Arquivo para 10 de janeiro de 2010

POLÍTICA DE LONGEVIDADE DO GOVERNO LULA CHEGA AO FUTEBOL

especial para o Por Fora de Futebol

Os estudos apresentados sobre as condições de vida dos brasileiros têm trazido saudáveis informações. De acordo com estes estudos, o tempo de vida dos brasileiros vem crescendo consideravelmente. 70 anos, 80 anos não são mais tempos de vida improdutiva. Uma grande parte de brasileiros nesta faixa etária continua atuando produtivamente de acordo com suas funções físicas e psicológicas. Encontram-se muito bem como sujeitos ontológicos do existir.

Uma confirmação clara da longevidade brasileira, estimulada pelas políticas públicas do governo Lula, pode ser observada no futebol. Clubes chamados de elite, como também os chamados de pequenos, estão investindo resolutamente em jogadores cujas idades, em outros tempos, seriam tidas como avançadas para a prática do esporte bretão.

Dos grandes o Corinthians saiu na frente. Ano passado teve em seu elenco Ronaldo, o ‘Jaca que Cai’, que se não teve uma atuação esplendorosa, pelo menos se mostrou ainda capaz de fazer belos gols contra seu arqui-rival, Periquito, conhecido, quando é time de futebol, como Palmeiras.

Tendo como seu maior e fanático torcedor o presidente Lula, o Coringão tinha que aplaudir a política vitoriosa de longevidade de seu ilustre torcedor. Contratou mais um longevo, Roberto Carlos, revelado, nos bons tempos de Periquito, pelo Palmeiras.

Mas não ficou por aí, a longevidade futebolística. O tricolor de São Paulo, considerado time da elite paulistana-paulista, não conformado com a antevisão da política longeva de Lula, quando contratou Washington, ampliou o embalo. Contratou o ‘louro’ Marcelinho Paraíba, e, de quebra, o convertido ex-bad-boy Léo Lima.

Até o sul, que é sempre reacionário, quando se trata de apoiar as políticas do governo Lula, dessa vez não fez beicinho de amuado-invejoso. O Avaí, clube catarinense, contratou o ex-flamenguista Sávio. Diga-se, uma boa contratação. Sávio é um bom caráter, além de ser um craque.

E como não poderia deixar de ocorrer, nessa festa futebolística, também foi contratado para participar dessa temporada, um dos maiores ídolos do Coringão, e que nunca, durante todo o tempo que se afastou do clube ‘lulista’, deixou de jogar. O bom e alegre Viola. Viola, ‘minha Viola’, na flor dos seus 41 anos, encontra-se todo serelepe para apresentar seus acordes futebolísticos que tanto amam as torcidas.

De formas que as idades que antes marcavam os jogadores de veteranos, hoje, no pique no governo Lula, são exibidas como talento e disposição para continuarem atuando e enchendo a galera de alegria e vibração. Nada de velhinhos transviados, como nas antigas-mentes.

Assim, a política de longevidade do presidente Lula desativa o mote do roqueiro: “Velho para o rock e novo para a vida!” Agora, esses jogadores entram em campo ao som da enunciação: “Vida, para que te quero!”

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

A ALIENAÇÃO DO MUNDO GAY NO BIG BROTHER

É aí, quando tudo se dá a ver (como em Big Brother, os reality shows, etc), que se percebe que não há mais nada a ver. É o espelho da banalidade, do grau zero, onde se faz a prova, contrariamente a todos os objetivos, da desaparição do outro, e talvez mesmo do fato de que o ser humano não é fundamentalmente um ser social.” (Jean Baudrillard)

Há muito que o Big Brother perdeu qualquer fascínio mesmo aos olhos teratogenizados dos videotas. Assim como toda a grade de programação da Globo, a cada edição, o Big Brother, mesmo nos índices do fraudulento Ibope, mais despenca na cabeça de Boninho, (o arremessador de ovos podres nos outros) em sua cada vez mais ínfima audiência.

Como em toda a história globotárica e todas as suas congêneres, a ordem do dia hiper-real é apelar. Foi assim que a cada edição o reality era cada vez mais obscenizado, tornando-se um tele-pornô familiar de veiculação das trapaças eróticas esvaziadoras das relações, da mesma forma que surgiu a falseada polêmica do beijo gay na novela das oito, quando o “beijo técnico” dos belos casais já não seduzia.

Sempre na mesma globólica busca por audiência, Boninho resolve colocar diante do paranoico olho do Grande Irmão uma lésbica, um transexual e uma drag queen.

Em um texto chamado Tudo pela audiência, o sítio Toda Forma de Amor chama a atenção para a cópia fajuta que Boninho tenta fazer do Big Brother inglês, quando “um brasileiro gay acabou formando o primeiro casal do mesmo sexo dentro de uma casa do Big Brother com direito a beijo na boca exibido na íntegra”.

Estamos numa proximidade com o Toda Forma de Amor, que aponta dois motivos básicos para o antevisto fracasso da apelação globólica:

1. “No caso da Globo, apostar em gays para o Big Brother representa um risco, já que, quando se trata de amor entre pessoas do mesmo sexo, a emissora prefere ficar no faz de conta.”

2. “A salvação do novo Big Brother tem nos gays sua principal aposta numa decisão arriscada, já que a participação deles jamais passará despercebida pelos ativistas de defesa dos homossexuais.”

Dessa forma, como toda programação globotária é sempre uma mercadoria fetichizada, assim como todos os falsos beijos (não apenas o “beijo gay”, mas todos) televisados, onde não passa nem mau-hálito como possibilidade de encontro, o gay-fetiche da Globo não é uma forma de fetiche como transgressão, mas, ao contrário, é uma forma de alienar o Mundo Gay, o que não deixa de ser uma das mais perversas nazifascistas formas de homofobia.

Assim, a campanha deste bloguinho intempestivo é por um outro tipo de alienação: alienar-se do Big Brother; pois se o Mundo é Gay, não precisamos embotar o olhar tentando ver gay onde não há gay, mas apenas o fetiche sensabor da teratogenia hiper-real.

NOTA OFICIAL DA ABGLT SOBRE O PROGRAMA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS 3

A ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – é uma entidade de abrangência nacional que congrega 220 organizações congêneres e tem como objetivo a defesa e promoção da cidadania desses segmentos da população. A ABGLT também é atuante internacionalmente e tem status consultivo junto ao Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas.

Neste sentido a ABGLT vem a público manifestar o seu apoio às resoluções presentes no Programa Nacional de Direitos Humanos 3 (PNDH 3), recém-lançado pelo Governo Federal.

Compreendemos que os direitos sexuais de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) são direitos humanos e por isso direitos fundamentais a serem respeitados em uma sociedade democrática.

Sabemos que, porém, o alcance da consolidação dessa democracia não se dará sem que exista o reconhecimento da importância que têm os espaços de construção de políticas públicas em conjunto com a sociedade civil.

O Programa não foi feito apenas pelo governo, mas democraticamente por milhões de brasileiros e brasileiras. Nós lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) participamos de em torno de 10 conferências – das mais de 50 que houve durante o governo atual – para contribuir para a elaboração do Programa Nacional de Direitos Humanos 3, incluindo a Conferência de Direitos Humanos, a Conferência LGBT, a Conferência da Igualdade Racial, a Conferência da Criança e do Adolescente, a Conferência de Saúde, a Conferência de Segurança Pública, a Conferência de Comunicação, a Conferência da Pessoa Idosa, entre outras.

Os processos das Conferências nos demonstram como é possível garantir, a partir da reunião dos mais diversos setores da sociedade civil em conjunto o poder público, a construção de políticas públicas para nosso país. Hoje vemos todo este trabalho e dedicação concretizados no Programa Nacional de Direitos Humanos 3.

Queremos referendar o apoio à busca da verdade sobre a ditadura militar. No mínimo precisamos saber a verdade, mas sem revanchismo. Devemos conhecer o passado para não repetir os mesmos erros.

Precisamos respeitar a autonomia das mulheres.

O Brasil ainda é um dos países que mais concentra renda e terra. Precisamos fazer uma reforma agrária democrática, com a participação das comunidades envolvidas.

Os meios de comunicação em nosso país precisam sim da participação cidadã da sociedade, para garantir que todos os meios de comunicação, sem distinção, respeitem os direitos humanos.

O Brasil está sendo um exemplo de democracia. Nossa nação cresceu e está ganhando reconhecimento mundialmente. Aumentaram nossos índices de desenvolvimento humano em todos os institutos e a promoção dos direitos humanos nesse contexto é fundamental.

Convocamos a sociedade para que apoie o Programa Nacional de Direitos Humanos 3, porém sabemos que projetos, planos e programas sempre podem ser dialogados e aprimorados. Isto é democracia.

No final das contas, o Programa não deve ser deste ou daquele governo, desde ou daquele partido político e deste ou daquele grupo. Deve ser de todo/as, e todos/as devem participar democraticamente para aprimorá-lo, implementá-lo, monitorá-lo e avaliá-lo.

O Programa também deve ser assumido pelo Estado, afinal os planos, projetos e programas não devem ser só do governo, e sim do Estado Brasileiro.

Desta forma, unimos as nossas vozes às diversas da sociedade que hoje estão em defesa das resoluções presentes no PNDH 3 democraticamente construídas no conjunto da sociedade civil brasileira.

A ABGLT luta e continuará lutando para garantir que as vozes de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, assim como de todos seus defensores(as), sejam sempre ouvidas e respeitadas, pois acreditamos que só assim poderemos garantir uma sociedade democrática como um direito de todas e todos.

Toni Reis

presidente da ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais

FRAGMENTOS LGBT NO PROGRAMA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS 3

Seguindo a Nota da ABGLT, selecionamos alguns trechos do Programa que tocam nas causas LGBT e outros movimentos sociais irmanados, fragmentos que fissuram a intolerância, a segregação e a homofobia:

Eixo Orientador III:

O combate à discriminação mostra-se necessário, mas insuficiente enquanto medida isolada. Os pactos e convenções que integram o sistema regional e internacional de proteção dos Direitos Humanos apontam para a necessidade de combinar estas medidas com políticas compensatórias que acelerem a construção da igualdade, como forma capaz de estimular a inclusão de grupos socialmente vulneráveis. Além disso, as ações afirmativas constituem medidas especiais e temporárias que buscam remediar um passado discriminatório. No rol de movimentos e grupos sociais que demandam políticas de inclusão social encontram-se crianças, adolescentes, mulheres, pessoas idosas, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, pessoas com deficiência, pessoas moradoras de rua, povos indígenas, populações negras e quilombolas, ciganos, ribeirinhos, varzanteiros e pescadores, entre outros.

……………………………………………………………………….

Objetivo estratégico II:

l)Exigir em todos os projetos financiados pelo Governo Federal a adoção de estratégias de não discriminação de crianças e adolescentes em razão de classe, raça, etnia, crença, gênero, orientação sexual, identidade de gênero, deficiência, prática de ato infracional e origem.

……………………………………………………………………….

Objetivo estratégico IV:

a) Expandir e consolidar programas de serviços básicos de saúde e de atendimento domiciliar para a população de baixa renda, com enfoque na prevenção e diagnóstico prévio de doenças e deficiências, com apoio diferenciado às pessoas idosas, indígenas, negros e comunidades quilombolas, pessoas com deficiência, pessoas em situação de rua, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, crianças e adolescentes, mulheres, pescadores artesanais e população de baixa renda.

……………………………………………………………………….

Objetivo estratégico V:

a) Desenvolver políticas afirmativas e de promoção de cultura de respeito à livre orientação sexual e identidade de gênero, favorecendo a visibilidade e o reconhecimento social.

d) Reconhecer e incluir nos sistemas de informação do serviço público todas as configurações familiares constituídas por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, com base na desconstrução da heteronormatividade.

g) Fomentar a criação de redes de proteção dos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), principalmente a partir do apoio à implementação de Centros de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia e de núcleos de pesquisa e promoção da cidadania daquele segmento em universidades públicas.

o) Implementar ações de promoção da cidadania e Direitos Humanos das lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis, com foco na prevenção à violência, garantindo redes integradas de atenção.

Leia a versão completa na página da Associação Garotos da Noite.

CASAMENTO GAY APROVADO EM PORTUGAL

Já aprovado pelo governo português em 17 de dezembro passado, agora foi a vez do Parlamento patrício confirmar a aprovação. Nessa sexta (8), “o projeto de lei do Executivo foi aprovado por 125 votos”. O primeiro-ministro português, o socialista José Sócrates, referiu-se à aprovação como “um momento histórico” para o país no “combate à discriminação e à injustiça”.

Para ser finalmente colocado em prática, a nova lei tem que ser promulgada dentro do prazo de 40 dias pelo presidente da República, o conservador Aníbal Cavaco Silva, que tem direito a veto. Acontece que Cavaco é líder do Partido Social Democrata (PSD), principal partido de ‘o-posição’ portuguesa, e ele se pronunciou recentemente em não fazer nada “que provoque fraturas” na sociedade. Mas mesmo que o obnubilado direitista vete, a norma volta ao Parlamento e terá de ser aprovada por maioria absoluta para vigorar.

Apesar do avanço, o passo não foi completo, uma vez que o direito à adoção por casais homoeróticos continua negado. Portanto, a luta do mundo gay português continua… Valeu, Mundo Gajo Gay!

SOU MULHER, SOU BRASILEIRA, SOU LÉSBICA

– Prazeres e Paixões –

apresenta

Indicado ao Prêmio Direitos Humanos 2008 Governo do Brasil”

Filme e Direção: Vagner de Almeida

Documentário que trata da vida de mulheres brasileiras e seus enfrentamentos na sociedade lesbofóbica e racista. Mulheres essas, que ainda vivem a margem da sociedade e necessitam com muita força e coragem desvendar-se todos os dias.

A força desse filme documentário está nas falas, nas vozes dessas mulheres – lindas, fortes, poderosas, honestas, guerreiras, mães, filhas, tias, avós, amantes, parceiras…

Elas mostram para todos nós, o que é ser lésbica no Brasil.

Ensinam-nos a enfrentar a discriminação e os desafios que precisam encarar para construírem vidas dignas e corajosas em uma sociedade recheada de estigmas e intolerâncias.”

Data: 14/01/2010………Horário: 19:30h

Local: Rua do Resende, 80 – Lapa (Rio de Janeiro)

87% DOS ESTUDANTES, PAIS E PROFESSORES TEM PRECONCEITO CONTRA HOMOSSEXUAIS

Segundo notícia na revista Lado A, a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) fez uma pesquisa com 18,5 mil alunos, pais, professores, diretores e funcionários, de 501 escolas brasileiras, pela qual “chegou à conclusão de que a lei do silêncio impera e o preconceito e gangues ganham espaço no sistema de educação do país”.

O preconceito é maior entre os estudantes masculinos, no Distrito Federal, por exemplo, “44% dos estudantes masculinos não gostariam de estudar com homossexuais. Já entre as meninas, 14% afirmaram o mesmo”.

Somando os preconceitos manifestados em todos os grupos entrevistados, a pesquisa chegou ao impressionante número de aproximadamente 87%.

Muitos profissionais de educação ainda acham que a homossexualidade é uma doença que precisa ser tratada e encaminham o aluno para um psicólogo. Por isso nós temos pressionado os governos nas esferas federal, estadual e municipal para que criem ações de combate ao preconceito”, explica o presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Toni Reis.

Observando aspectos da realidade escolar como evasão, a ocorrência de bulling (perseguição) e as piadas homofóbicas, que são constantes em grande parte das escolas brasileiras, isso quando não “são incentivadas pelos educadores”, o educador Beto de Jesus, representante na América Latina da Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo (ILGA), alerta: “Esse aluno desenvolve um ódio pela escola. Para quem sofre violência, independentemente do tipo, aquele espaço vira um inferno. Imagina ir todo dia a um lugar onde você vai ser violentado, xingado. Quem é violentado não aprende.”

SENADO DE NOVA JERSEY VETA CASAMENTO GAY

Num total de 20 votos contra 14, o Senado de Jova Jersey, nos Estados Unidos, vetou um projeto de lei que legalizaria o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Para o governador Jon Corzine, a câmara alta do Legislativo estadual se posicionou “do lado errado da história”. “Sinto-me decepcionado pelo resultado da votação desta medida de bom senso que teria garantido igualdade para todos”, disse à imprensa local.

Já o presidente do Partido Republicano de Nova Jersey, Jay Webber, disse, em nota, que a decisão dos senadores foi condizente com a opinião da maioria da população. “Desde o princípio, nos opusemos às tentativas legislativas e judiciais que tentaram redefinir o casamento em Nova Jersey. Somos a favor que o povo, nas urnas, decida se isso tem que mudar ou não”, acrescentou.

As entidades gays do estado pretendem intensificar a luta pela aprovação do casamento gay, principalmente que a situação ficará mais difícil ainda com a entrada próxima do novo governador eleito, o republicano Chris Cristie, que já declarou que continuará vetando qualquer projeto semelhante.

KRISTEN BELL VIRA LÉSBICA ENTRE CHER E CHRISTINA AGUILERA

Nunca senti uma energia feminina tão grande à minha volta. Eu não consigo tirar meus olhos delas. Estou com 99% de certeza de que vou deixar este filme Lésbica”, disse a bela Kristen Bell, que está, juntamente com Cher e Cristina Aguilera, no elenco do filme Burlesque.

Kristen interpreta a personagem Nikki, uma garota que sai de uma pequena cidade e se muda para Los Angeles para trabalhar numa boate de shows burlescos, comandada por ninguém menos que Cher. A direção é de Steve Antin, que tem uma carreira como ator em produções B e aventura-se pela primeira vez atrás das câmeras.

Se Bell afirmar em si o amor-lésbico, não faltarão pretendentes na tentativa de compartilhar com a loira o Mundo Gay.

UM EM CADA 3 HOMOSSEXUAIS SE REVELA ANTES DOS 15

É o que revela uma pesquisa realizada pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo durante a Parada Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, em junho do ano passado: Um em cada três gays assume a homossexualidade antes dos 15 anos.

62,8% das 211 pessoas ouvidas, assumiu sua homossexualidade entre 15 e 19 anos, 31,3%, entre 10 e 14 anos e 5,9%, após os 20. Quanto a revelar a opção para a família, um dos principais entraves do Mundo Gay, 71,1% revelaram sua opção sexual para a mãe e 56,8%, para o pai.

Entre os homens, 42% afirmaram ter se relacionado sexualmente com mais de dez parceiros e 19,4%, com 5 a 9. Entre as mulheres, 35% tiveram relações com mais de dez parceiros e 30%, com 5 a 9.

Metade dos entrevistados relatou ser vítima de preconceito, discriminação ou falta de respeito nos serviços de saúde. Entre as mulheres, 61,6% vão ao médico preventivamente e entre os homens, 52,2%.

Ainda segundo a Secretaria, houve em novembro uma capacitação de 800 profissionais de saúde “para abordar o jovem de maneira com que ele se sinta à vontade para falar sobre a vida sexual ou afetiva”. A iniciativa faz parte de um programa específico para atender o adolescente LGBTT.

NESTOR KIRCHNER APRESENTARÁ PROJETO PARA LEGALIZAÇÃO DO CASAMENTO GAY

O atual deputado Néstor Kirchner, ex-presidente da Argentina, apresentará logo no início de 2010 um projeto de lei que legaliza a união civil gay na Argentina.

A imprensa argentina vinha fazendo suposições a respeito depois de ver que o casamento gay está entre as prioridades da presidente do país, Cristina Kirchner, esposa do deputado, e foi confirmada em entrevista do deputado concedida ao jornal Página 12 deste domingo.

O presidente da bancada governamental, da qual Nestor Kirchner faz parte, já declarou apoio total ao projeto.

ATRIZ DE SEX AND THE CITY FARÁ CAMPANHA EM DEFESA DOS GAYS

Cynthia Nixon, que é lésbica assumida, começou ontem uma campanha contra a proibição para gays de adotar filhos na Flórida, único estado dos Estados Unidos que proíbe a adoção de crianças por gays e lésbicas.

Tendo como slogan a frase

“O amor de um pai é o amor de um pai”

e com previsão de durar no mínimo três anos, a campanha faz parte de uma ação da União Americana das Liberdades Civis.

Segundo o portal Toda Forma de Amor, “desde que noivo com a namorada Christine Marinoni, em maio de 2009, a atriz tem participado ativamente das ações em defesa dos homossexuais”.

PRESIDENTE DO NAPOLI CONSIDERA EM PUNIR JOGADOR ARGENTINO QUE POUSOU PARA REVISTA GAY

Talvez você lembre dele de uma partida que o Brasil ganhou da Argentina e na qual ele marcou o único gol da Argentina, mas foi uma dendecada no ângulo da trave lá onde Júlio César chegaria se tivesse asa. Chama-se Jesus Dátolo, ex-Boca Juniors, e hoje na meia do italiano Napoli.

Tudo por conta de um ensaio fotográfico que ele fez para a revista gay italiana Romeo Mag. Por isso, o presidente do clube do sul da Velha Bota, Aurelio De Laurentis, está considerando aplicar punição ao jogador, segundo ele pelo fato do jogador ter posado em algumas fotos com a camisa do Napoli. “Violaram os direitos de imagem que são propriedade exclusiva do Napoli”, teria dito o dirigente.

Bem, essa é a versão oficial, mas há quem diga que a questão que deixa De Laurentis fulo não é meramente comercial, mas de natureza completamente homofóbica: o fato de ver um jogador de sua equipe em uma publicação homossexual.

Seguindo a linha de politização dos jogadores argentinos, que não se deixam dominar pela ditadura do futebusiness, porque não submetem como destino final de suas existências o futebol mercadológico. Dátolo “considera a hipótese de ser modelo no futuro” e ainda glorificou o atual técnico da seleção argentina, “El Diez” Dieguito Maradona, que sempre o convoca para a seleção: “Ele é o maior técnico e uma importante pessoa”, afirmou.

ESCOLA JOVEM LGBT, MATRICULE-SE!

A Escola Jovem LGBT é um projeto do Grupo E-jovem de Adolescentes Gays, Lésbicas e Aliados, que será realizado com o objetivo de desenvolver “aulas de criação de zines, criação de revistas, criação literária, dança, música, TV, cinema, teatro e performance drag, sempre com foco no jeito de ser e agir das lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros”.

Com previsão para início de atividades em março de 2010, as inscrições já estão abertas e os interessados devem escrever para o e-mail escola@e-jovem.com.

Para que serve essa sua “realidade”?
Raso realismo, o de vocês.
O argumento da experiência reservada
…………………….é um mau argumento
reacionário.
……………………..Gilles Deleuze


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.243.238 hits

Páginas

janeiro 2010
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos