Arquivo para 4 de agosto de 2010

SARES REALIZA DEBATE SOBRE AS ELEIÇÕES NO AMAZONAS

O SARES – Serviço de Ação, Reflexão e Educação Social, realiza amanhã, dia 5 de agosto, às 19h, na sua sede situada na Av. Constantino Nery, 1029, bairro Presidente Vargas, mais um encontro do projeto “Um tempo para o diálogo”, que terá com tema: “Eleições 2010: Conjuntura Estadual”.

Neste encontro será discutida como foram construídas as alianças, como estão posicionados nas pesquisas, os programas de cada candidato, a propaganda eleitoral, as pespectivas para o mês de outubro e muito mais. A entrada é grátis. A dinâmica é de troca de informações e impressões.

O GOVERNADOR DO AMAZONAS, LULA, ELEGE SUA CANDIDATA

Durante esses oito anos que Lula governa o Brasil, foi produzido um fato politicamente inédito. A maioria dos estados brasileiros não teve, na concepção política de administração pública, governadores estaduais. Os governadores desses estados não fizeram, em seus estados, nada mais do que ficarem na plateia observando os feitos das políticas públicas produzidas, distribuídas e realizadas pelo governo federal.

O Amazonas é um desses estados. Durante oito anos de governo do presidente Lula, o governador Eduardo Braga teve só, como trabalho de seu governo, de confirmar as realizações do governo federal. Todas as instâncias constitucionais da sociedade amazonense encontram no governo federal sua eficácia produtiva.

Um breve exemplo é a inexistência de uma política de saúde no Amazonas cujo governo de Eduardo Braga jamais, durante oito anos, apresentou tanto para a população quanto aos profissionais da área, sequer um rascunho de uma política de saúde necessária para a realidade do estada. A clara confirmação do exemplo vem do trabalho do Sistema Único de Saúde (SUS), que, sem sua funcionalidade no estado, os resultados negativos quanto às patologias seriam piores. Acrescente-se a esse fato a imobilidade da política de saúde mental, onde a reforma psiquiátrica encontra-se em total catatonia. Enquanto, em muitos estados do Brasil, ela se encontra em processuais ativos, construindo novas formas de práxis e entendimento sobre os transtornos mentais, tanto para os pacientes, familiares e a população. Exemplo, os Centros de comunidade mental.

Outro exemplo breve é o sistema educacional. O governo estadual não criou nenhum outro modelo de administração educacional que pudesse mudar o quadro deprimente em que se encontra a prática escolar estagnada durante décadas imposta pelos governos da direita que tomaram o Amazonas. Não fossem as políticas de avaliação escolar determinadas pelo governo federal, o quadro real da educação no Amazonas estaria pior.

De formas que analisando outras instâncias sociais do estado do Amazonas, como habitação, segurança pública, políticas de inclusão social, empregos, etc, o que se tem como conclusão é que o governo do Amazonas, na pessoa do agente administrativo/público, governador Eduardo Braga, foi um mero contar de anos como preparação para sua candidatura ao cargo de senador. O que possibilitou que os oito anos não fossem perdidos por causa da presença atuante do governo Lula. Quer dizer, quem foi o governador do Amazonas durante esses oito anos foi Lula. Daí sua popularidade e seu devir/político que o concebeu como uma TransLulação. A subjetividade enunciadora de um outro Amazonas, onde o povo é quem atua como potência social. Nada visto antes na história do Brasil.

A TransLulação no Amazonas é tamanha que até os amigos de Eduardo Braga já chegaram a afirmar que ser eleito por um partido aliado ao governo Lula até o bode cheiroso conseguiria. Aí a disputa dos dois candidatos ao governo do Amazonas, Alfredo e Omar, pelo nome de Lula, a TransLulação. O inédito que ocorre em quase todos os estados do Brasil.

Acaso político que não teve o ex-governador – prefeito cassado – Amzonino Mendes, que foi governador do Amazonas durante os oito anos do desgoverno Fernando Henrique, deixou o Amazonas da mesma forma que seu presidente deixou o Brasil: atrasado e sem perspectiva de mudanças, tudo que a TransLulação conseguiu eliminar.

Assim, como o governador do Amazonas é Lula, Dilma não tem que se preocupar com os apoios dos candidatos ao cargo de governador, Alfredo e Omar, pois esses jamais auxiliariam a eleição de qualquer presidente. Da mesma forma Eduardo Braga. Dilma está eleita disparada no Amazonas por práxis da TransLulação, como também por sua própria potência/política de Dilma/Mulher.

NA 39ª CÚPULA DO MERCOSUL, LULA FALA DA HARMONIA DA AMÉRICA DO SUL

Ao conceder entrevista em San Juan, na Argentina, agora como presidente do MERCOSUL, logo depois de falar na 39ª Cúpula do MERCOSUL, o presidente Lula afirmou que durante seus oito anos de mandato como presidente do Brasil se esmerou em tornar a América do Sul um continente harmônico. E que irá usar todos os recursos diplomáticos para encontrar um desfecho no litígio entre a Colômbia e a Venezuela.

É preciso levar em conta que, muitas vezes, existem divergências momentâneas entre os países. Já houve problema entre a Argentina e o Uruguai, entre o Brasil, Bolívia e o Paraguai e, agora, Venezuela com a Colômbia.

Estive no Paraguai agora para dar início a construção de uma linha de transmissão de energia de praticamente 500 quilômetros e iniciamos a construção de uma fábrica brasileira de cimento no país. Acho que a Venezuela e a Colômbia precisam compreender o que pode acontecer com os dois países, a médio e longo prazo, com o atual problema.

Foi isso eu fiz nos oito anos em que estou na Presidência: tentar construir a harmonia entre os companheiros e não vai ser na minha saída que eu vou criar qualquer desarmonia”, afirmou Lula.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É PRODUTO DA CULTURA MACHISTA

Na comemoração dos quatro anos da existência da Lei Maria da Penha, especialistas falam e opinam sobre o tema, e também a própria mulher de onde saiu o nome da Lei, Maria da Penha Maia Fernandes, comentaram sobre a Lei e seus efeitos reais na sociedade brasileira.

A Lei se “popularizou” criando “feito prático e simbólico”, mas sua grande importância foi criar “visibilidade” à violência do gênero, analisou a professora da Universidade de Brasília (UnB) e subsecretária de Planejamento e Gestão Interna da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), socióloga Lurdes Maria Bandeira.

Ainda segundo a socióloga, mesmo com todos os avanços, algumas mulheres “não tem autonomia social e afetiva” sofrendo com o predomínio de uma “matriz moral tradicional” que fomenta uma divisão de trabalho injusta com o sexo feminino. Para ela, o trabalho fora de casa e mais as tarefas domésticas as sobrecarregam. “Não há gestão de igualdade no espaço doméstico”. Há uma relação “de poder e posse” dos homens sobre as mulheres. Um exemplo é o caso que envolve o goleiro do Flamengo, Bruno, que, segundo a Polícia, mandou matar a namorada, Eliza. Um caso próprio de misoginia, o desprezo dos homens pelas mulheres.

Para a assessora parlamentar do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfêmea), Myllena Calasans de Matos, o caso Bruno é a comprovação da violência contra a mulher institucionalizada. “Ela acionou o Poder Público no momento certo, mas infelizmente os representantes do Estado interpretaram erroneamente o caso dela. Possivelmente, se tivessem dado alguma proteção, o desfecho seria outro”. Eliza acionou a Justiça, mas o juiz não viu no caso sinais de aplicação da Lei Maria da Penha.

Para Myllena Calasans, “isso mostra a percepção que o Judiciário tem das mulheres. Nós temos diversas sentenças, diversos acórdãos em que a mulher não foi julgada em função da violência que sofreu. O passado delas era julgado e os agressores eram absolvidos”.

Para a biofarmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes, que estará sendo entrevista no dia 11 no Programa 3 a 1 do Canal Brasil, a violência contra as mulheres que aparece no comportamento do Judiciário é decorrente da cultura machista.

Os magistrados de hoje são, em grande parte, oriundos daquela cultura machista que existia no passado. A gente tem que colaborar chamando atenção da sociedade, mostrando essas aberrações de pessoas que estão ali para proteger as mulheres e ninguém protege. A cultura machista deve ser desconstruída”, afirmou Maria da Penha.

LICENÇA-MATERNIDADE DE SEIS MESES É APROVADA PELO SENADO

A proposta de Emenda a Constituição (PEC) que prever licença-maternidade de seis meses para trabalhadoras e que passa a ser obrigatório para os contratantes, foi aprovada, em segundo turno, ontem, dia 3, pelo Senado. Foram 62 a favor e nenhum contra.

O texto agora segue para a Câmara para ser analisada com outra PEC, que é de autoria da deputada Rita Camata, do PSDB do Espírito Santo. Se aprovada, fica sem efeito a alei atual que determina licença-maternidade de 120, passando a vigorar a nova lei que determina 180 dias de licença-maternidade. Assim, todas mulheres estarão protegidas pela nova lei.

A nova lei é derivada da lei aprovada em 2008, que oferece incentivos fiscais às empresas que concedem benefícios de dois meses a mais para as funcionárias que dão a luz.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.242.110 hits

Páginas

Arquivos