Arquivo para 18 de maio de 2010

NÃO VERÁS LULA NENHUM

Leandro Fortes*

É verdade, mas só na Time, no Le Monde, no El País e na BBC de Londres…

Em linhas gerais, Luís Fernando Veríssimo disse, em artigo recente, que as gerações futuras de historiadores terão enorme dificuldade para compreender a razão de, no presente que se apresenta, um presidente da República tão popular como Luiz Inácio Lula da Silva ser alvo de uma campanha permanente de oposição e desconstrução por parte da mídia brasileira. Em suma, Veríssimo colocou em perspectiva histórica uma questão que, distante no tempo, contará com a vantagem de poder ser discutida a frio, mas nem por isso deixará de ser, talvez, o ponto de análise mais intrigante da vida política do Brasil da primeira década do século XXI.

A reação da velha mídia nativa ao acordo nuclear do Irã, costurado pelas diplomacias brasileira e turca chega a ser cômica, mas revela, antes de tudo, o despreparo da classe dirigente brasileira em interpretar o força histórica do momento e suas conseqüências para a consolidação daquilo que se anuncia, finalmente, como civilização brasileira. O claro ressentimento da velha guarda midiática com o sucesso de Lula e do ministro Celso Amorim, das Relações Exteriores, deixou de ser um fenômeno de ocasião, até então norteado por opções ideológicas, para descambar na inveja pura, quando não naquilo que sempre foi: um ódio de classe cada vez menos disfarçado, fruto de uma incompreensão histórica que só pode ser justificada pelo distanciamento dos donos da mídia em relação ao mundo real, e da disponibilidade quase infinita de seus jornalistas para fazer, literalmente, qualquer trabalho que lhe mandarem os chefes e patrões, na vã esperança de um dia ser igual a eles.

Assim, enquanto a imprensa mundial se dedica a decodificar as engrenagens e circunstâncias que fizeram de Lula o mais importante líder mundial desse final de década, a imprensa brasileira se debate em como destituí-lo de toda glória, de reduzí-lo a um analfabeto funcional premiado pela sorte, a um manipulador de massas movido por programas de bolsas e incentivos, a um demagogo de fala mansa que esconde pretensões autoritárias disfarçadas, aqui e ali, de boas intenções populares. Tenta, portanto, converter a verdade atual em mentiras de registro, a apagar a memória nacional sobre o presidente, como se fosse possível enganar o futuro com notícias de jornal.

Destituídos de poder e credibilidade, os barões dessa mídia decadente e anciã se lançaram nessa missão suicida quando poderiam, simplesmente, ter se dedicado a fazer bom jornalismo, crítico e construtivo. Têm dinheiro e pessoal qualificado para tal. Ao invés disso, dedicaram-se a escrever para si mesmos, a se retroalimentar de preconceitos e maledicências, a pintarem o mundo a partir da imagem projetada pela classe média brasileira, uma gente quase que integralmente iletrada e apavorada, um exército de reginas duartes prestes a ter um ataque de nervos toda vez que um negro é admitido na universidade por meio de uma cota racial.

Ainda assim, paradoxalmente, uma massa beneficiada pelo crescimento econômico, mas escrava da própria indigência intelectual.

* O íntegro jornalista Leandro Fortes movimenta o blog Brasília, eu vi e escreve na revista Carta Capital.

BEIJAÇO GAY EM MANAUS, APESAR DA HOMOFOBIA DO GOVERNO DO ESTADO

Beijaço 2010 01 por você.

Ontem, 17 de maio, o Beijaço Gay, uma das manifestações consoantes ao Dia Internacional da Homofobia, estava previsto a ocorrer em diversas cidades brasileiras. Em Manaus, conforme noticiado aqui neste bloguinho, estava marcado para as 17h, na Pça São Sebastião, que fica em frente ao Teatro Amazonas. Mas a manifestação acabou por ser impedida de ocorrer nesse espaço público por ordem da subsecretária de Cultura do Governo do Estado do Amazonas, alcunhada de dona Mimosa pelos funcionários dessa Secretaria.

No momento em que alguns grupos de homossexuais e aliados chegavam ao local, por volta desse horário, quando a presidente da AAGLT (Associação Amazonense de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais) subiu num pequeno carro de som para começar o ato, funcionários da Secretaria de Cultura, utilizando-se da desculpa fajuta de que o carro não poderia ficar ali perto da cancela de entrada para o Largo São Sebastião, se apressaram em impedir que o carro de som fosse usado, querendo que ele descesse a rua não sei por onde, não sei para onde. Tiveram que ir para outra praça, para a Pça do Congresso.

Beijaço 2010 04 por você.

CONFINAMENTO DO ESPAÇO PÚBLICO

Assim como se vê o preenchimento das funções públicas por clãs familiares, num Estado o próprio espaço é esquadrinhado para servir às exclusões do poder autoritário/despótico. É o que ocorre com os espaços públicos em Manaus pelos atuais Prefeitura e Governo do Estado. É uma tradição secular.

No caso dos homossexuais, não são poucos os políticos profissionais que se aproximam apenas almejando tirar proveito eleitoreiro. Como o movimento LGBT se tornou muito forte do ponto de vista da visibilidade, os governos colocam-no sob a rubrica da inclusão, mas, não nos enganemos, na maioria dos casos, é apenas mais uma forma de controle. Em todos os casos, foi o que este bloguinho viu acontecer ontem à tarde em plena Pça São Sebastião. O espaço público usurpado do povo, servindo apenas como ponto para ‘turistotário’ e simulação de bom gosto para a tíbia e falsa elite manauara ignara. Quanto aos gays, com o poder que a causa LGBT tem hoje, podem ir para onde quiserem, menos para a Pça São Sebastião em Manaus.

O Governo do Estado, tanto com Eduardo “Guerreiro de Sempre” Braga quanto agora, há muito que finge uma política de inclusão para o segmento LGBT, principalmente encabeçado pelo Centro de Referência e Combate à Homofobia “Adamor Guedes”, ligado diretamente à Secretaria de de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUS). Será que a Dra. Michelle Vitória Custódio, coordenadora do Centro, irá cobrar de seus parceiros Lélio Lauria, secretário de Justiça, e Robério Braga, secretário de Cultura, uma explicação pela homofobia praticada contra a manifestação livre e democrática organizada por entidades LGBTs do Amazonas e prevista a ocorrer na Pça São Sebastião?

Beijaço 2010 07 por você.

A INÉRCIA DO MOVIMENTO LGBT EM MANAUS

Era aí para ter ocorrido o evento, quando se sabe, desde Castro Alves, que “a praça é do povo”. Principalmente quando se sabe que São Sebastião é considerado o padroeiro dos homossexuais. Mas não vamos apenas do lado de lá. É preciso discutir a questão aqui pra nós.

Todos sabemos que há uma dificuldade da qual muitas entidades reclamam: de que é muito fácil botar milhares numa parada gay e muito difícil, e isso não somente em Manaus, de reunir um grupo com um número razoável de homossexuais para discutir políticas LGBTs. Isso ocorre por que é muito mais fácil, quando se está apenas interessado apenas numa dissipação individual de conflitos particulares interiores, amar no casal e na família, descolar um parceiro, uma parceira, participar do espetáculo, do que se envolver num debate de ideias. A política é coletiva e ocorre lá fora. Por isso muitos casais gays acabam muitas vezes por repetir os mesmos códigos do casamento cristão-burguês.

O fato é que, em Manaus, mesmo as entidades reconhecidas e que tem uma atuação indiscutível, às vezes não se dão conta de seus poderes e da importância em tomar posição. Um exemplo foi a homofobia institucional sofrida ontem na Pça São Sebastião, quando as entidades presentes se limitaram a fazer um pequeno discurso de desabafo e saíram, escorraçados para a outra praça. Apenas a Associação Filosofia Itinerante – AFIN, da qual este bloguinho é vetor virtualizante, foi até os representantes da Secretaria de Cultura discutir pra valer a questão da homofobia praticada pelo Governo do Estado do Amazonas.

Para isso, não eram necessárias muitas pessoas, apenas argumentos rápidos e inteligentes. Sobretudo, não era para terem saído dessa forma. Parece que as entidades LGBTs no Amazonas ainda não percebem a exata extensão de sua luta.

Hoje, a maioria das pessoas que se aproxima da causa LGBT, inclusive certos governos, inúmeros parlamentares, necessitam mais dos gays do que estes deles. É por esse mesmo motivo que encontramos também algumas pessoas no meio do movimento LGBT que não tem nada a ver com suas causas, a não ser aproveitar-se da visibilidade que lhe será proporcionada.

Mas, com tudo isso, embora a homofobia do Governo do Estado, vários casais de homossexuais, lésbicas, heterossexuais, enfim, numa explosão das identidades da sexualidade e dos controles do corpo e da alma, o Beijaço ocorreu lá na Pça do Congresso.

Aí conversamos com diversas pessoas, entre elas, Diego Lima, presidente da ULGBT (União de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais), que falou da importância desse Beijaço, fazendo parte das manifestações no Dia Mundial de Combate à Homofobia, que em Manaus está com o lema “Quebrando Barreiras”. “Hoje o movimento está melhor, mais aberto”, disse ele, salientando as diversas lutas LGBTs atuais, como pela união civil estável, adoção por homossexuais, nome social para travestis, etc.

Também a morena loira Bruna La Close, presidente da AAGLT (Associação Amazonense de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais), falou da importância de se levantar a bandeira do movimento, afirmando que estava acontecendo aquele “Beijaço pela cidadania” como uma forma de que a sociedade “não pode mais fingir que não nos vê ou nos vê com preconceito”. Bruna resumiu também as atividades da associação, como audiências públicas marcadas, assim como a Pré-Parada e a Pré-Parada Gay desse ano, que devem ocorrer em agosto e setembro, respectivamente. Vamos ver como é que vai ficar esse anos. Se será na rua, o lugar por excelência da política, ou se vai ficar confinado no Sambódromo, como ditou o prefeito cassado Amazonino ano passado.

Beijaço 2010 05 por você.

E por aí, sobre o arco-íris colorido, depois dos discursos abertos no carro de som, os afetos amorosos-políticos envolveram os corpos no Beijaço coletivo contra a homofobia, contra o medo, a incompreensão, a passividade, contra toda forma de cerceamento ao movimento livre LGBT…


Beijaços afinados democratizantes a todos os leitores intempestivos deste bloguinho!

Beijaço 2010 11 por você.

SERRA VISITA JUAZEIRO DO NORTE E PEDE DE PADRE CÍCERO MILAGRE IMPOSSÍVEL

Em sua teimosia de ainda acreditar que pode ganhar as eleições de2010 para o cargo de presidente da República, o candidato da direita reacionária, a fina flor da burguesia ignara brasileira, José Serra, tem realizado fabulações prodigiosas com sua relutância esperançosa. São inúmeras fantasias e promessas por onde tem passado, sem falar nas infrutíferas tentativas de querer se desviar da maldição de seu amigo Fernando Henrique, sem conseguir, e de querer mostrar aos eleitores que é fã de Lula desde pequenininho.

Ontem, movido por seus devaneios eleitorais, foi ao Ceará, e aproveitou, junto com seu cicerone, Jereissati, para visitar a colina do Horto, em Juazeiro do Norte. Terra mais celestial do estado de Belchior.

Como se encontra na ponta do punhal dos desesperados, Serra aproveitou a ocasião para criar mais uma ilusão em sua tresloucada busca de ânimo para sua candidatura. Resolveu pedir ajuda ao bom Padim Ciço Romão, santo dos sofredores e humilhados nordestinos, vítimas que historicamente fora lançadas ao guetos da história por políticos da estirpe de gente como a que compõe os partidos da direita do naipe do PSDB, PFL e PPS, berço de Serra.

Esforçando-se ao máximo para expressar uma religiosidade que não possui, visto que se percebe essa ausência em suas relações com os outros, onde sempre deixa transparecer arrogância e prepotência, afetos desprovidos de religiosidade, a re-ligação em comunidade, ele orou para o bom Padim Ciço Romão, imaginando ser um peregrino, ou retirante, para que o santo das caatingas nordestinas pudesse, em sua bondade teológica, acreditar que se tratava de um verdadeiro fiel. Mesmo já tendo afirmado, no tempo que imaginava ser um comunista, não acreditar em Deus.

Mas como fazer pedido a padroeiro é como canja de galinha, se não fizer bem, mal não faz – embora para Serra a crença seja no possível bem -, o candidato da direita fez três pedidos ao Padim Ciço Romão. Um, que o Ceará progrida economicamente nas áreas de emprego e social. Dois, que proteja seus netos. E três, que ele seja eleito presidente do Brasil.

Dos três o pedido o que com toda certeza será atendido é o que pede proteção para os seus netos. Padim Ciço Romão sabe muito bem que os netos não são responsáveis pelos avôs que têm, e nem responsáveis pelos maus que esses avós causaram ao povo.

O primeiro, Padim Ciço Romão não vai atender porque já sabe o que o governo Fernando Henrique, do qual Serra participou ativamente, fez com o Nordeste. O sofrimento que o povo nordestino atravessou durante os oito anos tenebrosos do obscuro desgoverno da direita. E mais, Padim Ciço Romão está vendo o crescimento do Ceará na dobradinha Lula/Gomes. E mais, Padim Ciço Romão prefere um nordestino presidente que pensa em todo o Brasil, do que um paulistano que faz uso do jargão, “meu pirão primeiro”.

E o terceiro, é um milagre que jamais o Padim Ciço Romão poderia realizar. Mesmo que ele não fosse nordestino. Ele sabe que ele é Padim Ciço Romão, por causa da fé do povo, a mesma fé do povo que acredita e ajuda Lula governar, nos caminhos certos, o Brasil. Padim Ciço Romão e Lula são o mesmo povo. E fazer milagre para o Serra ganhar é lutar contra si mesmo e o povo. Povo que o Serra não carrega nem em seu “José”.

Com seu pedido metafísico, Serra mostrou mais uma vez que além de não entender das coisas da terra, não entende nada de milagre. Não entende que milagre só pode se concretizar nos pedidos realizáveis. O que não é o pedido de Serra. Como realizar milagre no impossível de ser realizado, já que Dilma se encontra eleita?

305 MIL VAGAS COM CARTEIRAS ASSINADAS EM ABRIL. RECORDE

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou o resultado dos números de vagas criadas pela economia brasileira para trabalhadores com carteiras assinadas. Segundo a divulgação, é mais um recorde batido para o mês de abril.

Foram criados 305.068 postos de trabalho com carteiras assinadas. É o segundo maior resultado desde 1992 quando iniciada a série de avaliação. O maior número foi em junho de 2008, quando ultrapassou mais de 309 mil empregos.

Em razão dos quatro recordes registrados durante o ano, o acumulado anual chegou a 962.327 cargos. De acordo com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, o Brasil deverá crescer nesse ano de 2010 entre 7% a 7,5%.

Falando sobre os comentários dos economistas, o ministro Lupi, afirmou: “Os economistas querem amedrontar, como se o Brasil tivesse marcado para não crescer”.

CARTILHA DIREITO À MORADIA: CIDADANIA COMEÇA EM CASA

No dia 19, Dia Nacional da Defensoria Pública, defensores públicos de 22 estados e do Distrito Federal estarão lançando uma cartilha Direito à Moradia: Cidadania Começa em Casa, que discorre sobre a regularização urbana e o direito à moradia. Nessa data, será iniciada uma campanha para regularização urbana e atendimento à população.

Escrita em linguagem simples, a cartilha tem como conteúdo os temas direito de acesso à terra urbanizada, condições de moradia, posse, aluguel, despejo e financiamento da casa própria, e outros assuntos referentes as questões da moradia. A cartilha é uma produção da Associação Nacional dos Defensores Públicos e do Ministério das Cidades.

Temas preocupantes, como a função social da propriedade e a ocupação de imóveis, aparecem claramente na cartilha. “O proprietário não pode deixar seu imóvel vazio durante anos, sem que sofra consequência por tal abandono. A ocupação de imóveis abandonado por quem não tem onde morar é legitima, pois é uma forma de tornar concreto o direito à moradia e de permitir que a propriedade cumpra sua função social”, são alguns temas encontrados nos textos da cartilha.

A cartilha é direcionada à clientela das defensorias públicas de todo país. Segundo André Luiz de Castro, presidente da associação, “quem passa por problema de moradia – em matéria de locação, regularização fundiária, ou de usucapião – é quem não tem condições de pagar advogado. Há, portanto, uma identidade entre o tema e atuação das defensorias”.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.895 hits

Páginas

Arquivos