Arquivo para 28 de outubro de 2010

E AÍ, SÉRGIO GUERRA, VIU O “SEM VERGONHA” DO IBOPE? DILMA 57%, SERRA 43%

O instituo de pesquisa Ibope, junto com a TV Globo, divulgou sua nova pesquisa eleitoral. Vai nessa, Sérgio Guerra.

Pesquisa estimulada. Você vota na Dilma ou no Serra? Dilma 53%. Serra 39%.

Votos válidos. Tirando nulos e indecisos. Dilma 57%. Serra 43%.

Diferença na estimulada: 13 pontos.

Diferença nos votos válidos: 14 pontos.

E então, Sérgio Guerra, quem é “sem vergonha”?

ATENÇÃO! BLOGUEIR@S, LULA NOS CONVOCA!

FINALMENTE O OURO NEGRO É NOSSO

O que nós queremos é o controle desse óleo na mão do povo brasileiro e não na de empresas estrangeiras. Dilma Rousseff

Foto: www.dilma13.com.br

Se Monteiro Lobato fosse vivo ele, certamente, votaria em Dilma. Ele, que promoveu a nacionalista campanha “O Ouro Negro é Nosso” quando apenas intuía que debaixo desse chão onde pisamos corria em muitos lugares o precioso líquido do petróleo, ficaria deslumbrado com o potencial de um Pré-Sal, da bacia de Campos, etc.

Foram pessoas sonhadoras, como Monteiro Lobato, que, indo até a falência, utilizando métodos rudimentares na busca do oleoso veio, abriram o horizonte de possibilidade que vagarosamente caminhou até o início do terceiro milênio. Pode-se dizer que até o governo Lula as descobertas de novas jazidas de petróleo eram fruto de esforços individuais, sem grandes pretensões de investimento tecnológico e de pessoal em todos os governos anteriores.

Hoje, em reunião com a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que lhe declarou apoio em relação à exploração do Pré-Sal, Dilma fez questão de acentuar a diferença de projetos entre PT e PSDB em relação à Petrobras.

Uma coisa me chamou a atenção na fala da FUP. A Petrobras era empresa pequena, tanto no que se refere ao número de empregados, quanto aos investimentos. Ela era uma empresa de US$ 15 bilhões. Hoje é a segunda maior empresa de petróleo do mundo. E isso aconteceu porque ao longo do governo nós fizemos um processo de valorização e fortalecimento da Petrobras. Ela foi capaz de voltar a investir em exploração e prospecção de petróleo, em refinarias e voltou a investir na produção de petroquímicos.”

AMICUS CURIAE VIRTUAL – A AÇÃO CAUTELAR DA FOLHA DE SÃO PAULO

Artigo de Márcio Mello Casado, publicado por Carta Maior.

O que é um Amicus Curiae?

Em tradução literal, amicus curiae, é o amigo da Corte, o amigo do Tribunal. A figura tornou-se rotineira no sistema jurídico através da Lei 9.868/99, art. 7º, Parágrafo 2º (O relator, considerando a relevância da matéria e a representatividade dos postulantes, poderá, por despacho irrecorrível, admitir, observado o prazo fixado no parágrafo anterior, a manifestação de outros órgãos ou entidades).

Em uma medida cautelar como a que a Folha ingressou, o amicus curiae formal, dificilmente seria aceito, visto que a admissão dele estaria vinculada às Ações Direta de Inconstitucionalidade e Declaratória de Constitucionalidade.

No entanto, um amigo da Corte, alguém que tenha interesse em informar o Tribunal e, porque não, a sociedade, pode fazê-lo fora dos autos. A Carta Maior (cujo nome é inspirado, justamente, na Constituição Federal do Brasil) abriu o espaço para que um amigo da Corte possa expor a verdadeira intenção da Folha, aliada à falta de fundamento legal de sua pretensão.

Desorganização ou má intenção?

A Folha está preocupada em informar o cidadão brasileiro sobre o que a candidata Dilma teria feito durante a ditadura militar. E tais informações, segundo alega, somente podem ser obtidas por meio do acesso aos arquivos que estão no Superior Tribunal Militar.

A atuação da candidata Dilma durante a ditadura não pode ser medida por arquivos de um processo penal dirigido por quem a torturava. Qualquer informação que esteja contida nestes arquivos será parcial ou, mais provavelmente, mentirosa. Ademais, qualquer condenação que tenha sido imposta à candidata Dilma, por um Estado de Exceção, foi acobertada pela Lei da Anistia.

Mas a Folha está preocupada em informar o cidadão brasileiro, o que, além de louvável, não deixa de ser uma surpresa. Justo neste momento, a Folha resolveu colocar-se como defensora da liberdade de imprensa e reputa como de indiscutível interesse público informações contidas em um processo penal dirigido e com provas obtidas por criminosos.

É evidente, no entanto, que ainda que haja mentiras, este documento tem algum valor histórico. E o acesso a ele deveria ser franqueado a todos, assim como todos os arquivos da época da ditadura deveriam ser abertos ao público, ante o seu conteúdo histórico.

Logo, teria a Folha razão em pedir, justo neste momento, o acesso aos autos? Não, por dois motivos: a) ela já extraiu cópias do processo, em 12 de Marco de 2009, por meio da jornalista Fernanda Odilla; b) não há interesse público algum em jogo, mas interesses individuais, seja da candidata Dilma ou da própria Folha.

A Folha, em 2009, produziu a matéria intitulada: “Grupo de Dilma planejava seqüestrar Delfim”. Esta matéria foi rechaçada, de forma veemente, pelo jornalista Antonio Roberto Espinosa (http://www.torturanuncamais-rj.org.br/noticias.asp?Codnoticia=214&ecg=). Isto é, quando teve acesso aos documentos do processo da candidata Dilma, a Folha já fez o que não deveria, produziu matéria jornalística desprezível.

Os interesses que movem a Folha, neste momento, ou há dois meses atrás (quando pediram as cópias, novamente, ao STM) não são públicos. A Folha deseja, como já o fez, elaborar matéria depreciativa, partindo de dados (que já tem!) produzidos por um procedimento ocorrido há quarenta anos atrás, instruído com elementos de prova produzidos por criminosos.

Interesses individuais foram argüidos pelo STM ao negar o novo acesso, no meio da campanha eleitoral. Entretanto, estes são os direitos mais caros aos cidadãos e que são os pilares de uma democracia: privacidade, dignidade da pessoa humana, honra e imagem. Ou um candidato à presidência da república não pode ter tais direitos preservados? Evidente que sim. A candidata Dilma é, antes, a pessoa humana Dilma.

Ela estava no Brasil, lutando pela democracia. Foi perseguida, presa, torturada e processada por seus algozes.

A Folha jamais poderá ter acesso a tais documentos? Estamos convencidos que o acesso deve ser franqueado sim, pois a Folha pode produzir a matéria que bem entender sobre a candidata Dilma ou qualquer outro candidato. Mas, neste momento, o que está sendo chamado de liberdade de imprensa serve justamente para fraudar o processo político em curso.
Sejamos francos, a Folha tem os documentos do processo. Certamente, não os perdeu. Deseja novas cópias para esquentar a matéria que, no ano passado, não colou.

Nem a revista Veja, que pediu cópia do mesmo processo, em 26 de fevereiro de 2010, por meio do repórter Luiz Otávio Bueno Cabral, teve coragem de prosseguir com a pretensão de violar a vida privada, a intimidade, a honra e a imagem da candidata Dilma.

Dentro de uma ideia de proporcionalidade e choque de interesses, todos protegidos pela Constituição Federal (liberdade de imprensa, dignidade da pessoa humana e liberdades individuais), neste momento, a nós parece que liberar para cópias um processo penal, cuja processada já foi anistiada, é subverter a Carta Maior. Depois de publicada a matéria, nenhuma Ação de Indenização será capaz de restabelecer não só a honra da candidata, mas o processo eleitoral que pode restar irremediavelmente viciado. Tais riscos, certamente, estão acima dos interesses INDIVIDUAIS da Folha.

Não cabe a Cautelar no STF

Do ponto de vista processual, a cautelar apresentada pela Folha não é cabível. E quem afirma isto é o próprio Supremo Tribunal Federal, em inúmeros julgados anteriores, que culminaram na edição das súmulas 634 e 635, as quais, expressamente, determinam, sucessivamente: “Não compete ao Supremo Tribunal Federal conceder medida cautelar para dar efeito suspensivo a recurso extraordinário que ainda não foi objeto de juízo de admissibilidade na origem” e “Cabe ao Presidente do Tribunal de origem decidir o pedido de medida cautelar em recurso extraordinário ainda pendente do seu juízo de admissibilidade”.

Ademais, o próprio recurso extraordinário apresentado pela Folha é completamente vazio de fundamento, eis que se opõe a pedido de vistas, regimentalmente previsto no STM. O mérito do mandado de segurança da Folha ainda não foi decidido. Haverá supressão de um grau de jurisdição se a cautelar pretendida pela Folha for concedida.

Qualquer medida cautelar necessita, para sua concessão, além de fumaça de um bom direito (e aqui não há nenhuma) do denominado perigo na demora. O caso em exame traz um pedido da Folha para ter acesso a fatos ocorridos há quarenta anos atrás, aos quais ela já teve acesso! Pior, são fatos, do ponto de vista do estado democrático de direito, não mais relevantes, visto que a eventual condenação foi objeto de anistia.

Conclusão

Entre fraudar o processo eleitoral e expor desnecessariamente a cidadã Dilma ou “dar um novo xerox” à Folha, não se podem ter dúvidas: preserva-se o processo democrático e a pessoa humana.

(*) Advogado. Mestre em Direito PUC/SP. Doutorando em Direito PUC/SP.

DILMA LANÇA A PLATAFORMA DE SEU GOVERNO PARA A ÁREA SOCIAL

Em atmosfera de total festividade, a candidata do presidente Lula e da maioria do povo brasileiro à Presidência da República, Dilma Rousseff, lançou ontem, dia 27 – dia do aniversário do insigne presidente da República Lula -, no Teatro dos Bancários, em Brasília, a plataforma de seu governo para a área social, cujo principal objetivo é a erradicação total da miséria no país.

Para nós, a questão social não é adereço de mão. É o cerne do nosso programa de governo. Essa é uma diferença histórica entre nós e o adversário. Não existe como conceber o desenvolvimento sem olhar o indicador, a melhora nas condições de vida da população. Não é o PIB que olhamos se o Brasil melhorou ou não. É importante que a economia cresça, mas o indicador principal é se melhoramos as condições de vida das pessoas”, afirmou, discursando a candidata do povo brasileiro.

Mostrando que é o olhar social que diferencia o projeto de seu governo do de seu adversário, Dilma Rousseff disse que é por isso que vai dar continuidade ao projeto de governo do presidente Lula, que não reduziu sua política à política econômica. E uma demonstração é o programa Minha Casa, Minha Vida.

Investimos em mais moradias e lares para a população e isso gera empregos para a população. Ou seja, é um programa social com sequências econômicas. É dessa forma que vemos o país. Temos que voltar a ter valores, ao invés de dar importância às questões mercantis, dar importância só aos números, temos que focar nas pessoas. Eu vou continuar fazendo isso”, comentou Dilma Rousseff.

Dilma Rousseff ainda aproveitou o momento para comentar sobre os dias que antecedem o dia 31, dia das eleições. Ela convocou todos para continuarem trabalhando e em nenhum momento se deixarem tomar pelo sentimento de que tudo já está definido. Nada de “salto alto”.

De agora até o dia 31 ninguém pode achar que já ganhou. Isso não dá certo, a gente fica confortável demais, orgulhoso demais e sobe demais no salto alto. Então vamos colocar um salto bem baixinho e disputar até o dia 31 voto por voto.”

MANIFESTAÇÃO “SOMOS TODAS DILMA” AGITOU SÃO PAULO

A Praça do Patriarca, no cento de São Paulo, palco da manifestação “Somos Todas Dilma”, ato em prol da candidata do povo brasileiro, ficou pequena diante de tanta gente para participar do evento organizado por sindicatos, movimentos sociais e ativistas de partidos políticos. Os manifestantes realizaram uma passeata passando por algumas ruas para depois terminar na Praça da República. Durante a passeata, cantaram a nova versão do “Lula lá”, feita pelo ilustre compósito Wagner Tiso, “Dilma Lá”. Ainda proferiam a enunciação “Dilma sim, Dilma sim, porque eu não penso só em mim”.

Entre as mulheres que se fizeram presentes representando as várias categorias de expressões da sociedade brasileira, encontraram-se a senadora eleita Marta Suplicy, as deputadas do Rio de Janeiro Jandira Feghali (PC do B) e Maria Elvira (PMDB).

Em seu discurso, a ex-prefeita de São Paulo, Martha Suplicy, falou da importância das manifestações que vêm se sucedendo todos os dias em apoio à candidatura de Dilma Rousseff. Martha também falou da importância da manifestação realizada pela mulheres porque implica dois grandes acontecimentos. A luta que as mulheres sempre tiveram para conseguir seus direitos e a importância de eleger uma mulher para governar o Brasil.

Simbolicamente, a passeata mostra que nós, mulheres, estamos contentes, orgulhosas e esperançosas pela diferença que uma mulher vai fazer comandando o país”, disse Martha.

Do alto do carro de som, Lídia Correa, do Partido Pátria Livre, discursou, defendendo a continuidade do governo Lula, na pessoa de Dilma. “Nós mulheres não queremos o retrocesso, não queremos mais o tempo da terrível privatização, da quebradeira da indústria”, afirmou Lídia.

Por sua vez, a presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, Juvândia Moreira, discursou lembrando das políticas econômicas dos governos Lula, que impediram que o Brasil fosse perversamente atingido pela crise econômica que abalou o sistema financeiro do mundo. “Precisamos de continuidade desse governo, das políticas de inclusão social e desenvolvimento econômico que o governo Lula iniciou. Já como candidata, Dilma vem rompendo com os paradigmas. Nós, mulheres trabalhadoras, estamos com Dilma”, afirmou Juvândia.

FRAUDE DA TURMA DO SERRA NA LICITAÇÃO DO METRÔ DE SÃO PAULO PREOCUPA DILMA

Os processos licitatórios do metrô de São Paulo, cujos resultados já eram conhecidos pelo jornal da direita Folha de São Paulo, mas que foi apresentado em setembro como nova avaliação das empresas concorrentes, caracterizando fraude para beneficiar grupos ligados ao governo de São Paulo, levou a candidata do povo brasileiro, Dilma Rousseff, a declarar que espera uma investigação rigorosa sobre o casso, visto que se trata de dinheiro público, no caso em questão causa grandes perdas à sociedade.

Eu acho que processos licitatórios não podem ser viciados, porque com isso você prejudica a população. Um processo viciado é mais caro para a população. Nós consideramos que é essencial que haja um controle maior dos processos licitatórios.

Eu acredito que para se apurar as responsabilidades para não ser leviano e fazer acusações, seria importante que pelo menos dessa vez eles abram sindicância ou inquérito e vão apurar”, considerou Dilma.

A candidata ainda considerou que os governos não estão livres de atos como esses na administração pública, por isso é preciso ter controle rígido para punir quando esses atos correm.

O que não é possível é achar que as coisas vão ser perfeitas e vender isso para a população. Não são. Um Estado e um governo se medem pela capacidade que eles têm, não de garantir que não haja nada, em havendo, tomar providências, impedir que ocorram, investigar, saber quem é responsável e não tentar soluções fáceis”, analisou Dilma Rousseff.

EM HOMENAGEM À PASSAGEM DE SEU ANIVERSÁRIO, LULA DISCURSA FALANDO SOBRE A AUTONOMIA DOS POBRES E DO BRASIL

Muito emocionado, Lula foi homenageado em frente ao Palácio Alvorada por militantes do Partido dos Trabalhadores que organizaram uma calorosa festa na passagem de seus 65 anos. A multidão cantou parabéns. Lula, profundamente emocionado, agradeceu, apagou as velas sobre um bolo feito em sua honra, distribuiu considerações aos presentes, e ouviu um coral de crianças que interpretou uma música em sua homenagem.

Em seu discurso de agradecimento aos manifestantes, o presidente falou sobre a autonomia que o pobre no Brasil passou a ter em seu governo e a respeitabilidade do Brasil diante de outras nações.

Deixo a Presidência da República no dia 1º de janeiro de 2011 com a convicção de que não fizemos tudo que queríamos fazer, mas fizemos muito mais que todos aqueles que governaram antes de nós.

Fica provado neste país que construímos um novo patamar, um novo paradigma para que o Brasil nunca mais volte a ser o que era. O Brasil não aceita mais o FMI dando ordem aqui. Somos donos do nosso nariz.

Não queremos nunca mais ver o pobre sendo tratado como se fosse de segunda classe. Não queremos nunca mais que as pessoas humildes não possam entrar na universidade. Queremos ter orgulho desse país, que não deve nada a ninguém, que é um país do carnaval sim, do futebol sim, mas é mais do que isso. É um país de homens e mulheres que têm dignidade, trabalham, tem autoestima, e, sobretudo, tem pessoas que defendem a soberania desse país”, discursou Lula.

FICHA LIMPA TEM VALIDADE NESTAS ELEIÇÕES, DECIDE O STF

Retomada a discussão pelo Superior Tribunal Federal (STF), sobre a Lei da Ficha Limpa, agora para avaliar o recurso do candidato Jader Barbalho (PMDB/PA), eleito senador, mas que estava em processo por ter renunciado ao mandato para evitar a cassação, o STF decidiu barrar a candidatura do parlamentar paraense. Com a decisão, a Lei da Ficha Limpa passa a ser aplicada nestas eleições. Principalmente em casos como os de Jader Barbalho e Joaquim Roriz, parlamentares que renunciaram seus mandatos para não serem cassados.

A decisão saiu de uma tese levantada pelo ministro decano Celso de Mello, que sugeriu a interpretação por analogia, de um artigo interno do STF que diz que quando há empate, prevalece a decisão questionada; no caso, a do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que havia negado o registro de Jader Barbalho. Na votação que se seguiu à tese proposta por Celso de Mello, o resultado foi de 7 a 3.

Votaram pela aplicação da Lei da Ficha Limpa ainda nestas eleições os ministros Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski, Carmen Lúcia, Ayres Brito, Ellen Gracie e Cezar Peluzo, tese que foi sugerida como vencedora pelo ministro decano, Celso de Mello.

Gilmar Mendes esbravejou, mas ninguém mais o ouviu. Discurso vazio!

Vitória do voto democrático!

SERRA FUGIU DO RECIFE E NINGUÉM O VIU

A passagem do candidato da elite ignara, Serra, por Pernambuco ontem não foi como a da presidenta do povo brasileiro, Dilma Rousseff, anteontem. A campanha do antropomorfizado tucano deveria fazer um longo percurso pelo Centro do Recife e culminar com um discurso empolgante na praça do Diário.

O vice-prefeito de Paulista, Dufles Pires (PSDB), cedeu o carro de som que serviria de palanque, mas Serra não apareceu. Todos perguntavam: “O que aconteceu?” “O que aconteceu?” Os mesmos respondiam com outra pergunta: “Será que caiu um meteorito de papel na cabeça dele?”

Que nada. Essa não cola mais. Nunca colou. No percurso, muito poucas, pouquíssimas pessoas quiseram acompanhar a pé ou em carreata o trajeto. Quando algum recifense se apresentava com seu gingado colorido de frevo era pra debochar da cara de Serra, que ficou mais amuado do que já é. Bateu na boleia do caminhão para o motora ir mais depressa. Quando chegou na praça, quando viu o povinho miúdo que ali estava, resolveu dar no pé. Dizem alguns dos seus acólitos próximos que até bateu as sandálias.

Não se preocupe, Serra, você não terá que voltar nunca mais ao Recife, mas você perde muito com isso: todo o maracatu, o frevo e a alegria e criatividade do povo pernambucano. Quando tiver menos amuado, vai lá passar umas férias. Você vai ser bem recebido.

O OBSCURANTISMO DOS ÍMPIOS CONTINUA

A campanha de manipulação nas igrejas

Por Rodrigo Lima

Nassif, sou pastor da Igreja Presbiteriana Independente em Rolim de Moura, Rondônia. Hoje recebo, na caixa de correio da igreja, um DVD que, ao assistir, quase caio para trás. Era uma tremenda manipulação usando versículos bíblicos contra a candidatura da Dilma, falando de lei da mordaça, casamento gay, lei do aborto, aprovação de assassinatos de crianças indígenas, um verdadeiro angu de caroço pra lá de indigesto. Era a mesma turma do Pascoal Piragine, pastor da 1ª Igreja Batista de Curitiba, infelizmente célebre por recentemente usar seu púlpito de modo eleitoreiro – aliás, o DVD traz sua triste mensagem. É de autoria de um tal “Movimento Nacional Cristão Contra a Iniqüidade”. O que me salta aos olhos, além da tentativa tosca de manipulação (felizmente barrei essa bobagem aqui onde pastoreio), é o próprio fato de o DVD ter chegado aqui, no interior de Rondônia. Afinal, COMO CONSEGUIRAM O ENDEREÇO DA IGREJA? Qual o cadastro consultado? E quem os financia?

O endereço deles (que não se identificam, apenas colocaram o endereço postal) é Rua José Augusto dos Santos, 108 / sala 502 – Jardim Satélite – S. José dos Campos – SP – 12230-885.

Por fim, mandei a seguinte mensagem para essa turma:

SÚCIA DE FARISEUS

Senhores,

Infelizmente recebi o DVD que vocês enviaram à igreja da qual sou pastor, fazendo tremendas distorções e manipulações usando o nome de Deus para fins escusos. Numa democracia, cada um vota de acordo com sua consciência, e o Estado, graças a Deus, é laico, ou seja, igreja não interfere no Estado e vice-versa. Sua tosca tentativa de manipulação, além de moralmente condenável, é criminosa. Vocês se escondem no anonimato, o que é vedado por nossa Constituição, além de ser algo incompatível a um cristão, que deve sempre assumir seus atos. O que gostaria de perguntar é o seguinte:

1. Quem financia vocês? Há prestação de contas, contabilidade às claras?

2. Como conseguiram o endereço da igreja que pastoreio?

Finalmente, não se esqueçam (se é que um dia chegaram a se lembrar):

Ex 20.16, Dt 5.20: Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

Ex 23.1: Não levantarás falso boato, e não pactuarás com o ímpio, para seres testemunha injusta.

Jó 13.7: Falareis falsamente por Deus, e por ele proferireis mentiras?

Pro 6.16-19: Há seis coisas que o Senhor detesta; sim, há sete que ele abomina: olhos altivos, língua mentirosa, e mãos que derramam sangue inocente; coração que maquina projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal; testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.

Isa 32.6: Pois o tolo fala tolices, e o seu coração trama iniqüidade, para cometer profanação e proferir mentiras contra o Senhor, para deixar com fome o faminto e fazer faltar a bebida ao sedento.

Mar 4.24: Também lhes disse: Atendei ao que ouvis. Com a medida com que medis vos medirão a vós, e ainda se vos acrescentará.

Que o verdadeiro Deus da Justiça atente para a iniqüidade perpetrada por vocês!

Publicado originalmente no blog do Luis Nassif

ATENÇÃO! NÃO ACESSE O SITE DO PSDB. ELE PODE DANIFICAR O SEU COMPUTADOR

Segundo constatação do jornal Correio do Brasil, na madrugada desta quinta-feira (28), o site oficial do PSDB estava sendo bloqueado pelos principais navegadores de internet, o Internet Explorer e o Mozilla Firefox.

Segundo o Explorer, “entre os perigos de acessar a página tucana está a captura de dados dos internautas para uso indiscriminado”. Já o Firefox avisa que “não foi possível confirmar a segurança da sua conexão”.

Além da possibilidade de prejuízo à sua máquina, companheiros dilmeanos, não há nada para se fazer por lá. Nada que afirme a democracia. Só obviedades, bravatas, rancores e a demonstração do mais baixo grau de inteligência.

MAIS PETRÓLEO NA BACIA SERGIPE-ALAGOAS. É PETROBRAS E NÃO DA PETROBRAX. E É DO POVO BRASILEIRO…

Para o povo brasileiro, uma questão que vem desde Monteiro Lobato é crucial: “O que seria do Pré-Sal se Fernando Henrique tivesse conseguido privatizar a Petrobras em Petrobrax?” Tal qual a privatização das Comunicações ou da Vale do Rio Doce, toda essa riqueza estaria destinada às multinacionais, sendo repassado o mínimo para o povo brasileiro.

Segundo notícia na Rede Brasil Atual, a Petrobras informou nesta quarta (27) que encontrou petróleo no primeiro poço perfurado em águas ultraprofundas da Bacia de Sergipe-Alagoas. De acordo com a estatal, o petróleo é de qualidade semelhante ao encontrado nas águas profundas da Bacia de Campos.

Foi confirmada a existência de grandes acumulações nas porções mais distantes dessa bacia, com volumes superiores àqueles encontrados nos campos de Guaricema e Dourado, em águas rasas. Dados obtidos nos testes indicam a presença de petróleo leve”, diz a nota da Petrobras.

Segundo a estatal, as informações obtidas até agora do poço “são suficientes para atestar a descoberta de uma nova província petrolífera na Bacia Sergipe-Alagoas”.

A área é explorada pelo consórcio formado pela Petrobras (com 60%) e IBV-Brasil (40%), que, segundo a Petrobras, dará continuidade às atividades e aos investimentos, com a perfuração de outros poços pioneiros e a elaboração de um plano de avaliação de descoberta, ainda a ser definido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

É por isso que o PSDB não pode voltar. É por isso que Serra não pode ganhar.

A CAMPANHA HOMOFÓBICA DE SERRA E A POSIÇÃO DEMOCRÁTICA DE TONI REIS

A paráfrase que Dilma colou a Serra – “o candidato de mil caras” – colou porque ele não cansa de confirmá-la sem pejo. Não foi somente no caso de Paulo Preto, que o tucano disse não conhecer num dia, mas, acuado por este, teve que desdizer no outro dia e reconhecer em Paulo Preto o homem mais justo das obras paulistas, entre elas a Rodoanel, e de sua campanha, mesmo tendo desviado R$ 4 milhões dela.

O dito nunca é desdito. Da mesma forma, Serra, que há poucos dias tinha se colocado a favor da união civil de pessoas do mesmo sexo, na quarta-feira passada (26), na Foz do Iguaçu, no Paraná, durante a 50ª Convenção Anual das Igrejas Assembleias de Deus, ele prometeu vetar a Lei da Homofobia, já aprovada na Câmara federal, caso ela passe também no senado.

O homofóbico candidato acrescentou que não terá problemas em vetá-lo, já que teria (!) a maioria no Congresso facilmente. Antecipando-se aos fieis que abriram os olhos em meio à sua falseada oração, Serra fianlisou em voz débil: “… sem barganha”. Creem, meus bons cristãos? Claro que não, já que Serra não será presidente, por isso usou um tempo verbal hipotético.

É por essas e outras que o engajado Toni Reis, mui digno presidente da ABGLT, publicou seu voto em Dilma e depois os segmentos de todo o Brasil lançaram seu manifesto LGBT pró-Dilma. Então um desconhecido Núcleo de Diversidade Sexual do PSDB, que deve existir apenas como simulação – aliás como todo o PSDB; isto é, se restar-lhe algum resquício após o próximo domingo -, fez uma nota pública criticando a posição de Toni. Apesar de a nota ser um vazio – que é o que esconde toda e qualquer simulação -, Toni escreveu uma carta aberta para o tal núcleo psdbista, conforme segue abaixo.

********

Carta Aberta ao Diversidade Tucana – Núcleo de Diversidade Sexual do PSDB

Recebi a nota pública do Diversidade Tucana – Núcleo de Diversidade Sexual do PSDB, que considerou “inconveniente meu posicionamento público enquanto presidente da ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais” em favor da candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República (Anexo I abaixo).

Primeiro, quero dizer que assinei a carta como qualquer outro cidadão brasileiro que tem o direito à livre expressão, e também assinei com todas as representações que tenho, inclusive a presidência da ABGLT.

Para esclarecimento, não sou filiado ao Partido dos Trabalhadores, e tenho a admiração por partidos social-democratas.

Sempre me pautei pelos interesses maiores dos avanços da cidadania da população LGBT, dialogando com governos de todos os matizes políticos. Continuarei assim, seja com Dilma ou com Serra.

Neste momento o que está em jogo é a continuidade dos avanços, sociais, políticos e econômicos. Sou gay e ativista dos direitos humanos, mas sou também um cidadão que quer ver um país mais igual, com distribuição de renda, sem machismo, sem racismo. Com Lula eu tive, e com Dilma continuarei tendo. Não posso pensar num país somente pelo viés LGBT, seria muito estreito e forçado.

Não voto em Dilma simplesmente por ser gay. Além disso sou trabalhador, professor, e comparando os índices de todas as áreas no atual governo, com o que eram na época do governo anterior, é evidente que as coisas melhoraram muito.

Sou arco-íris, defendo a cidadania. Voto Dilma.

Defendo os direitos LGBT de forma plural. Sempre dialoguei com todas as posições políticas. Isso não quer dizer que não tenha posição como cidadão e como militante. Legitimamente, expressei esta opinião, sem usar de termos desrespeitosos ou agressivos.

Nunca gostei de armário em minha vida. Sempre assumo minhas posturas. Por exemplo, aos 14 anos falei para minha mãe que era (sou)  gay… desde então nunca mais voltei para o armário.

Numa eleição presidencial, não poderia ficar alienado e ficar mofando num armário. Sou Dilma, sim. Com convicção, com toda a justificativa abaixo. (Anexo II, abaixo)

Não desmereço nem um pouco José Serra, por quem tenho admiração (vide o Anexo III) Mas no contexto geral e das alianças estabelecidas pelo Serra… eu li, vi e escutei e ponderei entre os dois projetos políticos, e optei por Dilma.

Afinal, não se pode negar o direito de ninguém de manifestar suas posições políticas. O próprio candidato do PSBD, José Serra, têm afirmado isso em seus pronunciamentos.

Gostaria de citar vários(as) reitores(as) de universidades federais, que defendem Dilma; as centrais sindicais, que estão com Dilma (à exceção da UGT, que apóia o Serra). Também tem a União Brasileira de Mulheres e a Confederação Nacional de Associações de Moradores, apoiando Dilma. Segundo alguns analistas, o Estadão e a Veja estariam apoiando Serra, e Carta Capital e IstoÉ estariam apoiando Dilma. Esses posicionamentos são todos legítimos, ou não.

Fiquei muito feliz quando o Serra falou no Jornal Nacional que é era favorável à união estável. Porém fiquei muitíssimo triste em ouvir claramente que “José Serra, aumentou ontem a polêmica sobre o projeto de lei que criminaliza a homofobia. Durante a 50ª Convenção Anual das Igrejas Assembleias de Deus do Paraná, em Foz do Iguaçu, o tucano prometeu vetar o texto caso seja aprovado no Senado, se for eleito. Para ele, o projeto, como foi aprovado na Câmara, pode tornar a pregação de pastores evangélicos contra a prática homossexual um crime ‘semelhante ao racismo’.”

Isto infelizmente é falta de informação. Veja o que diz projeto PLC 122 (Anexo IV).

Ao passo que Dilma disse que sancionará o projeto nos artigos que não ferirem o direito de livre expressão religiosa, que, pelo que entendo, não existem no projeto. (Vide o projeto abaixo).

As eleições terminam para mim no dia 31 de outubro. Depois é arregaçar as mangas e fazer o trabalho de reivindicação através de uma ação de advocacy, com quem foi eleito. Estamos num país democrático e republicano.

Enquanto dirigente da ABGLT, no Paraná já estamos estabelecendo diálogo com Beto Richa (PSDB), em Santa Catarina com Colombo (DEM), no Rio Grande do Sul com Tarso (PT). Em São Paulo seguiremos o trabalho com Alckmin (PSDB), com Anastasia (PSDB) em MG, no Rio com Sérgio Cabral (PMDB) e assim por diante, para citar exemplos. Diálogo e negociação em política é tudo.

Quero pedir ao Diversidade Tucano para nos ajudar e colaborar com a Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT.

Reafirmo meu voto e meu apoio a Dilma presidenta. E peço a todos/as os/as ativistas do movimento LGBT, das paradas LGBT, parentes e amigos de LGBT, que também votem e mobilizem apoio à Dilma.

Vou de Dilma. Com um avalista como o Lula, quem não vai dar crédito para a Dilma?

Toni Reis

– Professor

– Especialista em Sexualidade Humana

– Mestre em Filosofia

– Doutorando em Educação

– Secretário do Conselho Diretor da ASICAL – Associação para Saúde Integral e Cidadania na América Latina e Caribe

– Presidente da ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (gestão 2010-2012).

– Diretor para América Latina da Aliança Global pela Educação LGBT – GALE

– Integrante do Comitê Internacional do Dia Internacional contra a Homofobia e Transfobia – IDAHO

Para ler os anexos clique para ver mais.

Continue lendo ‘A CAMPANHA HOMOFÓBICA DE SERRA E A POSIÇÃO DEMOCRÁTICA DE TONI REIS’


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.245.452 hits

Páginas

outubro 2010
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos