Arquivo para 16 de julho de 2010

THE ECONOMIST DIZ QUE O BRASIL É UM DOS PAÍSES QUE MAIS AJUDA OS POBRES

O jornal britânico The Economist publicou ontem, dia 15, matéria enaltecendo as ações do governo brasileiro como um país que, “sem atrair muita atenção”, ajuda concretamente os países pobres. “Rapidamente” o Brasil se tornou uma das maiores fontes de ajuda aos países pobres.

Entre as ações de ajuda aos países pobres, a matéria do jornal The Economist cita alguns projetos já vitoriosos em país visivelmente com problemas de misérias. Cita o caso do Haiti, em que tendo como base o programa Bolsa Família, o governo brasileiro implantou naquele país um projeto com modelo de cooperativa, financiado pelo governo, em que estimula as mães levarem seus filhos às escolas em troca de refeições.

A matéria cita ainda um projeto que se encontra em desenvolvimento em Mali, com recursos da Embrapa, ajudaram na criação de um campo experimental de algodão. Também é citada a construção, em Angola, de um sistema de abastecimento.

Para a reportagem, essas ações do Brasil permitem que ele encontre maior espaço em continentes como a África, levando-o a concorrer com países como a China e Índia, e fortalecendo uma possível indicação para uma cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Sem contar que ainda lhe abre territórios comerciais.

O Brasil é o mais eficiente produtor mundial de etanol, e quer criar um mercado global de combustível verde. Mas não pode fazer isso se for o único real fornecedor do mundo. Disseminar as tecnologias do etanol para os países pobres cria novos fornecedores, aumenta as chances de um mercado global, e gera negócios para empresas brasileiras”, diz a reportagem.

OMAR AZIZ ESTÁ NA LISTA DO TSE PARA IMPUGNAÇÃO DE CANDIDATURAS

Um dos candidatos da direita tradicional ao cargo de governador do Amazonas, o candidato Omar Aziz, escolhido e apoiado pelo do ex-governador Eduardo Braga – um dos políticos reacionários que faz parte do grupo que durante 30 anos domina o governo desse estado -, encontra-se na lista dos 30 candidatos ao cargo de governadores estaduais que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu para analisar possível impugnação.

Junto com Omar, encontram-se na lista do TSE mais quatro governadores. São eles: Teotônio Vilela Junior (do PSDB de Alagoas), Roseane Sarney (do PMDB do Maranhão), Júlia Carepa (do PT do Pará) e Sérgio Cabral (do PMDB do Rio de Janeiro).

Os ex-governadores Joaquim Roriz (do PSC do Distrito Federal) e Fernando Collor de Mello (do PTB de Alagoas) fazem também parte da lista dos 30 impugnáveis.

Os pedidos de impugnação dos 30 candidatos tiveram como base a Lei da Ficha Limpa. As procuradorias eleitorais que pediram ao TSE as impugnações encontraram entre os candidatos elementos capazes da condenação. Entres os elementos, encontram-se ausência de quitação eleitoral, rejeição de contas públicas de gestores públicos, abuso do poder econômico com sentença de inelegibilidade, condenação por improbidade administrativa e demissão do serviço público.

O dia 5 de agosto é o dia para os tribunais apresentarem os julgamentos e publicarem os acórdãos. Os que tiverem os registros indeferidos pelos tribunais podem recorrer ao TSE, que terá até 9 de agosto para julgar os recursos. Durante os julgamentos, os candidatos podem continuar em campanha.

O BRASIL OCUPA O 15° LUGAR EM DESIGUALDADE RELACIONADA À MULHER

A Organização Não Governamental (ONG) Articulação Feminista Marosur, baseada em estudos da Comissão Econômica para o Caribe e a América Latina (Cepal), no período de 2007, o índice ISO-Quito, que apresenta o Brasil no 15º lugar entre os países em que as mulheres vivem sérias situações de desigualdades.

O índice ISO-Quito tem como base de estudos o compromisso que os países da região que participaram da Conferência Regional da Mulher, que ocorreu em Quito, no ano 2007, assumiram. Dos 22 países que tiveram seus índices medidos, somente16 enviaram informações.

Três são as dimensões para que sejam avaliado os cálculos dos países.

  1. Política: trata da paridade na tomada de decisões.
  2. Econômica: que trata da paridade econômica e do trabalho.
  3. Social: que trata do bem-estar das mulheres.

Dos 16 países, o Brasil teve o melhor índice na paridade econômica e trabalho, ocupando o segundo lugar. Uruguai, que ocupa a primeira posição na paridade econômica. Já no índice do bem-estar, o Brasil, ficou no 8º lugar. No índice que mede as decisões, ficou no 20º lugar. Na média das três dimensões, ele ficou no penúltimo lugar.

Os países que obtiveram as melhores médias foram: Argentina, primeiro lugar; Costa Rica, segundo lugar; e Chile, terceiro lugar.

ORGANIZAÇÕES SE COLOCAM CONTRA A AGU POR QUERER SUSPENDER ALERTA AOS CONSUMIDORES

A ANVISA publicou resolução para que os fabricantes de alimentos e bebidas não saudáveis colocassem em suas embalagens alertas aos consumidores do perigo à saúde do consumo de certas substâncias usadas nesses produtos como excesso de gorduras, sódio, açúcares, produtos esses que causam tanto obesidade como também enfermidades cardiovasculares. Enfermidades que atingem principalmente crianças e jovens, mas que são perniciosos para todas as idades.

Foi só baixar a resolução para que a voracidade capitalista que comanda esses fabricantes se manifestasse. O protesto veio dos próprios fabricantes dos produtos, mas muito mais das agências de publicidade, que alegaram não ser da competência da ANVISA propor tal resolução.

Diante da manifestação a Advocacia Geral da União (AGU), que resolveu pedir que a ANVISA suspendesse a resolução, tudo baseado na posição do Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar), que afirmou que a ANVISA não tinha competência para regular as propagandas. Então foi a vez das organizações ligadas à defesa do consumidor se manifestarem contra a posição da AGU, enviando-lhe uma carta contestando a decisão.

A resolução é positiva”, afirmou Mariana Ferraz, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), uma das organizações que assinaram o documento que contesta a AGU. Para Mariana Ferraz, a população deve mandar para a AGU cartas de apoio à ANVISA. Ela afirmou que o Idec vai fazer a campanha para que a resolução seja aceita.

Por sua vez, afirmando que a decisão da ANVISA foi discutida com a sociedade, inclusive com setores ligados aos consumidores e a preservação da saúde da população brasileira, por meio de consultas públicas, a secretária executiva do Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (FBSSAN), Vanessa Schottz, para fortalecer o argumento da entidade que representa, disse sobre a resolução: “Ela não saiu do nada. É legitima”.

Enquanto isso, a ANVISA informa que está analisando a determinação da AGU, e só depois vai se posicionar.

BOIZINHO ESTRELA DO ORIENTE NO CENTRO DOS TAMBORES DE MINA JEJE NAGÔ TOY LISSÁ/AGBÊ MANJÁ

Menina, abre a porteira
Deixa meu boi passar
Ele é bonito, ele é de fama
É boi Estrela do Oriente

foto

Mais uma vez Nochê Hunjaí Emília de Toy Lissá preparou com esmero seu e maravilhoso terreiro para receber os convidados na noite de São João, para mais uma festividade tradicional da casa. E a roda já está formada e o tambor já roncou para mais um sonoro, colorido e espiritualizante ritual da vigorosa afro-religião Mina Jeje Nagô.

foto

fotoMãe Emília e Dona Pátria

Tambor de Mina quando rufa lá nas matas
Ele é de Mina, ele é Nagô
Tambor de Mina quando rufa lá nas matas
Ele é de Mina, ele é Nagô

foto

foto

Foi uma festa pra Xangô Irá e tocamos também pra Badé, pra família de Gama e pro povo da Romé. A Casa como é de Oxalá, Iemanjá e Xangô, todo ano nós tocamos para os vodunços da Casa. Faz 27 ano que nós inauguramos aqui e que fazemos essa festa para Xangô”, explica Mãe Emília.

foto

foto

fotoÀ esquerda, Pai Bosco de Ogum, com seu ogan ao lado, velhos conhecidos deste bloguinho.

Como sempre ocorre nesse santificado espaço, estavam presentes vários convidados. Entre irmãos de santo de Mãe Emília, na foto abaixo está Pai Edmar, manauara que hoje reside no Rio de Janeiro. Além da respeitabilidade de Mãe Emília, ele destaca a sua atuação política-religiosa frente à FUCABEAM.

foto

Eu sou o babalorixá Edmar. Sou daqui de Manaus, mas estou já há alguns anos morando no Rio de Janeiro. Tenho casa aberta em Campo Grande, na zona Oeste do Rio. Eu estou retornando aqui pra encontrar Mãe Emília, e é uma felicidade ver que ela está à frente de uma federação e lutando para engrandecer a religião dentro do estado do Amazonas, e esta federação está tendo muito progresso porque ela é uma pessoa muito culta no santo, conhece demais. Nós também nos conhecemos há muito anos, nós somos amigos antigos, começamos juntos no santo, e estamos até agora. Isto pra mim é um prazer. Ela é uma das grandes conhecedoras da Mina no Amazonas, e acho que esta seja talvez a única casa completa da Mina por aqui. O barracão de Mãe Emília.”

fotoDom João Rei de Mina

Aê Dom João, cavaleiro do mar
Aê Dom João, desceu na guma
Veio só baiar, aê Dom João

foto

E assim a festa prosseguia, com diversos voduns vindo receber as honras dos presentes e deitar suas bênçãos a todos os participantes. Na foto abaixo, Barão de Goré, na cabeça de Mãe Emília, canta diante do tambor.

foto

Ai, ele veio na sua barca veleira
Mas ele é Marquês de Pombal
Ele é filho de Deus e Nossa Senhora
Mas ele é Marquês de Pombal

À esquerda, Pai Carlos de Xangô salda o terreiro com suas melodiosas rezas, seguido de Pai Edmar.

Eu vim salvar terreiro
Vim salvar os meus irmãos
Numa mão trago um letreiro
Na outra um sino salomão

foto

Pai Edson de Codoense e Mãe Orny da Oxum Opará

Então era hora de virar pra encantaria, pois chegou o momento mais especial de toda noite de São João, quando o boizinho dos encantados, Estrela do Oriente, desde que veio lá do Maranhão, baixa no terreiro de Mãe Emília para dançar ao som das toadas de encantados e dos filhos da casa.

foto

E o boizinho saiu do terreiro e foi para o campo aberto, embaixo do luar, lua cheia de São João, ouvir as toadas antigas e as improvisadas no momento: “Em seguida, viramos pra encantaria, que foi o Boi. Que boi? O Boi da família Cambinda, do povo de Légua, que vieram fazer a participação. Isso já é uma tradição. O boi veio, então fomos tirar as prosas de encantado, cantar as toadas pra poder o boi dançar. Fazem três anos que o boi chegou do Maranhão. Ano que vem nós vamos ensaiar ainda melhor ele para apresentar lá na Pça São Sebastião”, avisa Mãe Emília.

foto

Já raiou, já raiou
Boi Estrela do Oriente
Ele é boi de fama
Ele veio raiar no Amazonas

fotoDona Suzana de Légua Boji (na cabeça de Mãe Orny)

À esquerda, seu Légua Boji Buá puxa a toada, e ao lado a atenciosa madrinha Dione abraça carinhosamente o boizinho afilhado.

A Dione é a madrinha do Boi. A participação da Madrinha vem desde que o Boi chegou no Amazonas, vindo do Maranhão. Ela e o filho dela. Nós batizamos o Boi e ela foi a madrinha. O motivo especial é que o filho dela, o Marquinho, é que era o miolo do boi, que representava o boi no momento. Ano que vem o boi vai fugir e vai ficar na casa dela durante uns dias, depois é que a gente vai pegar ele”, mais uma vez é Mãe Emília quem explica.

foto

E o Estrela do Oriente retornou ao salão, onde as toadas se mesclaram a rezas dos encantados.

fotoUm retrato da linda Socorro de Xangô, uma das mais novas filhas de santo de Mãe Emília.

foto

À esquerda, Tereza Légua (na cabeça de Flor). Ao lado, a senhora Pátria levada no embalo da alegria por Marquinhos e Dona Suzana.

Na boiada de encantado
Só tem boi marruá
Codoense como cantor
Tereza Légua como um terror
Não falei no Cole Maneiro
Porque ninguém se lembrou

foto

foto

E assim a festa continuou, fazendo ver toda a autenticidade das religiões afro-brasileiras, carregada de entes que, ao mesmo tempo que fazem lembrar ciclos da nossa história remota, estão presentes em efetividade religiosa. Uma festa magnífica para os olhos e o coração de todos aqueles que vivem a crença ou apreciam o ritual afro-religioso como verdadeira manifestação religiosa do povo brasileiro.

foto

CENTRO DOS TAMBORES DE MINA JEJO NAGÔ TOY LISSÁ/AGBÊ MANJÁ ●

– Mãe Emília de Toy Lissá –
Rua Pintassilgo, nº 100 — Cidade Nova II – Núcleo II (Manaus-AM)
E-mail: jessicahermes_morena@hotmail.com
Telefone: (92) 9995-3894

APROVADO O CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO NA ARGENTINA: UM EXEMPLO DE CIDADANIA PLENA

Toni Reis*

Depois de 14 horas de debate, o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi aprovado na Argentina na madrugada do dia 15 de julho de 2010, com 33 votos a favor, 27 votos contra e três abstenções. Uma mudança tão pequena de redação, com tanto significado para a igualdade de direitos. A reforma substitui as palavras “homem e mulher” da versão atual da legislação por “cônjuges”, permitindo assim que casais do mesmo sexo também possam contrair o matrimônio.

Congratulações à querida aliada Cristina Kirchner e seu governo, à câmara dos deputados, ao senado, às pessoas militantes LGBT, e a todo o povo argentino. Esta aprovação é um gesto de civilidade.

A Argentina agora, sem dúvidas, torna-se um país com mais igualdade e inclusão. Todos e todas são vitoriosos pela decisão histórica. Afinal, universalizou-se este direito.

Vocês, hermanos e hermanas, devem se orgulhar do feito. Vocês são o primeiro país a reconhecer a igualdade dos direitos humanos de pessoas LGBT em nossa região, onde existe ainda muito machismo e homofobia.  E são o décimo no mundo a avançar nessa garantia. Agora vocês estão ao lado da África do Sul, Bélgica, Canadá, Espanha, Holanda, Islândia, Noruega, Portugal, Suécia e Suíça. Orgulhem-se!

Foi o maior debate na sociedade argentina desde a aprovação da lei do divórcio em 1987.

Do lado dos argumentos contra – muitos deles irracionais, ilógicos, retrógrados, conservadores e fundamentalistas – disseram que somos inférteis, filhos do diabo, desviados, antinaturais, pervertidos, abomináveis, projeto do demônio, que queríamos destruir a família tradicional, e implantar a filosofia de Sodoma e Gomorra; seria o apocalipse, um “risco para o futuro da pátria”, iríamos acabar com a perpetuação da espécie… Como bem resumiu a presidente Cristina Kirchner, “o discurso da igreja recorda os tempos da inquisição e das cruzadas”.

Também, não vamos tripudiar os vencidos. Afinal, qual deles ainda ousam falar que a terra é quadrada ou que os negros não têm alma? Eles também vão mudar lentamente, daqui uns 500 anos talvez.

Venceu o discurso racional, lógico e sólido, a honestidade intelectual e liberdade de consciência, provando que esta lei é mais um instrumento de luta contra a discriminação. Venceu o estado laico e a secularidade do código civil.

Um fato importante é que apesar de ser uma iniciativa de duas parlamentares da esquerda, Silvia Augsburger e Vilma Ibarra, parlamentares de todas as matizes ideológicas e partidárias votaram e foram a favor do projeto.

Para ficar na história, seguem alguns dos argumentos a favor apresentados por parlamentares da situação e da oposição:

Ao apoiar a mudança, o líder do bloco da oposição radical, Gerardo Morales, afirmou que “chegou a hora de sancionar normas que se adaptem a novos modelos de vínculos familiares” e relembrou a existência de “modelos de famílias diferentes (aos) que tínhamos há 30 ou 40 anos”. Segundo ele, apesar das polêmicas e disputas, “ganhou o debate cultural” no país, diante da participação da sociedade na discussão.

O senador socialista Rubén Giustiniani, que votou a favor da lei, disse que o perfil da sociedade argentina mudou e por isso era o momento da aprovação do texto. Segundo ele, dados oficiais indicam que 59% das famílias argentinas já não atendem ao perfil tradicional de pai, mãe e filhos. Mas de mães solteiras, casais separados e casais homossexuais.

“Hoje é um dia histórico. Pela primeira vez na Argentina se legisla para as minorias”, afirmou o senador Miguel Pichetto, líder do bloco do governo, acrescentando que “aqui não haverá mais casamentos do mesmo sexo só porque aprovamos esta lei. O objetivo desta norma é eliminar a discriminação”.

A senadora Victoria Blanca Osuna defendeu: “as questões que estão em jogo nesse projeto não são religiosas ou morais. Nós estamos perguntando a nós mesmos a responsabilidade da democracia com as minorias discriminadas”.

Nas palavras do senador Eduardo Torres, “a única diferença entre gays e heterossexuais é que eles têm menos direitos na sociedade argentina. Nós não podemos aceitar a discriminação que ocorre em várias partes da sociedade.”

Já o senador Luis Juez, da opositora Frente Cívica, optou por apoiar o governo porque, mesmo cristão, entende que “nem na Bíblia há um parágrafo onde Cristo fosse contra os homossexuais”. Ele lembrou que o código civil é “uma instituição laica, em um país laico. O Estado argentino passou a reconhecer a mudança social, e a projetou juridicamente.”

A senadora Maria Eugenia Estenssoro, da opositora Coalición Cívica, argumentou que o projeto é “necessário” para os casais do mesmo sexo. “Esta lei permitirá que os homossexuais possam assumir publicamente suas relações.”

Com certeza, a comunidade LGBT brasileira está com “uma certa inveja arco-íris”. Aqui estamos sendo menos ousados, estamos pedindo somente a união estável, e mesmo assim estamos tendo a maior dificuldade com fundamentalistas religiosos. Vamos analisar e discutir esta nova conjuntura.

Não vamos desistir. Vamos nos inspirar na Argentina. Vocês venceram uma etapa importantíssima, agora sejam felizes e continuem lutando para mudar a cultura. A mudança das leis não quer dizer a mudança de cultura.

Para quem não foi escravo, a libertação da escravatura foi um fato histórico relevante. Mas para quem era escravo, foi a melhor coisa que aconteceu. Da mesma forma para nós LGBT, a aprovação do Casamento Civil é a abolição de uma das tantas discriminações imposta à nossa comunidade.

No Brasil pelo menos 78 direitos civis expressamente garantidos aos heterossexuais na legislação brasileira são negados aos homossexuais. Para isto, há uma possibilidade que a união civil poderá chegar aqui também, a partir de uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que deve examinar a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 132-RJ e a Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4277, nas quais se argumenta que negar o direito de união às pessoas do mesmo sexo viola os princípios constitucionais de igualdade. Nisto, já temos apoio do Presidente Lula e da Advocacia Geral da União.

É um absurdo que a essa altura da história nossa sociedade ainda esteja discutindo se deve ou não universalizar os direitos. Mas, apesar do poder de grupos religiosos fundamentalistas contrários à mudança, mais cedo ou mais tarde, a lei será aprovada no Brasil também, garantindo dignidade e combatendo a discriminação.

Como o Presidente Lula falou na abertura da I Conferência Nacional LGBT, “Ninguém pergunta a orientação sexual de vocês quando vão pagar Imposto de Renda, ninguém pergunta quando vai pagar qualquer tributo neste País. Por que discriminar na hora em que vocês, livremente, escolhem o que querem fazer com o seu corpo?”

A querida aliada presidente Cristina Kirchner resumiu tudo, estamos felizes e satisfeitos com a vitória.

Esta vitória mudou o mapa da região, vejam em anexo.

Amores iguais, direitos iguais, nem menos, nem mais. Que viva a cidadania plena, sem discriminação de qualquer natureza. Que viva a Argentina, e que continue dando exemplo para o mundo de como devem ser tratadas as pessoas LGBT.

    *Toni Reis é
    presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, convive com seu marido há 20 anos sem a cidadania plena, especialista em sexualidade humana, mestre em ética e sexualidade, doutorando em educação, diretor da Associação para a Saúde Integral e Cidadania na América Latina e no Caribe.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.769 hits

Páginas

Arquivos