Arquivo para 25 de maio de 2010

JORNAL A CRÍTICA SEGUE NO CULTO DA IMAGEM-FOTO DE WALLACE ENFERMO

Uma imagem-foto desativada de seu tempo-real torna-se virtual. Não o virtual como potência do real, como trata a filosofia da práxis produtiva de novas formas ontológicas de existência; mas virtual como desaparição do real do mundo como relação de equivalência. Território das alteridades construído pelos encadeamentos sociais dos homens. Continuamente em processual de criação pela potência ética dos encontros em presença. Nada de simulacro, mas presença perceptiva e intelectiva para se desdobrar em ação cognitiva, o fator comunicação social.

Desativada do real, a imagem-foto, como afirma o filósofo francês Jean Baudrillard, “não é uma representação, mas uma ficção”. Um espectro fotográfico que povoa o mundo da obscenidade imagética, a exacerbação do vazio, como réplica ficcional da desaparição da realidade. Vazio de significado, vazio de enunciação. No jornalismo, o êxtase da informação: simulação. “Mais verdadeira que a verdade” (Baudrillard). A nadificação do fato, da informação como notícia. A banalidade da ação comunicativa. O nada do jornalismo predador de mercado, onde a imagem-foto é desativada da ordem social transformada em fetiche, cujo suporte é o lucro. Um lucro pelo vazio. Pathos teratogênico da incomunicabilidade. Nada a ver e ler. Só indiferença da informação.

Depois de expor em uma edição passada a imagem-foto do ex-deputado cassado Wallace Souza enfermo, preso e em julgamento, acusado de ser chefe de uma quadrilha envolvida com tráfico de drogas, ameaça à testemunha, ameaça a uma juíza federal, crime de pistolagem, entre outros, o jornal A Crítica voltou na edição de hoje, dia 25, a expor a mesma imagem-foto em que Wallace surge com o corpo alterado em função da enfermidade de que está acometido.

Desta feita, o jornal A Crítica tentou deslocar a “informação” do corpo de Wallace para um outdoor, segundo dizem, exposto pela família do ex-deputado em frente à Assembleia Legislativa do Estado (ALE). A tentativa de transformar o outdoor na frente da ALE em matéria jornalística, o jornal “de mãos dadas com o povo” só voltou a confirmar a distância que mantém do jornalismo serviço público e disciplina cívica, visto que a matéria-real é ainda a imagem-foto de Wallace enfermo. Imagem-foto embalada na força do ideal ascético da culpa, da resignação e do castigo que propaga a subjetividade ressentida escravizada no medo supersticioso ligado às doenças e à morte, como afirma o filósofo alemão Nietzsche.

O truque do jornalismo de mercado é visível. Em primeira página a foto do outdoor, e ao lado breve texto de chamada fazendo alusão à posição contrária dos parlamentares sobre o outdoor em frente à ALE. Nisso, fica expresso que o que o jornal veicula não é a informação sobre a posição dos parlamentares nem o outdoor em si, mas a imagem-foto do ex-deputado cassado enfermo desativada do fato dele ser um preso em processo jurídico. A notícia.

O jornal A Crítica cometeu um erro elementar de anti-jornalismo ao querer simular matéria jornalística à matéria de um outdoor quando qualquer aluno de jornalismo sabe que outdoor é um recurso de marketing em fazer circular em via pública imagem-mercadoria – “o mais sujo fruto do capitalismo”, como disse George Orwell -, o que é frontalmente contrário a jornalismo. Outdoor é um meio de publicidade e não fato jornalístico.

Se o jornal pretendesse produzir jornalismo, teria ele eliminado a imagem-foto – já super-exposta pelo próprio jornal, portanto exaurida de significado -, direcionando uma análise sobre o fato de uma família entender que é possível afetar um corpo parlamentar impondo-lhe a culpa ou a compaixão, tratando seu ente como um objeto coisificado. O que poderia ser desdobrado pelos leitores para questões mais graves referentes as condições social e política de Manaus, em que parlamentares são eleitos sem qualquer vivência democrática constitutiva, por isso são submissos a qualquer governante.

Mas o jornal A Crítica decidiu pelo mais fácil e banal: continuar no jornalismo de mercado predador, dando curso-contínuo ao culto da imagem-foto de Wallace enfermo embalada pelo invólucro da mistificação e mitificação, o fator espectral que envolve as mídias que eliminaram a possibilidade da alteridade democrática, visto que o real, como condição da equivalência da relação com o outro, o que constitui a realidade alternante, foi dissipado pelo lucro. Daí, nada de ética jornalística como cartografia de desejos comunicacionais.

I ENCONTRO DE LUTADORAS E LUTADORES DO GRITO DOS EXCLUÍDOS MANAUS 2010

Salve! Salve!
Articuladores, Articuladoras,
Lutadores e Lutadoras do povo,

Os que acreditam, incentivam e animam o Grito dos/as Excluídos/as, pelos rincões dessa Manaus! Os que acreditam que só com muita organização, união e ações coletivas venceremos!

Mais um ano. Vamos às ruas, vamos levantar nossas bandeiras, gritar no dia 07 de setembro-“Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular”. Vida em Primeiro lugar.

A 16ª edição do Grito será marcada por duas forças motrizes: a vida e os direitos, por um lado, e a participação no Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra, por outro. De uma parte, destacou-se a violência que vem exterminando a juventude brasileira, tirando a inocências das crianças e mutilando as mulheres; a Campanha da Fraternidade deste ano; o processo eleitoral, centrando a discussão em critérios éticos para a construção de uma democracia popular.

A ideia é fazer a sociedade brasileira se pronunciar sobre o Limite da Propriedade da Terra, e extrair a informação de que uma parcela consistente da população não aceita mais o latifúndio.

Na prática, o plebiscito poderá se reverter num projeto de emenda constitucional para incluir um inciso no artigo 186 da Constituição.

Este novo inciso limitaria a propriedade privada de terra no país a 35 módulos fiscais, sendo que tudo que passasse disto seria incorporado ao patrimônio público.

O tamanho dos módulos fiscais varia em cada município brasileiro de acordo com diversos fatores como tipo de exploração predominante no município e conceito de propriedade familiar na região.

Onde estão nossos direitos? Do Trabalho, da Justiça e da Vida!

Vida em primeiro lugar! Agora, mais do que nunca, estes gritos estão ecoando por todo o Brasil. O Grito apela também para defender nossa terra, nossa cultura, nosso conhecimento ancestral, e lutar para as alternativas que surgem a partir de nossos movimentos, como opções reais para a transformação social que a humanidade necessita urgentemente.

Como todos os anos, vamos preparar os pré-gritos e o grito 2010. Para isso temos que nos reunir, organizar e avançar.

Dia: 26/05/2010
Local: CEFAM – Centro de formação da arquidiocese de Manaus – Avenida Joaquim Nabuco, 1023 – Centro.
Horário: 18:00h

Aguardamos todos e todas,

Francy Junior
Equipe Cáritas Manaus
Séc. Operativa do Grito dos Excluídos e Excluídas
Séc. Operativa do FPMM

LULA LANÇA A TV BRASIL INTERNACIONAL

Afirmando que o Brasil será mostrado para o mundo em sua verdadeira imagem e o que ele tem de melhor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez, ontem, dia 24, o lançamento do Canal TV Brasil Internacional, que já iniciou a transmissão de sua programação, em língua portuguesa, para 49 países do continente africano. Seguindo TVs de outros países que transmitem suas programações em suas próprias línguas natais.

Em sua grade programática, o Canal TV Brasil Internacional, que vai seguir a programação da TV Brasil, vai ser mais pontual na programação cultural e informativa sobre o Brasil, com programas também produzidos pelas TVs públicas como a TV Senado, TV Câmara e a TV Justiça. A programação terá o fuso horário adaptado para Angola, que corresponde quatro horas acima do horário de Brasília.

Em seu discurso, Lula considerou: “Estamos realizando mais um sonho, de que ainda não acordamos. Essa TV pode ser o jeito de ser desse país, na cultura, no futebol, na política. Uma TV plena que vai desnudar esse país maravilhoso que o mundo não conhece.

Essa TV Pública pretende ser a cara do Brasil no exterior. Quando fazemos as coisas lá para fora parece que fazemos os piores momentos. Então, não queremos que fique lá fora a imagem dos piores momentos do Brasil, mas a imagem que somos.

Vamos mostrar aos céticos que nem tudo que é público é ruim e o que é privado é um centro de excelência. Tem gente que elogia a BBC que é um veículo de comunicação pública. Queremos provar que é possível fazer uma TV Pública de qualidade, republicana, que não seja chapa branca, nem oposição.”

Falando sobre o novo Canal TV Brasil Internacional, a presidenta da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel, disse que a opção pelo continente africano decorreu da demanda que ele apresenta sobre programas audiovisuais, e pela dívida que o Brasil tem com o povo africano. “Entendemos que, tal qual pensa o presidente Lula, temos uma dívida enorme com a África que não pode se pagar com dinheiro, mas com solidariedade”, afirmou Cruvinel.

GLAUBER ROCHA TERÁ SEU PROCESSO JULGADO PELA COMISSÃO DE ANISTIA

O processo do famoso, irreverente, inquieto e talentoso cineasta brasileiro, diretor de vários filmes premiados, como Terra em Transe, Deus e o Diabo na Terra do Sol, inclusive no Festival de Cannes, Glauber Rocha, morto em 1981, vai ter seu julgamento realizado quarta-feira pela Comissão de Anistia.

Glauber Rocha, em razão de seu talento e sua liberdade, teve durante a ditadura militar, que se estendeu de 1964 a 1985, sua obra perseguida e censurada, chegando a ser exilado. Assim, de acordo com a Lei 10.559/2002, que afirma que poderá ser anistiada com reparação financeira qualquer pessoa que sofreu perseguição no período de 18 de setembro de 1946 a 5 de outubro de 1988, o cineasta grandioso poderá ser beneficiado pela Lei mesmo já tendo falecido.

Segundo o presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abrão, o julgamento do processo de anistia do cinegrafista Glauber Rocha, que teve início em 17 de maio de 2006 pela cineasta Paloma Rocha, sua filha, procurará definir se a família tem ou não direito ao recebimento da indenização.

Caso tenha, o pagamento da indenização, que tem um valor máximo de R$ 100 mil, poderá ser feito de uma única vez, ou, então, em prestações mensais, continuadas e permanentes em valor igual ao da remuneração que o anistiado receberia se ainda estivesse atuando, levando em consideração às promoções que receberia durante a carreira.

LEONARDO BOFF DIZ QUE A CRISE DO MUNDO É ÉTICA

O teólogo e filósofo Leonardo Boff, participando do 14º Congresso de Direito Ambiental dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola, ontem, dia 24, em São Paulo, afirmou que a crise maior do mundo não é econômica, mas sim ética.

Chegamos em um momento da história em que mais do que nunca devemos colocar de forma radical a questão ética, que é mais do que princípios e valores e sim um conjunto de ensaios que os seres humanos fazem, buscando o bem comum de todos, mas de toda comunidade viva, porque não estamos sozinhos, não somos os únicos a usar a biosfera, os animais, as plantas precisam desse entorno para viver e nós que pensamos somos os responsáveis por esse cuidado.

Ou nós fazemos uma aliança global para cuidarmos uns dos outros e juntos cuidarmos da Terra, ou então corremos o risco da nossa própria destruição e da devastação da diversidade.

A Terra é insustentável e daí vêm os eventos extremos como as mudanças climáticas, que devem ser entendidas como um problema social.

Diante desse cenário dramático, que vemos todos os dias, temos duas atitudes, uma de tragédia que termina mal. E outra visão desse cenário é de crise civilizacional que vai custar muito sofrimento porque muito fizemos contra a Mãe-Terra, mas ela é generosa e continuamente nos acolhe e nos trata como filhos queridos, mesmo que ingratos. Nós vamos superar essa crise”, afirmou Leonardo Boff.

JAFAR PANAHI, CINEASTA IRANIANO, É LIBERTADO

O cinegrafista iraniano Jafar Panahi, conhecido internacionalmente e ganhador do prêmio Leão de Ouro no Festival de Veneza, em 2002, com o filme O Círculo, que encontrava-se preso por ser amigo do líder oposicionista Mirhossein Mousavi, e contestar o resultados das eleições do ano passado, foi liberado pela Justiça do Irã após ter que pagar fiança. Panahi, encontrava-se em greve de fome há mais de uma semana na prisão Evin, em Teerã. O cineasta foi preso junto com sua mulher e filha, no mês de março, as duas foram posteriormente libertadas.

Abbas Jafari Dolatabadi, promotor de Teerã, falando sobre a libertação do cineasta Panahi, afirmou: “No encontro que tivemos com ele na quinta-feira, analisamos seu pedido de ser libertado antes de uma audiência judicial, e foi decidido que ele será libertado após pagamento de uma fiança. O trabalho judicial e burocrático relativo a seu caso está em curso no momento.”

ESCOLAS PÚBLICAS SÃO PREMIADAS MELO MEC

O Ministério da Educação (MEC) premiou cinco escolas públicas que participaram do concurso Experiências Educacionais Inclusivas, cuja atividade escolar é realizar a inclusão de pessoas com necessidades especiais no ensino, e o estímulo da escola na comunidade que ela possa aprender a conviver com as diferenças.

A escolha das cinco escolas públicas se deu entre 713 escolas inscritas em 420 municípios. As escolas premiadas foram: Escola Municipal Orsina da Fonseca, no Rio de Janeiro; Escola Municipal Alexandre Bacchi, no Rio Grande do Sul; Escola Municipal Raimundo Marques de Almeida, no Ceará; Creche Municipal Pequeno Príncipe, no Mato Grosso; e a Escola Estadual Clarisse Fecury, no Acre. Cada escola receberá um prêmio de R$ 8 mil, além do diploma.

Segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad, o convício das diferenças é também função da escola. “Nós educamos sobretudo para conviver com os outros. Quando falamos em educação, os pais logo pensam em indicadores, provas, exames. Mas, e educação para diferença garante àquele grupo específico e à sociedade que adquiram valores, sejam eles de preservação do meio ambiente ou até da paz mundial”, considerou o ministro.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.452 hits

Páginas

Arquivos