Arquivo para 10 de maio de 2010

AMAZONINO E A EMPARSANCO TENTAM TAPEAR A POPULAÇÃO COM OPERAÇÃO TAPA-BURACOS

As águas correm para o rio, o rio corre para o mar, o mar deságua no oceano… No oceano está Poseidon.”

Foto da rua Rio Jaú, tirada nos primórdios deste bloguinho, há três anos atrás.

Nas últimas semanas, o portal da Prefeitura de Manaus (PMM), em sua “transparência”, divulgou suas contas. Chamou a atenção o montante pago à empresa Emparsanco. Tendo realizado contrato de R$ 69 milhões em agosto do ano passado para realizar a marketeada Operação Tapa-Buracos, a empresa recebeu da prefeitura o valor de R$ 41,4 milhões, conforme informação do próprio sítio da PMM.

Tal fato chamou a atenção do vereador José Ricardo (PT), que na semana passada primeiro questionou na Câmara Municipal de Manaus sobre as obras. “Onde estão essas obras, que ninguém vê?”, acrescentando que “é dinheiro público que está em jogo”.

Também na semana passada, José Ricardo acionou o Ministério Público Estadual (MPE) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE), solicitando uma auditoria nas obras emergenciais de tapa-buracos realizadas na cidade, entre agosto do ano passado até hoje, como ainda os pagamentos feitos pela Prefeitura de Manaus à Empresa Emparsanco. “É nosso papel como vereador fiscalizar o uso correto do dinheiro público que está em jogo, e não é pouco”, afirmou José Ricardo.

UM EXEMPLO DO DES-SERVIÇO PÚBLICO DE AMAZONINO/EMPARSANCO

Seguindo os passos – e tropeções, neste caso – das denúncias de José Ricardo, trazemos aqui neste bloguinho imagens e o relato de como foi realizado o péssimo serviço na rua Rio Jaú, bairro Novo Aleixo, zona Leste de Manaus, onde se situa a sede da AFIN – Associação Filosofia Itinerante, de quem este bloguinho intempestivo é vetor virtualizante.

Após vários anos sem asfalto, que desapareceu completamente da rua, depois de candidatos que prometeram asfaltá-la em épocas de eleição, depois de muitas peripécias que você pode conferir no Projeto Poseidon deste bloguinho, no mês passado apareceu uma esquipe de trabalhadores que começou a asfaltá-la. Mas vejamos em que condições.

Toda e qualquer pessoa que vive na zona Urbana sabe quais são as etapas básicas para se efetivar o asfaltamento de uma via pública. No mínimo, é necessário plainar o terreno, colocar um barro especial, compactar bem, jogar o piche para impermear, colocar o asfalto, compactá-lo, colocar meio-fio, isolar a área por um período… Nada disso foi feito na rua Rio Jaú. Os trabalhadores chegavam pela manhã com vontade de trabalhar, mas quase sempre faltava material para eles, e eles tinham que ficar sentados conversando, inventavam algum jogo, tomando um guaraná… Às vezes aparecia uma carrada de asfalto já pela tardinha; às vezes, não.

Assim, o trabalho se arrastou de poucos em poucos metros por dia. Mas vejamos ainda em que condições. Os trabalhadores apenas capinavam onde havia capim, o piche era passado poucos momentos antes, o asfalto era despejado… Nos últimos dias que vieram, no início da semana passada, nem mesmo o pequeno rolo foi passado para compactar o mínimo o asfalto. E foi por aí que os trabalhadores apareceram apenas para pegar suas roupas e algumas ferramentas e falaram que haviam sido mandados para o bairro de Santa Etelvina. Nunca mais retornaram. A prefeitura havia deixado ainda pela metade esse mal feito trabalho.

Além de mal feito, e de ficar pela metade, na parte que não foi realizado o péssimo serviço, ficou uma imensa escavação de um lado, deixando canos de água expostos, o que pode ocasionar vazamentos que, juntamente com a água da chuva acumulada, podem facilmente se tornar depósito para agentes causadores de diversas doenças.

Bem do outro lado, numa travessa ligada à Rio Jaú, ficou também, abandonado no meio da rua, um monte de barro.

Além de tudo isso, mesmo na parte que o trabalho foi realizado, foi tão mal feito e a qualidade do asfalto empregado é tão péssima que se verifica hoje que o próprio capim o está rompendo.

Na rua, ironicamente, há uma aposta de quem acerta até quando esse “asfaltamento” irá durar. Até agora há quem, otimista, aposte em três anos. Outros, um pouco menos, dizem que dois, um ano. Há quem diga que durará até a próxima eleição. Há quem diga ainda que os moradores tem sorte de que o período chuvoso já vai perto do fim, senão logo seria possível tirar fotos como a que está no topo deste texto.

A estes, ninguém poderá dizer que são pessimistas, mas sim que conhecem a irracionalidade e corrupção desses des-governos da cidade de Manô, a Princesinha do Norte, há décadas.

SEGUNDA-FEIRA DOMINICAL

O dia das boas almas

£ Em entrevista ao jornal espanhol El Pais, o presidente Lula, além de chamar a atenção da Organização Nações Unidas (ONU), por não ter decisões firmes sobre os fatos internacionais, falou também sobre as eleições deste ano no Brasil, afirmando o óbvio que incomoda desesperadamente a direita.

O povo quer seguir caminhando e não retroceder. No entanto, não vejo a possibilidade de perdermos as eleições”. Uma lembrança mais para a direita do que para os eleitores de Dilma. Na verdade, uma zombaria de Lula com a encenação da direita, representada pelo PSDB, que faz que está disputando uma eleição, quando não está, visto não ter um programa importante para à sociedade brasileira.

£ A Folha de São, mídia ostensivamente retrógrada, em sua função determinada de vasculhar e denunciar os atos do Partido dos Trabalhadores, fez matéria denunciando que a nova propagando do PT, que substituiu a que foi proibida pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Algir Passarinho, respondendo a uma representação do PSDB, que pedia sua vedação, traz novamente propaganda antecipada da candidata do presidente Lula, e do PT, Dilma.

Tudo porque a propaganda mostra em seu texto a necessidade da continuação de um do programa de governo do presidente Lula. Será mais uma ação que o partido reacionário da elite do estado de São Paulo irá mover contra a candidatura de Dilma. Na superstição deles, entrando com muitas ações no TSE contra Dilma, e a Justiça Eleitoral, dando resposta favorável à direita, a candidatura de Dilma sofrerá um abalo, porque os eleitores verão que o PT é um partido que não cumpre as ordens da Justiça.

Triste verdade supersticiosa capaz de só embalar as expectativas vazias da direita.

£ No sábado começa o Campeonato Brasileiro, o maior torneio de futebol do mundo, orgulho de muitos ingênuos existenciais que acreditam ser a expressão do melhor futebol do mundo. Na verdade, um campeonato onde desfilam partidas grandemente tediosas, como a partida do domingo entre Flamengo e São Paulo, onde a chuva ficou como responsável pela bela pelada clássica.

Onde também clubes como o Palmeiras, que vem apresentando durante um ano o futebol mais medíocre de usa história, mas que ainda conseguiu vencer o Vitória, que ainda continua na Copa Brasil, que, por sua vez, tirou o Vasco, Vasco que perdeu para o Atlético Mineiro, que foi, no meio da semana passada, derrotado pelo Santos – do mascarado Neymar -, que não passou de um empate com o Botafogo, acreditando que seria o grande momento para Dunga convocá-lo para a Seleção Brasileira.

Até o fim do ano novas peladas ocorrerão.

£ O Cadastro Nacional de Adoção tem 27 mil inscritos. Desses inscritos, 56% só querem adotar crianças de até 3 anos de idade, e 40% só aceitam crianças de cor branca.

Realidade preocupante isso porque mostra uma implicação discriminadora. O que leva a se perguntar: o que é adoção para esses futuros pais? Apenas uma continuidade selecionadora de suas próprias existências? Isso se chama uma adoção perigosa.

A expectativa desses adultos não é importante para as crianças que querem crescer para serem adultos que também pretendem livremente adotar o mundo.

£ Um truque da Folha de São Paulo que só responde positivamente a ela própria. Na edição de domingo, ela traz como manchete principal matéria comprometendo o governo federal, ao mesmo tempo – para fazer de conta que é um jornal imparcial – apresenta matéria afirmando que no governo de Serra em São Paulo, as políticas públicas “encolheram”. Tudo na primeira página. Uma crença de que o leitor, ao ler apenas esta página, vai tomá-la como uma mídia que não tende para nenhum lado. Mas esse leitor sabe que ao abrir o jornal vai encontrar várias matérias a favor de Serra, e muita contra Lula e Dilma.

Essa mídia não engana nem ela mesma.

£ O Projeto de Lei, saído do movimento com milhares assinaturas, o Ficha Limpa, embora não traga em seu texto o que os brasileiros democratas pretendem contra a candidatura de qualquer candidato corrupto julgado ou não, entretanto já é um começo para criar a preocupação nesses sujeitos envolvidos em falcatruas e que aspiram uma posição no Legislativo ou no Executivo, até os que aí se encontram.

Assim é que o parlamentar que mais tem demonstrado preocupação quanto ao seu futuro político é exatamente o deputado Paulo Maluf. Maluf anda muito preocupado. Ele tem o currículo necessário para responder positivamente ao Ficha Limpa, isso por que seu currículo, segundo a Justiça, mostra uma inegável ficha suja.

£ Muita gente no Brasil não acredita, mas ainda existe o concurso de Miss Brasil. Um dos muitos eventos inúteis e fúteis propagadores da mulher objeto. A exaltação do vazio existencial.

Sábado foi dia desse descaso com a mulher. Levou o primeiro lugar uma jovem que dizem ser de Minas Gerais. E o segundo lugar coube a uma jovem do Amazonas. Sobre o caso de uma amazonense participar em concurso como esse, nada de surpreendente. O Amazonas sempre deu sua contribuição para essa inutilidade. Aliás, já contribuiu até para o terrorismo contra a mulher que é apoiado por milhões de brasileiros, o BBB.

Lamentável, mas, historicamente, nesse quesito emancipação da mulher objeto, o Amazonas continua ainda na década de 50. Possivelmente, ainda terá outros Miss Brasil e, quiçá, BBBs.

CARTA ABERTA A ALEXANDRE GARCIA – UMA CARTA CONTRA O PRECONCEITO

Em resposta a uma ética da exclusão, estamos todos desafiados a praticar uma ética da solidariedade” (Betinho)

Prezado Alexandre Garcia,

Sou Toni Reis, professor, especialista em sexualidade humana, mestre em filosofia na área de ética e sexualidade, e doutorando na área de educação sexual. Trabalho com HIV/aids desde 1985. Defendo a liberdade, a igualdade e o respeito à diversidade humana. Defendo também a livre expressão da imprensa, desde que não incite preconceito, discriminação e violência.

Você é um dos jornalistas mais renomados do Brasil na área política, reconhecido e premiado nacional e internacionalmente. Você é um grande formador de opinião e com certeza já está na história do jornalismo brasileiro.

Contudo, chegou até mim a sua fala na CBN no dia 7 de maio, aqui transcrita:

… o Ministério da Saúde está estimulando agora a pessoa com HIV a engravidar. Eu duvido que o MS vá fazer uma ‘cesária’ pela terceira vez em uma mulher com HIV e respingar sangue nele (MS) para ver o que vai acontecer. É uma maluquice, estão fazendo brincadeira com a saúde…”(http://cbn.globoradio.globo.com/colunas/mais-brasilia/MAIS-BRASILIA.htm)

Sinto-me obrigado a escrever esta carta como consequência de suas declarações. Nas palavras da minha falecida mãe, quando eu errava, ela falava para mim “você está jogando água fora da bacia”. No meu entendimento, como pessoa que está trabalhando com a questão do HIV/aids desde 1985, quero dizer que você jogou água fora da bacia e respingou a água suja do preconceito em muita gente. Quero dizer que atitudes como esta reforçam o preconceito e o estigma contra as pessoas que vivem com HIV/aids.

Relembro o Art. 2º do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, que diz “a divulgação de informação, precisa e correta, é dever dos meios de comunicação pública”. Com esta frase você fez um desserviço à profissão de jornalista e, pior, expressou uma visão anticientífica e infundada, que incentiva condutas discriminatórias e leva informações errôneas à população em geral, além de ser machista em culpar a mulher e negar-lhe os direitos sexuais e reprodutivos. Infelizmente, não é a primeira vez que você faz esta mesma afirmação.

É preciso se basear em informações atualizadas. Foi implantado em Curitiba há 11 anos (em 1999) o pioneiro Programa Mãe Curitibana, de prevenção à transmissão vertical do HIV (da mãe HIV positiva para o bebê), de modo que caiu para em torno de 1% esta forma de transmissão. E este programa é referência e foi replicado no país inteiro. Assim, com acesso à atenção médica e medicação durante a gravidez e o parto e no período pós-parto, as mulheres HIV positivas podem engravidar e ter filhos HIV negativos. A aids é uma doença crônica que hoje tem tratamento e é um direito das mulheres HIV positivas que assim querem ter filhos. O direito à maternidade deve ser para todas as mulheres, inclusive as mulheres HIV positivas.

Para seu conhecimento, existem normas de biossegurança em todo o Sistema Único de Saúde. Todo profissional de saúde sabe que deve segui-las e utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) com todos os usuários, de forma indiferenciada. Caso haja um acidente, há tratamento emergencial.

No início dos anos 1980, o preconceito quando a aids surgiu era tanto que foi chamada de “câncer gay”. Eu, como gay, na época me senti o próprio sinônimo da doença. Para vencer minha ignorância, fui me informar, estudar e percebi que eu estava sendo iludido por uma mídia despreparada e preconceituosa. Felizmente, parte da mídia já mudou.

O Ministério da Saúde, através do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, vem cumprindo – sim – seu dever constitucional, e tem sido referência mundial na assistência e na prevenção do HIV/Aids, por ter uma política baseada nos direitos humanos, na dignidade humana e no respeito aos direitos sexuais e reprodutivos.

Sua fala não foi de bom tom. Sério, Alexandre Garcia, profissional que admiro. Sugiro a você buscar informações corretas sobre o assunto. Estamos à disposição. Quero dizer que hoje no Brasil temos em torno de 700 organizações não governamentais que trabalham com o HIV/aids e os direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/aids. Queremos contar com você como aliado para defender os direitos humanos, inclusive os direitos sexuais e reprodutivos, de todas as pessoas, em especial as mulheres que vivem com HIV/aids.

As pessoas vivendo com HIV/aids, assim como todo mundo, merecem respeito, dignidade e carinho. Por um mundo sem violência, sem discriminação e sem preconceito.

Nas palavras do Betinho, “a aids não é mortal, mortais somos todos nós. A aids terá cura, e o remédio hoje é a solidariedade”.

Alexandre Garcia, convido você a ser solidário às pessoas que vivem com HIV/aids.

Curitiba, 08 de maio de 2010.

Toni Reis


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.895 hits

Páginas

Arquivos