Arquivo para 3 de junho de 2010

AÉCIO ZOMBA DE SERRA: DIZ PARA ELE SER MAIS AGRESSIVO

Em reunião realizada na tarde da quarta-feira passada, o corpo pesado do PSDB – Fernando Henrique, Sérgio Guerra, coordenador de campanha de Serra, Aécio Neves e José Serra – se reuniu no Instituto Fernando Henrique para tratar de vários temas a serem usados na campanha do candidato do obscurantismo retrógrado da política brasileira.

Entre os temas, tratou-se da impossível missão de encontrar um vice para Serra. Fato que já estava difícil quando ele ainda se encontrava na frente de Dilma na corrida presidencial. Agora que se encontra em queda vertiginosa, tornou-se impossível. Ninguém quer arriscar. Mas por imposição da Lei Eleitoral ele vai ter que arranjar. Não pode haver candidato à Presidência da República sem vice. Para piorar a missão, há um consenso no partido da direita que o candidato para concorrer à vice-presidência tem que ter “um nome limpo”, que não tenha nenhum escândalo que desabone sua candidatura. Dolorosa missão.

A missão está tão impossível que até a inimiga mor do Movimento Rural dos Sem Terra (MST), senadora do PFL, Cátia Abreu, que durante muito tempo se enxeriu juntamente com seu partido de aluguel para ocupar a posição, se recusou, preferindo permanecer na presidência na Confederação Nacional da Agricultura (CNA), onde pode exercer com mais denodo sua vocação autoritária contra a reforma agrária que pretende o MST.

Entretanto, a nota contagiante que saltou na reunião foi o pedido do ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, para que o candidato de seu partido, Serra, seja mais agressivo em sua campanha contra a candidata do presidente da República, Dilma Rousseff.

Como é sabido até pelos minerais, como diz o insigne jornalista Mino Carta, que Aécio não tem nenhum sinal de preocupação com a eleição de Serra, e tudo que ele faz em relação ao candidato de seu partido é apenas encenação para não magoá-lo mais do que já se encontra magoado com sua situação na corrida à Presidência, o pedido do ex-governador não passa de zombaria explícita, visto que Serra há muito encontra-se em fase de agressão direta contra Dilma. Tudo porque sentiu que os recursos que usou para ser tido pelos eleitores como um homem que mudou seu comportamento, se transformando em um sujeito amigável e de paz não surtiu o efeito desejado. Surtiu, sim, um efeito contrário, com Dilma disparando nas pesquisas. Vide exemplo, o Rio de Janeiro e Minas Gerias, a própria terra de Aécio. Quer dizer, a terra que ele foi governador.

Serra se encontra em total desespero, porque sabe que não tem mais um tema para ser usado como elemento agressor à Dilma. A declaração que deu, aproveitando a deixa de sua amiga, e parceira de trama, revista Veja, afirmando que Dilma é responsável por um dossiê fantasma, não causou nenhum abalo no povo brasileiro que vota em Dilma. Suas declarações “agressivas” só circulam nos territórios limitados das consciências imobilizadas representadas pelas mídias, alguns empresários do Estado de São Paulo, e nos partidos reacionários da sua lavra.

Dizem que Aécio, quando se encontra nas rodas de amigos, gosta de um divertimento. E um dos mais comuns para ele é ser piadista. E ele o foi na reunião insossa do PSDB, ao fazer o tal pedido a Serra.

AS PEGADORAS

…não existe nessa vida
pessoa mais fingida
do que você…

Noel Rosa

Um dos vilões dos movimentos feministas em décadas passadas foi encarnado por um tipo de homem casado, promíscuo e neuroticamente controlador da vida afetiva de sua esposa, o tipo que acreditava que “tudo posso porque sou homem”. Negligente com tarefas domésticas e com a educação dos filhos, o tal homem estilo Jece Valadão era o alvo preferido da crítica feminista.

Tal crítica possibilitou à muitas importantes mulheres, como Simone de Beauvoir, Hannah Arendt, Sueli Rolnik, Marilena Chaui, Rita Lee (para Tom Zé, a maior professora de educação sexual do Brasil) e tantas outras intelectuais, artistas, trabalhadoras do campo, das fábricas e estudantes, a construção de laços sociais, familiares, relações políticas e éticas que superassem este modelo arcaico de relação homem-mulher.

Outras, entretanto, acabaram enredadas em puro ressentimento. Assim, suas vidas amarguradas, seu ódio ao marido e ao casamento infeliz, acabaram criando em suas filhas a sensação de que havia um modo de vida que elas jamais deveriam repetir: o de suas mães.

Assim, ao contrário da mulher livre, comprometida com a construção de novos caminhos, novas possibilidades, nasceu também uma outra mulher, que, buscando fugir do perfil Amélia [1], acabou reproduzindo, ainda que, em razão inversa, a desigualdade que a geração anterior buscou combater.

Esta mulher, que se tornou absolutamente avessa aos trabalhos domésticos, usou a mesma estratégia do pai para não precisar colaborar com a divisão de tarefas em casa: vestiu terninho e tornou-se workaholic (ou mochila/pasta e tornou-se… studyaholic??). “Meu filho, você não vê que a mamãe precisa trabalhar”. “Minha filha, hoje não que a mamãe tá cansada!”

Muitas também reproduziram o padrão fast-food sexual dos pais, que, ao invés de configurar-se como uma sexualidade livre – que, como diria Foucault, contribuísse para a criação de novas formas de vida – acabou por perpetuar uma perspectiva banalizadora, reificadora do sexo, que parece desprezar as dimensões ética e política da sexualidade.

Este estilo “pegadora”, ao contrário de representar a necessária superação da histórica repressão sexual das mulheres, acaba por reeditar um velho e conhecido modelo. Afinal, “pegar” é tratar o outro como a laranja da quitanda: inerte, passiva e sempre pronta para o uso. A laranja da quitanda não tem expectativas, sentimentos, anseios, talvez não se importe em tornar-se suco ou bagaço.

Nasci e cresci numa sociedade que estimulava os homens a serem “garanhões”, “pegadores”, “comedores”. Percebo com tristeza que isto continua a ser freqüente em nossos tempos. E que se disseminou, atingiu outro público, ganhou adeptas mulheres, num espetáculo igualmente deprimente.

Nada de moralizar o sexo. Ou romantizá-lo. Não se trata disso, tampouco de mudar de lado o poder. Thamy Pogrebinschi, assim sintetiza o ideal de Foucault em A história da sexualidade: “O sexo sem a lei e o poder sem o rei”. Foucault também diria que sexualidade e poder são coextensivos e que não existe um sexo que não seja produzido por interações complexas de discurso e poder.

Por isso, caras amigas, continuemos na luta, lembrando sempre que homens, ao menos alguns deles, não são bestas-feras a serem combatidas e podem inclusive, tornar-se importantes parceiros na construção de uma sociedade com menos Valadões, Amélias, Pegadores e Pegadoras.

E, evidentemente, uma sociedade de “prazeres novos”, de nova sexualidade.

Welton Yudi Oda

[1] Confesso que, muitas vezes, acredito que Mário Lago, o autor da polêmica canção “Amélia” foi meio injustiçado, já que a letra fala mais de uma mulher solidária do que submissa, além de criticar a mulher consumista e perua. Até concordo que ele exagerou quando disse “achava bonito não ter o que comer”, mas, exceto por este trecho “infeliz”, não percebo na letra nenhuma “ode à mulher submissa”.

DILMA NA FRENTE DE SERRA EM MINAS

Pesquisa realizada pelo Instituto Sensus no Estado de Minas Gerais para a Presidência do Brasil nas eleições de 2010, realizada entre os dias 27 e 29 de maio, contratada pelo Partido dos Trabalhadores, mostra a candidata do presidente da República, Lula, do Partido dos Trabalhadores, dos partidos aliados, e da maioria do povo brasileiro, Dilma Rousseff, na frente do candidato do obscurantismo político, José Serra.

Na pesquisa estimulada, o resultado é esse:

  • Dilma: 35,9%
  • Serra: 34,95
  • Marina: 6,9%

Na pesquisa espontânea:

  • Dilma: 21,7%
  • Serra: 18,8%
  • Marina: 3,2%

Essa pesquisa da Sensus é só pra consulta do Partido dos Trabalhadores, mesmo assim pode ser usada pelos eleitores para fazerem suas perspectivas eleitorais. Assim, os eleitores podem entender que a candidata Dilma já se encontra em ascensão até em estados considerados favoráveis à direita. E mais ainda, perceber que Minas Gerais se encontra no caminho pró Dilma, como já acontece no Rio de Janeiro, onde a candidata da maioria do povo brasileiro se encontra disparada em frente a Serra.

LULA DEVE DIALOGAR COM INDÍGENAS SOBRE BELO MONTE

Na 13ª Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Política Indigenista, que contou com a participação de 22 etnias de todo o país mais o presidente Lula, e representantes dos ministérios de Minas e Energia, da Casa Civil, Justiça, Previdência Social, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Esporte, Meio Ambiente, a Secretaria Especial de Política de Igualdade Racial e o Gabinete de Segurança Institucional, as lideranças indígenas pediram mais diálogo com o presidente Lula sobre a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Estado do Pará.

Falando que a falta de diálogo com o governo pode levar a conflito com a construção da hidrelétrica, o líder Akiaboro Caiapó afirmou: “Há muito tempo se fala do projeto de Belo Monte e temos uma preocupação muito grande. Quero sentar e conversar antes da guerra e dos problemas que vão acontecer. Porque senão vai acontecer muita coisa e vai sair o nome do governo muito sujo.”

Por sua vez, o presidente Lula, segundo o presidente da FUNAI, Márcio Meira, prometeu que irá se encontrar com os indígenas ainda na última Reunião Ordinária da Comissão Indigenista, e ainda determinou que todos que estiverem envolvidos com a construção da hidrelétrica mantenham constantes contatos com os indígenas.

Em relação a Belo Monte, o presidente quer a continuação do diálogo, das explicações sobre o empreendimento. Ele colocou que o projeto foi modificado justamente para impactar menos possível o meio ambiente e as terras indígenas”, afirmou Meira.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.769 hits

Páginas

Arquivos