Arquivo para 14 de março de 2010

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

I MARCHA NACIONAL CONTRA A HOMOFOBIA

1º GRITO NACIONAL PELA CIDADANIA LGBT E CONTRA A HOMOFOBIA

Carta-Convite

A Direção da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT, reunida em 02 de março de 2010, resolveu convocar todas as pessoas ativistas de suas 237 organizações afiliadas, assim como organizações e pessoas aliadas, para a I Marcha Nacional contra a Homofobia, vinda de todas as 27 unidades da federação, tendo como destino a cidade de Brasília. No dia 19 de maio de 2010, será realizado o 1º Grito Nacional pela Cidadania LGBT e Contra a Homofobia, com concentração às 9 Horas, no gramado da  Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília.

Para saber mais, leia o Manifesto mais abaixo

Assim, gostaríamos de convidar outras redes nacionais LGBT; centrais sindicais; sindicatos; confederações de trabalhadores e empresários; federações; parlamentares nos municípios, estados e no Congresso Nacional; governadores(as) e prefeitos(as); governo federal; partidos políticos; agências da Organização das Nações Unidas; organizações internacionais LGBT e direitos humanos; movimento estudantil; Diretórios Centrais de Estudantes DCEs; coletivos universitários; movimento dos sem-terra; movimento dos sem-teto; movimento de direitos humanos; movimentos religiosos / igrejas aliados; movimento de mulheres; movimento negro; quilombolas; movimento de ciganos; movimento indígena; movimento da juventude; movimento da criança e do adolescente; movimento contra a exploração sexual infanto-juvenil; movimento ambientalista; movimento de idosos; movimentos de pessoas com deficiências; movimentos de imigrantes; movimento de aids; movimento de redução de danos, movimentos de profissionais do sexo; movimento de saúde; associações dos movimentos sociais; movimentos culturais; movimentos de populações em situação de rua; conselhos profissionais; artistas; imprensa especializada LGBT e imprensa em geral…

  • Para se somar à 1ª Marcha Nacional contra a Homofobia – 1º Grito Nacional pela Cidadania LGBT e Contra a Homofobia;
  • participar das plenárias estaduais de organização da 1ª Marcha (http://www.abglt.org.br/port/marcha_contatos.php em construção);
  • participar do VII Seminário LGBT no Congresso Nacional, em 18 de maio;
  • assinar o manifesto abaixo;
  • colaborar com a impressão do material de divulgação;
  • ajudar a conseguir ônibus e outros meios de transporte para deslocamento até Brasília;
  • ajudar a conseguir alimentação e hospedagem em Brasília e durante a viagem;
  • divulgar a Marcha nos meios de comunicação de sua organização;
  • divulgar e conseguir a participação de todas as instituições que querem um Brasil  que respeite a diversidade humana.

Informações adicionais:

Coordenação Geral da Marcha: Carlos Magno – karlmagno@gmail.com (31 8817 1170)

Toni Reis: presidente da ABGLT – presidencia@abglt.org.br 41 9602 8906

Manifesto

A Direção da Associação Brasileira de Lésbicas , Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT, reunida em 02 de março de 2010, resolveu convocar todas as pessoas ativistas de suas 237 organizações afiliadas, assim como organizações e pessoas aliadas, para a I Marcha Nacional contra a Homofobia, vinda de todas as 27 unidades da federação, tendo como destino a cidade de Brasília. No dia 19 de maio de 2010, será realizado o 1º Grito Nacional pela Cidadania LGBT e Contra a Homofobia, com concentração às 9 horas, no gramado da  Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral metropolitana de Brasília.

Em 17 de maio é comemorado em todo o mundo o Dia Mundial contra a Homofobia (ódio, agressão, violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT).

A data é uma vitória do Movimento que conseguiu retirar a homossexualidade da classificação internacional de doenças da Organização Mundial de Saúde, em 17 de maio de 1990.

No Brasil, todos os dias, 20 milhões de brasileiras e brasileiros assumidamente lésbicas, gays, bissexuais, travestis ou transexuais – LGBT têm violados os seus direitos humanos, civis, econômicos, sociais e políticos. “Religiosos” fundamentalistas utilizam-se dos Meios de Comunicação públicos, das Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, Câmara Federal e Senado  para pregar o ódio aos cidadãos e cidadãs LGBT e impedir que o artigo 5 da Constituição federal (“todos são iguais perante a lei”) seja estendido aos milhões de LGBT do Brasil. Sem nenhum respeito ao Estado Laico, os fundamentalistas religiosos utilizam-se de recursos e espaços públicos  (escolas, unidades de saúde, secretarias de governo, praças e avenidas públicas, auditórios do legislativo, executivo e judiciário) para humilhar, atacar e pregar todo seu ódio contra cidadãos e cidadãs LGBT.

O resultado desse ataque dos Fundamentalistas religiosos tem sido:

  • o assassinato de um LGBT a cada dois dias no Brasil (dados do Grupo Gay da Bahia – GGB) por conta de sua orientação sexual (Bi ou  Homossexual) ou identidade de gênero (Travestis ou Transexuais).
  • o Congresso Nacional não aprova nenhuma lei que garanta a igualdade de direitos entre cidadãos(ãs) Heterossexuais e Homossexuais no Brasil.
  • o Supremo Tribunal Federal não julga as Arguições de Descumprimento de Preceitos Fundamentais e Ações Diretas de Inconstitucionalidade  que favoreçam a igualdade de direitos no Brasil.
  • o Executivo Federal não implementa na sua totalidade o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT.
  • centenas de adolescentes e jovens LGBT são expulsos diariamente de suas casas.
  • milhares de LGBT são demitidos ou perseguidos no trabalho por discriminação sexual.
  • Travestis, Transexuais, Gays e Lésbicas abandonam as escolas por falta de uma política de respeito à diversidade sexual nas escolas brasileiras.
  • os orçamentos da união, estados e municípios, nada ou pouco contemplam recursos para ações e políticas públicas LGBT.
  • o Ministério da Saúde, Secretarias Estaduais e Municipais precisam pactuar e colocar em prática a Política Integral da Saúde LGBT.
  • as Secretarias de Justiça, Segurança Pública, Direitos Humanos e Guardas-Municipais não possuem uma política permanente de respeito ao público vulnerável LGBT, agredindo nossa comunidade, não apurando os crimes de homicídios e latrocínios contra LGBT e nem prendendo seguranças particulares que espancam e expulsam LGBT de festas, shoppings e comércio em geral.

A 1ª Marcha Nacional LGBT exige das autoridades Públicas Brasileiras:

Garantia do Estado Laico (Estado em que não há nenhuma religião oficial, as manifestações religiosas são respeitadas, mas não devem interferir nas decisões governamentais).

Combate ao Fundamentalismo Religioso.

Executivo: Cumprimento do Plano Nacional LGBT na  sua  totalidade, especialmente nas ações de Educação, Saúde, Segurança e Direitos Humanos, além de orçamentos e metas definidas para as ações.

Legislativo: Aprovação imediata do PLC 122/2006 (Combate a toda discriminação, incluindo a homofobia).

Judiciário : Decisão Favorável sobre União Estável entre casais homoafetivos, bem como a mudança de nome de pessoas transexuais.

Viva a

I Marcha Nacional LGBT contra a Homofobia no Brasil

1º Grito Nacional pela Cidadania LGBT e Contra a Homofobia

Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – ABGLT

1º CASAMENTO LÉSBICO NA AMÉRICA LATINA

Foi na Cidade do México. Depois do país da tequila e do sombrero ter aprovado no final do ano passado o casório gay, como acompanhou este bloguinho. Viva, zapátria! Na quinta-feira passada (11), Judith Vazquez e Lol Kin Castañeda foi o primeiro casal lésbico a oficializar o matrimônio em toda a América Latina.

Segundo a Central de Notícias Gays, a solenidade foi realizada no antigo palácio da Prefeitura. E quando o juiz perguntou se desejava casar-se com Judith Vázquez, Lol Kin respondeu : “Sim, é minha vontade”.

Assim, além do desejo que aproxima os casai lésbicos, como no casamento umbandista de Val e Lúcia no terreiro de Mãe Valkíria em junho do ano passado, as lésbicas, assim como todos os gays vão garantindo os direitos legais de um matrimônio.

CASAMENTO LÉSBICO É O PRIMEIRO EM WASSHINGTON

Subindo mais no mapa da América, o casamento gay havia sido aprovado na capital dos Estados Unidos, Washington, há duas semanas atrás, entrando em vigor na terça-feira passada (9). Segundo a Central de Notícias Gays, juntas há mais de 12 anos, Sinjoyla e Angelisa trocaram juras de amor no acontecimento histórico. “Você é minha amiga, minha parceira, meu amor. Eu vou te amar hoje, amanhã e sempre”, disse Angelisa. O casal foi responsável pelo primeiro casamento gay realizado no Distrito de Colúmbia, onde se situa Washington, que se junta assim aos estados de Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, que reconhecem legalmente o Casamento Gay no EUA.

Por parte deste bloguinho, que os casamentos gays que ocorrem em todo o mundo sirvam para o que deve servir um casamento, para garantir direitos legais sobre objetos em comum, mas que escapem do controle do outro como objeto de posse, como ocorre em grande parte dos chamados casamentos de casais heteros. Ou seja, como diria o filósofo Toni Negri, que não fique no casal e na família, mas que essas novas relações se abram para comunidades mais vastas de saberes, dizeres e afetos. Por tal, viva aos noiv@s! Viva o casório gay!

LGBT NAS FORÇAS ARMADAS

(Nota Oficial da ABGLT)

A ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, é uma entidade nacional que congrega 237 organizações de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) de todo o Brasil, tendo como objetivo promover e defender os direitos humanos destes segmentos da sociedade. A ABGLT também é atuante internacionalmente e tem status consultivo junto ao Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas.

Esta semana (08 a 12 de março), a questão de LGBT nas forças armadas brasileiras foi noticiada duas vezes pelos meios de comunicação, ambas as vezes revelando o preconceito, a discriminação e o conservadorismo que existem a respeito.

O Senado aprovou nesta quarta-feira (10) a indicação do general Raymundo Nonato Cerqueira Filho o Superior Tribunal Militar (STM). Quando de sua sabatina pelo Senado em fevereiro, o general afirmou que “Tem sido provado mais de uma vez, o indivíduo [homossexual] não consegue comandar. O comando, principalmente em combate, tem uma série de atributos, e um deles é esse aí. O soldado, a tropa, fatalmente não vai obedecer. Está sendo provado, na Guerra do Vietnã, tem vários casos exemplificados, que a tropa não obedece normalmente indivíduos desse tipo [homossexuais]”.

Vale ressaltar que o Senado aprovou a indicação do general por 46 votos a favor e 5 contrários, após o general ter afirmado em carta que cumprirá a garantia da Constituição Federal de que todos são iguais perante a Lei. Que fique a lição. Esperamos que o Senado também aprove o Projeto de Lei da Câmara nº 122/2006 que proíbe várias formas de discriminação, inclusive por orientação sexual e identidade de gênero.

O segundo caso noticiado esta semana também envolveu o Superior Tribunal Militar, que decidiu nesta quinta-feira (11), por sete votos a três, reformar o tenente-coronel Osvaldo Brandão Sayd, que servia em Curitiba, por ele ter tido um relacionamento homossexual com um militar subordinado, mesmo que “fora da administração militar”.

O Código Penal Militar prevê pena de detenção para “Pederastia ou outro ato de libidinagem… homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar” (art. 235). Logo, o tenente-coronel não infringiu o Código neste aspecto, uma vez que ocorreu fora da administração militar.

Segundo o relator do caso no STM, ministro José Américo, “A opção sexual (sic) não há de ser recriminada, mas excessos têm de ser tolhidos para o bem da unidade militar. Não se pode permitir liberalidade a ponto de denegrir (sic) o instamento militar”. Américo e mais seis ministros, decidiram que o tenente-coronel “não reúne condições de permanecer como militar em exercício” e, portanto, deve ser reformado.

A ABGLT lamenta as atitudes discriminatórias dos ministros do STM que se posicionaram contra a atuação de LGBT nas forças armadas, e congratula a ministra Maria Elizabeth Teixeira Rocha, revisora do caso, por sua lucidez em afirmar que “O fato de o tenente-coronel ter tido relações sexuais com um subordinado fora da administração militar é comportamento que diz respeito apenas a uma questão pessoal, de foro íntimo, não afetando as Forças Armadas”, e que “Afastar alguém das fileiras das Forças Armadas em virtude de sua orientação sexual é promover o discurso do ódio, quando é dever do Estado coibi-lo”.

Ao contrário do Brasil, pelo menos 20 países permitem a gays e lésbicas servirem assumidamente como tal, entre eles: África do Sul, Alemanha (é permitido aos heterossexuais e homossexuais, sem distinção, praticar atos sexuais no serviço militar, desde que não interfira com a realização de suas atribuições. Militares lésbicas e gays também podem registrar uniões estáveis conforme a lei de parceria civil daquele país), Áustria, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha (inclusive travestis e transexuais), Estônia, Finlândia, França, Holanda (primeiro país a proibir a discriminação contra homossexuais nas forças armadas, em 1974), Irlanda, Israel, Lituânia, Malta (a patente e os deveres da pessoa dependem de suas qualificações, e não de sua orientação sexual), Noruega, Reino Unido (a política do Reino Unido é permitir que gays e lésbicas sirvam assumidamente nas forças armadas, e a discriminação por orientação sexual é proibida. Também é proibido coagir pessoas LGBT a se assumirem. Desde 2008, é permitido aos militares participar de Paradas do Orgulho LGBT vestindo a farda), República Tcheca, România (segundo a política de recrutamento do Ministério da Defesa, “todo cidadão romeno tem o direito de participar das estruturas militares do nosso país, independente de sua orientação sexual”), Suécia e Suíça.

O Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, na sua Estratégia 3 – Defesa e proteção dos direitos da população LGBT, item 1.3.9, prevê a revogação do artigo do Código Penal Militar que “persegue os militares homossexuais”. Ademais, os O Brasil é um país democrático e tem uma Constituição que garante que todos são iguais perante a lei e que não haverá discriminação de qualquer natureza. As Forças Armadas devem respeitar estas garantias também, ou não?

Toni Reis
Presidente da ABGLT

ESCOLA AMERICANA CANCELA BAILE PARA IMPEDIR PRESENÇA DE CASAL LÉSBICO

………………………………………………………………………………Foto: AP

Constance McMillen é uma aluna de 18 anos de uma escola agrícola do condado de Itawamba, em Fulton, no estado americano do Mississippi. Como a escola estava preparando seu tradicional baile, ela, que é assumidamente lésbica, pediu permissão para levar sua parceira vestida de terno para bailar.

Por conta disso, a escola primeiro anunciou publicamente a proibição de casais do mesmo sexo na festa. Mas depois que uma Ong de defesa dos direitos civis, a American Civil Liberties Union, interpelou-a pela permissão da presença do casal lésbico no baile, a escola anunciou na semana passada o cancelamento da festa.

“Oh meu Deus. Isso realmente é uma bagunça. Porque a mensagem que eles estão passando é que se eles forem obrigados a permitir que um homossexual vá ao baile, preferem que não haja baile algum”, disse Constance, ao saber do cancelamento. E a American Civil Liberties Union, segundo a revista A Capa, recorreu a um tribunal distrital em nome da aluna, para garantir a liberdade de expressão dela e realização da festa.

Que tenha a festa, mas sem homofobia, já que com homofobia é impossível construir conhecimentos e é impossível dançar…

ABGLT RECLAMA À EMPRESA CRIADORA DO BIG BROTHER

Na quarta-feira passada, o mui digno presidente da ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, Toni Reis, enviou um e-mail, em inglês, à Endemol, empresa holandesa que criou o formato do reality show Big Brother, contendo reclamações sobre atitudes e falas homofóbicas de Marcelo Dourado, um dos participantes do Big Brother Brasil 10, veiculado na Rede Globo.

Segundo a revista Lado A, além das atitudes de homofobia, lesbofobia, misoginia e violência, a carta ainda cita o episódio em que Dourado afirmou que apenas homossexuais pegam o vírus da AIDS.

“Infelizmente, a ABGLT tem recebido queixas que o processo usado na votação dos participantes do BBB 10 tem favorecido injustamente o participante chamado Marcelo Dourado, que expressou opiniões sexuais, homofóbicas e de fobia a Aids no programa. Entramos em contato com a produção do reality show e também publicamos uma nota repudiando as atitudes de Dourado, mas não recebemos uma resposta oficial deles e continuamos a receber queixas”, diz Toni na carta enviada a Ynon Kreiz, presidente executivo da Endemol.

Como já dissemos neste bloguinho, nos últimos dias, diversos sítios, blogs e jornais alternativos, principalmente os que defendem causas LGBT, inclusive no exterior, denunciaram falas e situações homofóbicas no BBB10. Para este bloguinho, a homofobia de todos os BBBs é apenas um crime entre todos os cometidos pela Globo e pelo BBB. Entre eles, a censura à inteligência, a aceitação do óbvio e do ululante, a hipocrisia da opinião irracional, a relação anulada/anulante, a violência gratuita, a sexualidade banalizada, a superexposição das superfluidades.

Por isso, por não estarmos sabendo o que acontece do ponto de vista comprovável juridicamente – jamais assistiríamos um segundo do BBB – apenas pedimos que as entidades que estão entrando com processos contra determinado participante do BBB10 entrem também, e principalmente, contra a facínora forma BBB e contra a nazista Globo de forma geral.

“EXISTE UM PRECONCEITO MUITO GRANDE”, DIZ RAÍ

“A sociedade em si já é machista. O futebol é mais machista ainda. Então existe um preconceito muito grande. A gente sempre ouve falar de uns caras que assumem e são rejeitados. Espero que mude, porque eu acho uma hipocrisia”, disse o ex-jogador de futebol e empresário, o craque Raí, irmão do inesquecível Sócrates.

A declaração foi dada no programa Irritando Fernanda Young, do canal pago GNT, no ar hoje.

“SEI QUE O MEIO ONDE VIVO É MACHISTA”, DISSE RICHARLYSON

“A maioria dos que falam sobre mim me denigrem, perturbam meu ambiente familiar. Minha família teme alguma represália grotesca. Minha mãe acha que um cara sem noção pode me agredir a qualquer momento. (…) Sei que o meio onde vivo é machista. Alguns vão achar que eu estar aqui na Rolling Stone será prova de minha atitude, outros não. Mas nem Jesus agradou a todos”, disse o jogador do São Paulo, Richarlyson, ao jornalista Cláudio Júlio Tognolli, da revista Rolling Stone, analisando o preconceito que sofre e a perseguição a sua sexualidade.

ABGLT NA I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO

A ABGLT estará presente na I Conferência Nacional de Educação http://conae.mec.gov.br/, que acontecerá em Brasília, de 28 de março a 1º de abril de 2010.

A ABGLT participará com 10 delegados(as) que participaram das conferências municipais e estaduais.

A ABGLT é parceria da CONAE, vide em Parcerias aqui

http://conae.mec.gov.br/

Estaremos participando no seguinte Colóquio:

    Colóquio 6.51 – EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE SEXUAL
    Gláucia Elaine Silva de Almeida / Toni Reis / Cláudia Maria Ribeiro
    COORDENAÇÃO: Rídina Lúcia Gonçalves Motta
    Dia: 30 de março ……….Horário: 10:30h

E também na seguinte mesa de interesse:

    ESCOLA SEM HOMOFOBIA
    ABGLT / ONG Reprolatina / ONG ECOS / ONG Pathfinder
    Local: Sala Modulável 4 / Térreo – Centro de Convenções
    Dia: 31 de março Horário: das 16h às 18h

A ABGLT terá o stand número 37, nos 4 dias na conferência.

As ONGs que tenham materiais para colocar no stand, mande pelos(as) delegados(as) dos seus estados e ou pessoas aliadas.

A ABGLT fará um jornal tabloide sobre LGBT e Educação no qual constará:

a) Projeto Escola sem Homofobia;

b) Pesquisas que comprovam a homofobia nas escolas;

c) Nossas propostas principais;

d) O nome social das pessoas trans que é uma das nossas prioridades;

e) Referências bibliográficas.

Cordialmente,

Toni Reis
Presidente da ABGLT

MINISTRO ALEMÃO FAZ VISITA OFICIAL COM NAMORADO

Guido (à esquerda) e Mronz

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, esteve essa semana no Brasil em visita oficial acompanhado pelo namorado Michael Mronz. O casal passou por Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo notícia na Cena G, analistas internacionais dizem que a visita de Westerwelle a países da América do Sul é sinal de que “a Alemanha está disposta a reverter o afastamento político e comercial com a região”.

Na Alemanha, a oposição a Guido diz que Mronz “está se aproveitando do relacionamento com o ministro para alavancar negócios pessoais, já que o companheiro do ministro é empresário do ramo de eventos esportivos e estaria usando a viagem para divulgar o trabalho e fazer contatos”.

Mronz negou as acusações, explicando que paga independentemente as despesas de sua viagem, acrescentando que “pretende acompanhar o namorado sempre que puder”.

IGREJAS DO REINO UNIDO LIBERADAS PARA CELEBRAR CASAMENTO GAY

Desde 2005, a União Gay é legalmente reconhecida no Reino Unido. Mas até então havia uma lei que proibia a realização de cerimônias de casamento gay em instituições religiosas. Mas agora a Câmara dos Lordes aprovou uma emenda que revoga essa lei e libera as igrejas para celebrar casamentos gays caso desejarem.

“Existem muitos casais de Gays e Lésbicas que querem celebrar suas uniões civis com as congregações que eles participam e são devotos. A liberdade religiosa requer que deixamos os outros fazerem coisas que nós não faríamos. Essa liberdade não pode começar ou terminar com o desejo de apenas uma religião”, disse o lorde Waheed Alli, propositor da medida.

Para que serve essa sua “realidade”?
Raso realismo, o de vocês.
O argumento da experiência reservada
…………………….é um mau argumento
reacionário.
…………………….…..Gilles Deleuze

A LISTA DE ESPERA DO MEC-SISU É DIVULGADA

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) do Ministério da Educação (MEC), divulgou a relação dos estudantes classificados na lista de espera. Para o estudante saber se foi selecionado, basta acessar o endereço eletrônico

http://sisualuno.mec.gov.br/

que o boletim individual dará a informação.

Se você foi classificado, você terá os dias 15 e 16 para realizar sua matrícula na instituição. Essa é a última divulgação de lista de classificação. A partir de agora, as vagas que tenham sobrado serão preenchidas pelas próprias universidades, que divulgarão através de edital como serão preenchidas.

FERNANDO HENRIQUE FAZ TERRORISMO CONTRA DILMA COM BOMBA DE FEIJÃO

Que Fernando Henrique sabotou a sua velhice, por isso é um magno carregador do ressentimento, a maior parte dos brasileiros já sabe. Que ele é o estorvo de seu partido reacionário, PSDB, a maioria dos membros dessa agremiação de convescote sabe. Que ele não tem mais nenhuma força de opinião sociológica na comunidade intelectual, a maioria dos discípulos de Auguste Comte sabe. Então se pergunta: Por que Fernando continua querendo se fazer acreditar que alguém ainda lhe dá ouvido? Fácil responder. Ele precisa, em sua vaidade colonizada, acreditar que em seu momento final poderá plagiar o sábio alemão e dizer: “Luz, mais luz!” Querendo que seja entendido como alguém que não trapaceou na vida. E assim ainda haverá alguém a lhe escutar.

Carregando sua catástrofe (a perda de sue princípio de equilíbrio) existencial, ele concedeu uma entrevista ao anódino jornal norte-americano The Miami Herald, onde afirma que Dilma é “autoritária”, “dogmática”, “mais próxima da esquerda”, “tem uma visão ultrapassada”, “não tem experiência em cargos eletivos”, e que ela “poderia se aproximar mais do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, mas a existência de instituições fortes no Brasil seriam de contrapeso”.

Perdido em seu mundo de insignificância, produzido por ele mesmo, Fernando Henrique, em suas declarações, posa para a direita, querendo ganhar guarida, ao mesmo tempo que tenta ganhar alguns incautos com suas declarações risíveis. Triste pose de quem se colocou fora de cena exatamente por sua péssima interpretação como político.

Suas declarações, que ele pretendia que fossem tomadas como terroristas, não passam de inofensivas bombas de feijão, cujo próprio vento se encarregada de afastar. Chamar Dilma de esquerdista querendo convencer o eleitor que ela é uma perigo, é na verdade um elogia para uma mulher quem tem um existência contada como alguém que não negou a vida. Afirmar que ela vai se aproximar de Chávez, para causar pavor no eleitor, é uma confirmação que seu governo terá um seguimento de respeitabilidade por todas nações, o que marca as relações políticas entre as nações, o que garante a paz mundial, como bem afirmou a filósofa Bárbara Cassin, outra mulher com sentido da vida.

No mais, Fernando Henrique, com seu terrorismo de bomba de feijão, é daqueles bobos que se exibem sem saber que o rei continua nu. Em suas piruetas, não percebe ao seu redor que o palácio não existe mais. O que quer é se iludir que é importante para a nobreza.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.110 hits

Páginas

Arquivos