Arquivo para 3 de março de 2010

O JORNALISMO MANAUARA E SEU CONLUIO COM OS GOVERNOS

O jornalismo como disciplina cívica e serviço público em uma democracia não é somente um feito cognitivo como fator de comunicação: informação. Divulgar junto à sociedade fatos ou ocorrências cujos conteúdos e expressões, divorciados da práxis social, condenam os receptores (os sujeitos decodificadores das mensagens) ao desinteresse jornalístico se relacionando com o veículo-emissor apenas por hábito citadino. Como fazem os receptores das colunas sociais para se satisfazerem em ver a frivolidade e a inutilidade dos salões lamê.

O jornalismo disciplina cívica e serviço público é uma práxis ética e epistemológica. Atua como veículo de ação comunicacional como modus ético de ser social e como veículo de enunciação epistemológica. Comunalidade e Inteligência. Fora desses dois vetores sociais, o jornalismo deixa de ser público para ser um agente transportador dos interesses privados. Um pasquim difamador da democracia.

A INSOLÊNCIA COMPACTUADA PELO JORNALISMO MANÔ

A OCORRÊNCIA

O prefeito cassado da cidade de Manaus, Amazonino Mendes, ícone da direita que se mantém nos governos do Amazonas há quase 30 anos, resolveu conceder entrevista coletiva sobre a diminuição da passagem de ônibus que ele próprio aumentou, cuja diminuição não voltou ao preço que era antes.

Iniciada a entrevista, se mostraram logo as perguntas domésticas dos jornalistas amestrados por seu patrões servos fiéis do prefeito cassado. Diante das perguntas de casa, Amzonino, acompanhado de seu auxiliar Raphael Siqueira, presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte, ia em uma boa performance como ocorre em momentos de explícita subserviência por parte da mídia sequelada e servil. Eis que em uma fissura no corpus imobilizado do jornalismo pasquim difamador da democracia que predominava na dita entrevista, a jornalista Vanessa Brito emitiu uma pergunta que estremeceu a estrutura decodificante do auxiliar Raphael. Condicionado por anos de amizade com o prefeito cassado, o auxiliar entendeu como uma profunda ofensa ao patrão-amigo a interrogativa de Vanessa, e pavlovianamente, reagiu perguntando qual o nome da jornalista e o lugar onde trabalhava. Pura insolência. Reação prepotente de quem acredita ser superior ao que é.

Diante do ocorrido, o sindicato dos jornalistas do Amazonas divulgou uma nota de repúdio protestando contra a violência à jornalista e à profissão. Como diz o poeta João do Vale: “A questão não é esta”. Uma nota de repúdio não provoca a desaparição desse conluio patológico que vigora durante anos entre as empresas de comunicação e os governos. A reação de Raphael é apenas um sintoma comum dessa virulência. Reação do tipo: “Olha com quem tu estás falando! Cuidado com que dizes que tu podes perder o emprego”. E o pior é que pode mesmo. A não ser que no momento a empresa jornalística esteja mais para a democracia do que para a tirania.

Mas, seguindo João do Vale, a questão é outra. O sindicato dos jornalistas no Amazonas tem uma história de peleguismo e tíbia atuação, o que fortalece nas empresas o descaso com ele, e o entendimento que ele é um apêndice patronal. O que não é tanto o caso da gestão atual do jornalista César Wanderley. Outro ponto que enfraquece a profissão é o peleguismo individual. A alienação política de grande parte dos jornalistas o que faz com que a classe seja tomada como mero instrumento burocrático. Uma exemplo perverso é a contração do jornalista Cristóvão para porta-voz (?) da gestão Amazonino, no justo momento em que a jornalista era agredida. Uma contratação que poderia ser recusada visto que Cristóvão foi demitido da TV Cultura – como a de São Paulo, à disposição do governo estadual e municipal – porque reivindicou direitos trabalhistas junto com companheiros (?). E sua contratação se dá por indicação do prefeito que é amigo do governador que o demitiu, o que coloca politicamente sem efeito todo o embate profissional que Cristóvão teve contra a força opressora patronal.

O certo em tudo isso é que se o sindicato e os jornalistas não mudarem suas consciências indiferentes e suas relações ‘concordinas’ com os patrões, tudo vai continuar. E como diz o insigne jornalista Mino Carta, eles vão tomar os patrões como amigos de profissão. E o resultado é mais insolência: “Qual o seu nome? Onde você trabalha?”

NO ESQUIZOFIA: “Notas com Jotas”

JOSÉ RICARDO E PRACIANO COBRAM AGILIDADE EM AÇÃO PARA MANTER TARIFA EM R$ 2,00

O deputado federal Francisco Praciano e o vereador José Ricardo Wendling, ambos do PT, estiveram na segunda-feira no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) para cobrar da desembargadora-corregedora do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Socorro Guedes, “julgamento de uma Ação Popular protocolada em 24 de agosto de 2009 contra o reajuste da tarifa de ônibus” de R$ 2,00 para R$ 2,25, “até hoje sem resposta”.

Praciano observou a obscuridade do cálculo que reajustou a tarifa sem que os empresários do transporte coletivo apresentassem os dados do sistema: “O Sinetram aumentou a tarifa com base em quê? O prefeito reduziu agora rapidamente com base em quê? Queremos saber o que os números dizem, qual é o real valor da tarifa. É R$ 2,25? R$ 2,10? É R$ 2,00? O nosso cálculo apontou para R$ 1,90. Isso está muito confuso e só há um jeito de descobrir: Eles (Transmanaus) apresentarem os balancetes”, disse o deputado.

No mesmo sentido, José Ricardo expôs os principais pontos de questionamento da ação impetrada no ano passado: informações desencontradas quanto ao então reajuste, bem como a não demonstração da planilha de custos; não cumprimento do contrato pelas empresas do setor, que previa a renovação da frota e a melhoria do sistema, como ainda eles não apresentavam comprovantes de recolhimento de impostos e de contribuições da previdência e não apresentavam balanços financeiros e contábeis para comprovar a real necessidade do reajuste. “Qual a garantia de que agora haverá melhoria do sistema de transporte coletivo? Com tarifa de R$ 2,25, os empresários não aumentaram a frota e nem melhoraram o serviço”, questionou o vereador.

A Ação Popular impetrada por Praciano e José Ricardo está fundamentada no estudo encomendado por eles ao economista Juarez Balbuíno, constatando que a tarifa de ônibus deveria ser de R$ 1,84 e não de R$ 2,00. A Ação Popular, em questão, denuncia, além do desencontro de dados fornecidos pela Transmanaus, o descumprimento do artigo 181 da Lei Orgânica (Lomam), que obriga as empresas de ônibus a encaminhar à Prefeitura e Câmara Municipal, cópias do balaço patrimonial e balancete analítico. A ação pede a manutenção da tarifa em R$ 2,00, até que se prove o verdadeiro valor da tarifa.

A corregedora Socorro Guedes informou que irá se reunir com a juíza Ida Maria, para quem o processo foi distribuído, e cobrará agilidade no julgamento.

POSSIBILIDADE DE NOVA AÇÃO

Além dessa ação em andamento, os dois petistas também estão estudando ingressar com uma nova ação ou representação, solicitando o ressarcimento da população com relação à diferença da passagem de ônibus de R$ 2,25 para R$ 2,10.

CONTRA A TAXA DO LIXO

Ainda na segunda-feira, o vereador também participou de reunião no TJA, por volta das 12h desta segunda, juntamente com outros vereadores de oposição, com o presidente em exercício do órgão. Eles pediram agilidade no julgamento das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adins), impetradas por eles e com pedido de liminar, contra a Lei nº 1.411, de 20 de janeiro de 2010, mais conhecida como Lei do Lixo.

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O PROGRAMA “MINHA CASA, MINHA VIDA”

Na metade do ano passado, dizíamos neste bloguinho que seria bem provável que os beneficiários que dependessem da Prefeitura de Manaus para realizar o sonho da casa própria pelo “Minha Casa, Minha Vida”, só conseguiriam realizá-lo em outra vida: após a cassação definitiva de Amazonino.

É nesse sentido que o vereador José Ricardo faz o convite para uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Manaus:

Convidamos Vossa Senhoria para participar nesta quinta-feira, dia 04 de março, às 15h, no Auditório da Câmara Municipal de Manaus, da Audiência Pública sobre o Projeto Minha Casa, Minha Vida em Manaus. Nessa Audiência, serão debatidas as ações do Projeto em Manaus.”

Mais informações pelos telefones:
3303-2842/8816-1862
josericardo@cmm.am.gov.br

OAB SUSPENDE DIVULGAÇÃO DE RESULTADO DEPOIS DE VAZAMENTO

O resultado da segunda fase do Exame Nacional 2010, realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que seria divulgado hoje, dia 3, foi suspenso por suspeita de fraude depois que a OAB foi informada que um candidato que fazia prova domingo, em Osasco, no estado de São Paulo, foi surpreendido com respostas de questões.

Logo que soube do fato o presidente da OAB, Ophir Cavalcante, divulgou uma nota afirmando que convocou a Polícia Federal para apurar com rapidez os fatos “no sentido de resguardar a lisura do certame, que é compromisso da OAB”. Também foi determinado ao Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (CESPES), entidade que a OAB faz parceria para realização dos testes, a instauração de uma sindicância interna para apurar o caso ao mesmo tempo em que foi suspensa a correção e a divulgação dos resultados.

A Ordem realizará uma reunião em Brasília, domingo, dia 7, com o objetivo de determinar quais as medidas a serem tomadas com relação à prova.

O exame, que contou com a participação de 18.720 candidatos de 155 cidades do Brasil, teve uma grande peculiaridade pelo teste ter sido unificado pela primeira vez no país.

ENEM PODERÁ SER REALIZADO NO 1º SEMESTRE

Aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que estava planejada para o primeiro semestre do ano de 2010, poderá ser decidida na segunda-feira, dia 8, segundo informação do Ministério da Educação (MEC). Embora o ENEM seja planejado para ser aplicado uma vez no ano, no segundo semestre, o MEC tem como novo objetivo aplicar o Exame semestralmente.

Todavia, para o ministro Haddad, o tempo para realização do Exame se apresenta muito curto, e teria que contar com alguns empecilhos como contratar uma empresa sem licitação, o que causaria preocupação visto o caso ocorrido ano passado com vazamento de uma prova no momento do Exame. Há também, por parte do ministro, a preocupação de que as empresas que participem da licitação cortem seus custos para vencer e com isso comprometer a segurança do sigilo das provas.

Em razão desse óbice, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão no MEC responsável pela realização do ENEM, ir solicitar ao Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU) para contratar uma empresa confiável sem necessitar de licitação.

TSE PROÍBE DOAÇÕES OCULTAS E EXIGE FICHA LIMPA

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reunidos ontem, dia 2, decidiram que nas eleições desse ano os partidos políticos não poderão receber doações ocultas. Os candidatos e os comitês financeiros deverão discriminar a origem e o destino dos recursos repassados pelos doadores. Os partidos políticos deverão ter uma conta específica para arrecadação dos recursos. As doações podem ser feitas em cartão de crédito ou débito. Entretanto, só a pessoa física pode fazer doação em cartão.

Outro ponto importante votado no TSE foi o que obriga o individuo, ao pedir o registro de sua candidatura, apresentar certidão criminal digitalizada. Se confirmado que o candidato encontra-se incluso em processo criminal, ele será convocado para explicar os detalhes da situação de seu processo criminal. Se os documentos não forem apresentados para especificar o processo, ele terá o registro da candidatura indeferido.

A Justiça Eleitoral quer saber quem tem Ficha Suja, e com isso auxiliar os eleitores quanto à escolha de seu candidato. Os documentos com a ficha dos candidatos serão digitalizados e colocados na página da internet do TSE para o eleitor fazer sua consulta.

O objetivo dessa nova regra é impedir as doações ocultas e facilitar aos eleitores a consulta para saber se determinado candidato responde processo na Justiça e qual a situação dessas ações.

Outra regra aprovada no TSE é a que garante ao eleitor em trânsito votar.

As resoluções dessas novas regras precisam ser aprovadas e publicadas até sexta-feira, dia 5.

OS CANALHAS ESTÃO POR TODA PARTE

Paulo Maranguty

Eles estão por toda parte. Política só pra quem é do grupo. Época de eleição eles não estão preocupados com a população. Estão preocupados com os seus interesse pessoais. Não interessa conversas com o presidente. Tem que ser o seu grupo. Questão republicana não é com eles. Eles são monarcas. Deus no Céu e eles na terra. Vão se candidatar para vários cargos. Alguns de oito anos, mas que só ficam quatro porque no Legislativo é mais difícil a corrupção. No estado fica um vassalo de plantão, pau mandado. Como o vassalo não tem autonomia, sua sina é puxar o saco. Enquanto isso, andando por Manaus, graças às iniciativas do governo federal, muita coisa mudou, agora vou dizer uma coisa, se não fosse esse governo federal nosso povo tava lascado, porque com tudo que ele já fez, ainda existe em Manaus, no Amazonas, muita gente passando fome. E fome dói. Dói porque nem farinha mais nosso povo pode comprar. Enquanto isso, eles esnobam em inaugurações de prosa pra mim (Prosamim) degustando caviar, uísque de 12 anos envelhecido em barril de carvalho. Só que o odor do igarapé eles não conseguem tirar (e o Bird não vê isso?). Inclusive um de seus antigos aliados agora começa a falar contra eles. Nunca vi um Estado mergulhado em tanta denúncia de corrupção como o nosso. Renata mulher ingrata, Ongs de fachada recebendo milhões, farta distribuição de kits no interior, ofensas, mandação de aliado para calar a boca, subserviência, tribunais que não julgam, Vorax, Condor, prefeito cassado, ruas esburacadas, falta de transporte coletivo, falta de remédio nos postos, hospitais sem leitos, maternidade sendo denunciadas, elevado número de trabalhadores como RDA, monopólios de cooperativas na área médica onde não mais vemos médicos estatutários, só cooperativados, concursados-desconcursados, deputado, vice-prefeito, vereador na iminência de condenações, mas que não entregam os outros maledicentes. Enquanto isso, os canalhas (tema outro dia exposto aqui por um articulista do qual peço a devida “vênia” para usá-la) estão por aí, se articulando, peço que tenha muito cuidado com eles, pois estão no poder no Amazonas há pelo menos 30 anos e, diferente de José Roberto Arruda, não tem impeachment que pegue canalhas amazonenses. Por hoje é só. Mas volto, canalhice horrenda.

IVO CASSOL ESCAPA MAIS UMA VEZ DA CASSAÇÃO

Desde o início do ano passado que a votação da cassação do governador de Rondônia, Ivo Cassol (PP), e seu vice, João Aparecido Cahulla, são adiadas no TSE. Primeiro eles foram mantidos por força de uma liminar concedida pelo ministro Arnaldo Versiani, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Depois o ministro Eros Grau, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu a suspensão de todos os processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra governadores, senadores e deputados federais, até que o plenário do STF julgasse a ação apresentada por 5 partidos que questionaram se o TSE tinha atribuição de julgar processos de cassação contra políticos. Depois que o STF cassou a liminar de Grau, houve votação do caso no dia 24 de novembro de 2009, na qual, tendo votado ainda dois ministros – Arnaldo Versiani, contra a cassação, e Carlos Ayres Britto, a favor -, o ministro Ricardo Lewandowski pediu vista dos autos.

Hoje, segundo notícia do TSE, um novo pedido de vista adiou o julgamento de recurso que pede cassação de Ivo Cassol e seu vice. Depois que novamente a votação estava empatada, com os votos de Lewandowski contra e da ministra Cármen Lúcia a favor, foi a vez do pedido de vista do ministro Felix Fischer.

PARA ENTENDER O CASO

Ministério Público Eleitoral, sobre processo de crime eleitoral, que pede as cassações de ambos. Para o MPE, é evidente a captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico nas eleições de 2006.

O procurador-geral eleitoral Antônio Fernando Souza tomou depoimento de 5 testemunhas que confirmaram a prática anti-democrática. Funcionários de empresa de vigilância, que prestava serviço para o governador, receberam, além de outros, entre a tarde do dia 28 e a manhã do dia 29 de setembro, R$ 100 depositados em contas das agências do Banco do Brasil. Fato que foi conhecido com o inquérito aberto pela Polícia Federal, que, com o consentimento da justiça, quebrou o sigilo dos funcionários. Além de identificar os responsáveis pelos depósitos e suas relações com o governador e o senador Expedito Junior. No conhecido esquema “formiguinha”.

Para ler sobre mais uma seção que tem levantado a pressão do povo rondoniense, clique aqui na Agência TSE.

OUTRO DEPUTADO QUE REZOU PELA PROPINA RECEBIDA RENUNCIA

Uma das cenas que mais demonstraram como se dá a manipulação e esvazeação do conceito Deus pela classe política demagógica foi a que aparecem os ex-deputados do Distrito Federal Ruben Cesar Brunelli (PSC) e Leonardo Prudente (ex-DEM) e o ex-assessor e delator do governador licenciado e preso, José Roberto Arruda (ex-DEM), os quais, depois de esconderem a vultuosa grana das propinas nas meias, camisas, sapatos, cuecas, etc, ainda se abraçam e rezam consternados para abençoar a propininha recebida. Afinal, o signo Deus que sai da boca dos corruptos é também corrupto.

Ontem, para escapar da cassação, o deputado Junior Brunelli renunciou ao mandato. O que também já havia feito Leonardo Prudente na semana passada.

E Brunelli sai, mas não larga seu Deus. Na carta de renúncia, lida no plenário da Câmara Legislativa pela deputada Jaqueline Roriz (PMN), ele afirma que nos seus dois mandatos na Câmara sempre trabalhou em prol da comunidade cristã e que sua maior vitória foi a regularização de locais onde igrejas foram construídas.

Para se ter uma ideia do quadro politico do Distrito Federal, semelhante a muitos outros estados do Brasil, inclusive o Amazonas, segundo a Agência Brasil, a Câmara informou que, com a saída de Brunelli, o primeiro suplente é Geraldo Naves (DEM), que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, por tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, uma das testemunhas do suposto esquema de pagamento de propina.

BELEZA E SEU VICE CASSADOS EM BARCELOS

O prefeito de Barcelos, José Ribamar Beleza, e o vice, Arnóbio Pereira, tiveram os mandatos cassados ontem pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) pelas acusações de utilização de dinheiro falso em compra de votos e rece3bimento de doações ilegais de campanha.

Segundo o parecer da relatora do processo, juíza Joana dos Santos Meirelles, além da cassação dos mandatos, cada um dos réus terá ainda de arcar com multa de R$ 50 mil.

DO DINHEIRO FALSO

O crime ocorreu na sede do município e nas comunidades de Cumaru e Tapiíra. O candidato Beleza, junto com outro homem, entregou à testemunha um pacote com um valor de R$ 2,8 mil, mas só R$ 200 eram notas verdadeiras, o resto eram falsas. Todas com uma tarja preta escrito “sem valor”. Essas notas eram entregues a pessoas analfabetas. A testemunha contou também que ao receber as notas os dois ‘belezas’ diziam para ele comprar votos de eleitores para votar no Beleza. Um eleitor que recebera R$ 400 de falsidade, foi fazer uma compra em uma mercearia, mas, ao tentar pagar, o proprietário disse que era dinheiro falso.

BELEZA E OS RECURSOS ILÍCITOS

Segundo o artigo nº 22 da Lei nº 9.504/97 e artigo 10 da resolução TSE nº 22.715/08, a movimentação financeira da campanha eleitoral deve ser realizada por meio de cheque nominal ou transferência bancária. De acordo com a denúncia, Beleza não respeitou a Lei. Recebeu no dia 1º de outubro de 2008 uma doação no valor de R$ 135,4 mil, em espécie, da Empresa Mariuá Construção Ltda, entregue por um funcionário da construtora. Embora tenha sido uma doação de uma empresa legal, a legislação proibe recebimento de doação em espécie. O valor deveria ser depositado no mesmo dia pela empresa na conta da campanha. O que só ocorreu nos dias 10 e 16 de outubro, e foram sacados nos mesmos dias. 10 de outubro, R$ 58.260, sacado no mesmo dia em duas parcelas, e no dia 16, R$ 77.405, sacado no mesmo dia em uma parcela.

Beleza e seu vice deixaram de contabilizar como doação, da mesma construtora, despesas com o frete de um avião utilizado por eles no dia 2 de outubro de 2008 em viagem Manaus-Barcelos. O que era para ser contabilizado como receita estimável em dinheiro, com emissão do recibo eleitoral.

NOVAS ELEIÇÕES

O advogado de Beleza terá 3 dias para entrar com o chamado “embargo de declaração”, que será julgado dentro de mais ou menos dez dias. Se a decisão da cassação prevalecer, imediatamente serão marcadas novas eleições nas quais os dois não poderão participar, contribuindo assim para a beleza da democracia.

DUBAI PEDIU PRISÃO PREMIÊ DE ISRAEL E CHEFE DO MOSSAD POR ASSASSINATO DE LÍDER DO HAMAS

Depois de ter afirmado no domingo passado ter “100% de certeza” da participação do Serviço Secreto Israelense (Mossad) no assassinato do líder do Hamas, Mahmoud Mabhouh, ocorrido em 20 de janeiro em Dubai, ontem o chefe de polícia do país, Dahi Khalfan, entrou com pedido de prisão no Ministério Público contra o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o chefe do Mossad, Méir Dagan.

VINGANÇA E FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS

A polícia de Dubai acredita a morte de Mabhouh foi arquitetada pelo Mossad como represália à morte de dois soldados israelenses em 1989.

Vinte e seis pessoas estão sendo acusadas pelo assassinato, entre eles, vários com passaporte falso – seis ingleses, três irlandeses, um francês e um alemão.

Por tal, o governo britânico chamou o embaixador de Israel em Londres para explicar a utilização dos supostos passaportes ingleses falsos, e o primeiro-ministro Gordon Brown já ordenou a abertura do inquérito para investigar o caso.

Além de uma mera vingança, são formas que o Estado de Israel encontra para prorrogar sempre a guerra santa necessária para sua dominação.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.768 hits

Páginas

Arquivos