COPA DO MUNDO ÁFRICA NÓS

BOMBAS DO BRASIL PASSAM PELA COREIA SEM MÍSSEIS

A Seleção Brasileira entrou em campo para disputar uma partida contra uma equipe que já era considerada galinha morta de véspera. Uma partida para configurar o feriado vespertino.

Entrou em campo e nos primeiros minutos do primeiro tempo ficou confirmado que se tratava de mais uma tautologia. A repetição do que se sabe sobre essa seleção limitadíssima, anêmica e apedeuta nos dois sentidos. Futebolístico e intelectivo. Assim como não possui nenhum jogador que possa ser considerado um craque, não possui nenhum jogador que se possa vislumbrar um mero sinal intelectivo, para, pelo menos, depois da escabrosa partida, inferir que foi a pior partida da Copa desde que ela começou. Isso sem levar em consideração que se trata de uma equipe de futebol penta-campeão.

Uma partida que terminou o primeiro tempo em zero a zero, pois a limitação dos jogadores não permitia chegar próximo da meta do goleiro coreano. Uma partida em que o torcedor, se não se deixasse levar pela festividade, deveria exigir seu dinheiro de volta, tal a miséria futebolística. O que algum fanático porralouca pode contestar, afirmando que a Coreia do Norte também foi um fiasco. É verdade e não é. Para os coreanos o futebol não é gênero de primeira necessidade como é para maioria dos brasileiros. Daí que ela não tinha nenhuma obrigação de se mostrar superior. O que era impossível. Superior, mesmo ficcional, é a seleção brasileira. Ela quem deveria ter mostrado serviço.

Fica muito claro, que a seleção brasileira é como o Serra: sabe que é ruim para disputar uma contenda, que não vai ganhar, mas dissimula que “pode mais”. Não pode. Mesmo com a mídia esportiva enaltecendo o feito ridículo de passar com suas bombas com dois golzinhos – o primeiro, no segundo tempo, ajudado pelo goleiro – contra um da Coreia sem mísseis, no finalzinho. Coreia que ainda ensaiou um olezinho depois de seu gol. Um único gol, mas um gol com a força de quem sabe que a equipe brasileira já há muito perdeu a compostura futebolística para fazer algumas equipes emergentes tremerem.

Além de uma mídia alucinada narrando e comentando o que não existiu para poder vender melhor seus patrocinadores, os limitados boas-vidas do time brasileiro ainda contaram com a benevolência do juiz, que várias vezes fez afagos no possesso Luiz Fabiano, sem lhe conceder sequer um cartão depois de várias entradas imorais em alguns jogadores coreanos. Sem contar as faltas marcadas a favor dos limitados brasileiro quando não havia falta.

O escritor celebrado, muitas vezes erroneamente, Nelson Rodrigues, dizia que “toda unanimidade é burra”. Um dos muitos dos seus erros. A unanimidade não é burra. Não há como contestar a unanimidade em miséria futebolística de todos os jogadores brasileiros que estiveram campo. Todos iguais. Como dizia o torcedor Santinho: “Sem tirar nem por”. Uma visível igualdade da mediocridade do esporte bretão.

Agora, com esse escabroso espetáculo fica o sabor bilioso de saber que a seleção da Argentina é a melhor seleção apresentada até aqui. E não jogou com um timinho qualquer. Jogou contra a Nigéria, que apesar da alimentação europeia da maioria de seus jogadores, ainda carrega o brio africano.

Com esse quadro, o jeito é gritar: “Pra frente, Dieguito! Salva essa Copa que está com cheiro da Copa dos Estados Unidos!”

SELEÇÃO LUSO-BRSILEIRA CONTRA MARFIM OSSIFICADO

Pela manhã, as duas equipes do mesmo grupo do Brasil e Coreia entraram em campo. Quer dizer: entraram, mas também não jogaram. Mas mesmo assim jogaram mais que a seleção brasileira que vai ter que encará-las.

Uma partida na qual ficou provado que Cristiano Ronaldo é uma espécie de Romário: promoter de si mesmo. Não adiantou comentar nos dias que antecederam à partida que iria mostrar uma grande quantidade de gols.

Em campo foi, com todo respeito aos patrícios, foi mediano, para não dizer medíocre. Medíocre foram os brasileiros contra uma equipe fraca. A seleção luso-brasileira encarou uma Costa do Marfim, que não é qualquer seleção brasileira. Embora também seja lá essas coisas. Uma equipe em que um jogador negro tem câimbra demonstra que já está degenerado pela dieta imposta pela culinária europeia aos jogadores africanos, que aos poucos vão perdendo suas velocidades, agilidades, gingas e criatividades. Exemplo: o camaronês Eto’o. Desapareceu em sua seleção. Não tem nada do bom Milla, craque camaronês de Copas passadas.

No final, o 0 x 0 ficou de igual tamanho, como dizem os pensadores da mídia do futebol brasileiro.

0 Responses to “COPA DO MUNDO ÁFRICA NÓS”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.809 hits

Páginas

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: