Arquivo para 2 de maio de 2010

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

Mais um casal gay garante adoção no Brasil

Ao final do texto que publicamos aqui neste bloguinho sobre a confirmação pelo STJ (Supremos Tribunal de Justiça) da adoção realizada por um casal lésbico do Rio Grande do Sul, dizíamos que a acertada decisão do STJ não era só uma vitória particular, mas que geraria jurisprudência para outros casos que envolvessem litígio em adoções de casais homoafetivos por todo o país.

Pois no mesmo dia dessa importante decisão do STJ, terça-feira passada (27), a Justiça do Mato Grosso concedeu adoção a um casal formado por dois homens, conforme notícia no Cena G.

Da mesma forma do caso do Rio Grande do Sul, a criança já era oficialmente adotada por um dos parceiros. Tendo o outro entrado com pedido para extensão da adoção, a Segunda Câmara Cível do TJ-MT, por unanimidade, deferiu o pedido.

Segundo ainda o Cena G, “laudos da assistência social que cuidou do caso comprovam o entrosamento da criança com o casal”.

Mais uma vez, comemoremos a Justiça! E por duplos motivos: porque foram duas decisões democráticas unânimes no mesmo dia e porque foram fundamentais para a afirmação dos direitos dos homossexuais e das crianças e adolescentes.

VII Seminário de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais no Congresso Nacional

Marcha – Alojamento e Alimentação – Informe da ABGLT

Pessoal,

Na reunião que tive com a CUT em Brasília na semana passada foi discutida a questão do alojamento e da alimentação, para os(as) participantes da Marcha Nacional contra a Homofobia.

O que há de alojamento para quem não tem condições de pagar hotel ou pensão é um camping. Para quem pretende ficar no camping, é preciso trazer tenda, saco de dormir (ou equivalente), bebida e alimentos não perecíveis que não precisam ser cozidos. Ainda, é fundamental que cada coordenação da marcha nos estados consiga o número exato de pessoas de sua delegação que querem ficar no camping, para informar com antecedência, a fim de garantir que todos(as) tenham onde dormir. Quem chegar de improviso no camping dificilmente encontrará lugar. Para informações sobre o camping, entrem em contato com o Evaldo e o Sergio (eles não são responsáveis pelo camping, mas estão ajudando a organizar a Marcha em Brasília): Evaldo: evaldoamorim@gmail.com; sergionasc123@hotmail.com.

Enfatizamos que é da responsabilidade de cada coordenação estadual da marcha, ou dos(as) próprios(as) participantes, seu alojamento e alimentação em Brasília. A Marcha é uma mobilização / manifestação popular de base, não é um evento que possa disponibilizar passagens, hospedagem ou alimentação. Neste sentido, também é necessário ter combinado com a empresa de ônibus, onde o motorista vai dormir e como fica a questão de sua alimentação.

Também há a CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura – www.contag.org.br) que dispõe de alojamento a baixo custo. Neste caso, pedimos que os(as) interessados(as) entrem em contato diretamente : 61 3386 6768 (Falar com a Núbia).

Abaixo tem uma lista de hotéis e pensões, para quem quer fazer reserva já.

Pedimos encarecidamente que quem já conseguiu alimentação e hospedagem exponha nesta lista sua experiência, para que outras pessoas possam tentar a mesma estratégia.

Quem vem para a Marcha e não tem condições de pagar alojamento e/ou alimentação, sugerimos fazer rifa, bingo, livro ouro, para conseguir dinheiro para cobrir estes custos. Neste caso, recomendamos trazer alimentos não perecíveis que não precisam ser cozidos.

Sugerimos também procurar apoio localmente, por exemplo, junto à CUT, o Conselho Regional de Psicologia, a Coordenação Estadual ou Municipal de DST/Aids, junto a parlamentares aliados(as).

Recomendamos trazer cantis para ter água à disposição. Faz muito calor e o ar é seco em Brasília. É recomendável ter consigo água para beber e um boné ou algo parecido para se proteger do sol no dia 19 durante a Marcha na Esplanada dos Ministérios.

Guarda Sol do Arco-Íris será bem-Vindo.

Há restaurantes nos subsolos dos Ministérios, por exemplo no subsolo do Ministério da Justiça, que fica perto do Congresso Nacional.

Enfim, a 1ª Marcha Nacional Contra a Homofobia vai ser um fato inédito na história do Brasil, e vai ser um ato de expressão muito significante do movimento LGBT. Talvez possamos passar por dificuldades de alojamento e alimentação, mas o essencial é o compromisso e a causa. O sacrifício vai valer a pena.

Um grande abraço,

Toni

Baixe aqui a Lista de Hoteis e Pensões

Professora é demitida por ser lésbica

Lisa Reimer, professora da tradicional escola católica Little Flower Academy, em Vancouver, Canadá, denuncia que foi demitida após a escola descobrir sobre sua homossexualidade. Ela, que é professora de música, e que tinha um contrato de um ano assinado com a instituição, afirma que todas as suas aulas foram canceladas quando se descobriu o relacionamento dela com outra mulher que teve um filho recentemente.

Segundo o Dikerama, a professora já havia sido advertida pela escola de que não poderia falar sobre sua orientação, assim como sobre o bebê de sua companheira, mas ela acabou por ser afastada depois que pais de alunos fizeram reclamação na escola. “Mal posso imaginar como os estudantes gays se sentiram. É muito triste”, afirmou ela, que tornou pública a história e acionará a Justiça pelos seus direitos.

Os hormônios venceram o celibato

A Igreja Católica não coseguiu mudar a natureza

A sexualidade e o celibato nunca combinaram. O padre gay e o seminarista que transa com uma prostituta em troca de comida nos anos de 1300 nunca foram apenas obra de ficção de Humberto Eco em “O Nome da Rosa.”

O problema é que a Igreja Católica desafiou a própria natureza. Tornou-se arma contra os instintos naturais dos homens.

Os seres humanos foram criados para fazer sexo e pronto, no mínimo se masturbar, mas a Igreja Católica quer que os homens não tenham hormônios, lutem contra eles mesmos.

O resultado é bombástico. Sexo entre padres e beatas. Sexo entre seminaristas. Sexo entre padres e coroinhas. Sexo, orações. Sexo, arrependimento. Sexo e missas.

Dentro ou fora dos conventos, padres e seminaristas perdem a luta contra seus hormônios. São vencidos pelo desejo proibido pela Igreja Católica.

Padres vão à saunas gays. No domingo celebram, na segundam celebram o pecado, o melhor de todos eles. Capaz de vencer qualquer um, capaz de ter sido a última tentação se Cristo.

No caso da pedofilia, a impunidade de sempre nos faz pensar que quem protege os agressores talvez tenha tanta culpa quanto eles. Tudo que a Igreja Católica fez até hoje foi fechar os olhos para seus bastidores de sexo e pedofilia.

O problema é que os coroinhas cresceram. A maioria não suportou a idéia do abuso. Outros até viraram suspeitos de extorquir padres (em Alagoas, por exemplo). Foram acostumados a fazer sexo em troca de algum provilégio material.

Sem a cortina de força que a protegeu por centenas de anos, a Igreja Católica agora aparece nua. Despiram inclusive seu mentor, o Papa, mais político do que religioso, mas articulado do que um advogado e, agora, mais chocado do que os próprios fiéis.

A luta do celibato contra os hormônios nunca foi vitoriosa. Venceram os hormônios, os desejos e chegaram ao ponto de virarem caso de polícia. O sexo venceu a Igreja porque é do ser humano.

Muito bem escreveram Rita Lee, Roberto Carvalho e Arnaldo Jabor. Amor é cristão, Sexo é pagão.

da Redação do Toda Forma de Amor

O ator pornô francês François Sagat num quadro do artista plástico australiano Ross Watson, inspirado na “Crucificação de São Pedro”, pintado pelo italiano Caravaggio no século 17.

“O braço direito do papa [cardeal Tarcisio Bertone] recentemente relacionou Homossexualidade e pedofilia. Isso me enfureceu. Então me parece justo retratar François Sagat como um santo dos dias atuais, já que ele está ajudando a salvar vidas, em vez de contribuir para causar doenças e morte de milhões de pessoas.”

Para que serve essa sua “realidade”?
Raso realismo, o de vocês.
O argumento da experiência reservada
…………………….é um mau argumento
reacionário.
…………………….…..Gilles Deleuze

BATE-PAPO COM DILMA NA WEB SOBRE CULTURA

Companheir@s,

Há duas semanas, durante o lançamento de seu site pessoal, Dilma falou ao vivo com twiteiros e blogueiros do Brasil e do exterior e disse que voltaria a conversar com os internautas. Promessa cumprida! Neste domingo (02), às 20 horas, teremos Dilma na Web novamente. Desta vez, o bate-papo foi gravado em Porto Alegre (RS) e o tema da vez será sobre cultura!

Prepare seu computador, avise seus amigos e faça a cobertura on-line conosco. Você pode utilizar seu blog, twitter e suas redes sociais. Os conteúdos postados por cada um de nós farão a diferença! Não esqueça de utilizar as hashtags #dilmanaweb e #dilma em todos os posts e viva o ativismo social na web!

Onde: www.dilmanaweb.com.br

Quando: dia 02

Horário: às 20 horas

Equipe Dilma na Web

DISCURSO DE LULA PELO DIA DOS TRABALHADORES

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na comemoração do 1º de Maio promovida pelas centrais sindicais Força Sindical e Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB)

São Paulo-SP, 1º de maio de 2010

Companheiros e companheiras,

Trabalhadores e trabalhadoras de São Paulo e do Brasil,

É uma alegria dupla estar neste 1º de Maio, este 1º de Maio que alguns vão dizer agora, este ano, que ele é político porque eu vim. Mas nos sete que eu não vim e que os outros vieram, não foi considerado político. Não existe problema. Nós, com a mesma tranquilidade que vamos a outros atos, eu venho ao ato do companheiro Paulinho e do companheiro Neto, da Força Sindical e da CGTB, para dizer aos trabalhadores de São Paulo que faltam apenas nove… oito meses para terminar o meu mandato – oito meses –, e eu duvido que em alguma parte do mundo, muitos Presidentes, depois de sete anos, tiveram coragem de vir a um ato de trabalhadores e encarar os trabalhadores cara a cara. Porque normalmente os Presidentes entravam com muita popularidade e saíam pela porta dos fundos porque não tinham cumprido aquilo que prometeram para os trabalhadores.

Para as pessoas mais novas que estão aqui – Paulinho, companheira Dilma, companheiro Aloizio, companheiro Temer, minha querida companheira Marisa, companheiros da Força Sindical e da CGTB –, eu fui um dirigente sindical importante neste país nos anos 70. Participei e organizei as greves mais importantes deste país num tempo em que a inflação era [de] 80% ao ano, no tempo em que a inflação era [de] 40% ao mês, no tempo em que a gente fazia greve e voltava a trabalhar sem receber absolutamente nada, com os trabalhadores sendo mandados embora, e o regime militar obrigando a gente a voltar a trabalhar, numa justiça até então pouco democrática. E nos meus sete anos de governo, é com muito orgulho que eu posso olhar na cara de cada trabalhador, na cara de cada dirigente sindical, na cara de cada companheiro e dizer: em todos os anos do meu governo, 90% dos reajustes salariais foram aumentos reais, ganho real para a classe trabalhadora brasileira.

É com muito orgulho, Paulinho, e com muito orgulho, companheiro Neto, que eu estou aqui para dizer aos trabalhadores de São Paulo que na crise econômica dos países ricos, em 2008, a crise que mandou 7 milhões de trabalhadores embora nos Estados Unidos, a crise que mandou mais de 7 milhões de trabalhadores embora na Europa, a crise que foi o ato da especulação financeira, de banqueiros que em vez de investirem no trabalho, investiram na especulação, banqueiros que davam palpite sobre o Brasil, banqueiros que davam palpite sobre o México, banqueiros que davam palpite sobre a crise de todos os países pobres. Olharam tanto para o Brasil e para os países pobres que esqueceram de olhar para o que estava acontecendo nos seus próprios bancos. Foi a maior crise dos últimos 80 anos.

E é com muito orgulho, Paulinho, que o Brasil foi o último país a entrar na crise e o primeiro país a sair da crise, e quem sustentou a economia brasileira não foram os banqueiros nem os empresários. Foi o povo pobre deste país que sustentou a economia. Você está lembrado, Paulinho, que eu fui, no dia 23 de dezembro de 2008, para a televisão, em rede nacional, pedir para o povo brasileiro consumir porque se o povo não consumisse, as empresas não iam produzir, o comércio não ia vender e, portanto, ia ter mais desemprego. Eu fui para a televisão dizer: o povo tem que comprar o mínimo necessário para a roda gigante da economia continuar girando. E, graças a Deus, o Brasil, que só era conhecido no mundo por causa do Carnaval do Rio de Janeiro, que só era conhecido no mundo por causa da morte de meninos e meninas, que só era conhecido no mundo por causa de futebol, hoje o Brasil é um país respeitado porque é o maior exemplo de economia séria, de estabilidade financeira, de controle do sistema financeiro.

Eu lembro – eu era dirigente sindical, Paulinho – quando eu vivia nas ruas gritando: “Queremos um salário mínimo de US$ 100, queremos um salário mínimo de US$ 100”. Hoje o salário mínimo é de US$ 300 e nós vamos continuar a política de aumentar o salário mínimo para que a gente possa fazer as mulheres e os homens deste país, que ainda não têm uma profissão e que ganham salário mínimo, poderem viver com dignidade neste país. Já aumentamos 74% e, certamente, os aumentos vão continuar porque o povo brasileiro quer que continue.

Eu era dirigente sindical, Paulinho, quando você, eu e tantos outros, Neto e tantos outros, andávamos pelas ruas deste país com uma placa ou com uma faixa, dizendo “Fora daqui o FMI”. Eu ganhei as eleições e mandei o FMI embora, e hoje o Brasil empresta dinheiro para o FMI. Não é que o Brasil toma dinheiro emprestado do FMI.

Paulinho, no nosso governo, nesses sete anos, nós desapropriamos 47 milhões de hectares de terra para a reforma agrária. É 60% de tudo o que foi desapropriado na história de 500 anos do Brasil. Nós assentamos mais de 570 mil famílias e sabemos que precisamos assentar mais. Paulinho, quando vocês, do movimento sindical, me apresentaram a proposta do crédito consignado, muita gente dizia: “Não vamos emprestar dinheiro para o trabalhador quando o trabalhador ganha pouco e não vai pagar”. Criamos o crédito consignado. Hoje a carteira do crédito consignado representa R$ 115 bilhões e a inadimplência é a menor possível porque o trabalhador e a trabalhadora não dão calote, porque o único patrimônio deles é o próprio nome deles e eles pagam porque têm vergonha na cara, que muita gente grande neste país não tem.

É por isso, Paulinho, é por isso que eu estou aqui neste 1º de Maio, com a mesma cabeça erguida que quando fui ao sindicato convidado quando eu era candidato, para dizer para você, companheiro Paulinho: quando deixar a Presidência, Neto, eu vou mandar registrar em cartório tudo o que eu fiz. Registrar em cartório para entregar para a imprensa, para entregar para os deputados, senadores, para entregar para universidades, para entregar para cada sindicato, porque eu quero que quem vier depois de mim – e vocês sabem quem eu quero – saiba que tem que fazer mais e fazer melhor, e fazer muito mais, porque nós aprendemos, nós preparamos e nós estamos convencidos…

Eu disse ontem, na posse da indústria automobilística – o Aloizio estava comigo –: não pensem que por conta das eleições eu vou deixar o Brasil afundar, não pensem. Eu aprendi a minha seriedade no movimento sindical, eu aprendi a minha seriedade e não vou brincar, porque a inflação neste país não volta mais, a irresponsabilidade fiscal não volta mais. E é com essa responsabilidade que a gente vai fazer o Brasil ser a quinta economia até 2016, ser um país grande.

Foi com muito orgulho, companheiros, que nós ganhamos a Copa do Mundo, lá em Lausanne. Tinha gente que dizia: “O Brasil não pode fazer a Copa do Mundo, o Brasil é um país pobre”. Porque tem gente que é tão azeda, que se levanta de manhã, não acredita nela própria. Tem gente que só aposta na desgraça e eu aposto é na melhoria deste povo. Quando nós fomos disputar com o companheiro Obama, com o companheiro Zapatero e com o companheiro Hatoyama, as Olimpíadas, eu cheguei em Copenhague e muita gente dizia: “Esse Lula é metido a besta. O cara sai lá de Pernambuco para não morrer de fome, vem para São Paulo, vira Presidente e pensa que vai derrotar o Obama, que vai derrotar a Espanha, que vai derrotar o Japão”. Pois bem, nós derrotamos os três e trouxemos as Olimpíadas para este país. Foi a maior votação, foi a maior votação que um país já teve nas Olimpíadas: 66 votos de diferença.

Pois bem, companheiro Paulinho, olho os trabalhadores e trabalhadoras com a convicção de quem viveu 27 anos dentro de uma fábrica, de quem sabe o que é o desemprego porque fiquei, em [19]75, um ano e meio desempregado, porque já fiquei sentado na porta da minha casa vendo a água bater no teto, porque já fiquei na porta da minha casa sentado sem ter o que comer dentro de casa.

E eu tenho a convicção, e você tem, de que este país mudou. É só ir para o Nordeste brasileiro para ver como o povo está melhorando, é só ir para o interior deste país para ver como o povo está melhorando. O Lupi falou que nós vamos criar 14 milhões e 500 mil empregos. Ah, eu fico feliz, eu fico feliz, companheira Dilma, quando a revista Time, a revista Time diz que eu sou a pessoa mais influente do mundo, porque a elite brasileira dizia que eu não tinha competência para governar porque eu não sabia falar inglês. Eu não falo inglês, mas meu coração pensa brasileiro, meu coração pensa o povo brasileiro, a minha consciência pensa o povo brasileiro. Eles ficam ofendidos quando o principal jornal, o Le Monde, me coloca como “Homem do Ano”; eles ficam infelizes da vida quando o El Pais, o principal jornal da Espanha, me escolhe como “Homem do Ano”; eles ficam doidos da vida quando o Brasil se mete a negociar a paz de Israel, quando eu digo que vou ao Irã, quando eu digo que vou à Palestina.

Este país é soberano, este país conquistou a sua independência quase 200 anos atrás, este país tem um povo feito de homens e de mulheres que aprenderam a andar de cabeça erguida, e quem decide o nosso destino somos nós, quem decide aonde vamos e quando vamos somos nós.

Portanto, companheiros e companheiras, eu quero dizer para vocês que espero, que não sendo Presidente da República em maio do ano que vem, que os companheiros se lembrem do Lula ex-presidente, porque ex-presidente sem mandato, nem vento bate nas costas, nem vento. Mas eu espero ser convidado para falar bem do próximo Presidente, que eu tenho certeza, certeza absoluta que o povo quer que continue o mesmo programa de governo para cuidar do povo pobre deste país. Durante cinco séculos os ricos ganharam. Agora chegou a vez do povo trabalhador ganhar a sua fatia na riqueza nacional.

Viva os trabalhadores brasileiros! Viva os trabalhadores de São Paulo! E até o ano que vem, se Deus quiser.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.895 hits

Páginas

Arquivos