Arquivo para 4 de novembro de 2010

JOSÉ DE ABREU, O GUERRILHEIRO VIRTUAL DA CAMPANHA DE DILMA

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro

Enquanto Dilma Rousseff dava seu primeiro discurso como presidenta eleita, na noite de domingo (31), em rede nacional, vários políticos se espremiam no palanque da vitória. Junto a José Eduardo Dutra (presidente nacional do PT), José Eduardo Cardozo (secretário-geral do PT), Michel Temer (vice-presidente eleito), Antonio Palocci (ex-ministro da Fazenda e coordenador da campanha de Dilma) e outros figurões da política, chamava a atenção a presença do ator José de Abreu.

Foto: Agência Estado

Ao fundo (entre Michel Temer e Dilma Rousseff), o ator José de Abreu subiu no palanque da vitória da presidenta eleita

Visivelmente emocionado, com os olhos marejados, ele permaneceu ali, atrás do ombro de Dilma por vários minutos. Um papagaio de pirata, como ele mesmo definiu. Para quem acha que ele era um estranho no ninho, Abreu afirma que não era figurante daquele momento histórico por acaso. E conta que sua militância vem da juventude, que durante parte da ditadura militou no mesmo grupo de Dilma, Var-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária Palmares), e que, durante a campanha eleitoral criou “uma rede de desmontar factóides” na internet, com pseudônimos como Marcos Ovos e Zé Bigorna.

Dilma ficou sabendo, o Lula sabendo das coisas que eu fazia… A Dona Marisa ligou para o Chile para comentar meu trabalho. Falou: ‘nós estamos sabendo de tudo, que coisa linda você tá fazendo’”, conta o ator.

Seu envolvimento com política, ele relata, começou em 1966, quando fez sua primeira peça, ‘Morte e vida Severina’. “Fui preso por dois meses, em 1968, no congresso na UNE. Saí do país no final de 1972, quando tive um exílio forçado na Holanda, e voltei no final do ano seguinte para Pelotas (RS)”, relembra.

Agora, com o fim da campanha, ele volta à rotina de ator. Começa a filmar nos próximos dias no município de Cataguases (MG), “Meu pé de Laranja lima”, sob direção de Marcos Bernstein. Em janeiro, retorna às novelas, em “Insensato Coração”, de Gilberto Braga. Isso se Dilma não insistir para que assuma um cargo público. “Desde que não tenha salário. Não sou político profissional, sou militante por amor”, ressalta o ator de 64 anos.

Leia trechos da entrevista ao iG.

Subindo no palanque

Me convidaram para ir a Brasília. Uma parente do Lula, que não preciso citar o nome, mandou eu votar no Rio e ir pra Brasília. Me hospedei no hotel, o Naoum, onde seria a festa e foi uma coisa natural… Chegou uma hora que falaram que o Zé Dirceu estava chegando e pediu pra eu ficar ao lado dele. Ele foi dar entrevista e eu fiquei como papagaio de pirata. Quando a Dilma chegou, ela brincou comigo, me chamando de ‘Marcos Ovos’ no elevador. Não foi uma coisa idiota que fui lá fazer…”

‘Chorei muito

Olha, subimos todos no palco com ela. Quando começou o discurso, alguém chamou: ‘vamos descer, vamos descer’. Daí, uma pessoa me puxou, acho que foi o Zé Eduardo Cardozo (secretário-geral do PT), não tenho certeza. Vendo pelo vídeo agora… acho que foi ele, até pelo carinho dele no palco, com abraço apertado, estava quase chorando no ombro dele, tinha a mão dele apertada em mim. Poxa, chorei muito antes e depois daquela cena”.

Saia justa

Não rolou saia justa. No momento que pediram para sair, eu estava conversando com alguém, quando fiz movimentação para sair, me puxaram pro palco, vi a Dilma sorrindo, ela estava feliz. Não havia hostilidade. A gente se beija de felicidade. Político de esquerda se gosta, não tem problema de se beijar e se abraçar. O Lula beija!”

Emoção no palanque

Teve um momento que saí de giro, estava de olhos fechados, cabeça baixa. Não estava mais ali, estava viajando na minha vida, tristeza de cadeia, lembrei da minha mãe…”
Idade Média

Pior que essa só a luta contra a ditadura. O fato é que a campanha foi uma batalha campal, com regressões morais da Idade Média. Até bispos católicos imprimiram panfletos contra a Dilma…”.

Guerrilha virtual

Sou interneteiro. José Mayer me chama de ‘José Windows’. Sei achar tudo que há no mundo pela internet, criamos uma rede de desmontar factóides. Quando começou aquela onda de emails… aquelas coisas… Dilma guerrilheira, lésbica, f.d.p., que roubava dinheiro dos companheiros… quando aquela baixaria começou, aí descobri que tinha até falso indiano trabalhando com essa coisa de internet dos caras (da campanha do Serra). Consegui quase 11 mil seguidores em uma twitcam. Falei por quase 2 horas sobre a ditadura, que não fazíamos terrorismo, como era a censura… Usei muito, muito o twitter a favor da Dilma, 20 horas por dia. Foi guerrilha virtual. Tive 7 mil seguidores, apaguei a conta porque fiquei com medo das ameaças. O que importa não é a quantidade de seguidores, mas quantas vezes fui retuitado. Tinha frase minha que foi retuitada 20, 30 mil vezes. A cada semana mudava de nome, sempre com nome falso. Usei vários nomes, como Marcos Ovos, Senhor Jardineiro e o que ficou mais famoso, o Zé Bigorna.

Apoio de dona Marisa

Dilma ficou sabendo, o Lula sabendo das coisas que eu fazia… A Dona Marisa me ligou do Chile para comentar meu trabalho. Falou: ‘nós estamos sabendo de tudo, que coisa linda você tá fazendo’. Aí fiz mais umas sete ou oito twitcams. Postava uma twitcam, onde dava uma aula sobre a ditadura. Abro a camerazinha e coloco 10 mil pessoas em dez minutos ouvindo o que tenho pra falar. Tenho esta facilidade. Meus recados eram para desmentir os boatos sobre Dilma… Ela não era terrorista, nem eu. A gente era herói. Terrorista era o Estado brasileiro.”

Contato com Dilma

Nunca fui filiado ao PT. Sou livre. (…) Fui a alguns comícios. Quando Lula resolveu fazer panfletagem na porta da Mercedes-Benz, em São Paulo, no meio da campanha do primeiro turno, encontrei ele e a Dilma lá, às 3h30 da manhã. Foi quando tive um contato maior com ela. Meu filho de 10 anos foi também, tiramos fotos. Pessoal de esquerda é companheiro.”

Período na prisão

Estudava Direito, na PUC de São Paulo, quando entrei na luta clandestina contra a ditadura. Fui da Var-Palmares, a mesma organização da Dilma. Se a conheci, eu não lembro. A gente não conhecia os companheiros, eram nomes de guerra, não tinha como lembrar”.

Ácido, ioga e flauta doce

Quando houve o fechamento político, depois de 1971, quando saí da organização, fiquei escondido na Bahia, em Recife, parei em Arembepe (BA), que foi o Woodstock brasileiro. Ali pintou ácido lisérgico, ioga, flauta doce, rock progressivo… Comecei um processo de viagem espiritual, autoconhecimento, namorei uma jovem na época… Juntou aí a vontade de conhecer Londres e Amsterdã, símbolos da libertação hippie. A política ficou de lado. Os esquerdistas foram para Paris e eu para Amsterdã.”

Cargo no governo

Não aceitaria, apenas se fosse um cargo de um conselho, desde que não tenha salário. Não sou político profissional, sou militante por amor. Quero acabar com a miséria. Agora, se ela falar que estou convocado, eu vou. Mas talvez doe meu salário. Tenho o salário da Globo. Ganho muito bem lá”.

PARA SANDRA CUREAU, A CAMPANHA OBSCURANTISTA CONTRA DILMA DEVE CONTINUAR

Vamos, bispo! Ainda temos mais quatro anos.

Do início ao fim da campanha eleitoral, a vice-procuradora-geral eleitoral Sandra Cureau, não apenas não cumpriu imparcialmente sua função, como buscou usá-la para se autopromover, senão também para priorizar a campanha de Serra.

As primeiras imagens que trouxeram à cena Cureau foram aquelas em que, ao invés de analisar racionalmente o caso, com arrogância, ela arremeteu contra o presidente Lula pelo apoio que este vinha dispensando a Dilma.

Depois, ao mesmo tempo que permitia à revista Veja e jornais como Folha de São Paulo e Estadão veicularem campanhas torpes e caluniosas contra a candidata Dilma Rousseff, tentava calar a revista CartaCapital e o blog Conversa Afiada, além de ter indeferido a representação do Movimento dos Sem Mídia contra jornalistas que tinham atentado de forma vil contra Dilma.

Agora, mesmo passada a eleição, com a vitória de Dilma, Cureau ainda quer permanecer mais alguns segundos sob a luz da ribalta, onde desempenha seu tristíssimo e enfadonho papel. Ela entregou parecer ao ministro Henrique Dias, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no qual pede a devolução à Diocese de Guarulhos, pertencente à Regional Sul I da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), de 1 milhão de cópias do mais torpe panfleto ilegal já utilizado em campanha eleitoral no Brasil, apreendidos pela Polícia Federal na Gráfica Pana no dia 17 de outubro passado, encomendados pela Eminência Parda da campanha de Serra, Dom Luiz Gonzaga Bergonzini. Trata-se do famigerado “Apelo a Brasileiros e Brasileiras”, que orientava os fiéis a não votar em Dilma, afirmando que ela seria a favor do aborto.

Cureau tenta justificar no documento de que os panfletos apreendidos são manifestações de “grupos sociais” em período eleitoral, não podendo, por isso impedir sua veiculação. “Admitir isso seria o mesmo que incompatibilizar a legislação eleitoral com o próprio regime constitucional, que, além de erigir o pluralismo político ao status de fundamento da República”, afirma ela.

Sua imparcialidade vai ao extremo quando ela defende esse tipo de campanha. “É natural e saudável que temas como esse sejam debatidos durante o período eleitoral, pois isso permite que os candidatos se posicionem, assumam compromissos”, finaliza.

E vai além do extremo pela vice-procuradora (repitamos sua função, senão poder-se-ia confundi-la com um advogado da campanha de Serra ou da Diocese de Guarulhos), por ela, em sua função, não levar em conta que a gráfica Panda é de propriedade de tucanos, que os financiadores do panfleto por trás de Bergonzini não foram identificados. A própria CNBB, inclusive, atestou que, além de ter conteúdo difamatório, a instituição foi “instrumentalizada politicamente”, como afirmou Dom Demétrio Valentini.

Para a vice-procuradora Sandra Cureau, o que importa são as eleições de 2014. Até lá ela gostaria que o voto digital não vingasse, que a urna eletrônica fosse abolida, que o sufrágio universal fosse abolido e que os reis fossem escolhidos por direito divino.

EX-GOVERNADOR DE RORAIMA TEM REGISTRO DE CANDIDATURA CASSADO NO TSE PELO FICHA LIMPA

O ex-governador de Roraima Flamarion Portela (PTC) teve o mandato cassado em 2004 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devido a compra de votos e uso da máquina pública nas eleições para o Governo do Estado em 2002. Além de cassado, Flamarion ainda foi obrigado a pagar multa.

Nesse pleito de 2010 ele se candidatou a deputado estadual, tendo o registro liberado pelo TRE-RR (Tribunal Regional Eleitoral de Roraima), mas o Ministério Público Eleitoral recorreu ao TSE. Ontem (3), o plenário seguiu o voto do ministro Marcelo Ribeiro, relator do caso, e o TSE negou o registro de candidatura baseado na Lei da Ficha Limpa.

Ainda cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF), mas, segundo os analistas, as chances de Falamarion reverter o resultado são mínimas. Para o bem da democracia e afirmação do Ficha Limpa.

ARTHUR NETO PERDE MAIS UMA… NA JUSTIÇA

Como já dissemos aqui neste bloguinho, na eleição para o Governo no Amazonas não houve disputa política. Os dois candidatos – Omar Aziz e Alfredo Nascimento – são velhos compadres eleitorais do mesmo grupo que (des)governa o estado a mais de três décadas.

No Senado também não houve. Uma vaga estava definida desde que a maior ferramenta utilizada pelo ex-governador Eduardo Braga, sobre quem recaem fortes suspeitas de enriquecimento ilícito, era o marketing governamental. A outra foi para (ex)comunista Vanessa Grazziotin, mas não por seu cociente eleitoral e sim devido à rejeição de Arthur Neto.

Não foi Vanessa que ganhou, mas Arthur que perdeu devido às diatribes histéricas do valentão que prometeu dar uma surra no presidente Lula em pleno púlpito senatorial. Mais do que a campanha da própria Vanessa, hoje aliada às afortunadas campanhas da direitaça, foi a campanha de Castelo, do PCBão, mostrando no horário eleitoral a famigerada sanha do paladino grotesco da moral tucana, que lhe trouxe mais votos.

Arthur, desesperado pelas imagens de seu destempero, entrou com mais de duas dezenas de recurso contra Castelo no TRE-AM, mas nada conseguiu, uma vez que as imagens eram públicas. Perdida a eleição, Arthur entrou com pedido de cassação de Omar, Braga e Vanessa por captação ilícita de verbas, o chamado Caixa 2, que teria sido usado para pagamento de cabos eleitorais. Anteontem, já oficializada a segunda derrota de Arthur – a derrota de José Serra à presidência, de quem esperava ser ministro -, ele perdeu seu último recurso. O insigne procurador eleitoral Edmílson Barreiros Junior sentenciou que não há qualquer comprovação nas denúncias de Arthur que possam levar a abertura de uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral).

Como Arthur perdeu pra si mesmo. Após essa decisão, a única saída para ele seria processar a si mesmo. Como isso não parece plausível do ponto de vista jurídico, resta-lhe fazer como aquele jogador que, ao errar a jogada, aplicava cascudos em si mesmo.

DILMA CONCEDE ENTREVISTA COLETIVA

Muito contente e afetuosa com os presentes, a primeira presidenta eleita no Brasil, Dilma Vana Rousseff, concedeu, junto com o presidente Lula, sua primeira entrevista coletiva, ontem (3), no Palácio do Planalto. A presidenta falou de temas variados, do MST à mensagem de felicitações enviada pelo governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, passando pelo Pré-Sal, saúde, educação, salário mínimo.

Trechos da entrevista

Oposição às práticas violentas no campo

No meu governo, não vai haver outro Eldorado dos Carajás. O que precisamos é transformar o pequeno agricultor em proprietário, e que ele tenha melhorias dentro do campo e na educação. O proprietário tem que ter renda e tem de perceber que mudou de vida.”

Sobre os ministros

Faço absoluta questão de que os ministros tenham vínculo muito forte com o Brasil e com os princípios do meu governo, da política que eu defendo.”

Sobre uma eventual CPMF

Não pretendo enviar ao Congresso a reedição da CPMF, mas nesse país vamos negociar com os governadores.”

Sobre as felicitações de Geraldo Alckmin

Recebi uma ligação correta, republicana, do governador eleito de São Paulo, o Alckmin, que acenou com o que considero que deve ser a maneira correta de proceder. Vou negociar com todos os governadores e estar atenta às necessidades dos estados.”

Sobre o salário mínimo

Dilma Vana Rousseff, afirmou que pretende manter a fórmula atual que leva em conta o crescimento da economia, Produto Interno Bruto(PIB) dos dois anos anteriores mais a inflação do ano corrente. Porém, a presidenta afirmou que há em estudo uma compensação por causa do desempenho do ano passado. “Já em 2011, já estará acima dos R$ 600. Nós vamos fazer esse ajuste. Mas quero dizer, que mantido o atual critério, por volta de 2014, teremos um salário mínimo acima de R$ 700.

No caso do Bolsa Família, tenho um objetivo, mas é assegurar que a cobertura do Bolsa Família a 100%. Houve muitas dificuldades dos estados no cadastramento. São as prefeituras que cadastram, mas, no período do meu governo, vou buscar um nível maior de benefício, proporcional ao que o país possa dar a esse conjunto de família.”

Sobre o pré-sal e a política para o petróleo

A questão do pré-sal está na pauta do Congresso. Tem um governo no exercício pleno da sua atividade e um Congresso idem. A partir do momento que se encerrar a atividade do governo e do congresso o que restar será discutido em sequência.

Não podemos ser exportadores de óleo bruto, porque senão vamos perder muito dinheiro. Temos que refinar o nosso óleo até chegarmos a entrar em outro plano, que é o da petroquímica. Aí os ganhos sobem a 1000%.”

ESTUDANTE PAULISTA É PROCESSADA PELA OAB/PE POR RACISMO CONTRA NORDESTINOS

Movida pelo ódio, a estudante de direito Mayara Petruso, depois da derrota de seu candidato, José Serra, usou o microblog Twitter para divulgar palavras de ordens racistas contra os nordestinos, que, segundo a alucinada jovem, foram responsáveis pela eleição de Dilma Vana Rousseff à Presidência da República.

Em sua tara racista, a estudante paulista deu vazão a todo seu ódio tirânico escrevendo no Twitter a frase nazista: “Nordestino não é gente. Façam um favor a SP, matem um nordestino afogado”. Diante da sordidez da jovem racista, os twitteiros reagiram de formas variadas, mas protestando, todos, contra a posição da irracional jovem estudante de direito.

Entendo que se trata de crime de racismo, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PE), secção estado de Pernambuco, resolveu entrar na Justiça de São Paulo com uma representação criminal contra a estudante.

De acordo com Henrique Mariano, presidente da OAB/PE, Mayara pode responder por crime de racismo com pena de dois a cinco anos de prisão, mais multa. E responder também por crime de incitação pública de prática de ato delituoso com pena de três a seis meses de detenção, ou multa.

É uma atitude lastimável vinda de uma futura profissional que deveria defender a justiça social e os direitos humanos. O fato dela ser estudante de direito só agrava sua situação. Esse comportamento não condiz com um bacharel de direito”, disse Henrique Mariano.

Henrique Mariano ainda falou sobre a abrangência das redes sociais e a área da Justiça em que elas estão submetidas. “As redes sociais hoje têm maior alcance que os meios de comunicação convencionais. Elas atingem o país inteiro e se difundem de forma rápida. Os crimes cometidos nesse meio são de ordem federal”, disse Mariano.

Como a estudante odiosa era estagiária do escritório de advocacia Peixoto e Cury Advogados, os responsáveis se apressaram em divulgar uma nota. “O Peixoto e Cury Advogados confirma que a estudante de Direito Mayara Petruso foi sua estagiária, porém, não faz mais parte dos quadros do escritório. Com muito pesar e indignação, lamenta a infeliz opinião pessoal emitida, em rede social, pela mesma, da qual apenas tomou conhecimento pela mídia e que veemente é contrário, deixando, assim, ao crivo das autoridades competentes as providências cabíveis”.

LIVRO DE MONTEIRO LOBATO, SEGUNDO O CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, TEM CONTEÚDO RACISTA

O livro Caçadas de Pedrinho, de Monteiro Lobato, que é distribuído para rede pública através do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), teve do Conselho Nacional de Educação (CNE) uma decisão para que o mesmo não seja mais usado nas escolas públicas por apresentar conteúdo racista.

O Conselho, para emitir seu veto, exemplificou o elemento racista da obra usando um dos trechos que mostra a narrativa. “Tia Nastácia, esquecida de seus numerosos reumatismos, trepou, que nem uma macaca de carvão”.

Para que a decisão do CNE não seja entendida como censura, o ministro da Educação, Fernando Haddad, vai encaminhar ao órgão um parecer para que o colegiado reconsidere a decisão. De acordo com o ministro o Ministério já recebeu várias manifestações contrárias à recomendação do CNE.

Recebi manifestações de educadores, acadêmicos, estudiosos recomendando que a linha que ministério defende sempre (não censurar) seja mantida nesse caso”, afirmou Haddad, que não vê “racismo”, nem “motivos suficientes” para que o livro seja retirado das escolas.

Mas a minha opinião pessoal não é a mais importante. Para isso existe o CNE e para isso existem a comunidade e os educadores. Eu relativizaria o juízo que foi feito”, disse o ministro.

DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA TEM QUEDA

O Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) divulgou os números do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), de setembro de 2010. Segundo o SAD, a Amazônia perdeu 170 quilômetros quadrados de floresta. Comparado com setembro do ano passado, o desmatamento caiu 21%.

O estado que liderou o desmatamento em setembro foi o Mato Grosso, com 81 Km² a menos. O estado do Pará ficou em segundo, com 31 Km² de desmatamento. Rondônia, com 23 Km². Amazonas, com 19 Km². Acre, com 12 km². Roraima e Tocantins, 2 Km² cada.

O Sistema do Imazon registrou também, além do corte raso – desmatamento total de uma área -, o aumento da degradação da floresta explorada pelas madeireiras e queimadas. Foi 500 Km² o avanço da degradação, 147% maior que o registrado em setembro de 2009.

Ainda esse mês, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) deverá divulgar a taxa anual de desmatamento que, segundo a expectativa do governo, deverá ficar em torno 5 mil km². O menor dos últimos 21 anos.

ECONOMIA FAZ BRASILEIROS CONTINUAREM OTIMISTAS

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou pesquisa através do Índice de Expectativas das Famílias (IEF), ontem (3), afirmando que as famílias brasileiras continuam otimistas frente ao comportamento socioeconômico nacional.

Dois pontos chamam a atenção no índice. Um é que o otimismo é tanto para um ano como para até cinco anos. Outro é que o otimismo atinge não só as classes de baixa renda e menor grau de instrução.

As famílias que recebem até um salário mínimo e acreditam que a situação econômica do Brasil vai melhorar nos próximos 12 meses chega ao percentual de 55%. As que recebem entre quatro e cinco salários mínimos, o percentual chega a 64,7%. As que recebem mais de dez salários mínimos, o percentual chega a 59,5%.

Levando em consideração a escolaridade para quem tem o curso superior incompleto, a expectativa fica em 57,6%. Para quem tem o nível médio incompleto, a expectativa e de 64,4%.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4.244.546 hits

Páginas

novembro 2010
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos