contando a história de verdade. O direito à memória e à verdade deve ser assegurado pelo Estado, jamais deve ser dilapidado pela lógica do medo e da clandestinidade”, disse o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, pedindo que, a exemplo da Argentina, o Brasil deva abrir todos seus arquivos secretos referentes aos períodos da ditadura militar, que durou de 1964 a 1983.

O pedido do presidente nacional da OAB foi estimulado pela posição tomada pela presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que decretou, junto com os ministros da Defesa e Justiça, a desclassificação de todos os documentos sobre as Forças Armadas durante os anos da ditadura militar, que transcorreu de 1976 a 1985.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.093 hits

Páginas

janeiro 2010
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos