Arquivo para 13 de setembro de 2010

ERENICE GUERRA ENCAMINHA OFÍCIO À COMISSÃO DE ÉTICA PÚBLICA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PEDINDO QUE INVESTIGUE TUDO SOBRE AS CALÚNIAS DA VEJA

Após a desmentida denúncia da fascista Veja de que seu filho, Israel Guerra, cobrava propina cobrava propina do empresário Fábio Bacarat, proprietário da Via Net Express Transportadora, a ministra da Casa Civil, Erenice Guerra encaminhou hoje pela manhã ofício ao Ministro Sepúlveda Pertence, presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República pedindo que investigue tudo a respeito da calúnia.

Calúnia que já está mais do que comprovada com a nota da empresa e do empresário, ambos surpreendidos com a matéria e que, sequer, algum dia tiveram vínculo algum. A ministra põe à disposição a quebra de seu sigilo fiscal, telefônico e tudo o que for necessário para o total esclarecimento dela e de seu filho.

Clique em cima para ler melhor.

SEGUNDA-FEIRA DOMINICAL

O dia das boas almas

# A revista semanal ilustrada de escritórios, consultórios e salão de beleza, da classe imóvel que pretende um Brasil só para si, Veja, forjou uma matéria denúncia, afirmando que Israel Guerra, filho da ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, cobrava propina do empresário da Via Net Express transportadora, Fábio Bacarat, da qual ele é proprietário.

Diante da acusação, a empresa publicou uma nota afirmando que Fábio Bacarat “nunca foi dono, sócio ou gestor, e que tampouco pertenceu algum dia ao quadro de funcionários da empresa”. Por sua vez, Bacarat publicou nota desmentindo a reportagem da revista se dizendo “surpreendido” com a reportagem. Para no final da nota afirmar: “Acredito que tenha contribuído com o esclarecimento dos fatos, na certeza que fui mais uma vez personagem de um joguete político eleitoral irresponsável do qual não participo.

Mais uma vez fica comprovado que o método nazista usado pela revista da Abril Cultural, que procura denegrir as pessoas, não se sustenta em um país democrata como o Brasil. E, mais uma vez, fica solidificado o desespero da candidatura Serra, que tem usado, inutilmente, os meios mais sórdidos para ver se consegue persuadir os eleitores que têm os sentidos e a razão definidos como voto em Dilma.

Por sua vez, a ministra-chefe da Casa Civil, depois de afirmar que o nome de seu filho é Israel e não Verônica Serra, disse que contratou o ex-ministro da Justiça, do governo Lula, advogado Márcio Thomas Bastos para processar a sórdida revista dos apedeutas ressentidos. A revista que conspira, junto com toda grande mídia sequelada, contra o Brasil.

# A Rede TV, nesse domingo passado, promoveu um debate com os presidenciáveis Dilma Rousseff, Plínio de Arruda, Marina Silva e José Serra. Foi um debate com audiência sofrível. Tanto porque os espectadores não estão interessados nesse tipo de programa na noite de domingo, como também pela baixa audiência que tem a Rede TV. E, para piorar, um programa eleitoral apresentado pelo insosso jornalista da Folha de São Paulo, Kennedy Alencar, que não tem qualquer intimidade com a técnica de entrevistador. Sem falar nas regras cerceadoras impostas pelo programa.

Todavia, não foi de tudo inútil. Serviu para os persistentes perceberem a razão porque Dilma se encontra em extrema vantagem sobre seu triste rival, Serra. Dilma, dominando todos os temas e insinuações, mostrou o quanto está segura de sua tarefa como primeira presidenta do Brasil. Não vacilou e não caiu nas armadilhas tecidas pelos candidatos. Muito pelo contrário, deixou-os enfurecidos porque não alcançaram seus intentos.

Vários foram os momentos em que Dilma foi de uma superioridade inconteste, mas houve um momento em que ela atingiu Serra, que o deixou mais imóvel do que é. Foi quando ela disse ao candidato da direita obscura: “Não subestime ninguém, candidato. O senhor não é o dono da verdade. O senhor não é melhor do que ninguém.”

# A reportagem Sinais Trocados”, da revista Carta Capital dessa semana mostra que Verônica Serra, filha do candidato da lupem-burguesia, José Serra, em 2001, no governo de Fernando Henrique, e que Serra era ministro da Saúde, expôs dados sigilosos de 60 milhões de brasileiros.

Verônica Serra, juntamente com Verônica Dantas, irmã do inimigo número 1 do sistema financeiro, Daniel Dantas, investigado pela Justiça Federal, usava o site Decidir.com dedicando-se supostamente a “orientar o comércio sobre a inadimplência de pessoas físicas e jurídicas”. Em outra página havia uma explicação: “Encontre em nossa base de licitações a oportunidade certa para se tornar um fornecedor do Estado”. Segundo o jornalista Leandro Fortes, autor da matéria, tratava-se de um balcão facilitador montado nos Estados Unidos pelas duas Verônicas.

Esse um dos motivos porque Serra quer acusar o Partido dos Trabalhadores e Dilma como autores do vazamento dos dados fiscais de sua filha. Um truque com intenção –inútil – de desviar a atenção da sociedade brasileira dos verdadeiros autores da violência institucional. Sua trupe de falsários.

# Como já sabe a inteligência brasileira com sua honradez, a matéria do insigne jornalista Leandro Fortes, da revista semanal mais proba do Brasil, Carta Capital, não foi comentada por nenhum veículo da mídia sequelada de mercado que trama contra a democracia brasileira. O óbvio. A Carta Capital é só para os democratas, e não para os nazi-fascistas que comungam com os periódicos que sempre dizem Não para a democracia.

Porém, todos os midiáticos sequelados como O Globo, Folha de São Paulo, Estadão, publicaram comentários favoráveis à revista, já que fazem parte da mesma subjetividade nociva, com direito à opinião de membros do PSDB, o partido que os representa no Congresso Nacional.

Em verdade, a Carta Capital não pode ser comentada por essa mídia sequelada, porque ela não possui os elementos necessários para alcançá-la, que são: inteligência e eticidade. Os jornalistas dessa mídia sequelada são subservientes. E como diz o ínclito jornalista Mino Carta, chamam o patrão de amigo.

# Enquanto isso o Brasileirão segue em sua saga perna de pau. Mais uma vez o Palmeiras não conseguiu mostrar sua raça histórica de futebol vistoso de vitorioso. Na partida de domingo contra o Vasco, os dois times, do jeito que entraram em campo, permaneceram. 0x0. Como pode? Mais de noventa minutos e nem um dos dois times consegue sequer fazer um gol. Coisa de perna de pau.

Mas o que conta nessa rodada é a brilhante fase em que o Fogão está se impondo. Depois de derrotar o Santos do mascarado Neymar no meio da semana, derrotou ontem o São Paulo por 2X0, o que lhe colocou na terceira colocação, próximo dos líderes que perderam: Timão e Fluzão, que vem num descrescente.

E por lembrar do Santos do mascarado Neymar, perdeu mais uma. Dessa vez para o time alencarino por 2X1. Enquanto o Mengão continua em sua litania de insucesso.

# A imprensa internacional que participou do Festival de Veneza que premiou a cinegrafista Sofia Coppola com o Leão de Ouro pelo filme Somewhere, e Monte Helman, com o prêmio especial por sua carreira, está denunciando o presidente do júri, o cinegrafista Tarantino por favorecimento aos dois premiados.

Para a imprensa internacional, Tarantino favoreceu Sofia Coppola, porque ela foi sua namorada, e favoreceu Monte Helman, porque ele fora seu mestre. Tarantino, por sua vez, nega o favorecimento, mas a imprensa não está deixando por menos.

Escrevendo sobre o fato, o crítico de cinema do jornal italiano Corriere della Será, Paolo Mereghetti, afirmou: “Tarantino corre o risco de ter exibido o mais óbvio conflito de interesses, já que tanto o filme de Sofia Coppola quanto o de Monte Helman pareciam charmosos e intrigantes, mas nada além disso”.

Já jornal inglês The Guardian afirmou que se o filme mais aclamado de Sofia Coppola, Encontros e Desencontros, era o single de sua carreira, o Somewhere é um “lado B”. Por sua vez, o The London Evening Standard afirmou que o filme de Sofia Coppola não merecia o Leão de Ouro, porque lhe falta drama.

# O relatório de 56 páginas, Nova Ordem, Mesmos Males: Prisões Ilegais e Torturas no Iraque, da Anistia Internacional, denuncia que mais de 30 mil presos encontram-se sob constantes torturas e sem julgamentos. Pessoas são presas arbitrariamente e assassinadas. O relatório denuncia os Estados Unidos pelas injustiças que constantemente são praticadas no Iraque.

O diretor para o Oriente Médio para defesa dos Direitos Humanos, Malcolm Smart, falando sobre a cumplicidade das forças de segurança do Iraque na cumplicidade com os militares norte-americanos nos atos de violência contra o povo iraquiano, disse: “As forças de segurança iraquiana são responsáveis pelas violações sistemáticas dos direitos dos presos e por toda impunidade.”

O relatório confirma que a retirada das forças norte-americanas do território iraquiano é um grande blefe. Persiste a vigilância severa sobre a população. A vigilância vai além da força dos 50 mil militares norte-americanos que continuam no Iraque, depois da divulgação da saída dos militares do Tio Sam, orquestrada simuladamente pelo presidente Barack Obama.

!!!!! O MUNDO É GAY !!!!!

5ª Parada da Diversidade – Floripa 2010

(Contribuição do companheiro Welton Oda para este bloguinho, com as fotos do Jefferson Pereira)

parada gay4

Desde o busão da Vila Aparecida, que nos levou do continente à ilha, o clima era totalmente gay. Aquela bela gente negra em pleno sul do Brasil já exalava a alegria da parada. Não tínhamos dúvida de que 90% daquela gente estava indo pro “cochicho”, na Avenida Beira-mar, local da concentração da V Parada da Diversidade de Floripa. Do terminal do centro, o TICEN, pegamos outro busão até a beira-mar e também vimos o ônibus esvaziar na parada da Parada.


Emos, demos e simpatizantes. Jovens, crianças, mulheres, velhinhos e velhinhas. Todos desceram em clima de festa, num clima de… Uuuuuuiiiiiii! Só vendo!


Além dos participantes manés, também encontramos nossos conterrâneos bares, como o Esmael, que cursa pós-graduação na UFSC, o Jeffeson Pereira, um ativo militante do movimento LGBT em Manaus e estudante de Serviço Social na UFAM (e foi quem nos presentou com as belas fotos do evento), além do Jacob Paiva, que está em Floripa cursando disciplinas na pós-graduação em Educação. Esmael e Jeffeson participaram também do maior evento acadêmico da América Latina, o “Fazendo Gênero”, realizado na UFSC e também documentado em fotografias.


Mas voltando à Parada (que, apesar de Parada, movimentou Floripa, do asfalto aos morros), quem não estava muito no clima eram certos PMs, de cara amarrada, muitos devem ter vindo “obrigados”, graças a seus “corpos dóceis” (outros, nem tanto). Mas nem estas caras azedas conseguiram estragar o clima de festa, o clima em que também acabamos nos embriagando, afinal…

Assim como Manaus e o resto do mundo, Floripa, , também é gay!!!!

ABGLT no III CBP

Companheiro Toni Reis informa sobre a participação da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (ABLT) no III Congresso Brasileiro de Psicologia, onde o nosso mui digno presidente encabeçou pessoalmente a Mesa Redonda “Diversidade Sexual: Desafios para a Subjetividade e para a Democracia”.

Pessoal,

Tive o prazer de participar de uma Mesa Redonda no dia 04 de setembro de 2010 das 10h30 às 12h30 no III Congresso Brasileiro da Psicologia (III CBP) realizado em São Paulo – na UNINOVE (Rua Adolfo Pinto, 57, Barra Funda – São Paulo-SP)

http://www.cienciaeprofissao.com.br/III/ do qual participaram em torno de 7.000 profissionais e estudantes de psicologia. (Vide noticias abaixo)

A minha participação foi na mesa redonda “Diversidade Sexual: Desafios para a Subjetividade e para a Democracia” (foto em anexo)

Participantes:

Clara Goldman – Coordenadora Conselho federal de Psicologia

Toni Reis – Vencendo a homo/lesbo/transfobia – avanços e desafios

Maria Berenice Dias – A invisibilidade das Uniões Homoafetivas

João Ricardo Pereira Silva – Homossexualidade e Juventude – Novas pinceladas no Cenário das Subjetividades

A sala onde o debate foi realizado ficou totalmente lotada inclusive muita gente ficou sentada no chão.

Foi muito interessante a Coordenadora Clara Goldamn fazer o história do CFP na luta em favor da Cidadania LGBT, recordou que o CFP atendeu ao pedido do movimento para a elaboração da resolução 01/99 e também o pronunciamento do CFP com relação à adoção por pessoas LGBT.

Clara também informou que estão sendo criados Grupos de Trabalho sobre diversidade sexual em vários conselhos regionais de psicologia.

Assim que sair o informe oficial compartilharei com vocês.

Cordialmente,

Toni Reis, Presidente ABGLT

Abertura do III CBP desafia Psicologia em seu compromisso com Direitos Humanos e democracia

Os estreitos vínculos entre Psicologia, como ciência e profissão, e os Direitos Humanos, foram o foco do discurso do ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi, na abertura do III CBP, na noite de sexta-feira, 3 de setembro, em São Paulo. “A Psicologia trabalha temas da democracia, da alteridade, do respeito aos outro”, disse, enfatizando a importância dessas atitudes para uma cultura de respeito aos Direitos Humanos, que requer a prática de ” valorizar respeitar o outro no que se opõe a nós, no que é diferente”. A questão do respeito à diversidade, como aceitação do outro, foi destacada também pelo representante do Ministério da Cultura, José Luiz Herência.

A subprocuradora da República e procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Gilda Pereira de Carvalho, falou também sobre a necessidade de ter a solidariedade como norte para alcançar um Brasil mais justo e solidário. “Para isso, cobremos dos governantes dos três poderes, mas os ajudemos a fazer essas políticas bem planejadas e executadas”, afirmou, destacando os desafios para que, 20 anos depois da promulgação da Constituição de 1988, seus objetivos de inclusão sejam alcançados.

O ministro Paulo Vanucchi avaliou também que, a pesar da presença do debate sobre direitos humanos em espaços como a abertura de congressos, eles seguem violados cotidianamente. Citando o título de conto de Guimarães Rosa A Terceira Margem do Rio, Vannuchi falou das “três metades”em que se reparte o tema dos Direitos Humanos no Brasil: a questão de gênero, com a persistência da diferença de espaços para homens e mulheres; o tema racial, sobre o qual destacou a ausência de negros em espaços de poder. O ministro lembrou que o Brasil tem hoje um ministro negro no Supremo Tribunal Federal, mas precisaria ter presença muito mais expressiva dos negros naquele tribunal.

A “terceira metade” é o tema das crianças e adolescentes, que introjetam preconceitos, como os raciais e de gênero, e a sociedade precisa criar mecanismos para superar este ciclo. Para o ministro, pesquisa e extensão em Psicologia têm papel fundamental no desenvolvimento desta tarefa. Combate à exploração sexual de crianças e adolescentes e violência doméstica foram outros assuntos destacados como desafios nesta área.

Vannuchi pontuou, a partir dessas reflexões, diversos pontos de conexão entre Psicologia e os direitos humanos – a decisão da humanidade pelo fim dos campos de concentração, com reflexos sobre o fim dos manicômios e o “sonho da humanidade sem presídios”, da instauração da justiça restaurativa, preventiva, educação em direitos humanos. “Sonhos como esse do mundo sem presídios equivalem a profecias que se concretizam ao ser faladas”, afirmou.

Outros temas citados foram os desafios trazidos pelo envelhecimento da população, do respeito à população de rua, do respeito à diversidade sexual -em país onde a cada três dias um homossexual é assassinado por homofobia – e do enfrentamento ao problema das drogas com diálogo, tratamento de usuários como cidadãos e sem estigmatização.

Por fim, ao falar da importância da memória e da verdade sobre os casos de tortura e morte ocorridos durante a ditadura militar, Vannuchi mencionou, em breve homenagem, seis psicólogos torturados ou mortos naquele período.

Representando o Ministério da Cultura, o secretário de Políticas Culturais José Luiz Herência falou da importância de políticas que garantam o acesso da população à cultura e à produção cultural para garantir experiência humana plena, que engloba a produção de significados. “É preciso investir cada vez mais em modelo desenvolvimento que uma cultura, Direitos Humanos e combate à pobreza, e que possam ser entendidos como infra-estrutura do país”, afirmou.

Desenvolvimento social

Destacando as conexões entre ciência e profissão, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, falou sobre e sobre a importância de superar o pensamento conservador que imprime diferença entre ciência, conhecimento, realidade e profissão, entre saberes e prazeres, para avançar na construção de sociedade igual, livre e democrática. “Olhar para atenção aos usuários: que histórias, que relações sociais estão sendo construídas, que possibilidades, que desafios. As profissões mudam quando mudam referências teórico-metodológicas, a produção das categorias que vão exigindo de cada um de nós nova maneira de olhar e disposição para juntos discutir, refletir e avançar. A exigência ético-política do mundo está colocada para cada um de nós, nas academias, na gestão, na representação política nos serviços à população de cada lugar do país”.

Lopes ressaltou que, com a Política Nacional de Assistência Social e a implementação do Sistema Único de Assistências Social (Suas), torna Psicologia e Serviço Social cada vez mais próximos. “Olhamos a realidade do país formulando diretrizes, operações, práticas, com compromisso muito concreto com a realidade brasileira e latino-americana”, afirmou.

Homenagem
A cerimônia de abertura do III CBP foi encerrada com homenagem a
ÁLVARO TAMAYO, CHICA HATAKEYAMA GUIMARÃES, LUIZ MARCELINO DE OLIVEIRA, MARIA SOLANGE FELIX, REINIER ROZESTRATEN, TEREZA MARIA SÉRIO e ZÉLIA MENDES BIASOLI ALVES, que faleceram desde o Congresso anterior, em 2007, pela contribuição à Psicologia brasileira.

Na tarde deste domingo, 5 de setembro, os 7 mil psicólogos que participam do III Congresso Brasileiro da Psicologia (III CBP) comporão imagem para fotografia aérea que será realizada no páteo do no Memorial da América Latina, na Barra Funda, em São Paulo. Eles reproduzirão um catavento, símbolo do Congresso. No II CBP, a imagem criada foi a do símbolo grego Psi, que representa a Psicologia. Profissionais e estudantes de Psicologia de São Paulo estão convidados a participar da foto. Reunidos no maior evento da Psicologia brasileira, os psicólogos que participam da fotografia vieram de todos os estados do Brasil e de diversos países da América Latina. O CBP acontece a cada três anos.

Paradas em Recife e em Salvador

E ontem, sob o céu do Nordeste tremulou a imensa bandeira do arco-íris. Foram realizadas duas das maiores Gay Pride do Brasil, nas festivas Salvador e Recife, respectivamente.

Fotos: Marcelo Soares/JC Imagem

Em Recife, puxados pelos gritos de protesto dos aguerrido Leões do Norte, e embalados pelo frevo e o maracatu, a 9ª Parada da Diversidade de Pernambuco encheu as ruas livres foliões.

Organizada pelo Fórum de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de Pernambuco (Fórum LGBT/PE), o evento ocorreu em Boa Viagem, sob o tema “Direitos: queremos por inteiro, não pela metade”.

Foto: Lúcio Távora/A Tarde/AE

Também em sua 9ª edição, a Parada Gay tomou as ruas de Salvador neste domingo (12), com o tema “Homofobia, fora daqui!”. A expectativa da organização do evento era reunir 1 milhão de pessoas, o que aproximadamente ocorreu. O Grupo Gay Bahia, um dos mais combativos grupos na defesa dos direitos dos homossexuais.

A ambas as paradas, assim como outras que estão ocorrendo, têm como objetivo principal destacar a PEC 122, conhecida como PEC da Homofobia, que criminaliza a homofobia, bem como os mais de 78 direitos que são exclusivamente negados às pessoas homossexuais. Também foi chamado a atenção o fato de que ano passado, no Brasil, houveram 200 assassinatos de homossexuais, de acordo com dados do Grupo Gay da Bahia.

Foto : Blog de Jamildo

Para que serve essa sua “realidade”?
Raso realismo, o de vocês.
O argumento da experiência reservada
…………………….é um mau argumento
reacionário.
…………………….…..Gilles Deleuze


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.241.959 hits

Páginas

setembro 2010
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos