Arquivo para 26 de agosto de 2010

A JOVEM PRESA E TORTURADA E AGORA, NA MATURIDADE, PRESIDENTA DO BRASIL

*José Lopes

Foto: Dilma13

Para Dilma não fará muita diferença. Quando o presidente Lula viajava para conseguir investimento para o Brasil quem ficava à frente dos destinos do país? Era a ministra Dilma. Quantas reuniões com os ministérios foram realizadas? Quantas noites sem dormir? Quantas vezes foi procurada via celular por ministros de diferentes pastas, outros políticos, trabalhadores e empresários até na hora de descanso? Quantas vezes deixou seu lazer de lado, festinhas de aniversários, reuniões sociais de familiares e amigos mais íntimos, para atender as demandas do país? Quantas ligações foram feitas para cuidar dos interesses do Brasil? Quantas vezes teve de engolir refeições para dar conta de tantos compromissos? Quantas vezes teve de se desviar de seus trabalhos para responder às calunias da oposição instigada pela mídia venal? Como esse pessoal atrapalha! E Dilma dizia para si mesma: “Calma já passei por coisa pior…” E tudo a favor do país, nada pessoal. Essas coisas não aparecem na mídia e o salário de uma ministra ou do presidente não é nada comparado ao que recebe um executivo de uma grande empresa. Fica longe do que ganha um bom jogador de futebol ou um artista de destaque ou de um famoso jornalista de uma emissora de televisão. Algumas pessoas fazem isso pelo poder, para manter status, para se locupletar do erário público ou tirar vantagens ou cuidar de interesses corporativos. Com a Dilma não acontece isso. Mal tinha saído da adolescência e já sentia a necessidade de lutar por um país mais democrático, mais justo e pelos mais necessitados. Isso está em seu sangue. Foi presa por isso. Quanto sofrimento deve ter passado por amor ao nosso povo e ao Brasil nas prisões do poderio militar para que eu pudesse escrever o que estou escrevendo hoje?… Todos nós pudéssemos escrever sem censura. Os jovens nem sempre pensam ‘o poder’, são mais pelos ideais. A chama da indignação arde com mais intensidade em seus corações contra a truculência, o arbítrio e a injustiça. Taí nossa Dilma. Guerrilheira??!! Não, guerreira! Da jovem presa e torturada e agora, na maturidade, presidente do Brasil. Falta pouco. Merece. Nós merecemos.

*Comentário enunciante publicado aqui neste bloguinho intempestivo.

ELEIÇÕES NO AMAZONAS E A LÓGICA DOS OPORTUNISTAS

O período eleitoral é um momento que não se resume às preocupações democráticas dos eleitores, como estudos sobre os candidatos, suas propostas e escolhas na hora de votar. Exercício como intenção de que o estado possa ter governantes mais dedicados às necessidades do povo, garantidas constitucionalmente, do que governantes que armem ciladas para o povo, como afirma o filósofo Spinoza sobre os governantes tiranos.

Há outra preocupação que surge fortemente nesse período eleitoral. É a preocupação que toma conta daqueles que ocupam os chamados cargos de confiança. Esses são movidos pela preocupação de manterem seus cargos. O que faz com que procurem, também, fazer seus levantamentos sobre quem poderá ganhar as eleições para que eles continuem usufruindo do cargo que ocupam como forma de benesses. O que faz com que, quando têm a certeza que um determinado candidato vai ganhar, passem, por conta própria, à posição de cabo eleitoral.

Essa preocupação tem sua fundação na chamada democracia/personalista. Uma degeneração da democracia constituinte. Na democracia/personalista, o governante estimula o culto de sua própria imagem, não só através de si mesmo, mas também através do marketing, e, mais ainda, através da submissão do que lhes são adequados. Seus auxiliares indicados para ocuparem cargos de confiança. Na verdade, cargo de propagação da imagem dos governantes. Uma triste simbiose governante/personalista, mais o auxiliar capacho. Uma perversa relação tirano/escravo.

No Amazonas já corre essa busca. Além de pessoas que vão votar no candidato de Lula, Alfredo Nascimento, que se encontram pretendendo ser indicadas para esses cargos, existem informações de pessoas que ocupam cargos no governo do estado, indicados pelo ex-governador Eduardo Braga, que já fizeram suas pesquisas para ver se continuam ou não no cargo que ocupam se por uma ventura o candidato da continuação do governo sem povo, Omar Aziz, vier a ganhar a eleição.

Um certo diretor/presidente de um órgão governamental, conhecido por sua compulsiva ambição e distância dos funcionários da instituição, mas de fácil condescendência com os superiores, principalmente o ex-governador Eduardo Braga, que não parava de fazer mesuras para agradá-lo, fez sua própria pesquisa para saber quem poderia ganhar a eleição para governador. Se fosse o Omar, ele continuaria no cargo. Caso contrário, fosse Alfredo, ele prepararia logo sua demissão.

Não se sabe se por escárnio ou tendenciosidade, lhe informaram que seria o Omar. Diante da resposta oracular, ele logo se prontificou a continuar no cargo. Uma decisão pessoal vista pela moral burguesa corretíssima, mas pela ética democrática, deplorável. Como decisão pessoal, o diretor/presidente está em seu direito de querer permanecer no cargo, posto que com a vitória de Alfredo, ele será demitido com todas as honras que merecem todos que trabalham no culto à personalidade de qualquer governante. A mais deprimente posição de um capacho. Uma posição aberrante que confirma uma patologia de sujeitos/sujeitados que se envolvem em cargos públicos para usufruírem das facilidades que o cargo oferece como tentativa de reconhecimento decorrente de um profundo sentimento de inferioridade. Um perverso logro, visto que nenhum cargo torna um sujeito/sujeitado um sujeito ontologicamente seguro.

MAIOR QUE O DATAFOLHA É O DATAFOLHA: DILMA 49%, SERRA 29%. DIFERENÇA DE 20% E VITÓRIA NO PRIMEIRO TURNO

Não se fazem mais pesquisas como antigamente, dirá, amargurado, um eleitor da pífia direita brasileira. Depois que o Data fora de validade viu que não adiantava mais querer e não conseguiria segurar na manipulação dos dados a imensa vantagem de Dilma já apontada pelos institutos Vox Populi e Sensus, ele resolveu validar-se como Datafolha, passando em pouco mais de um mês a sair do empate técnico para mostrar em seus números nos últimos dias a vitória acachapante de Dilma já no primeiro turno.

Quando no último sábado (21), o Datafolha resolveu mostrar o último calvário de Serra, suplantando os 16% de diferença apontados pelo Vox Populi no dia 17, todos ficaram esperando que a pesquisa Sensus traria uns 20% de diferença. Mas anteontem, terça-feira, a Sensus mostrou ainda os 17%. Mas ainda há pouco, nessa madrugada, foi o Datafolha que veio suplantar o próprio Datafolha, mostrando 20 de diferença entre Dilma e Serra e encerrando a disputa impreterivelmente no primeiro turno.

Na atual pesquisa, Dilma (PT) subiu para os píncaros dos 49%, enquanto Serra (PSDB) desceu ladeira abaixo para 29%. Marina (PV) manteve os seus 9%. Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Zé Maria (PSTU), José Maria Eymael (PSDC), Rui Costa Pimenta (PCO), Ivan Martins Pinheiro (PCB) e Levy Fidelix (PRTB) não pontuaram, ou seja, não atingiram 1% nas pesquisas. Um total de 4% de eleitores optaram pelo voto em branco, nulo ou em nenhum e 8% se disseram indecisos.

Na chamada pesquisa espontânea (sem a apresentação da lista de candidatos), Dilma tem 35% dos votos contra 18% de Serra.

A pesquisa também mostra que Dilma lidera em regiões e segmentos dominados por Serra até a pesquisa passada desse instituto, como no estado de São Paulo, onde Dilma subiu de 34% para 41% e Serra desceu de 41% para 36%. Também na capital, Dilma tem 41% e Serra 35%.

No Rio Grande do Sul, Dilma foi de 35% para 43%. Enquanto Serra desceu de 43% para 39%.

No estado do Paraná, Dilma também já ultrapassou Serra. Apenas a capital, Curitiba, ainda é um dos poucos lugares onde o tucano continua levando, mas a diferença,que era de 19% caiu, em uma semana, para 10%. Serra tinha 43% e agora tem 40%, enquanto Dilma tinha 24% e agora tem 31%.

Observando-se os dados por região, Dilma lidera em todas, inclusive no Sul, a única em que ela aparecia na semana passada em empate técnico, tendo Serra 40% e ela 38%. Na pesquisa de hoje, Dilma se consolida entre os sulistas com 43% e Serra caiu a 36%.

A rejeição – aqueles que dizem que não votariam de nenhuma maneira em tal candidato – é outro fator que coloca a situação de Serra cada vez mais na baixada eleitoral. A de Dilma se manteve constante nos 19%, enquanto a de Serra foi aos 29%, considerado um índice alto.

Contando-se apenas os votos válidos, Dilma acumula, segundo a pesquisa, um total de 55% dos votos, o que lhe garantiria a vitória no primeiro turno.

Num eventual segundo turno, Dilma levaria também com 55% dos votos contra 36% de Serra.

Pra finalizar, a aprovação de Lula, o maior cabo eleitoral de Dilma, chegou a nada menos de 79% de aprovação de seu governo.

E assim, consolidando a inevitável vitória da candidata do presidente Lula, do Partido dos Trabalhadores e da grande maioria do povo brasileiro, em praticamente todos os números possíveis, o Datafolha, que viu todos abandonarem Serra, não quer acompanhá-lo no naufrágio. Ao contrário, pretende lucrar com seus espólios, por isso agora travará uma guerra semanalmente para apresentar números maiores que os outros institutos.

É a direita e seus tentáculos se autodevorando.

SERRA RASTEJA, MAS DILMA SE MANTÉM EM PÉ

Como já havia afirmado o deputado federal Ciro Gomes, que Serra quando pretende ganhar é capaz de passar com um trator por cima da cabeça da própria mãe, ninguém em bom senso tem se surpreendido com os recursos espúrios que o candidato da direita lupem-burguesia, José Serra, vem endereçando à candidata do presidente Lula, do Partido dos Trabalhadores, dos partidos aliados e a maioria do povo brasileiro, Dilma Rousseff.

São invectivas de todos os tons e matizes, tudo por conta da obsessiva ideia de querer ganhar as eleições de qualquer maneira. Um fato impossível, mas se ocorresse, mesmo em sonho, seria a mais perversa crueldade que o povo brasileiro iria sofrer. Muito pior que seu mentor presidencial, Fernando Henrique, visto que, antes de Fernando Henrique, Lula não havia sido presidente para ele nutrir maior inveja do que nutre hoje. Coisa que com Serra, vendo Lula presidente um sucesso retumbante, lhe arreganharia a boca sedenta de inveja com os caninos furiosos pela forra.

Mas Dilma, em sua singularidade, é superior, superior sem se comparar. Superior por ser uma potência que se move como produção democrática, o que impede qualquer comparação.

Daí que Dilma, ontem, dia 25, em uma festa memorável em Cuiabá, com direito a carreata e comício lotado, perguntada como se sentiu com todos os ataques desferidos pelo candidato da direita e seus comparsas, respondeu singelamente: “Não vão fazer com que eu responda. Não entrarei nesse jogo em hipótese alguma. Há certas coisas que são “matéria jabuti”.

Em todas as oportunidades, o meu adversário tem usado um método ineficaz que utiliza falsas afirmações, o medo e criação de uma clima que lembra a estratégia de 2002.

Acho que meu adversário está fazendo o que não é correto. Faz crítica e esconde que eles estão fazendo. Era melhor ele assumir isso.

Estão tentando pautar a minha campanha. Como falar em ajuste em um país que cresce 5%, tem geração de emprego, e R$ 255 bilhões em reservas cambiais?”

Serra enlouquece com sua equipe diante dessa singeleza corajosa e inteligente de Dilma. Uma inteligência inatingível. O que destrói a inveja.

MOVIMENTO NACIONAL DA POPULAÇÃO DE RUA ABRE AS NOVAS INSTALAÇÕES DO PALÁCIO DO PLANALTO

As novas instalações do Palácio do Planalto, que foram reinauguradas, tiveram em seu cerimonial de abertura a participação de mais de 200 representantes do Movimento Nacional da População de Rua, que em ato de atividades voltadas para seus direitos, foram recebidos pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, ministro da Secretaria dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, e pelo chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho.

Em conversa com as autoridades do governo federal, os representantes do Movimento falaram sobre temas referentes às suas existências que exigem uma solução ligeira, como direitos nas áreas de moradia, trabalho e assistência social.

Depois, ainda como atividades do ato, saíram, em número de mais de 600 pessoas, da frente da Catedral de Brasília, seguindo para o Senado para realizarem algumas reivindicações como cobrança de ações efetivas para elaboração de uma política habitacional e segurança contra a violência que todos os dias são submetidos tanto por civis como pela própria polícia.

Política habitacional é uma coisa muito necessária, e a melhoria da política de saúde e segurança pública. A gente sabe que a violência tem se acirrado bastante contra a população de rua”, afirmou o integrante do MNPR, Samuel Rodrigues.

São 41 mil pessoas em situação de rua, segundo pesquisa realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, em 71 municípios com mais de 300 habitantes.

De posse dos números, pudemos conversar e pedir ações das prefeituras e governos estaduais”, afirmou a ministra Márcia Lopes.

Para o governo federal, toda a população de rua deve ser inserida no Cadastro Único dos programas sociais para receber os benefícios da assistência social.

CPI QUER INDICIAMENTO DA DUPLA RORIZ/ARRUDA POR DESVIO DE R$ 4,2 BILHÕES

Os ex-governadores, amigos íntimos, e inimigos da democracia, Joaquim Roriz e José Arruda, do Distrito Federal, tiveram ontem, dia 25, seus pedidos de indiciamento pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Codeplan, da Câmara Legislativa do Distrito Federal, juntamente com mais 22 elementos envolvidos em corrupção no governo do Distrito Federal.

A quadrilha saqueou dos cofres públicos mais de R$ 4,2 bilhões entre os anos de 2000 e 2010. A trama da posse do dinheiro público era realizada através de contratos com empresas prestadoras de serviço ao governo do Distrito Federal.

As práticas administrativas nefastas de um e de outro eram exatamente as mesmas”, afirmou o relator do processo, deputado Paulo Tadeu. Tudo começou nos governos de Roriz, chegando ao governo de José Arruda, tendo seu desfecho com a ação da Operação Caixa de Pandora, deflagrada em novembro de 2009, com investigação sobre um esquema de pagamento de propina para deputados distritais em troca de apoio ao governo de Arruda. Arruda foi temporariamente preso, assim como outros quatro de sua quadrilha, mas agora encontram-se soltos. Arruda foi cassado, chegando ao fim o bando. Mas deixou o lastro da corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e ameaça a testemunha. Crimes comuns durante anos na política brasileira.

Todavia, seu mentor atual – antes houve o Toninho Malvadeza, quando ambos eram senadores, e fraudaram o painel do Congresso -, Roriz, pretende ser governador do Distrito Federal, o pior negócio para aquela população tão sofrida e enganada pelas demagogias perversas de Roriz, que não pode ser eleito para que o povo possa ser feliz.

RORIZ TEM REGISTRO NEGADO PELO MPE

Não adiantou os advogados do ex-governador de Brasília, Joaquim Roriz, candidato ao mesmo cargo nessas eleições, tentarem recorrer à tese de que nenhuma lei pode retroagir para prejudicar, baseando-se no fato de Roriz, em 2007, enquanto senador, ter recorrido a renúncia para escapar da cassação e se tornar inelegível. Na leitura do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e da maioria dos desembargadores, a renúncia o torna inelegível.

Não existe direito adquirido à elegibilidade nem situação consolidada a impedir a incidência da regra da inelegibilidade, máxime quando o pedido da candidatura é posterior à promulgação da Lei Complementar 135/2010”, afirmou o parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE).

Assim, o Ministério Público Eleitoral (MPE), encaminhou ontem, dia 25, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), parecer contrário à candidatura de Joaquim Roriz, que, para o procurador-geral da República, não tem intenção de tornar excluso o candidato, mas preservar a coletividade dos valores democráticos e republicanos.

A lei foi editada antes mesmo da realização das convenções e está sendo aplicada a registro de candidatura posterior a sua entrada em vigor, e não a registro de candidatura passada.

O que a Lei estabeleceu foi simplesmente um critério, semelhante a qualquer outro, contido em um edital de concurso para ocupação de cargo público, e não uma pena, sendo impertinente o princípio da presunção de inocência.

O que realmente pretendia [Roriz] era preservar sua capacidade eleitoral passiva, com vista ao próximo pleito, pois, se cassado seu mandato, ficaria inabilitado para o exercício de cargo público pelo prazo de oito anos”, afirmou o parecer do procurador-geral Eleitoral, Roberto Gurgel.

Roriz é daquelas pessoas que, segundo o filósofo Weber, faz seu ingresso na política com um único propósito: viver dela. Usufruir o máximo do que ela pode lhe permitir quando não é direcionada para o Bem Comum. Roriz faz parte de uma grande casta que infelicita a democracia brasileira e a sociedade como um todo.

No feitio de Roriz, existem alguns na política amazonense, mas que infelizmente, por algum motivo, ainda não foram pegos pela Lei, e continuam se locupletando com as oportunidades que o ofício oferece.

PRIMEIRO REGISTRO DE CANDIDATO FICHA SUJA É NEGADO PELO TSE

O deputado estadual Francisco das Chagas, do PSB do Ceará, candidato à reeleição, teve sua candidatura barrada pelos Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em votação de 5 votos contra e 2 a favor. Com essa decisão do TSE, o deputado Francisco das Chagas tornou-se o primeiro candidato ao pleito de 2010 a ter o registro negado com base na Lei da Ficha Limpa.

Em 2006, Francisco das Chagas foi condenado por captação ilícita de votos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE). Seus advogados defenderam a tese, diante do TSE, que o deputado já havia quitado todos os seus débitos com a Justiça Eleitoral, mas os ministros argumentaram que a inelegibilidade não é pena, mas sim uma condição que deve ser verificada no momento do registro.

Antes os ministros analisaram se a aplicação da Ficha Limpa violaria o principio constitucional que afirma que lei que altere o processo eleitoral não deve se aplicar em pleito que ocorra até um ano depois da sanção. O argumento foi negado por 5 votos a 2.

Ainda cabe recurso no Supremo Tribunal Federal (STF).


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.989 hits

Páginas

Arquivos